Governo do Estado realiza mutirão do Programa Primeiro Emprego, em Jequié

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia – juntamente com a Secretaria do Trabalho, a Fundação Estatal Saúde da Família (FESF), a Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM) e a Casa Civil – promove um mutirão envolvendo atualização cadastral e encaminhamento para contratação no Programa Primeiro Emprego (PPE). A ação, que acontece nesta sexta-feira (19), das 8h às 17h, no Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão e Tecnologia da Informação (CEEP) Regis Pacheco, no município de Jequié, tem como objetivo agilizar a contratação de egressos do Ensino Profissional da rede pública estadual no PPE. Os egressos de 2015, 2016 e 2017 da Educação Profissional que atenderem às condições para participar do Programa Primeiro Emprego (conclusão de curso e de estágio) poderão realizar a atualização cadastral e verificar se são elegíveis para vagas no Programa. Entre os documentos necessários estão a Carteira de Trabalho, Carteira de Identidade, CPF e comprovante de residência (a lista completa está disponível no local e nas unidades escolares). A expectativa da Secretaria da Educação do Estado é que 500 egressos dos 57 cursos oferecidos pela Educação Profissional, entre os quais Administração, Técnico em Enfermagem, Informática e Secretário Escolar, serão atendidos durante o mutirão. Caso seja elegível para a vaga, o candidato terá a Carteira de Trabalho assinada, com todos os direitos garantidos. O contrato tem duração de 24 meses no Estado. A remuneração nas instituições privadas é a partir de um salário mínimo; já nas Fundações, o contemplado terá, além de salário mínimo, plano de saúde (PLANSERV), alimentação, vale transporte e processo formativo vinculado a sua área e ao serviço público. Para aqueles que concluíram as disciplinas, mas não finalizou o estágio obrigatório, poderá haver encaminhamento para estágio remunerado em órgãos públicos. 

Primeiro Emprego – Trata-se de uma ação social de combate ao desemprego dos jovens, promovido pelo Governo do Estado, para inserir egressos e estudantes da Educação Profissional no mercado de trabalho, além de estimular uma maior dedicação na sala de aula, justamente por contemplar aqueles com melhores resultados. Para que os estudantes e egressos sejam contatados, em caso de seleção, é importante que estejam com seus dados cadastrais atualizados no banco de dados da Secretaria Estadual da Educação.

Educação de Jequié reabre o Colégio Anísio Teixeira no Jequiezinho

Cercado por mato e fechado há mais de 10 anos, com a sua instalação física deteriorada por falta de manutenção e uso, sendo depredado pela ação do tempo, o Colégio Anísio Teixeira, uma das mais antigas escolas da cidade voltará a funcionar atendendo alunos da rede municipal de ensino. A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Educação, conseguiu junto ao Governo do Estado que o equipamento público fosse repassado para o município. A reabertura do Anísio Teixeira é de suma importância para a cidade de Jequié, uma escola de grande destaque na história do nosso Município e que se encontrava em total abandono, com suas instalações físicas totalmente deterioradas, o Colégio abandonado estava gerando problemas seríssimos no entorno. Desde o dia 10 de janeiro tem uma equipe de trabalho focado na revitalização desse grande espaço que leva o nome de um ilustre Educador. Anísio Teixeira foi um educador que propôs e executou medidas para democratizar o ensino brasileiro e defendeu a experiência do aluno como base do aprendizado, foi pioneiro na implantação de escolas públicas de todos os níveis, que refletiam seu objetivo de oferecer educação gratuita para todos. “Este local guarda uma importância histórica para gerações de jequieenses. O governador Rui Costa, sensibilizado com a proposta feita pela Prefeitura de Jequié, nos repassou o prédio e estamos já iniciando as reformas na unidade para que o Colégio Anísio Teixeira volte com tudo para atender, agora, os alunos da rede municipal de forma que possa estar apto a abarcar a nossa estrutura e, com o trabalho de nossa equipe de gestores e professores, levar aos nossos estudantes um ensino de qualidade, embasado no nosso planejamento de metas.”, disse o secretário de Educação, o professor, doutor, Roberto Gondim.

Serra do Mutum fora do ranking da PRF dos trechos de rodovias mais perigosos da Bahia

Trecho da Serra do Mutum na BR-116 é elevado o índice de acidentes

Os sete quilômetros da BR-116, da conhecida Serra do Mutum, entre os municípios de Jequié (Km 644) e Jaguaquara (Km 637), em que pese o número elevado de acidentes automobilísticos e de mortes, não está incluído no ranking das rodovias da morte na Bahia. Com 156 mortes em 2017, a BR-101 é a que mais teve acidentes com vítimas fatais no ranking das rodovias federais e estaduais na Bahia, no ano passado. Os trechos mais perigosos, segundo a PRF, são na divisa entre Espírito Santo e Bahia, no Km 957, até Itamaraju (Km 806), passando por Teixeira de Freitas (Km 880); o trecho iniciado no Km 793, em Itamaraju, até o 717, em Eunápolis, passando por Itabela (Km 745) e Itagimirim (Km 702). Outros trechos que concentram mais acidentes são a cidade de Itapebi, na altura do Km 660; Santo Antônio de Jesus, no Km 180; e Itabuna, no Km 505. (Correio)

Embasa reúne Prefeitura e Câmara para discutir renovação de contrato em Jequié

Rio Preto do Criciúma é um dos importantes mananciais que abastece Jequié

Na última segunda-feira  (15) dirigentes da Embasa estiveram reunidos com representantes da Prefeitura e Câmara de Vereadores de Jequié, quando esteve em discussão a renovação do contrato de concessão dos serviços de água e esgoto em Jequié.  Durante a reunião foi apresentado o trâmite que se faz necessário para formalização de um novo contrato, tendo como prioridade a aprovação do Plano Municipal de Saneamento  Básico, cujo projeto deverá ser enviado pelo Executivo à Câmara Municipal. Foram avaliados na proposta a ser apresentada contrapartida da Embasa em relação a ampliação dos investimentos em serviços e obras. Foi levantado pelo vereador Emanuel Campos “Tinho” (PV), presidente da Câmara, a necessidade de que seja incluída nas cláusulas do contrato a lei aprovada estabelecendo a redução do índice sobre a taxa de esgoto de 80% para 40%. O contrato entre a Prefeitura de Jequié e a Embasa está vencido desde 2015 e, a sua validade é de 20 anos.  “Um novo contrato somente deve assinado após avaliação criteriosa e de um amplo debate com a população”, ressaltou o presidente da Câmara.

Foi apontada também na reunião  a necessidade de conservação dos mananciais de captação de água para abastecer Jequié, a partir de projetos de reflorestamento, tomando por base a região do Cajueiro, entorno do Rio Preto do Criciúma, onde ocorrem queimadas e desmatamentos em Área de Preservação Ambiental (APP) e, também, a ampliação do sistema de esgotamento sanitário, com adoção de técnicas que permitam o controle do odor na área da Urbis onde está situada a Estação de Tratamento de Esgotos-ETE.  A Embasa foi representada na região pelo gerente do Escritório Regional,  engenheiro César Mehlem e a funcionária Adélia Andrade,  a prefeitura pelos secretários Jorge Galvão (Governo), Gláucio Chaves (Procurador Jurídico) e o legislativo municipal pelos vereadores Tinho, Soldado Gilvan, Ramon Fernandes, Reges Silva, Joaquim Caires e Marcinho Melo.

Mulher assassinada na região da Banca em Jequié

“Jorjão” possuia entrada na Polícia por envolvimento com drogas

Uma mulher foi assassinada por volta de 20h de terça-feira (16), na Rua Albertino Pereira, região da “Banca”, bairro Jequiezinho. De acordo com o BO 360\2018, Rosângela Silva de Assunção, 43 anos, apelidada “Jorjão”, foi alvejada por cerca de seis disparos de arma de fogo tombando morta no meio da rua. O autor do crime não foi identificado.  A vítima era natural de São Paulo e de acordo com a Delegacia de Polícia o crime teria como motivação dívida com o tráfico.

Casal amigo promove festa de despedida para o radialista Fábio Silva

Despedida aconteceu em ambiente alegre, descontraído, acompanhado de fina culinária

O casal Wanderley Lauria e Marcela promoveu na noite desta terça-feira (16), encontro surpresa em sua residência no bairro Jequiezinho, para registrar a despedida do radialista Fábio Silva, que acaba de desligar-se do quadro de comunicadores da Rádio Povo FM, onde além de atuar no jornalismo exercia as funções de gerente administrativo e de programação. Integrantes da equipe da emissora, Luciano Souza, Jussiara Oliveira, Sérgio Monteiro, Wilson Novaes e Edher Ramos e Samille Souza, estiveram presentes ao lado do major PM Fábio Rodrigo, da Professora Graça e de outros amigos.

Os presentes usaram a palavra para enaltecer o senso de profissionalismo e de amizade que desfrutaram na convivência com o homenageado desejando-lhe sucesso na nova missão profissional que estará assumindo dentro dos próximos dias.

Antônio Brito aparece como alternativa do PSD para chapa de Rui, avalia o site BNews

Antonio Brito em evento ao lado de Rui Costa e da primeira dama Aline Peixoto

Apesar de manter-se discreto preferindo não comentar o assunto, no conselho político do governador Rui Costa (PT), o nome do deputado federal Antonio Brito (PSD), é apontado como opção para compor a chapa majoritária encabeçada por Rui, na condição de candidato a vice-governador. A hipótese dessa composição, foi divulgada pelo site BNews, e ocorreria no  caso do atual vice, João Leão (PP), optar pela disputa por uma das vagas no Senado. Ainda de acordo com o site, “o nome do filho do vereador de Salvador Edvaldo Brito aparece como uma possibilidade harmônica para compor a vice. A candidatura do deputado estadual Ângelo Coronel para a composição da chapa  não está descartada, mas para o cargo de vice o consenso não é o mesmo, que ocorre em relação a Antonio Brito”.

Saúde afirma que Jequié está fora da área de risco da Febre Amarela

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB) divulgou nota informativa, de número 01/2018, com a relação dos municípios que estarão participando da campanha de vacinação de dose fracionada contra Febre Amarela. Jequié não consta entre as cidades que estão na área de risco, que são: Camaçari, Candeias, Itaparica, Lauro de Freitas, Mata de São João, Salvador, São Francisco do Conde e Vera Cruz. A Secretaria de Saúde de Jequié, emitiu comunicado dando conta que continuará com a vacinação de rotina com a dose padrão com indicação para: Crianças de 09 meses a menores de 2 anos de idade;  Gestantes (que residem em área de risco e se houver indicação por escrito do médico); Viajante internacional que necessite da emissão do Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP); Pessoas que apresentarem condições clínicas especiais avaliadas pelo serviço de saúde e viajantes que se descolam para áreas com registro de casos, com antecedência de 10 dias, para que haja imunidade. É também passada a orientação de que pessoas com 60 anos ou mais, que nunca foram vacinadas ou sem comprovante de vacinação, precisarão de autorização médica para receberem a vacina.  A Secretaria Municipal de Saúde informa ainda que a vacina está disponível apenas ao grupo prioritário, não sendo necessário a procura pela vacina por parte da população que não faz parte deste grupo. Esclarecemos, ainda, que a pessoa que já recebeu uma dose da vacina, em qualquer época da sua vida, não precisa receber outra dose pois já está imunizada e protegida contra a Febre Amarela.

ADPEB se posiciona sobre nota da OAB referente ao estupro de presos em delegacia

Delegado Fábio Lordelo, presidente da Associação de Delegados de Polícia da Bahia

Na tarde desta terça-feira (16), o Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado da Bahia emitiu nota referente ao pronunciamento da Comissão Especial de Sistema Prisional e Segurança Pública da OAB-BA em face dos graves crimes ocorridos, no último dia 12, em uma das celas da 18ª Delegacia Territorial, no município de Camaçari e publicizado em redes sociais por meio de um vídeo gravado pelos próprios detentos, reitera o sentimento de repulsa ao fato criminoso e sua divulgação.  O presidente da ADPEB, Fabio Lordello, afirmou em nota que “a indignação não pode se resumir à atribuição de culpa aos servidores policias civis que laboram na mencionada unidade policial, os quais não possuem a atribuição para custodiar presos, estando em flagrante desvio de função e mais, trabalhando com instalações físicas e efetivo inadequado para manter pessoas presas à disposição da justiça”, disse o presidente denunciando a improvisação ilegal das atribuições da custodia de presos pela Polícia Judiciária.  No documento o sindicato explica que desde o ano de 2006 a entidade vem buscando solução para essa questão e, em ação intentada naquele ano, pleiteou a declaração da inexistência de dever funcional dos delegados de polícia quanto à custódia, manutenção e a vigilância dos presos recolhidos nas unidades policiais, sob o fundamento de não constituir função essencial dos policiais civis, pugnando pela retirada imediata dos presos de todas as delegacias do estado da Bahia.

Cenas de sexo entre presos na delegacia de Camaçari viralizou nas redes sociais

De acordo com a nota, acordão publicado em dezembro de 2012, reconheceu a inexistência de obrigação legal dos delegados em responsabilizar-se pela manutenção da custódia dos presos, bem como a obrigação do Governo do Estado da Bahia em retirar os presos das delegacias, estipulando a decisão o prazo de 05 anos para que o Estado adotasse as devidas providências, no sentido de assumir o seu múnus de custodiar os presos, além de determinar a respectiva transferência das delegacias para estabelecimentos penais adequados. “Oficiamos ao Governador do Estado dando ciência do Acordão do processo, bem como do prazo que se encerrou no ano de 2017 e para solicitar informações quanto às providências já adotadas, com o fito de cumprir a referida ordem judicial. Ofícios de igual teor foram encaminhados à Secretaria da Segurança Pública, Secretaria de Administração Penitenciária e de Ressocialização e à Polícia Civil. Entretanto, até a presente data, e mesmo diante de fatos de extrema gravidade como o registrado nas dependências da delegacia de Camaçari, nenhuma manifestação houve por parte de qualquer dos gestores das pastas mencionadas”, explica o representante da ADPEB.

FBF realiza inspeção das obras no Estádio Waldomiro Borges

Assessor da FBF Inácio Diniz, o secretário de esportes Marcelo Pires e o engenheiro Vinícius Lobo

O assessor técnico da Federação Bahiana de Futebol (FBF), coronel Jorge Inácio Diniz, responsável pelo departamento de Vistorias e Segurança dos Estádios, realizou na tarde desta terça-feira (16), avaliação da  situação do Estádio Municipal Waldomiro Borges, o Waldomirão,  local a ser utilizado a partir do próximo dia 24, pela Associação Desportiva Jequié-ADJ, no mando de seus jogos na Série A do Campeonato Baiano 2018. Da  agenda do assessor técnico, que esteve acompanhado do Secretário Municipal de Esporte e Lazer, Marcelo Pires e do vice-presidente da ADJ, Camilo Barbosa,  constou levantamento das condições estruturais do a estádio em relação ao gramado, arquibancadas, sistema de iluminação, sanitários, vestiários e demais estruturas que sofrendo intervenções simultâneas da do Governo do Estado/Sudesb e da  Prefeitura de Jequié. “As obras estão sendo executadas dentro daquilo que foi solicitado. O Estádio Waldomiro Borges tem uma planta muito robusta e a avaliação é esperar que, no dia do jogo do Jequié, esteja tudo pronto e que os vestiários estejam em condições de serem utilizados, assim como a iluminação e toda a infraestrutura para o público também estejam finalizadas”, disse o coronel Diniz. O custo aproximado das intervenções que estão sendo realizadas no Waldomirão estão em torno de R$ 900 mil.

As obras que estão em execução no Estádio Municipal Waldomiro Borges [parte contratada pelo governo do estado estará em andamento durante a disputa do Baianão]  envolvem a recuperação do gramado; novo sistema elétrico; revitalização da iluminação; instalação de um poste de 24 metros, localizado atrás dos novos vestiários com novos refletores; instalação de uma estrutura de refletores em torres com três metros de altura, na marquise do estádio; construção de novos vestiários, tanto para jogadores quanto para árbitros, seguindo a normatização e padrões da Federação Bahiana de Futebol (FBF); revitalização de tribuna de imprensa e da tribuna de honra, que serão climatizadas; instalação de alambrado ao redor da área de jogo; novos bancos de reservas, seguindo também a normatização e padrões da FBF; novos sanitários masculinos e femininos na área de entrada do portão principal; salas para órgãos públicos e para o Serviço de Atendimento ao Torcedor (SAT); rampas para acessibilidade e sanitários com acessibilidade; revitalização e pintura da área externa, reforma da área interna e reforma dos antigos vestiários. Parte dessas obras deverão estar concluídas até o dia 24 deste mês, quando a ADJ faz a sua estreia em casa, tendo como adversário o Bahia de Feira.