Paradas de ônibus intermunicipais em cinco vias foram suspensas em Jequié

Na rua Lindolfo Rocha (lateral da Igreja Universal) somente poderão fazer paradas os ônibus urbanos

Cinco antigas paradas de ônibus intermunicipais utilizadas para embarque e desembarque de passageiros, em vias urbanas de Jequié,  passam a ser proibidas pela Prefeitura, através da Sumtran (Superintendência de Trânsito). Nesses locais somente poderão fazer as suas paradas, os coletivos urbanos. Os locais onde passaram a ser proibidas as paradas intermediárias dos ônibus interurbanos são: Rua Lindolfo Rocha (lateral do tempo da Igreja Universal da Praça Luiz Viana), Rua Mota Coelho (em frente a antiga loja da Le Brut), Avenida Landulfo Caribé (em frente ao Varejão do Papel), Avenida Dr. João Braga (frente do Ginásio de Esportes Anibal Brito) e na Avenida Lomanto Júnior (ao lado do Posto Avenida). Permanecem como pontos intermediários de embarque e desembarque de passageiros, o localizado na Avenida Otávio Mangabeira (em frente ao Sucão, bairro Mandacaru) e o da Agência Oásis (Avenida Dr. João Braga, no Jequiezinho). As mudanças provocam controvérsias entre os usuários desses locais, favoráveis e contrários à medida.

Procurador do TJD pede rebaixamento do Vitória do Campeonato Baiano 2018

Expulsões no BaVi: Vitória agora ocupa a vice-liderança com 13 pontos após vencer a Jacuipense, 0x1

O procurador Hermes Hilarião Teixeira Neto, da Procuradoria da Justiça Desportiva, ofereceu denúncia, nesta quinta-feira (22), contra os envolvidos na confusão do Ba-Vi do último domingo (18).  No documento, Hermes Hilarião também pede a desclassificação e rebaixamento do Esporte Clube Vitória do Campeonato Baiano por, segundo ele, dar o encerramento de forma intencional à partida. A previsão é que o julgamento aconteça na próxima terça-feira, 27,  às 18h (horário de Brasília).

– Foram denunciados 12 atletas, o Vitória, o técnico Vagner Mancini e o supervisor Mário Silva – disse Hermes Hilarião, em entrevista ao GloboEsporte.com.

O procurador continua que, por decidir pelo encerramento intencional da partida, o Vitória prejudicou equipes como Jequié e o Fluminense de Feira, que disputam classificação para a semifinal da competição.

– Na nossa avaliação, o Vitória, através de seus atletas, do técnico Vágner Mancini e do supervisor Mário Silva, resolveu dar ensejo ao término da partida de forma proposital, intencional. Isso gerou prejuízo desportivo ao Jequié e ao Flu de Feira porque o campeonato está em fase de pontos corridos. Em razão desse prejuízo a terceiros, o Vitória, em razão do art. 205, parágrafo II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, merece ser desclassificados do Campeonato. O fundamento do rebaixmento, por tudo o que falei, pela conduta antidesportiva, com base no Código Disciplinar da Fifa, que se aplica ao Campeonato Baiano, em razão do seu próprio regulamento, do art. 79, item II, entendemos que merece também ser rebaixado – disse o procurador em entrevista ao GloboEsporte.com.

Na última quarta-feira (21), o Vitória ingressou com um mandado de segurança junto ao TJD-BA para tentar manter o placar do Ba-Vi empatado em 1 a 1. Com a divulgação da súmula do jogo, a FBF determinou que o Tricolor havia vencido o Ba-Vi por W.O., o que garantiu o placar de 3 a 0 para tricolor.

Prefeitura anuncia repasse de R$ 181,40 mil para pagamentos de terceirizados

A Prefeitura de Jequié, em comunicado subscrito pelas secretarias municipais  da Fazenda e de Educação, divulgou no início da noite desta quinta-feira (22), o repasse feito à empresa Terceira Visão, no valor de R$ 181.401,01, destinado ao pagamento de trabalhadores terceirizados. Antecipa ainda o comunicado que, “até terça-feira, 27, novos pagamentos serão efetuados”.

Unidade é considerada única forma de impedir o avanço da direita nas eleições deste ano

Ciro Gomes defende a criação de ambiente de diálogo com todas as siglas de centro-esquerda

Lideranças políticas filiadas a partidos de esquerda e centro-esquerda começaram a discutir a criação de condição de unirem-se em torno do lançamento de candidaturas que venham a impedir o avanço da direita com vistas às eleições de 7 de outubro deste ano. O ex-deputado Gabriel Chalita (PDT-SP), o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) e o pré-candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, começaram a discutir a proposta. Segundo interlocutores de Ciro e Haddad, a conversa não ocorreu em torno da escolha de nomes nem da possibilidade cada vez maior de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser impedido pela Justiça de disputar a eleição.Os temas principais do encontro ocorrido na terça-feira  (20), foram a necessidade da centro-esquerda se unir para fazer frente às candidaturas de centro-direita e como alinhavar essa união diante da inconsistência do cenário eleitoral em que, faltando seis meses para o registro das candidaturas, poucos nomes conseguiram se consolidar, seja por motivos políticos, seja por razões legais. Ciro teria proposto a criação de um ambiente de diálogo no qual todas as siglas manteriam seus nomes, inclusive o de Lula, que leve à consolidação da unidade antes dos registros das candidaturas. Haddad se dispôs a levar a proposta para Lula e o PT. Outros partidos serão convocados. Ambos concordaram que o manifesto divulgado também na terça-feira pelas fundações ligadas ao PT, PDT, PCdoB, PSB e PSOL pode ser um ponto de partida para o início da aproximação. O documento omite qualquer referência em relação à candidatura de Lula. Segundo pessoas que participaram da elaboração do texto, a omissão foi um pedido de Ciro, que também é o único pré-candidato da centro-esquerda a não assinar o manifesto “Eleição sem Lula é Fraude”.

Suspeitos de integrar quadrilha são mortos em três cidades da Bahia

Três elementos que tombaram na Operação RODOTEC no interior baiano

Três suspeitos de participar de uma quadrilha envolvida em assaltos a banco, roubo de cargas, extorsão mediante sequestro e homicídios foram mortos em confronto com a polícia na quarta-feira (21). O grupo agia na região do sul da Bahia, em cidades como Camamú, Igrapiúna, Ibirapitanga, Ilhéus e Valença. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), a operação ainda está em curso e teve ações simultâneas em três cidades, sendo Simões Filho, Ibirapitanga e Capim Grosso. A polícia localizou um suspeito de ser integrante da quadrilha, identificado como “Bruno de Igrapiúna”, no momento que ele se reunia com outros suspeitos para organizar um assalto a banco, no bairro Ponto Parada, em Simões Filho. Policiais trocaram tiros com Bruno, que foi atingido. Ele foi encaminhado para o Hospital Municipal de Simões Filho, mas não resistiu. A polícia apreendeu com o suspeito uma pistola calibre 938.

Ainda na quarta-feira, policiais localizaram outro suspeito de integrar a quadrilha, identificado como “Junior Pedreiro”, na localidade de Itamarati. Segundo a SSP-BA, Junior resistiu a abordagem policial, disparando contra as guarnições, e foi atingido. O suspeito foi encaminhado para o hospital local, mas também não resistiu aos ferimentos. Na mesma operação, policiais abordaram um veículo no município de Capim Grosso, com outro suspeito, identificado como “Del de Igrapiúna”. Del tentou fugir, mas colidiu o carro contra um muro. Ao descer do veículo ele atirou contra os policiais, mas foi atingido e também não resistiu. Com ele foi apreendido um revólver calibre 38. Além da PF, a ação conjunta contou com a participação das Companhias Independentes de Policiamento Especializado (Cipe Cacaueira / Litoral Norte / Caatinga), 61o (Ubaitaba), 22(Simões Filho) e 91a (Capim Grosso) Companhias Independentes da PM e 7a Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Ilhéus.

Suspensão de seleção do REDA deverá desligar cerca de 100 trabalhadores da UESB

Professor Paulo Roberto Pinto Santos, Reitor da Uesb

O Conselho Universitário da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) suspendeu o processo seletivo que estava marcado para acontecer via Regime Especial de Direito Administrativo (Reda). O reitor da instituição, Paulo Roberto Pinto Santos, chegou a divulgar uma nota aberta fazendo um apelo para que o conselho não aprovasse a suspensão do processo.

“Por determinação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e do Ministério Público (MP), estamos suspendendo os contratos de prestação de serviço contínuo na Instituição, no dia 28 de fevereiro de 2018. Há tempos, os órgãos citados vêm reiterando essa solicitação. Para não causar interrupção nos serviços da Instituição, pela ausência desses colaboradores em setores como Creche, Uinfor, Surte e outros, venho solicitando, desde 2015, concurso público e seleção (Reda) específicos para a substituição desses prestadores.

É de conhecimento público que somente no dia 22 de dezembro de 2017 o Governo Estadual autorizou a seleção de 82 vagas de Reda, das 143 que vêm sendo solicitadas. Para agilizar a contratação de servidores e manter a regularidade dos serviços da Universidade, optamos pela seleção simplificada, processo legal mais rápido”, disse o reitor.

Com a suspensão, segundo funcionários prestadores de serviços da instituição, mais de 100 trabalhadores terão seus vínculos desligados da instituição sem reposição.

Falso dentista é preso em flagrante em Ibotirama

Prisão do falso dentista e o material apreendido em seu poder

O  Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CRO-BA) em parceria com a Policia Militar, conduziu em flagrante, na quarta-feira (21),  Carlos Pereira da Silva, mais conhecido como “Dr. Carlão”, 57 anos, exercendo ilegalmente a profissão de cirurgião-dentista no município de Ibotirama, realizando obturação e prótese dentária e cobrava entre R$ 60,00 a R$ 100,00 reais pelos serviços. Durante a abordagem, a PM encontrou no recinto, um revólver calibre 38 municiado. O falso dentista foi conduzido para delegacia onde foi preso em flagrante por não ter porte de arma e também vai responder pelo exercício ilegal da profissão, cuja pena varia de seis meses a dois anos. Para o Presidente da Comissão de Fiscalização do CRO-BA, Dr. Carlos Dourado, “quem incorre em crime que coloca em risco a saúde da população deve sofrer penalidade maior a que ora se atribui a prática do exercício ilegal”. Segundo Dr. Carlos Dourado, a classe odontológica aguarda a aprovação do projeto de lei 3063/08 que, em seu texto original, agrava a pena de reclusão de 2 a 6 anos e multa, punindo com efetividade aquele que exercer ilegalmente a profissão de cirurgião-dentista.

 

 

Lava Jato: PF deflagra operação contra esquema envolvendo a Via Bahia

Nesta quinta-feira (22), a Polícia Federal deflagrou nova fase da Operação Lava Jato. De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, a 48ª fase mira um esquema em área de concessão de rodovia. Na 30ª fase deflagrada em maio de 2016, a PF teve como alvo os donos da Credencial Construtora Empreendimentos e Representações, e identificou pagamentos suspeitos da ViaBahia Concessionária de Rodovia S.A. De acordo com a investigação, a Credencial recebeu R$ 6,2 milhões da Via Bahia, um aglomerado formado pelas empresas Engevix, Encalso e pela Isolux Corsán Concesiones. A concessão em questão foi feita no governo Lula em 2009 para administrar por 25 anos 680 quilômetros de rodovias, entre elas trecho da BR-116 (rodovia Santos Dumont) entre Feira de Santana até a divisa com o Minas Gerais, e a BR-324 (rodovia Engenheiro Vasco Filho) entre Salvador e Feira de Santana.

Prefeitura de Jequié celebra contratos com a Caixa Econômica

Prefeitos, representantes da CEF e demais pessoas presentes ao ato de assinaturas

Na manhã de quarta-feira (21), o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, esteve na Caixa Econômica Federal, em Jequié, assinando contratos de repasses de recursos. Os contratos de repasses firmados entre o município e a União em 2017, viabilizados pelos deputados federais Antonio Brito e Bebeto Galvão e pela senadora Lídice da Mata, tendo a Caixa Econômica Federal como mandatária do Governo Federal, são para a implantação e modernização de infraestrutura esportiva, com investimento de R$ 250.000,00; a reforma do Mercado Municipal, com investimento de R$ 250.000,00; a ampliação e reforma da cobertura do Centro de Abastecimento Vicente Grillo, com investimento de R$ R$ 497.250,00 e a reforma e recuperação da infraestrutura do Centro de Abastecimento Vicente Grillo, com investimento de R$ 255.000,00.

Também estiveram presentes ao ato de  assinatura dos contratos, os prefeitos Olival Andrade (Itagí);  Irajuba, Jerônimo de Oliveira (Irajuba);  Lorenna Di Gregório (Itiruçu); Antônio Carlos Bastos (Iramaia); Apuarema, Raival Pinheiro (Apuarema); Uilson Venâncio Gomes de Novaes (Maracás);  Giuliano de Andrade Martinelli (Jaguaquara), Bruna Pereira, representando o prefeito, José Freitas, de Lafaiete Coutinho. A Caixa Econômica Federal foi representada pelo gerente geral da agência Jequié, Jessé Almeida; pelo gerente geral da agência Cidade Sol, Ricardo Rehem; pelo gerente regional de Governo e Judiciário da Superintendência da Caixa, Alberto Catarino; pelo superintendente em exercício, Fares Haum; pelo gerente geral da Construção Civil, Antônio Almeida; pelo gerente geral da agência de Jaguaquara, Fralcídes Andrade, pela representante de Habitação, Evelyn Amorim, além do secretário municipal de Governo de Jequié, Jorge Galvão.

Operação revista realizada no Conjunto Penal de Jequié

Material apreendido em baculejo realizado em celas do Conjunto Penal de Jequié

Na quarta-feira (21), desencandeada em celas do Conjunto Penal de Jequié-CPJ,  operação de revista a pedido da Policia Civil,  através do DPC André Aragão, Coordenador da 6° COORPIN da cidade de Itabuna. Foi realizada a ação de busca na cela, 02, do custodiado, Charles Lopes Teles Andrade, vulgo “Charlinho”, integrante da ORCRIM  Raio A de Itabuna. Também foram feitas buscas na celas 01 e 03 todas no Módulo Penitenciaria e nas celas 05, 06 e 07 do Módulo Penitenciaria II,   a pedido do DPC, Fabiano Aurich, Coordenador da 9° COORPIN, com o objetivo de apreender materiais ilícitos  em poder do custodiado, Sandro Santos Queiroz, vulgo “Real”, apontado como, integrante da ORCRIM RR DOIDEIRA, o qual foi escoltado pela PCBA para a COORPIN a fim de ser ouvido a termo por estar portando documento oficial e sigiloso da justiça estadual.

A operação contou com o efetivo de 20 Policiais Militares do 19° BPM/CETO, sob o comando do TEN PM Ramon, Auxiliado pelo Ten PM Muniz, 13 agentes do GEOP,04 Policiais Civis sob o comando do DPC Moabe Lima, 04 Agentes da COORDIP, além do Diretor da Unidade Prisional de Jequié, CAP PM Henrique, o Coordenador de Segurança, os Coordenadores de Vigilância, 03 agentes penitenciários do CPJ. Todos os materiais ilícitos foram apresentados na delegacia de Polícia Civil. 19 Aparelhos Celulares; 16 Carregadores de Celular; 08 Fones de ouvido;12 Cabos USB; 01 Cartão de Memória; 02 Carregadores Portáteis; 01 Cabo P2; 01 Pendrive; 01 Balança de Precisão; 05  Cachimbos; 42,4g de substância análoga à cannabis sativa; 91g de substância análoga à cocaína em pó; 15,6g de substância análoga à cocaína em pedra; 03 Cadernos de Anotação; 01 Facão Artesanal e 01  Bateria de Celular.