Verão será o mais quente dos últimos 160 anos

População de Jequié irá conviver com período de calor intenso no verão

População de Jequié irá conviver com período de calor intenso no verão

O verão começa na segunda-feira  (21), pontualmente às 15h47, trazendo um dos períodos mais  quentes que até os baianos mais antigos jamais vivenciaram. De acordo com a meteorologista   Marinez Carmen de Oliveira Cardoso,  do  Instituto Nacional de Meteorologista (Inmet-BA)  será a década mais quente dos últimos 160 anos, devido ao  fenômeno do El Niño  que provoca seca no Nordeste e  chuvas no Sul do País, ao contrário do La Niña dos dois últimos.

O conselho dos meteorologistas para uma situação como esta é de que as pessoas se preparem para estas temperaturas elevadas, principalmente quem enfrenta o sol diariamente, se protegendo dos raios ultravioletas através da utilização de protetores solares (previamente pesquisados para saber se realmente são confiáveis) , chapéus, bonés, roupas leves e até mesmo sombrinhas. Com informações do Inmet-Ba.

Você pode deixar uma resposta, or trackback do seu próprio site.

5 Comentários para “Verão será o mais quente dos últimos 160 anos”

  1. Hmm… I read blogs on a similar topic, but i never visited your blog. I added it to favorites and i’ll be your constant reader.

  2. I added your blog to bookmarks. And i’ll read your articles more often!

  3. Marfran Amaral disse:

    – A posição brasileira tem que ser em conjunto com a sociedade brasileira e é por isso que o PV está fazendo essa mobilização, para que possamos chegar comprometidos com aquilo que vamos nos comprometer dentro de um espaço multilateral – afirmou a senadora.

    – O Brasil deve assumir metas oficiais, compromissadas de redução de suas emissões de gases de efeito estufa, tanto em relação a sua principal fonte, que são as queimadas de florestas, quanto a outras fontes que são a geração de energia, indústria, transporte e agropecuária. Consideramos que essas metas devem equivaler à metade daquilo que venha a ser compromissado pelos países desenvolvidos – disse o vereador carioca Alfredo Sirkis (PV).

    Marina Silva criticou a postura do governo brasileiro em relação ao encontro de Copenhagen. Segundo ela, o país não parece empenhado em assumir metas de redução dos gases que provocam o efeito estufa.

    – Achamos que essa posição está reativa, porque a produtividade se expressa na fala dos líderes e, infelizmente, não tivemos da parte do presidente Lula, agora no desempenho das Nações Unidas, um foco nessa questão das mudanças climáticas já sinalizando o papel do Brasil a assumir metas.

  4. Reinaldo disse:

    Tudo que está acontecendo é a falta de resposabilidade do proprio homem Deus criou toda a natureza simplismente destruimos com tudo,agora vamos colher o que plantamos.

Deixe uma resposta

Implementado e Monitorado por: Neirival Neri  |  Agradecimento: AgenciaCARRILHO