Inspetor já havia denunciado beneficiamento do Grupo JBS no interior da Bahia

Em meio ao escândalo revelado pela Operação Carne Fraca, denúncias apresentadas à Polícia Federal desde 2016 reforçam a probabilidade de fraudes na fiscalização de produtos de origem animal no âmbito da Superintendência do Ministério da Agricultura (Mapa) na Bahia. Autor de uma série de representações à PF e à corregedoria da pasta sobre supostos esquemas de corrupção e desvios de verbas públicas no órgão, o médico veterinário Carlos Alberto Lantyer, agente de inspeção do Mapa no estado, protocolou no início do ano um documento na Justiça Federal de Brasília, no qual aponta suspeitas de beneficiamento a matadouros e frigoríficos do Grupo JBS situados no interior baiano. Na peça, remetida ao juiz Vallisney de Souza Oliveira, responsável pela Operação Zelotes e por casos conectados à Lava Jato no Distrito Federal, Lantyer cita indícios de que, nos últimos anos, as nomeações para cargos de chefia na superintendência tiveram como objetivo facilitar o trâmite de processos e as ações de fiscalização em estabelecimentos da JBS. Nos próximos dias, a Polícia Federal receberá uma nova denúncia de Carlos Alberto Lantyer contra dirigentes do Ministério da Agricultura no estado. Dessa vez, sobre irregularidades na concessão de registro para exportação de tilápias produzidas por uma grande empresa de pescados em criatórios de Paulo Afonso, região do Médio São Francisco. Junto com a representação, a sexta a ser entregue por ele, Lantyer vai anexar documentos que provariam o atropelo nas regras de inspeção. (Satélite/Correio)

One Response to Inspetor já havia denunciado beneficiamento do Grupo JBS no interior da Bahia

  1. Carlos Coqueiro disse:

    Só queria saber:
    1. De onde vem a carne dos açougues e que nos alimenta em Jequié?
    2. Esta nossa carne tem a devida inspeção federal?
    3. por que a fiscalização sobre a carne irregular que vem clandestinamente pela BR-330 é tão fraca?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *