Category Archives: Esportes

PFC Cajazeiras e ADJ começam a decidir o título de Campeão da Série B neste sábado, 1º

Jogadores da ADJ e PFC-Cajazeiras voltam a se enfrentar neste sábado (1º/07) 16h, no Estádio de Pituaçu, em Salvador

A decisão do título de Campeão Baiano da Série B em 2017, terá a primeira partida da fase final neste sábado, 1º, a partir das 16h, no Estádio Roberto Santos (Pituaçu), em Salvador. O campeão do certame garantirá sua participação na Série A do Baianão 2018. O confronto de volta será no domingo, 09, no Estádio Waldomiro Borges “Waldomirão”, em Jequié, a partir das 10h. Com melhor campanha na primeira fase, onde terminou como líder, o Jequié terá a vantagem na decisão, jogando por dois resultados iguais.

“Jipão Amarelo” é o mascote da torcida da ADJ na campanha rumo à Série A em 2018

A torcida do Jequié empolgada com a campanha deste ano, pretende comparecer em grande número ao primeiro jogo em Salvador, com a adesão de jequieenses que moram na capital e que se manifestam em grupos de whatsapp marcando encontros no sábado, em Pituaçu. A liderança durante toda a fase de classificação garante ainda ao Jequié, jogar a decisão do título dentro dos seus domínios, diante de sua torcida. ADJ e PCF Cajazeiras, se enfrentaram duas vezes na fase de classificação. No jogo de ida dia 22 de abril em Pituaçu, terminaram empatados em 0 a 0; no jogo de volta dia 11 de junho no Waldomirão, o time de Salvador quebrou a série invicta do Jequié, vencendo a partida por 1 a 0. As duas partidas das finais são vistas como revanches entre as duas equipes.

Jequieense vice-campeão Mundial de Triathlon será homenageado nesta terça, 20

David Lucas ao lado do professor Márcio Roberto e de outros atletas de Triathlon

O professor Márcio Roberto e demais participantes da modalidade esportiva do Triathlon, estarão realizando recepção ao jovem atleta jequieense David Lucas, que conquistou o vice campeão mundial de Triathlon na modalidade “Team Relay”, oficializada pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) como prova Olímpica em 2020. David Lucas BA / Givana TO / Vitória SC / Cleverson SE), estiveram juntos na competição. Na terça-feira, 20, David Lucas, será recepcionado às 19h na Praça da Bíblia (Jequiezinho), de onde desfilará em uma viatura do Grupamento de Bombeiros, pelas da cidade. Ciclistas, motociclistas e motoristas estão sendo convidados para acompanharem a homenagem pública ao jovem e promissor atleta.

ADJ vence o Atlético (0x1) e faz a final no Waldomirão

A equipe da Associação Desportiva Jequié-ADJ fez as pazes com a vitória, num momento decisivo, na tarde deste sábado, 17, no Estádio Antonio Carneiro, o Carneirão, em Alagoinhas, ao vencer o Atlético, por 1 a 0, gol assinalado nos minutos finais da partida, pelo zagueiro Bremer, que entrou em campo substituindo Correia, que cumpriu suspensão pela expulsão diante do PFC-Cajazeiras. O resultado manteve o time de Jequié na primeira colocação, com 21 pontos e o direito de fazer a partida final dentro dos seus domínios, no Estádio Waldomiro Borges. O adversário do Jequié nas duas partidas decisivas será o PFC-Cajazeiras, que ficou na segunda colocação, com 19 pontos conquistados,  após empatar em 3 a 3 com o Colo Colo, no estádio de Pituaçu, em Salvador.

Torcida do Jequié não abandonou o seu time no momento mais difícil e vibrou com a vitória

Inúmeros torcedores do Jequié foram ao Carneirão prestigiar o time jequieense. A primeira partida da decisão será no domingo  (02 de julho), no Estádio Roberto Santos (Pituaçu), em Salvador e o jogo em que será conhecido o Campeão Baiano da Série B, será no domingo (09), no Estádio Waldomiro Borges de Souza, Waldomirão, em Jequié, ambas partidas com início às 16h. No dia 2, estará sendo realizado às 15h na Praça da Bandeira, o Bolão de Prêmios em benefício da Associação Desportiva Jequié-ADJ, no qual serão sorteados um carro 0km, motocicleta, poupanças etc. A cartela está sendo vendida ao preço de R$ 25,00. A organização é do empresário Olivaldo Ribeiro de Novaes, “Badica”.

Atlético x Jequié e PFC-Cajazeiras x Colo Colo jogam em rodada decisiva da Série B

Com chances concretas de classificação Jequié entra em campo com o propósito de retornar às vitórias

A 10ª e última rodada da Série B do Campeonato Baiano, a ser disputada com duas partidas decisivas neste sábado, 17, a partir das 17h, definirá os dois times classificados para as partidas da decisão, em jogos de ida e volta. No Estádio Antônio Carneiro em Alagoinhas, o Atlético (3º colocado com 15 pontos) receberá a visita da Associação Desportiva Jequié, líder do certame com 18 pontos conquistados. Em Salvador, no Estádio Roberto Santos (Pituaçu), o  PFC-Cajazeiras (vice-líder com 17 pontos) estará enfrentando o Colo-Colo, que ocupa a 4ª colocação com 14 pontos.  . Matematicamente, os quatro times têm chances, mas a ADJ e o PFC estão na ponta e levam alguma vantagem diante dos adversários.

PFC-Cajazeiras tem boa chance, assim como a ADJ, de decidir o título de campeão do Acesso em 2017

No jogo diante do Atlético,  o Jequié precisa apenas de um empate para se garantir na decisão, que leva o vencedor à elite estadual. A equipe de Alagoinhas precisa vencer para chegar aos mesmos 18 pontos – e empatar no número de vitórias, primeiro critério de desempate. O empecilho para ficar em primeiro é o saldo de gols: 11 a 1 para o ADJ. Mesmo que saia vitorioso, o time ainda precisa torcer contra o Cajazeiras, que enfrenta o Colo-Colo. . Caso o PFC perca e o Carcará consiga bater o líder, o time de Alagoinhas consegue a classificação no primeiro lugar. Em caso de vitória do PFC o Atlético perde a chance de se classificar, mesmo que vença o Jequié. O Colo-Colo de Ilhéus, que convive com uma crise levando inclusive os jogadores entrarem em greve suspendendo as atividades da semana precisa de combinação de resultados para passar: vencer o PFC e torcer para que o Jequié ganhe. Caso vença, o Colo-Colo ultrapassa o Cajazeiras no número de triunfos e fica com a vaga.

Arbitragem do jogo ADJ x PFC Cajazeiras foi reprovada por diretores, jogadores e torcedores do Jequié

A diretoria da Associação Desportiva Jequié-ADJ, em nota assinada pelo presidente Juarez Almeida Sampaio “Bolinha”, respondeu à avaliação feita pelo Assessor de Arbitragem da Federação Bahiana de Futebol (FBF), Ademilton Piedade Carigé  aos árbitros do jogo do dia 11 de junho no estádio Waldomiro Borges, entre ADJ x PFC-Cajazeiras. Afirmando de antemão respeitar a avaliação, a diretoria da ADJ, desaprovou por parte dos árbitros, o que considerou, desnecessária e abusiva expulsões por desentendimentos antes do início da partida de um jogador de cada clube e contestou também, a anulação de gol legal assinalado pelo atacante Marcelo Pano.

  

Com dois meses sem receber salários jogadores do Colo Colo fazem greve

Jogadores do Colo Colo ameaçam não viajar para o jogo com o PFC-Cajazeiras

Ocupando a quarta colocação com 14 pontos conquistados na fase de classificação da Série B do Campeonato Baiano, os jogadores do Colo Colo de Ilhéus ameaçam não entrar em campo às 17h de sábado, 17, no Estádio Roberto Santos (Pituaçu), em Salvador, para enfrentar o PFC-Cajazeiras, segundo colocado da competição com 17 pontos, um a menos que o líder, Associação Desportiva Jequié-ADJ, que no mesmo dia e horário estará enfrentando o Atlético em Alagoinhas, terceiro colocado com 15 pontos. Os resultados das duas partidas definirão o primeiro e segundo colocados, para que seja conhecido em jogos de ida e volta, o campeão do acesso que estará classificado para a Série A do Baianão em 2018. A situação dos jogadores do Colo Colo segue complicada. Eles estão com dois meses de salários atrasados e na última segunda-feira, 12, decidiram entrar em greve por tempo indeterminado, suspendendo a preparação para a última rodada da Série B. A situação persiste desde o mês passado e, na manhã desta quarta, 14, a diretoria do Tigre de Ilhéus se reuniu com os jogadores pedindo que eles retornassem aos treinos. No entanto, o pedido não foi aceito. Caso os salários não sejam pagos, o grupo ameaça nem viajar para o confronto decisivo contra o PFC-Cajazeiras. Em contrapartida, a CVL, empresa responsável pelos pagamentos, teria garantido que o dinheiro estaria na conta dos jogadores até às 14h desta sexta, 16. Já convivendo com esse problema de salários no dia 28 de maio o Colo Colo veio a Jequié e empatou com a ADJ (1×1) tirando a chance do time jequieense disparar na liderança.

Inter recebe multa de R$ 720 mil do STJD e escapa de exclusão da Série B

Ex-presidente Vitório Piffero prestou depoimento no STJD e disse que irá recorrer

O caso da adulteração de documentos do zagueiro Victor Ramos [atualmente jogando na Chapecoense] pelo  Inter, seu ex-clube, teve julgamento na tarde desta terça-feira, na sede do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e a equipe gaúcha  escapou do pior que seria a exclusão da disputa da Série B do Campeonato Brasileiro desta ano. Denunciado pelo uso de documentos adulterados do jogador, o Colorado foi punido com multa de R$ 720 mil pela 5ª Comissão Disciplinar da entidade. A pena mais severa previa até a exclusão da Série B, de acordo com o Artigo 61 do Código Disciplinar da Fifa. O ex-presidente Vitorio Piffero também foi punido com suspensão de atividades relacionadas ao futebol por 555 dias, além de multa de R$ 90 mil. A decisão foi proferida por unanimidade, em sessão com mais de quatro horas de duração. O presidente da 5ª Comissão Disciplinar, Rodrigo Raposo, ainda pediu a redução da suspensão de Piffero de 640 dias para 555 dias, por ter achado a pena muito severa, a ponto de “inviabilizá-lo politicamente”. Cabe recurso tanto ao Inter quanto à Procuradoria do STJD.  – Não decidimos ainda se vamos recorrer. Vamos aguardar o acórdão e analisar – disse o advogado do Inter Rogério Pastl. O ex-presidente Vitorio Pifferio garantiu que irá recorrer. Globo Esporte

ADJ perde invencibilidade e chance de se classificar por antecipação

Ataque do Jequié desperdiçou boas chances de marcar

A equipe da Associação Desportiva Jequié-ADJ, perdeu a invencibilidade na Série B do Campeonato Baiano de 2017, ao perder na manhã deste domingo, 11, dentro de casa, no estádio Waldomiro Borges, para o PFC-Cajazeiras pelo placar de 1 a 0, gol marcado por Samba na segunda etapa da partida. Com o resultado negativo o Jequié deixou escapar a chance de se classificar por antecipação para a fase decisiva da competição que será disputada a partir do dia 2 de julho, com o mando de campo do segundo colocado e o jogo de volta no dia domingo (09/07) com a inversão do mando de campo. A definição das  duas vagas na final da competição ficou ainda mais acirrada após os resultados deste final de semana. As duas equipes que decidirão o título e o acesso à Série A em 2018, somente serão conhecidas na última rodada da 1ª fase, que acontecerá  no próximo sábado, 17, com os jogos programados para as 17 horas.  No último sábado (10), o Colo Colo venceu o Teixeira de Freitas, no Mário Pessoa, por 3 a 1. Já neste domingo (11), o PFC-Cajazeiras derrotou o Jequié, no Waldomiro Borges, por 1 a 0.

Partida foi tumultuada antes mesmo do árbitro apitar o início do jogo

A tensão em torno da partida ADJ 0x1 PFC Cajazeiras foi além das quatro linhas. Ainda quando os jogadores das duas equipes se preparavam para entrar em campo ocorreu um tumulto generalizado e o árbitro Jailson Macêdo Freitas, excluiu da partida os zagueiros Correia do Jequié e Bruno do PFC Cajazeiras. Um gol marcado em uma cabeçada pelo atacante Marcelo Pano, foi mal anulado pela arbitragem, que alegou impedimento do jogador e motivou os protestos dos torcedores.

Torcida compareceu e  mais uma vez fez a sua parte: 2.147 pagantes Renda R$ 42.750

Com os resultados da 9ª rodada, o Jequié se manteve líder, com 18 pontos, e ainda é o candidato mais próximo da decisão. Basta um empate com o Atlético, no próximo sábado (17), no Antônio Carneiro, para ficar com a vaga. Já o Atlético, atual terceiro colocado, com 15 pontos, terá tarefa mais difícil. Para avançar, o clube precisa vencer a ADJ por qualquer placar e torcer por uma derrota ou empate do PFC-Cajazeiras com o Colo Colo. Em outra hipótese, em caso de triunfo do Cajazeiras, o Carcará precisará golear o Jequié por e tirar uma diferença de saldo entre os dois dez gols. Vice-líder com 17 pontos, o PFC-Cajazeiras chega à final com um simples triunfo sobre o Colo Colo, também no sábado (17), em Pituaçu. Em outra situação, o time de Salvador poderá empatar com o Tigre, desde que o Atlético perca ou empate com o Jequié. Quarto colocado com 14 pontos, o Colo Colo precisará vencer o PFC-Cajazeiras e torcer por um empate ou derrota do Atlético para o Jequié. Fotos: João Lourenço

ADJ enfrenta o PFC-Cajazeiras com arbitragem de Salvador

Com um empate neste domingo, 11, no Waldomirão diante do PFC-Cajazeiras, em partida com início marcado para 10h, a Associação Desportiva Jequié-ADJ, estará somando 19 pontos e garantindo presença na disputa final da Série B do Campeonato Baiano, no qual, apenas o time Campeão estará com vaga na Série A em 2017. Diretoria, Mesmo com essa situação favorável, dirigentes comissão técnica, jogadores e torcedores, confiam na vitória frente ao PFC-Cajazeiras, que manterá a campanha invicta da equipe e o retorno às vitórias após empates em 1 a 1 contra o Colo Colo e o Teixeira de Freitas. Neste sábado, 10, o time ilheense  venceu o Teixeira de Freitas, em casa por 3 a 1, enquanto o Atlético de Alagoinhas chegou à segunda colocação (14 pontos) após cumprir tabela no jogo que faria com o Ypiranga. O árbitro Jailson Macêdo Freitas (CBF-Salvador), apitará o jogo em Jequié, tendo como assistente 1, Elicarlos Santos de Oliveira (Asp. FIFA/Salvador) e o assistente 2, Jucimar dos Santos Dias (CBF/Salvador).

ADJ está próxima de repetir a campanha de 1992 e conquistar a Série B

Conquista do título em 1992 comemorada por jogadores, comissão técnica, dirigentes e torcedores

Boa parte dos torcedores que acompanham e torcem pela Associação Desportiva Jequié-ADJ, na temporada 2017 em busca do retorno à divisão de elite do futebol baiano em 2018, não estava presente ou não se lembra da última e única vez que o seu “time do coração” conquistou o título do campeonato de acesso em 1992, garantindo no ano seguinte à Primeira Divisão, onde permaneceu até mais um rebaixamento em 1997. Na campanha deste ano, o Jequié mantém a sua condição de única equipe invicta na competição com 18 pontos conquistados e a liderança do campeonato. Uma vitória no domingo, 14, no Estádio Waldomirão, diante do PCF Cajazeiras, segundo colocado com 14 pontos, estará praticamente assegurando a presença do time de Jequié na disputa pelo título.

Comemoração em 1992 o presidente Badica, o técnico Tucha e o preparador físico Valfredo Dórea

O retorno da ADJ à disputa do Campeonato Baiano da Segunda Divisão ocorreu em 1990 e o título de campeão somente foi alcançado dois anos depois com a equipe presidida pelo comerciante Olivaldo Ribeiro de Novaes “Badica”. O time da conquista do título tinha como técnico o professor Carlos Alberto Borges “Tucha” e preparador físico o professor Valfredo Dórea. O time base utilizado durante a temporada era formado por Pio, Vandro, Geraldo, Altivo e André; Tim Maia, Nengo, Herbert e Robério, Mococa e Ubaitaba.

Empate com gol de Tata mantém ADJ invicta na Série B: 1×1

Tata empatou aos 16min do 2º tempo. Estádio com 162 torcedores pagando ingressos

A campanha invicta da Associação Desportiva Jequié-ADJ, na Série B do Campeonato Baiano de 2017, foi assegurada na tarde deste domingo, 05, no Estádio Antonio Rodrigues “Tomatão”, em Teixeira de Freitas, com o gol de empate dos jequieenses marcado aos 16min da etapa final em chute de Tata de fora da área. O resultado manteve a ADJ na liderança do certame com 18 pontos, seguido pelo PFC-Cajazeiras (empatou no sábado (4) em 1×1 com o Atlético de Alagoinhas), que ocupa a segunda colocação com 14 pontos. O time de Teixeira de Freitas saiu na frente do placar com o gol marcado por Lucas Lobo, aos 39min do primeiro tempo. Para o jogo de domingo, 11, o técnico Paulo Sales terá o retorno do zagueiro Railon, que cumpriu suspensão automática de uma partida mas,  não contará com o goleiro Léo Paredão, para enfrentar o PFC-Cajazeiras, às 10h, no Estádio Waldomirão. O goleiro da ADJ foi expulso no último lance do jogo, junto com o jogador Hugo, do time adversário. Uma vitória diante do Cajazeiras é  considerada decisiva para as pretensões do Jequié de se manter na primeira colocação. A partida em Teixeira de Freitas teve apenas 162 torcedores pagantes para uma renda de R$ 2.420,00, demonstração de que o sistema de acesso à 1ª Divisão é totalmente deficitário.