Category Archives: Polícia

Homem assassinado na porta de casa no São Judas Tadeu

Criminalidade registra mais um alvo em Jequié

Um homem foi assassinado na porta de casa na Avenida Antonio Orrico, no bairro São Judas Tadeu, na noite desta sexta-feira (28). Conhecido por Rosi, filho de Val Farofa, pessoas muito conhecidas na área, a vítima se encontrava na porta de casa quando dois homens em uma motocicleta chegaram pedindo informações sobre o endereço de uma pessoa da rua. Quando Rosi se preparava para dar a informação foi surpreendido pelos disparos, alguns deles atingindo a região da cabeça. O homem tombou morto no local. Policiais militares, civis e do Departamento de Polícia Técnica, chegaram ao local para proceder o levantamento cadavérico. Não foram identificados até o momento os autores do crime.

Quatro pessoas de Jequié presas sob suspeita de assaltos em Ipiaú

Quarteto preso em Ipiau sob suspeitos de praticarem assaltos

Quatro pessoas residentes em Jequié, no bairro Joaquim Romão, foram presas na noite de quinta-feira (20),  na cidade de  Ipiaú, sob a suspeita de assaltarem uma adolescente para roubarem o aparelho smartphone. O assalto ocorreu na  Praça Itambé, antiga Feirinha, onde a  vítima de 15 anos de idade estava em companhia de pessoas amigas e  quando se dirigia a sua residência foi abordada por um dos elementos com um revolver em punho exigiu que ela entregasse o aparelho celular.

A  jovem disse à reportagem do Blog Giro em Ipiaú, que após entregar o celular observouu o indivíduo entrando em um veículo Ford/Fiesta, de cor branca, placa branca JQC-6117, onde se encontravam outros três elementos.  Ao tomarem conhecimento do fato policiais da  Guarnição Bravo do PETO no bairro Euclides Neto localizaram os suspeitos, sendo encontrados em poder do quarteto uma réplica de pistola, o smartphone roubado da garota e mais quatro aparelhos celulares. Jean Oliveira Mota, 20, Jonathas Santos Silva, 19, Rafael Santos de Oliveira, 19, e Madson dos Santos Barbosa, 25, foram presos em flagrante e apresentados na sede da 9ª Coorpin, em Jequié, devido a falta de delegado plantonista em Ipiaú. As demais pessoas que tenham sido assaltadas por esse grupo foram orientadas  a comparecerem na delegacia de Ipiaú e registrar um boletim de ocorrência. (Giro Ipiaú)

Homem assassinado na região do Barro Preto

A Polícia Militar de Jequié registrou na manhã desta quarta-feira (12) o assassinato de Warlison Santos de Jesus, 34 anos, vulgo Xôco executado por dois indivíduos ainda não identificados. O crime na Duque de Caxias, região do Barro Preto, bairro Joaquim Romão.  A polícia investiga a autoria e motivação do crime.

Polícia Civil frustra tentativa de assalto; jovem foi assassinada no Joaquim Romão

Dois dos três indivíduos baleados durante a tentativa de assalto

Policiais civis de Jequié frustraram ação de marginais na manhã dee sábado (8), na região do Condomínio Pindorama, próximo ao Anel Viário. Segundo a polícia, quatro suspeitos a bordo de duas motocicletas planejavam um assalto contra um empresário que estava no local, quando foram surpreendidos por volta das 10h30 pelos policiais, que chegaram em viaturas, interceptando os meliantes. Na ação policial, três dos suspeitos foram baleados e um preso, Jailton dos Santos Cruz, sendo encaminhado a sede da 9ª Coorpin. Já os feridos, foram socorridos por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV. A operação foi coordenada pelo delegado Almir Fernandes. De acordo com a autoridade policial, a Polícia Civil já estava em perseguição contra os suspeitos.

Assassinato – A Polícia Civil investiga a causa e a autoria do assassinato ocorrido por volta de 20h, de sábado (08), numa transversal da Avenida Lomanto Júnior, bairro Joaquim Romão. A vítima foi a jovem Ellis Machado, que segundo informações de pessoas que chegaram no local, desconhecidos fizeram vários disparos contra a vítima, que foi atingida nas pernas, abdome e cabeça. Ellis.que era mãe de uma criança, era filha de Tonhão e Cida Machado, casal bastante conhecida na cidade e que atua no setor de segurança particular de festas e eventos.  O DPT realizou o levantamento cadavérico encaminhando o corpo da jovem para a necrópsia sendo posteriormente liberada para a família.

Policiais que reduziram crimes letais intencionais vão receber R$ 5 milhões em prêmios

“Valorizar o empenho dos nossos policiais reduz crimes contra a vida”, diz  Maurício Barbosa (SSP)

Policiais militares, civis e técnicos que reduziram os crimes violentos letais intencionais na comparação entre 2015 e 2016, nas 16 Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisp) na Bahia, vão receber o Prêmio por Desempenho Policial (PDP), de acordo com anúncio feito nesta sexta-feira (7) pelo governador Rui Costa. As unidades que combatem estes tipos de crimes na Região Integrada de Segurança Pública/Bahia de Todos os Santos (Risp/BTS) também ganharão. Segundo o governador, a gratificação beneficiará 6.363 policiais (5.370 militares, 979 civis e 14 do DPT). Os valores, que variam entre R$ 866 e R$ 1.857 e somam um total de R$ 5,2 milhões, serão pagos pelo governo estadual, em folha adicional, em maio. A relação das unidades vencedoras será publicada na edição deste sábado (8) do Diário Oficial do Estado, que traz também o projeto de lei, sancionado pelo governador Rui Costa, que flexibiliza a premiação máxima para mais unidades. Essa mudança só vale para o próximo prêmio, que será pago em outubro, referente aos dados do primeiro semestre de 2017. As 16 Aisps e seus respectivos percentuais de redução dos crimes são: Barra (-66,6%), Barris (-50%), Rio Vermelho (-50%), Pituba (-50%), Região Metropolitana de Feira de Santana (-29%) e Cajazeiras (-8,7%). As vencedoras nos quesitos números absolutos foram Periperi (-51 casos), Juazeiro (-20), Bonfim (-18), Itapuã (-13), São Caetano (-9) e Simões Filho (-5). Fechando a lista aparecem as Aisps que alcançaram a submeta (entre 3 e 5,9%). São elas Guanambi (-5,5%), Alagoinhas (-5,4%), Boca do Rio (-5,2) e Santo Amaro (-4,4%).

Polícia mantém cerco a assaltantes; três bandidos foram mortos

Armas dos assaltantes apreendidas pelos policiais

Guarnições policiais militares e equipes  especializadas da PM, além do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) realizam buscas e varreduras na região Sudoeste em busca de elementos que participaram da explosão da agência do Banco do Brasil, da cidade de Boa Nova. O ataque ocorreu por volta da 1h30 da madrugada de terça-feira (4). Uma equipe do Batalhão de Operações Policias Especiais (Bope) e um avião também foram enviados para o local.

Helicóptero da Graer auxilia os policiais em terra na busca dos assaltantes

Três integrantes da quadrilha que participou da explosão da agência bancária em  Boa Nova morreram em confronto com policiais militares. Seis pessoas que foram feitas reféns pelos bandidos sendo liberadas em outros municípios da região. Os bandidos estavam divididos em cinco carros — Corolla, Ônix, Uno, Ford Ranger e Hilux — e também atacaram a sede do 3º Pelotão – arremessando oito dinamites e trocaram tiros com policiais O bando formado por cerca de 15 homens  roubou todo dinheiro e levou inicialmente dois guardas municipais como reféns. Os policiais apreenderam dois fuzis, pistolas, explosivos, munição, carregadores, o veículo L200 Triton utilizado na fuga, entre outros equipamentos com os três homens que foram mortos em Catingal. Na fuga, os bandidos passaram pelo distrito de Catingal, em Manoel Vitorino, Brumado Anagé e Tanhaçu, onde entraram em confronto com outros policiais e fizeram mais reféns. O grupo  está sendo perseguido e monitorado pela polícia.

Viatura da PM e um dos veículos usados pelos bandidos

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), quatro criminosos continuam escondidos numa região de mata fechada próximo ao município de Tanhaçu. Dois deles foram identificados, mas não tiveram as identidades divulgas. Os policiais montaram bloqueios por terra e os quatros homens estão sendo seguidos por equipes do Grupamento Aéreo da PM. Dois suspeitos estão feridos.

Bandidos explodem banco em Boa Nova; cerco policial em Catingal

Agência bancária ficou parcialmente destruída

Uma quadrilha invadiu por volta de 1h30 utilizando cinco veículos a cidade de Boa Nova, e explodiram a agência do Banco do Brasil, localizada na Praça Sete de Setembro. Durante o ataque os bandidos, em número aproximado de 15 elementos fizeram vários disparos aterrorizando os moradores da cidade. Foram passadas informações de que durante a fuga, os assaltantes percorreram uma estrada vicinal e no distrito de Catingal, município de Manoel Vitorino, eles fizeram reféns os moradores conhecidos pelos apelidos de Duda, Dedeu e Florzino, que foram posteriormente liberados.  Segundo moradores do distrito, na localidade eles foram cercados por policiais da CIPE Central onde ocorreu uma troca de tiros. A estrada da região está bastante danificada pela chuva. Um veículo Gol de cor branca apresentou defeito e foi abandonada o mesmo acontecendo com uma viatura. Não existe confirmação de que envolvidos tenham sido baleados ou presos. No povoado de Santa Clara, município de Jequié, também foi verificada uma troca de tiros.

Submetralhadoras e quase 2kg de crack apreendidos no município de Itagibá

Armas e drogas apreendidas. Nenhum suspeito identificado

Operação realizada pela CIPE Central e com apoio de uma Guarnição da PM de Itagibá, apreendeu no início da manhã desse sábado (01), por volta das 05h, duas submetralhadoras de fabricação americana e dois tabletes de crack, pesando 1,9 kg, em uma casa na Rua Duque de Caxias, distrito de Acaraci. Ninguém foi preso. Segundo informou o Comandante da CIPE Central, as submetralhadoras podem ter sido usadas no arrombamento do Banco do Brasil de Itagi, em dezembro de 2016. O material apreendido foi apresentado pela PM no Complexo Policial de Itagibá.

Crimes no Mandacaru e Itaigara; corpo encontrado na Cachoeirinha

Vítima pedalava bicicleta no Itaigara quando foi alvejado por dois elementos em uma moto

Dois registros de homicídios constam no boletim de ocorrências divulgado pela Centro de Comunicação da Polícia (Cicom), na sexta-feira (10) em Jequié. O primeiro crime aconteceu por volta das 15h30, na Rua Clube Ipiranga, bairro Mandacaru, onde Cláudio Silva Guedes, de 33 anos, foi alvejado com vários disparos de arma de fogo deflagrados por dois elementos em uma moto. Cláudio, que era apelidado de Dinho, até que tentou se livrar dos tiros, mas foi alcançado e alvejado, tombando no local. Momentos depois, outro crime de homicídio foi registrado na Rua João Ferreira dos Santos, bairro Itaigara (região próxima ao Mandacaru),  onde Renê de Jesus Santos, 35, pedalava uma bicicleta quando foi surpreendido por dois indivíduos a bordo de uma moto, que lhe atingiram com disparos de arma de fogo e fugiram em seguida, tomando rumo ignorado. Ainda não há informações sobre motivações e autorias dos dois assassinatos. A polícia que foi acionada fez buscas na área e, trabalha com a hipótese de que os dois crimes foram praticados pelas mesmas pessoas. Existem nos dois registros correlação com o tráfico de drogas. Na Baixa do Bonfim, o corpo de um homem, ainda sem identificação,  foi encontrado em avançado estado de decomposição.

Jovem assassinado no Alto da Bela Vista

Edinho foi baleado na rua e morreu no hospital

Por volta das 20h12 de segunda-feira (6), as viaturas da Polícia Militar Gavião 9 e das  Abutres foram deslocadas até a Rua Osvaldo Souza Rocha, no bairro do Joaquim Romão, onde foi constatado que Edvaldo de Jesus Barbosa, “Edinho”, 21 anos, alvejado por disparos de arma de fogo. A vítima foi socorrida por populares e levado ao Hospital Geral Prado Valadares, onde morreu, não resistindo à gravidade dos ferimentos. Na mesma ação criminosa foi alvejado outro jovem de iniciais R.P.P., 20 anos, que permanece internado no Prado Valadares. Os autores dos atentados fugiram do local a pé. Os policiais fizeram rondas na área mas os indivíduos não foram localizados. Na manhã desta terça (7), policiais da CIPE Central e do 19º BPM realizam uma varredura na área  à procura de pistas dos criminosos.

Final de semana – O corpo de um homem, identificado pelo apelido de ‘Barragem’, residente na Rua do Arame, no fim do Mutirão do Curral Novo, foi encontrado sem sinais vitais, nas proximidades da casa dele, na manhã de domingo (05). O corpo estava parcialmente enterrado com o braço do lado de fora e os dedos da mão direita decepados e o crânio esfacelado. No sábado (4), foram registrados dois homicídios na cidade. Uma das vítimas foi Anderson Silva de Jesus, 19, natural de Ipiaú. Ele foi executado a tiros na comunidade da baixa do Bomfim, bairro Jequiezinho. Outro homicídio foi registrado na Praça Juraci Magalhães, bairro Jequiezinho. A vítima foi identificada com o prenome de João. Ainda no sábado os feirantes do Centro de Abastecimento Vicente Grilo foram surpreendidos com uma tentativa de homicídio na feira livre. O homem foi baleado e socorrido com vida. A Polícia Militar já prendeu o acusado de ter atirado no rival. As investigações iniciais apontam que todos os crimes tem ligação com o tráfico de drogas.