Category Archives: Política

Leur Júnior minimiza “efeito Geddel” no PMDB e defende o partido na majoritária de ACM Neto

Leur Júnior vislumbra possibilidades de ser candidato a deputado federal, senador ou vice-governador

Em entrevista que concedeu ao site Bahia Notícias, em Salvador, o deputado estadual Leur Lomanto Júnior (PMDB), adotou um comentário ameno com relação as acusações que pairam sobre a ex-maior liderança peemedebista no estado, Geddel Vieira Lima [preso pela Polícia Federal no dia 8 de setembro, após ter sido encontradas em um apartamento alugado a ele, malas e sacolas com R$ 51 milhões]. “Eu sempre disse que o PMDB é maior do que qualquer nome ou qualquer pessoa. Se Geddel cometeu algo, ele vai ter que responder pelo que cometeu”. Na avaliação de Leur Júnior, o PMDB continua tendo força para pleitear um espaço na majoritária tendo citado como grande lideranças da sigla na Bahia, os cinco deputados estaduais,  o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, o vice-prefeito de Feira, Colbert Martins, o vice-prefeito de Itabuna, Fernando Vita e o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis, ”então temos uma musculatura grande para participar de qualquer chapa majoritária”, disse. Leur revelou ainda não acreditar que o PMDB tenha potencial para bancar uma candidatura própria ao governo do Estado caso a sigla fique de fora da chapa majoritária encabeçada pelo DEM. O líder oposicionista admitiu que está pavimentando voos maiores para 2018: quer subir mais um degrau na carreira política e ser deputado federal. Entretanto, não descartou a hipótese de integrar a chapa de Neto como candidato a senador ou até vice-governador. Tudo, no entanto, vai depender da demanda do partido. “O meu nome vai estar sempre à disposição para representar o partido em qualquer posição que ele almeja”, afirmou.

Representação de Jequié na ALBA caminha para acirrada disputa nas eleições de 2018

Euclides, Roberto, Gondim, Gilvan e Zé Cocá são postulantes a uma das cadeiras na ALBA

Com as presenças asseguradas na disputa, por parte dos deputados Euclides Fernandes (PDT) que busca a reeleição para um quarto mandato e, o deputado federal Roberto Britto (PP), que já anunciou concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa estadual em 2018, o pleito do próximo ano promete ser dos mais acirrados dos últimos anos, em termos de luta por vagas no legislativo baiano, em se tratando do município de Jequié e região do seu entorno. Enquanto o deputado estadual Leur Lomanto Júnior (PMDB), já deixa clara a decisão de não mais concorrer à Assembleia Estadual, com pretensões na Câmara, Senado ou vice-governadoria, surge com ligação direta na gestão do prefeito Sérgio da Gameleira (PSB), dois nomes para a disputa: o do professor e Secretário de Educação Roberto Gondim e o do vereador Soldado Gilvan Santana (PPS), que exerce a liderança da bancada da base do executivo na Câmara Municipal de Jequié. Nesse contexto de pré-candidaturas para o deputado estadual com base eleitoral em Jequié e região, também se coloca como nome de influência, o do jequieense Zenildo Brandão, “Zé Cocá” (PP), ex-prefeito de Lafaiete Coutinho, tem a seu favor a boa relação com o governo estadual e o trabalho no Consórcio Interfederativo, que o aproximou de vários municípios. O PSOL também poderá apresentar como candidato o professor Marcos Ferreira, caso a postulação não volte a ser pela Câmara Federal,  enquanto o PV que nas últimas eleições estaduais teve candidato próprio, ainda não se posicionou em relação a disputa de uma das cadeiras da ALBA em 2018. Uma pulverização da votação loco-regional que poderá trazer consequências não muito satisfatórias para alguns desses projetos.

Congresso promulga emenda que veda coligações e restringe propaganda a partir de 2020

O Congresso Nacional promulgou nesta quarta-feira, 4, a Emenda Constitucional que veda as coligações de partidos em eleições proporcionais e estabelece a cláusula de desempenho, que gradativamente impede a propaganda de rádio e TV e o repasse de dinheiro do fundo partidário a partidos pequenos. Aprovada na terça, 3, pelos senadores, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 33/2017 é originária do Senado, mas como foi alterada na Câmara, precisou de uma nova votação dos senadores. Caso as propostas de criação de um fundo público para financiar campanhas não sejam aprovadas até a próxima sexta-feira (6), esta será a única mudança de reforma política que valerá para as eleições de 2018.

Além de proibir coligações partidárias em eleições para deputados e vereadores, a partir de 2020, a emenda cria uma cláusula de desempenho para que os partidos só tenham acesso aos recursos do Fundo Partidário e ao tempo de propaganda gratuita no rádio e na televisão se atingirem um patamar mínimo de candidatos eleitos em todo o país. A partir de 2030, somente os partidos que obtiverem no mínimo 3% dos votos válidos, distribuídos em pelo menos um terço dos estados, terão direito aos recursos do Fundo Partidário. Para ter acesso ao benefício, os partidos também deverão ter elegido pelo menos 15 deputados distribuídos em pelo menos um terço dos estados. O mesmo critério será adotado para definir o acesso dos partidos à propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. A mudança, no entanto, será gradual, começando pelo piso de 1,5% dos votos válidos e nove deputados federais eleitos nas eleições de 2018; chegando a 2% e 11 deputados eleitos, em 2022; a 2,5% e 13 eleitos em 2026, até alcançar o índice permanente de 3% e 15 eleitos em 2030.

ACM Neto tem nome cotado no DEM para presidência da República; preferência é disputar o governo da Bahia

ACM Neto participou de reunião da cúpula do DEM em Brasília

Principais lideranças do DEM em nível nacional discutiram esta semana em Brasília, o futuro da sigla e foi tomada como decisão o lançamento de uma chapa puro-sangue para disputar as eleições presidenciais no próximo ano. Figura com grande aceitação na cúpula demista, como um dos melhores quadros da sigla para a sucessão presidencial, o do prefeito de Salvador, ACM Neto, que esteve presente na reunião. De acordo com o jornalista Jairo Costa, do jornal Correio da Bahia, apesar do nome de ACM Neto estar na dianteira das preferências, a ideia foge dos planos do prefeito soteropolitano,  que tem como projeto político disputar o governo do Estado em 2018.

PMDB quer Leur Jr disputando uma vaga no Senado Federal

Leur Jr é opção do PMDB para minimizar desastre com os irmãos Vieira Lima

A possibilidade do deputado estadual Leur Lomanto (PMDB), líder da oposição na Assembleia estadual vir a disputar uma vaga no Senado Federal em 2018, foi confirmada pelo presidente estadual da legenda, deputado Pedro Tavares, em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia. A ideia que cresce entre os peemedebistas baianos é de buscar nos quadros da legenda novas lideranças em decorrência do declínio dos irmãos Vieira Lima. Com essa linha de raciocínio, o PMDB estaria valorizando o passe de Leur, [que é o nome mais cotado] para incluí-lo na disputa por uma vaga para o Senado,  na provável chapa do prefeito ACM Neto (DEM) ao governo do Estado. “Leur é um ótimo deputado e está fazendo um ótimo trabalho como líder da oposição na Assembleia. Mas não é só ele. Temos ainda aí os deputados Hildécio Meirelles e Luciano Simões Filho e os outros deputados, temos Colbert Martins (vice-prefeito de Feira de Santana). O que não falta é nome no PMDB para disputar o Senado”, afirmou o presidente do diretório estadual do partido. De acordo com a reportagem, foi tentado contato telefônico com o deputado Leur Jr, mas  não foi obtido resultado.

PROS poderá ter bancada com cinco deputados estaduais na Bahia

Deputado federal Ronaldo Carletto vem articulando o fortalecimento político do Pros na Bahia

O Partido Republicano da Ordem Social (Pros) poderá sair da condição de legenda de pouca expressividade na Bahia, para um situação de importante expressão caso se confirme nos próximos dias as especulações em torno da debandada de cinco deputados estaduais do PSL, comandado no estado pelo deputado Marcelo Nilo, para ingresso no Pros.  Os deputados Alan Castro, Jurandy Oliveira, Reinaldo Braga, Nelson Leal e  Manassés, poderão ser os novos representantes da sigla na Assembleia Legislativa Estadual- AL BA. A costura, de acordo com o site Bahia Notícias, está sendo feita pelo deputado federal Ronaldo Carletto (PP), que estaria indicando o assessor Vivaldo Góes para presidir o Pros, enquanto ele (Carletto) avalia a possibilidade de migrar para o PR,  onde avalia as chances de concorrer a uma das vagas da Bahia  no Senado, a partir do fortalecimento de um grupo político sob sua batuta no estado.

PSOL afasta da sigla vereadores Guina Produções e Guião por “desobediência partidária”

Vereadores Guião e Guina Produções decidiram se aliar ao prefeito à revelia do PSOL

O PSOL em Jequié, afastou do seu quadro de filiados, por Desobediência Partidária, os vereadores Lignaldo Vieira Lopes “Guina Produções”  (1.218 votos) e  Adriano Alves dos Santos “Guião” (1.164 votos). Foi levada em consideração que os dois vereadores eleitos pela legenda do PSOL, tomaram por iniciativas próprias as decisões de integrarem a base aliada do prefeito Sérgio da Gameleira (PSB), desde o início dos atuais mandatos e, como consequência desse apoio “passaram a ter privilégios como por exemplo, direito a indicar vários cargos comissionados e terceirizados”. Entendeu o PSOL que os dois vereadores ignoraram as orientações e decisões do diretório municipal, que desde o início do exercício 2017 colocou-se na condição de independência junto a gestão do Chefe do Executivo Municipal de Jequié.”O PSOL  preferiu estar distante de possíveis ofertas de privilégios da gestão atual, em troca da liberdade de se expressar e praticar ações voltadas para os interesses pleno da comunidade jequieense.*, justifica a direção do partido.

PSB realiza convenção em Salvador e defende presença na chapa majoritária de Rui Costa

Rui Costa admitiu tendência forte de Lídice da Mata integrar a chapa majoritária

A presidente do PSB estadual, senadora Lídce da Mata voltou a afirmar durante Congresso Estadual realizado neste domingo, 17, em Salvador,  que o partido deve ter a preferência na chapa ao governo do Estado em 2018. O governador Rui Costa (PT), o vice, João Leão (PP), estiveram presentes ao evento, ao lado de deputados, prefeitos da sigla e mais de 150 vereadores. Rui Costa fez elogios a senadora e disse que as possibilidades de Lídice ficar na chapa são grandes. “Tem grande possibilidade. Ela tem uma liderança pessoal e é preparada pela longa trajetória de luta na Bahia”. Nas eleições de 2018, a chapa terá três  vagas. Rui será candidato à reeleição estando em aberto a definição do vice, que pode permanecer com o PP e duas vagas ao Senado, sendo que uma delas é do atual secretário de Desenvolvimento Econômico, ex-governador Jaques Wagner. Durante o congresso foram debatidos assuntos como o panorama nacional e a política baiana, bem como os rumos do PSB nas Eleições 2018. Além disso, foram eleitos os delegados que participarão do Congresso Nacional do PSB, que será realizado nos próximos meses em Brasília.

PMDB afasta Geddel Vieira Lima e Kátia Abreu do partido

Geddel Vieira Lima e a senadora Kátia Abreu afastados por 60 dias da legenda

A executiva do PMDB decidiu nesta quarta-feira, 13, afastar do partido, pelo prazo de 60 dias, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, que está preso desde a última semana, no presidio da Papuda, em Brasília, após a polícia federal encontrar cerca de R$ 51 milhões em um apartamento emprestado por um amigo de Geddel, em Salvador.  Além do ex-ministro, o PMDB também anunciou o afastamento da senadora Kátia Abreu (TO), pelo mesmo período. De acordo com o presidente da sigla, senador Romero Jucá, a senadora sofre processo no conselho de ética do partido por ter criticado a legenda, o presidente Michel Temer e por ter votado contra matérias defendidas pelo governo.

Mesmo admitindo cansaço Simões assume liderança de Gameleira na Câmara

José Simões assumiu a tribuna da Câmara nesta terça, 29, pela vez na função de líder do Prefeito Sérgio Gameleira

Sem surpresas. O que era esperado por vereadores das bancadas da maioria e minoria consumou-se e, o vereador José Simões de Carvalho Júnior (PHS), assumiu a função de líder do prefeito Sérgio da Gameleira (PSB), na Câmara de Vereadores de Jequié. Na sessão desta terça-feira, 29, em seu primeiro pronunciamento na função no atual período legislativo, disse ter atendido ao convite formulado pelo prefeito juntamente com o deputado federal Paulo Magalhães (PSD).

Zé Simões exercendo o sétimo mandato consecutivo disse que defendia a indicação de um mais jovem na liderança

O vereador José Simões disse que a sua missão será a de buscar uma melhor interação do Executivo com o Legislativo, “inclusive ouvindo as reivindicações dos vereadores de oposição”. Explicou que não era seu desejo enfrentar mais uma vez esse desafio, que já exerceu em gestão passada, “estou cansado” e, essa é uma função desgastante e cansativa, “para ser exercida pelos vereadores mais jovens”. Porém, revelou que não poderia se furtar em atender ao chamamento de um governo, “que ajudamos a eleger”. Aos 64 anos de idade, dos quais, em 2020, deverá atingir os 28 anos de mandato legislativo, Simões mudou o tom ameno do discurso para rechaçar as críticas feitas à administração pelo vereador Joaquim Caires (PMDB), líder da bancada da minoria., à saúde pública e ao convênio da Prefeitura, apenas com o Hospital São Vicente.  Os embates futuros entre os dois experientes vereadores vem sendo aguardados para as próximas sessões.