Comunicado da Coelba esclarece causa do corte de energia elétrica do prédio da Prefeitura de Jequié

Cópia da comunicação feita pela Coelba à Prefeitura enviada ao Jequié Repórter na quinta-feira, 6

A suspensão do fornecimento de energia elétrica do prédio sede da Prefeitura de Jequié, no bairro de Jequiezinho, na manhã de terça-feira (3/08) não  foi ocasionada pela falta de pagamento das faturas de consumo por parte do poder público municipal  de Jequié. É o que atesta o documento acima reproduzido,  enviado pela empresa concessionária dos serviços de energia elétrica do estado, com data de 3/9/2012 para o cliente Prefeitura Municipal de Jequié. A Coelba informa no comunicado “Lamentamos informar a suspensão do fornecimento de energia, referente ao Contrato de Fornecimento 7893002 devido a DEFICIÊNCIA DO PADRÃO DE ENTRADA. Lembramos que, para restabelecimento do serviço deverá ser regularizada a citada deficiência”. A suspensão do fornecimento de energia do prédio público  resultou na divulgação de notícias na imprensa,  com origem [dessas  informações]  a partir de funcionários da própria instituição  vinculando o corte de energia  a atrasos nas contas, sendo inclusive, sugerido um valor acumulado  de R$ 500 mil. A propagação da notícia,  levou inclusive, a 4ª Promotoria de Justiça, representação regional do Ministério Público Estadual, a  requisitar sob n° 254/2012, ao prefeito Luiz Amaral, em 5/09 com o prazo de 10 dias úteis, através da Portaria n° 17/2012 informações  sobre os fatos narrados tomando por base a postagem feita  no blog Jequié Repórter “facultando-se a juntada dos documentos que entender pertinentes”. A Procuradoria Jurídica do município de Jequié está reunindo os documentos solicitados pelo representante do MPE, inclusive a comunicação da Coelba constante da justificativa da suspensão do fornecimento de energia do prédio sede da Prefeitura, que deverão ser protocolados nas próximas horas, visando esclarecer o assunto.

Delegada diz que inquérito sobre a morte do policial será concluído na segunda, 10

A Delegada de Polícia, Dra. Grazielle Quaresma Pereira, titular da delegacia de Repressão a Furtos e Roubos-DRFR, da 9ª Coorpin de Jequié, revelou na manhã de sexta-feira (7) em email enviado ao blog Jequié Repórter, que são inverídicas quaisquer informações atribuídas à  essa autoridade policial,  em relação ao assassinato do policial militar Jurandy Oliveira, cujo inquérito ela preside. Após leitura da nota postada neste blog sob o título “Integrante do bando que matou o soldado PM Jurandy contou detalhes do crime na Polícia”, com informações retiradas da cópia de um depoimento feito em interrogatório pelo suspeito preso,  Lucas Matos de Almeida, publicado no site www.rius.com.br,  a delegada de Polícia, nos encaminhou a seguinte mensagem:  “Caro Wilson, sei do seu comprometimento com a verdade veiculada na imprensa regional e com a segurança publica desta cidade, mas gostaria de ressalvar que não dei nenhuma informação á imprensa, e que tal matéria é inverídica e,  justamente por presidir as investigações que apuram tal fato, solicito que retire meu nome dessa informação  pois a historia não é bem essa, havendo muitos equívocos nas matérias publicadas. Na segunda feira, dia 10/09/2012, depois de concluídas as investigações darei uma nota a imprensa, com as fotos de todos os envolvidos”, subscreve a delegada de Polícia.

Ex-prefeito de Ilhéus condenado a dois anos e oito meses de detenção

Ex-prefeito Valderico Reis teve o mandato cassado pela Câmara em 29 de agosto de 2007

Valderico Luiz dos Reis, ex-prefeito de Ilhéus  foi condenado a dois anos e oito meses de detenção por contratação ilegal de oito servidores, sem concurso e sem excepcional interesse público. Com a condenação, ele não poderá exercer cargos públicos pelos próximos cinco anos. A pena restritiva de liberdade foi substituída, pela Justiça, por pagamento de 200 salários mínimos a entidade com fim social. Os funcionários receberam pagamento entre março de 2005 e março de 2007.  O ex-prefeito foi denunciado pelo Ministério Público estadual, por meio da promotora de Justiça Karina Cherubini. A defesa de Valderico alegou que a ação seria improcedente, estando o ex-gestor “amparado por lei municipal que autorizava a contratação temporária”. Na decisão, a juíza Jeine Vieira Guimarães destacou ser evidente a “total ausência de necessidade inadiável que comportasse a contratação de pessoal”. Ela acrescentou, segundo o Ministério Público, que nenhuma das contratações foi precedida por lei ou decreto exigido sempre que há razões da inexigibilidade de concurso. (Correio)

Integrante do bando que matou o soldado PM Jurandy contou detalhes do crime na Polícia

Lucas e Michel estão presos em Jequié. Neném e Carlinhos permanecem foragidos

O depoimento do indivíduo Lucas Matos de Almeida, 21 anos, o “Luquinhas”, dado em interrogatório- acesse www.rius.com.br e leia na íntegra –   revela com  detalhes a crueldade praticada pelo bando  antecedendo à execução do  soldado PM e candidato a vereador em Jequié, Jurandy Santos Oliveira, fato ocorrido na  noite de 26 de agosto passado. Dos  integrantes do grupo,  Lucas Matos,  Michel Xavier Paixão e o menor H.B.N.,  estão presos enquanto o “Neném Ceará” e o José Carlos Luz Santos, o “Carlinhos” ou “Quinho”, ainda estão foragidos. Os quatro participaram do assassinato juntamente com outros quatro que foram mortos.

Luquinhas, morador da Vila Vitória conta no depoimento prestado no dia 28/08, que estava em uma lan house, quando chegou Neném Ceará,  dirigindo um Gol branco, tendo como passageiros os elementos que identificou apenas por Iago, Chachau e Shera, lhe chamando para “meter um assalto”  na região do Rio Preto do Costa, distrito de Florestal, “porque lá tinha dinheiro”. Havia 15 dias parte desses elementos já haviam praticado outro assalto com agressões às vítimas, na região do Emiliano, no mesmo distrito. Outros três indivíduos, Mião dirigindo um Kadet com Michel e Caíque, se juntaram aos que estavam no Gol. Segundo o depoente, Caíque  e Iago, portavam  revólveres calibres 22, Mião, Neném e Shera, revólveres 32 e Michel, uma faca. Ao chegarem próximo ao bar de Dedeu, por volta das 19h, eles estacionaram os dois carros na margem da estrada e seguiram a pé para o estabelecimento anunciando o assalto, determinando que todas as pessoas deitassem no chão, passando a revistá-los  à procura de dinheiro e celulares. Em dado momento, Michel percebeu a aproximação de  outro veículo, tendo Caíque alertado que se tratava do soldado PM Jurandy, que estava em companhia da esposa, do filho e do ex-deputado estadual Isaac Cunha. Mião, Iago, Michel e Caíque renderam os quatro ocupantes do carro, sendo que Michel desferiu de imediato  um golpe de faca no policial. Em seguida eles colocaram a vítima no porta-malas do seu próprio veículo, abandonando-o à frente atravessado na pista,  furando dois pneus com tiros de revólver, com o intuito de dificultar que fossem perseguidos, passando todos [inclusive a vítima] para um outro carro, um Fiesta prata furtado no local do assalto, sendo acompanhado pelos demais bandidos no Gol e no Kadet, seguindo em direção a “cascalheira”, às margens do anel rodoviário, em Jequié. Michel, teria ainda, desferido  outro golpe de faca no rosto do policial. No local onde o homicídio foi consumado,  os bandidos sob efeito de bebida alcoólica [diz o depoente  que beberam muito conhaque] iniciaram a sessão de torturas físicas e psicológicas  contra o soldado Jurandy  utilizando um osso de esqueleto bovino, garrafada,  facada e chutes, diante dos gemidos de dor e pedido de clemência da vítima,   até o ato da execução,  inicialmente com um tiro à queima roupa pelas costas e,  em seguida, outro  pela frente atingindo-o  na região do coração. Após cometerem o crime Lucas afirma que o grupo se dispersou e ele foi para casa onde tomou conhecimento das diligências que vinham sendo empreendidas pela polícia, tendo ficado com medo e contado o ocorrido para sua mãe.

Caixa anuncia início da operação da linha BNDES Saúde para o próximo mês

Presidente da Caixa Jorge Hereda esteve reunido em seu gabinete com o deputado federal Antonio Brito na quarta-feira, 5

O presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Fontes Hereda, anunciou que a nova linha de crédito BNDES Saúde para reestruturação das santas casas e hospitais filantrópicos deve entrar em atividade no início de outubro.   A garantia foi dada durante uma audiência, na última quarta-feira (5), com o deputado federal Antonio Brito (PTB-BA), presidente da Frente Parlamentar de Apoio às Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas na área de saúde, o deputado Jaime Martins (PR-MG), e o representante da Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas (CMB), Mirócles Campos Veras Neto. A Caixa deverá ser o principal agente financeiro da linha proveniente do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES). A audiência havia sido marcada após o deputado Antônio Brito questionar a falta de informações sobre o programa – que já havia sido editado em uma circular do BNDES no dia 31 de julho. Na oportunidade, o presidente Hereda informou aos parlamentares que a Caixa já estuda, também para outubro, a reestruturação na linha de crédito do Caixa Hospitais, programa também dedicado ao segmento, visando alongar o prazo de pagamento e a diminuição na taxa de juros.

Dilma anuncia conta de luz 16,2% mais barata a partir de 2013

Segundo a presidente Dilma a redução dos gastos com energia apoiarão o crescimento

 

A conta de luz elétrica do brasileiro vai ficar 16,2% mais barata a partir de 2013. As empresas também vão pagar menos: uma redução de 28%. O anúncio foi feito na quinta-feira (6) pela presidente Dilma, durante o pronunciamento nacional em rede de rádio e televisão por ocasião do Dia da Independência, em horário nobre, no horário da novela “Avenida Brasil”, da TV Globo. O detalhamento do plano, porém, que inclui redução de encargos e a renovação das concessões que vencem a partir de 2015, ocorrerá somente na próxima terça-feira (11), disse Dilma. Em julho, em Londres, a presidente já havia anunciado que, entre as medidas de incentivo que o governo anunciaria entre agosto e setembro estaria a redução das tarifas de energia elétrica. O objetivo do corte na conta de luz é ajudar a economia a ser mais competitiva. Ela declarou que o país pretende ser mais competitivo.  O governo tem tomado várias medidas para estimular a economia diante da crise econômica global, com redução de impostos e juros.  Na quinta-feira (6), o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal anunciaram um corte nos juros  cobrados no parcelamento da fatura de alguns cartões de crédito. (Uol)

PRFs prendem ladrões de vans escolares e apreendem drogas em dois ônibus

A van foi abordada no Km 574, da BR-324 viaduto de São Sebastião do Passé, e preso em flagrante seu condutor

Policiais Rodoviários Federais da Delegacia de Simões Filho prenderam na manhã de quarta-feira (5), três homens acusados de roubar uma van que fazia transporte escolar e um gol que dava  cobertura à quadrilha. Após receberem a denúncia de que o veículo Fiat/Ducato, placa IAA 1976/BA, havia sido  tomado de assalto a poucos instantes por três elementos em um Gol vermelho no centro  de Salvador e que os bandidos seguiram em direção à BR 324, os policiais passaram a fiscalizar todo o trecho com o intuito de localizar o veículo. Alguns minutos depois, o veículo foi localizado passando em alta velocidade no sentido Feira de Santana, sendo então alcançados pelos PRFs por volta das 10h30.  Por  conta da ação,  o trânsito ficou lento no local, sendo possível a identificação e abordagem do  Gol, placa NYZ 7167, ocupado  pelos indivíduos que faziam a escolta da van. Ao fazerem a revista  do Gol, os PRFs encontraram debaixo do banco traseiro um revólver da marca Rossi, cal. 38, municiado, celulares e R$ 420,30. No momento da abordagem o  veículo portava a placa NTR 8801 sem restrições, mas ao fazer a pesquisa pelo chassi foi identificado que se tratava do veículo  placa NYZ 7167, com registro de Furto/Roubo no dia 13 de junho deste ano, em Salvador.  Os três acusados fazem parte de uma quadrilha especializada em roubo de veículo  “Escolares” que, no último mês roubaram 8 veículos com estas características. As vans  roubadas eram levadas para Feira de Santana para serem entregues a um receptador pelo  preço de R$ 4.000,00 cada. Todo a ocorrência foi encaminhada à DRFV ( Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos).

Cocaína pura transportada por passageiro de um ônibus

PRFs da Delegacia de Vitória da Conquista apreenderam na manhã de quarta-feira (5) 23Kg de  maconha prensada e 19,7 Kg de cocaína pura em dois ônibus interestaduais na divisa entre  Bahia e Minas Gerais. A ação ocorreu durante Operação de combate ao tráfico de drogas e entorpecentes desencadeada no Km 932 da BR 116, município de Encruzilhada. Por volta das 8h30,  ao fiscalizar um ônibus que fazia a linha São Paulo X Salvador, os policiais encontraram as drogas escondidas em  uma mochila. O passageiro de 30 anos, responsável estaria transportando o entorpecente para a capital baiana. A cocaína encontrada  apresentava alto grau de pureza o que permitia que fosse desdobrada em até cinco vezes, ou seja, seria desdobrada em  quase 100 Kg para consumo. Momentos depois, em outro ônibus que seguia de São Paulo para Recife/PE, os policiais encontraram 23 Kg de maconha em uma mala. (Fonte NUCOM/BA)

 

 

Preso pastor pedófilo que dizia para vítimas “ejacular o esperma de Deus”

Uma das vítimas contou que Clayson Souza dizia que, por ser pastor, podia ter o corpo da fiel que quisesse (Foto Arthur Castro)

Policias do 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP)  de Manaus (AM) prenderam na noite de quinta-feira (30/08) o pastor Cleyson Alves de Souza, 37, denunciado por fieis da igreja Pentecostal Deus Altíssimo, por estupro de vulnerável. Ele foi acusado de estuprar duas obreiras, uma de 15 e outra de 17 anos dizendo [segundo as vítimas]  que ejaculava “esperma de Deus”  que tinha de ser engolida para “purificar a alma”. De acordo com a denúncia, o pastor  estaria abusando de menores o que vem praticando desde 2008. Além disso, ele seria uma pessoa muito violenta usando arma, distintivo e colete da polícia para intimidá-las.  Outra denúncia contra ele,  é de  mostrava  as vítimas,  um vídeo em   que ele  aparece molestando um menino de 11 anos,  com um cabo de vassoura. O pastor foi preso  à noite quando pregava na Igreja localizada na região centro-oeste da cidade. A polícia soube que ele estava ali por intermédio de uma denúncia anônima.    De acordo informações do site Em Tempo Online, as jovens estão recebendo apoio psicológico. Uma delas foi colocada no Provita (Programa de Proteção Vítima e Testemunhas Ameaçadas).  Segundo a delegada Raquel Sabat, Souza dizia às vítimas que também era da polícia e usava um revolver e um distintivo. A polícia pediu um mandado de busca e apreensão para examinar a casa do suspeito. O  evangélico vai responder por crimes de estupro de vulnerável e, caso confirmado o uso do distintivo policial, por falsidade ideológica.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA). (Foto Winnetou Almeida)

PM desativou carga de explosivos em agência bancária

Explosivos foram desativados pelos policiais (Foto divulgaação PM)

Uma carga explosiva (composta por emulsão e gel) foi desativada de um caixa eletrônico no município de Amélia Rodrigues, na tarde de quinta-feira (6). Por volta de 3h da madrugada,  quatro criminosos entraram na parte externa da Prefeitura da cidade e instalaram explosivos em um caixa de terminal de atendimento da Caixa Econômica.  Após a explosão, policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado do Litoral Norte e do Batalhão de Choque chegaram ao local, frustrando a ação dos bandidos, que fugiram em uma Parati, cor prata.   A explosão não atingiu o cofre e o dinheiro não foi levado. Outros explosivos foram encontrados perto do caixa e desativados por quatro policiais da COE, especializados em explosivos e desativação de bombas. Segundo a assessoria da Polícia Militar, o dinheiro encontrado no caixa eletrônico foi apresentado na Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin) de Amélia Rodrigues. Os explosivos foram encaminhados para a perícia técnica. (Correio)

Agentes penitenciários baianos protestam contra retirada de revistas íntimas

Aparelho body scan (não disponível na Bahia) substitui a revista íntima e detecta objetos metálicos escondidos em qualquer parte ou orifício do corpo

Agentes penitenciários baianos discordam da aplicação da portaria 397, publicada em 26 de julho deste ano, que proíbe a realização de revista íntima de visitantes de internos no sistema prisional da Bahia. O primeiro movimento de protesto contra a decisão foi feito na manhã de  quinta-feira (6), em frente ao Complexo Penitenciário de Salvador, em Mata Escura. O coordenador-geral do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia (Sinspeb-Bahia), Roquildes Ramos, explicou  “Não temos condições de efetivar essa portaria, que é positiva, porque disciplina o procedimento de revista do visitante. Mas para isso é necessário oferecer as condições para que o visitante não seja molestado (com a revista íntima) sem deixar de garantir que não entre armas e drogas nas penitenciárias”. O sindicalista lembra que a portaria prevê que a revista íntima seja substituída pelo uso de Raio X e detector de metal para identificar se o visitante está levando algum produto ilícito para entregar ao preso. “Não temos detector de metal, nem raio x, então a suspensão da revista íntima vai acabar com a segurança na penitenciária. A gente sabe a dificuldade atual de impedir a entrada de armas e drogas, imagine se não houver nenhum procedimento de controle”, reclama. A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), procurada pela reportagem do jornal A Tarde para comentar o assunto disse que ainda não tinha um posicionamento sobre o protesto dos servidores.