Governo reduz IPI e desconto na compra do carro 1.0 pode ser de 10%

Ministro Juido Mantega diz que a renúncia fiscal das desonerações anunciadas (valor que o governo deixará de arrecadar) é de R$ 2,1 bilhões em três meses

O governo federal  reduziu o Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) para compra de carros, além da diminuição do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF) em todas as operações de crédito de pessoas físicas de 2,5% para 1,5% ao ano. A redução  do IPI está em vigor a partir desta terça-feira (22) e vale até 31 de agosto, de acordo anúncio feito pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, num pacote de medidas para estimular o crédito no país.  “Estamos diante do agravamento da crise financeira internacional. E isto está trazendo problemas para os emergentes como um todo. Exige esforços redobrados para manter a taxa de crescimento em um patamar razoável (…) O governo tem de tomar medidas de estímulo para combater as consequências dos problemas trazidos pela crise financeira internacional”, explicou Mantega.

Governo mantém o corte de ponto dos professores grevistas na Bahia

APLB/Sindicato que a greve está mantida

O impasse entre o governo estadual e os professores – em greve há 41 dias – deve perdurar. Na segunda-feira (21), o governador Jaques Wagner assegurou que vai manter o corte de ponto dos docentes grevistas.  “Até como ex-sindicalista que fui, entendo que salário é contraprestação de serviço. Se não houve o serviço, não entendo por que alguém acha que tem de receber salário”, disse o governador.  De acordo com Wagner, o governo sempre esteve aberto para diálogo, contudo, somente volta a renegociar caso a categoria descruze os braços e volte a trabalhar nas salas de aula. Cerca de 85% dos 37 mil professores aderiram ao movimento, conforme informações do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Bahia (APLB).  O governo afirma que 630 escolas em 230 municípios estão funcionando normalmente. A rede pública estadual atende 1,1 milhão de estudantes matriculados em 1.422 escolas, em 417 cidades Conforme diretores da APLB, nesta terça-feira (22), haverá uma nova assembleia da classe. Com informações publicadas na Tribuna da Bahia

Greve atinge mais da metade das instituições federais de ensino no Brasil

Professores de 38 das 59 instituições federais de ensino aderiram à greve iniciada na última quinta-feira (17), segundo balanço do Sindicato Nacional dos Docentes de Ensino Superior (Andes-SN).  De acordo com o responsável pelo Comando Nacional de Greve do Andes-SN, Aluísio Finazzi, o atual plano de carreira não possibilita um crescimento satisfatório do professor. “Precisamos mudar isso, temos uma reunião marcada com o Ministério do Planejamento, o Ministério da Educação e sindicatos para o próximo dia 28. Esse período será de mobilização, pelo menos até essa data estaremos em greve”, disse  Finazzi. A principal reivindicação da categoria é a reestruturação da carreira docente, luta empreendida  desde 1987.  Informa o comando de greve que em agosto do ano passado, foi firmado um acordo com o Ministério da Educação (MEC), porém, nada foi concretizado. “Somos a única categoria que não teve a reestruturação do plano de carreira, este momento é muito importante para fortalecer o nosso movimento, precisamos estar firmes contra a desvalorização profissional dos nossos professores e professoras”, afirma.  Em nota, o Ministério da Educação (MEC) informou que o plano de carreira de professores e funcionários deve ser aplicado somente em 2013. Segundo o MEC, as negociações salariais com a categoria começaram em agosto do ano passado, quando se acertou um reajuste de 4% – já garantido por medida provisória assinada no dia 11 de maio. O aumento será retroativo a março. (Agência Brasil)

Monstruosidade: Homem mata vizinho, retira o coração e obriga o sobrinho a comer

Albano disse que cometeu o crime porque a vítima "cantou" sua mulher (Foto Gerson Teixeira/blog Vermelhinho)

Encontra-se preso na delegacia de Polícia Territorial de Camacã, no extremo Sul do estado,  o indivíduo Albano Neves Barbosa, 31 anos, que confessou ter assassinado o vizinho  Sebastião Ferreira de Jesus, 24 anos, fato ocorrido no domingo (20), na cidade de Arataca. Sebastião teria sido espancado, enforcado e ainda, a orelha esquerda decepada, o tórax aberto possivelmente com uma machadada e o coração retirado. Albano confessou que cometeu o crime por vingança porque o vizinho teria “cantado” a sua mulher. O corpo de Sebastião foi encontrado dentro de um buraco semelhante a uma cisterna desativada nos fundos da fazenda   Arco Íris. Segundo dados levantado pelos policiais  a vítima era natural de Mascote, estando morando em Jussarí. Um outro indivíduo que também teria tido participação no crime, Edivaldo Barbosa dos Santos, 46 anos, também está preso. De acordo informações do agente policial Nogueira, o criminoso Albano  teria obrigado o sobrinho dele, que participou do homicídio, a comer o coração da vítima, sob ameaça de morte.  O acusado  tem passagens pela polícia que investiga também a ficha do sobrinho dele. Ainda segundo populares, o coração de Sebastião foi colocado dentro de uma panela, mas quando os policiais chegaram ao local, o órgão já havia desaparecido. Informações publicadas no blog Vermelhinho

PT confirma encontro para anunciar rumo a ser tomado nas eleições de Jequié

Marcelo Aguiar diz que no encontro PT de Jequié definirá seus rumos em 2012

O presidente da executiva municipal do Partido dos Trabalhadores-PT de Jequié, confirmou na tarde de segunda-feira (21) em telefonema ao editor do Jequié Repórter, que o partido estará  reunindo  seus filiados  no próximo sábado (26), na Câmara de Vereadores a partir das 8h, num “Encontro Municipal Tático e Estratégico”, quando será  anunciado o caminho definido pelo partido no município com vistas a disputa do pleito eleitoral de outubro. Aguiar não antecipou qual  será a diretriz a ser anunciada mas, deixou claro que,  “serão definidos os rumos da legenda nas eleições deste ano em Jequié”.

Em entrevista ao blog Gicult, o pré-candidato petista,  Sérgio Gameleira, repetiu que “nós temos uma candidatura lançada a alguns meses atrás e continuamos buscando o maior arco de alianças possíveis . Mas, logicamente, na política quem busca apoio tem que estar disponível para apoiar”. Em seguida, confirmou , “estamos dialogando com o PP da mesma forma que estamos dialogando com outros partidos da base, inclusive com um diálogo muito positivo com o PC do B, e com outros partidos que fazem parte da base do governo Wagner em Jequié…  Quanto ao PP, este é um partido com o qual a conversa está um pouco mais adiantada. Porém, não existe o debate de quem será o candidato a prefeito ou a vice… Está posto o debate de caminharmos juntos e em determinado momento vamos ter que parar e avaliar qual é a candidatura que reúne as melhores condições para encabeçar e a outra, consequentemente, para vice”.

Ao mesmo blog,  em entrevista anterior,  o deputado federal Roberto Britto, principal liderança do PP no município, disse que o seu partido  terá candidato a prefeito e vereadores, deixando entendido que a  Dra. Tânia já se coloca como a  opção preferencial da legenda. “O candidato quem escolhe é o povo. Temos pré-candidatos. Quem tiver em melhores condições nas pesquisas será nossa opção. Levando em consideração os resultados das pesquisas de intenção de votos até aqui realizadas, a posição do parlamentar se manifesta muito clara… Consequentemente…

MP promove audiência pública para discutir custos do São João 2012

Secretaria de Cultura tem a incumbência de reduzir os custos sem diminuir o a qualidade do São João de Jequié este ano

Audiência pública convocada pela 4ª Promotoria de Justiça de Jequié, discutiu na manhã de segunda-feira (21), no Centro de Cultura de Jequié, com representantes da Prefeitura, Câmara de Vereadores, CDL, Associação Comercial e Industrial, Conselho Comunitário, Conselho Municipal de Cultura, Forrós Alternativos, Polícia Militar e Imprensa o valor dos investimentos públicos a serem despendidos pelo município para a realização do São João 2012, tomando como parâmetro, as dificuldades enfrentadas pelos municípios baianos decorrentes da seca que ocorre no estado.  Uma das diretrizes apontadas pelo Ministério Público é reduzir orçamento previsto para a festa, com a retirada de R$ 500 mil da planilha de gastos de  R$ 1,5 milhão, com a recomendação da não realização dos festejos em bairros, distritos e povoados. Outra mudança que já estaria decidida é a não montagem do módulo de  camarote para autoridades na Praça da Bandeira e a diminuição dos custos de divulgação e ornamentação do circuito da festa.   O secretário Luciano Sepúlveda (Governo), revelou que a determinação do prefeito Luiz Amaral foi no sentido da realização de redução dos custos da festa ficando de levar a proposta apresentada na reunião para avaliação do chefe do executivo. Um Termo de Ajustamento (TAC)  deverá será redigido e assinado entre a Prefeitura e a representando o Ministério Público limitando os gastos com a festa. Cinco representantes do MPE participaram da reunião. Diversas opiniões favoráveis ao festejo do São João em Jequié, por ser considerado o evento popular mais importante do município,  do ponto de vista da geração de empregos temporários e  do resultados positivos para a economia local, com o incremento das vendas do varejo e de prestação de serviços, também foram apresentadas por representantes de segmentos presentes à audiência.

Brasileiro trabalha quase 5 meses só para pagar imposto, diz IBPT

Impostômetro criado pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP)

O contribuinte brasileiro leva praticamente cinco meses —um dia a mais que no ano passado, já que 2012 é bissexto— somente para pagar tributos (impostos, taxas e contribuições) ao governo, aponta estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT). Se morasse na Argentina ou nos Estados Unidos, seriam pouco mais de três meses exclusivamente para pagamento de impostos, revela reportagem publicada no jornal O Globo.  A renda do brasileiro comprometida com os impostos só fez aumentar nos últimos anos, segundo o IBPT. Se em 2003, ele teve de destinar 36,98% de seu rendimento bruto para pagamento de impostos. Em 2012, essa fatia subiu para 40,98%. Em relação à década de 70, hoje se trabalha o dobro de tempo para pagar tributação. O   brasileiro paga atualmente 63 tributos que incidem tanto sobre a renda, como o Imposto de Renda, a contribuição previdenciária, quanto impostos embutidos nos preços de produtos e serviços, como o ICMS e o IPI, além da tributação do patrimônio (IPTU e IPVA), e taxas como limpeza pública, coleta de lixo, emissão de documentos e iluminação pública.  O presidente do IBPT, João Eloi Olenike, revela  que se o contribuinte contar ainda despesas como plano de saúde, escola, e segurança do prédio, serviços que deveriam ser cobertos pelos impostos pagos, mas que, na prática, deixam a desejar, o contribuinte só passa a trabalhar para si próprio nos últimos meses do ano. “A ineficiência do governo de oferecer serviços de qualidade e infraestrutura faz com que o brasileiro tenha que continuar a trabalhar até o dia 30 de setembro para pagar pelo que é prestado de forma ineficiente”, diz.

Pelegrino: ‘Para governar, às vezes é preciso ter coragem de dizer não’

Nelson Pelegrino considera que professores estão sendo injustos com o governo Wagner

O pré-candidato petista à prefeitura de Salvador,  Nelson Pelegrino  em entrevista ao jornalista Biaggio Talento, jornal A Tarde, assegurou estar preparado para enfrentar o debate de como os governos passados tratavam os servidores públicos e nós tratamos. Citou como exemplos,  os praças da PM que tiveram  reajuste de 38% acima da inflação, antes do governo atender uma reivindicação de 14 anos, dizendo ter participado dessa negociação em 1997, que criou a lei que estabeleceu as gratificações que o governo vai pagar e custará R$ 400 milhões. A proposta que o governo fez para resolver o problema dos professores vai custar R$ 500 milhões. O Estado já está 44%, quase chegando em 46% em relação ao limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal. “Agora há essa mobilização dos médicos. É preciso lembrar que todos somos parceiros na administração estadual. O Sindicato dos Médicos é ligado ao PCdoB que tem um peso muito grande na Secretaria de Saúde. Ocupa postos estratégicos na Sesab. Portanto,  de toda política que é feita pelo governo do Estado eles são parceiros”, diante disso diz não concordar  que o governador não tem uma relação democrática com os servidores públicos e que não tenha implantado uma política de valorização.

Nelson Pelegrino considera que há uma injustiça (dos professores) em relação ao governador. “Nosso governo não trata o servidor público como os governos passados. Em todos os anos foram dados reajustes, carreiras são reestruturadas. Os professores tiveram um aumento de 30% acima da inflação. Quando Wagner assumiu, os professores ganhavam menos que o salário mínimo como salário-base. Tinha que ser com gratificação para complementar. Sou testemunha, pois participei desse debate. O governo fez um esforço grande para que esse movimento não terminasse numa greve. Inclusive admitindo pagar os 22%  – uma parte em novembro, outra em abril. Sei que há uma dinâmica interna no movimento sindical. Você tem lá PCdoB, mas tem PSB, PT, PSOL, PSTU, há disputas internas, eleição este ano. Então, essa dinâmica levou à paralisação”, explicou.

Goleada sofrida para a Jacuipense deixa Jequié em situação delicada na Segundona

Sábado 2 de junho em casa os jogadores do Jequié terão que buscar a luz que necessitam para vencer o líder Colo Colo e se manter vivos na 2ª Divisão do Baianão (Foto João Lourenço)

O time do Jequié foi goleado na tarde de domingo (20), na cidade de Riachão do Jacuípe, para a Jacuipense pelo placar de três a zero, no Estádio Eliel Martins.  O resultado deixou o time jequieense com remotíssimas chances de classificação, ocupando a quarta posição no Grupo 2, à frente apenas do Guanambí, que está excluído da competição. No próximo domingo (27), estará somando três pontos aos quatro até aqui conquistados, justamente na partida que deveria ser jogada com o Guanambí. Em termos concretos, o Jequié em campo conseguiu apenas  um ponto, no empate sem gols em casa,  diante do Astro. O Colo Colo de Ilhéus lidera o Grupo 2 com 10 pontos, seguido da Jacuipense com 9  e em terceiro o Astro, com cinco. Na noite de sábado (2/06) o Jequié enfrentará o Colo Colo às 19h30 no Estádio Waldomiro Borges, em sua última cartada nos jogos de volta da fase de classificação. Uma derrota ou mesmo um empate nesse jogo diante do time ilheense representará a pá de cal para selar a péssima campanha realizada pelo Jequié em 2012.

Em Salvador, 13 noites da festa de Santo Antonio geram polêmica

Trezena de Santo Antônio, que há mais de 240 anos acontece no bairro

Uma festa religiosa  com 240 anos de tradição  no bairro de Santo Antônio Além do Carmo, em Salvador, motiva polêmica entre os moradores do local e a comissão que organiza a comemoração. “Rezar 13 dias seguidos, duas horas por dia, vá lá. Mas, passar 13 noites sem dormir, ver a porta de sua  casa ser feita de mictório e chegar a ser impedido de estacionar o carro na própria garagem já é demais”, sintetizam queixosos em reportagem assinada pelo jornalista Alexandre Lyrio, do Correio. Enquanto dentro da igreja a trezena de cânticos e orações acontece do jeito que Deus e a comunidade gostam, do lado de fora o descaso das autoridades e a falta de educação do povo fazem o diabo com uma das mais tradicionais festas litúrgicas e populares de Salvador.  No ano passado, relatam os moradores, um homem foi assassinado após uma briga. Revoltados com a insegurança, o excesso de barracas, a sujeira, a falta de banheiros e a depredação do patrimônio, eles se organizaram para propor um novo modelo de Trezena.  A comissão formada acusa a Associação de Moradores do Bairro do Santo Antônio (Amabasa) de transformar a festa em um pandemônio. Segundo Tânia Pastore, uma das líderes da comissão, a Amabasa é antiga, sem qualquer representatividade hoje, e  explora a festa há dez anos. Desde então, a festa profana passou a ser realizada ao longo dos mesmos 13 dias da festa religiosa. Antes, os festejos duravam só cinco dias. Estabelecida a discussão, a comissão formada pelos moradores encaminhou abaixo-assinado ao Ministério Público, que marcou uma reunião com todos os envolvidos para quarta-feira (23), na qual devem estar  presentes a Secretaria de Serviços Públicos (Sesp), o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e diversas representações de moradores.