PT confirma encontro para anunciar rumo a ser tomado nas eleições de Jequié

Marcelo Aguiar diz que no encontro PT de Jequié definirá seus rumos em 2012

O presidente da executiva municipal do Partido dos Trabalhadores-PT de Jequié, confirmou na tarde de segunda-feira (21) em telefonema ao editor do Jequié Repórter, que o partido estará  reunindo  seus filiados  no próximo sábado (26), na Câmara de Vereadores a partir das 8h, num “Encontro Municipal Tático e Estratégico”, quando será  anunciado o caminho definido pelo partido no município com vistas a disputa do pleito eleitoral de outubro. Aguiar não antecipou qual  será a diretriz a ser anunciada mas, deixou claro que,  “serão definidos os rumos da legenda nas eleições deste ano em Jequié”.

Em entrevista ao blog Gicult, o pré-candidato petista,  Sérgio Gameleira, repetiu que “nós temos uma candidatura lançada a alguns meses atrás e continuamos buscando o maior arco de alianças possíveis . Mas, logicamente, na política quem busca apoio tem que estar disponível para apoiar”. Em seguida, confirmou , “estamos dialogando com o PP da mesma forma que estamos dialogando com outros partidos da base, inclusive com um diálogo muito positivo com o PC do B, e com outros partidos que fazem parte da base do governo Wagner em Jequié…  Quanto ao PP, este é um partido com o qual a conversa está um pouco mais adiantada. Porém, não existe o debate de quem será o candidato a prefeito ou a vice… Está posto o debate de caminharmos juntos e em determinado momento vamos ter que parar e avaliar qual é a candidatura que reúne as melhores condições para encabeçar e a outra, consequentemente, para vice”.

Ao mesmo blog,  em entrevista anterior,  o deputado federal Roberto Britto, principal liderança do PP no município, disse que o seu partido  terá candidato a prefeito e vereadores, deixando entendido que a  Dra. Tânia já se coloca como a  opção preferencial da legenda. “O candidato quem escolhe é o povo. Temos pré-candidatos. Quem tiver em melhores condições nas pesquisas será nossa opção. Levando em consideração os resultados das pesquisas de intenção de votos até aqui realizadas, a posição do parlamentar se manifesta muito clara… Consequentemente…

MP promove audiência pública para discutir custos do São João 2012

Secretaria de Cultura tem a incumbência de reduzir os custos sem diminuir o a qualidade do São João de Jequié este ano

Audiência pública convocada pela 4ª Promotoria de Justiça de Jequié, discutiu na manhã de segunda-feira (21), no Centro de Cultura de Jequié, com representantes da Prefeitura, Câmara de Vereadores, CDL, Associação Comercial e Industrial, Conselho Comunitário, Conselho Municipal de Cultura, Forrós Alternativos, Polícia Militar e Imprensa o valor dos investimentos públicos a serem despendidos pelo município para a realização do São João 2012, tomando como parâmetro, as dificuldades enfrentadas pelos municípios baianos decorrentes da seca que ocorre no estado.  Uma das diretrizes apontadas pelo Ministério Público é reduzir orçamento previsto para a festa, com a retirada de R$ 500 mil da planilha de gastos de  R$ 1,5 milhão, com a recomendação da não realização dos festejos em bairros, distritos e povoados. Outra mudança que já estaria decidida é a não montagem do módulo de  camarote para autoridades na Praça da Bandeira e a diminuição dos custos de divulgação e ornamentação do circuito da festa.   O secretário Luciano Sepúlveda (Governo), revelou que a determinação do prefeito Luiz Amaral foi no sentido da realização de redução dos custos da festa ficando de levar a proposta apresentada na reunião para avaliação do chefe do executivo. Um Termo de Ajustamento (TAC)  deverá será redigido e assinado entre a Prefeitura e a representando o Ministério Público limitando os gastos com a festa. Cinco representantes do MPE participaram da reunião. Diversas opiniões favoráveis ao festejo do São João em Jequié, por ser considerado o evento popular mais importante do município,  do ponto de vista da geração de empregos temporários e  do resultados positivos para a economia local, com o incremento das vendas do varejo e de prestação de serviços, também foram apresentadas por representantes de segmentos presentes à audiência.

Brasileiro trabalha quase 5 meses só para pagar imposto, diz IBPT

Impostômetro criado pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP)

O contribuinte brasileiro leva praticamente cinco meses —um dia a mais que no ano passado, já que 2012 é bissexto— somente para pagar tributos (impostos, taxas e contribuições) ao governo, aponta estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT). Se morasse na Argentina ou nos Estados Unidos, seriam pouco mais de três meses exclusivamente para pagamento de impostos, revela reportagem publicada no jornal O Globo.  A renda do brasileiro comprometida com os impostos só fez aumentar nos últimos anos, segundo o IBPT. Se em 2003, ele teve de destinar 36,98% de seu rendimento bruto para pagamento de impostos. Em 2012, essa fatia subiu para 40,98%. Em relação à década de 70, hoje se trabalha o dobro de tempo para pagar tributação. O   brasileiro paga atualmente 63 tributos que incidem tanto sobre a renda, como o Imposto de Renda, a contribuição previdenciária, quanto impostos embutidos nos preços de produtos e serviços, como o ICMS e o IPI, além da tributação do patrimônio (IPTU e IPVA), e taxas como limpeza pública, coleta de lixo, emissão de documentos e iluminação pública.  O presidente do IBPT, João Eloi Olenike, revela  que se o contribuinte contar ainda despesas como plano de saúde, escola, e segurança do prédio, serviços que deveriam ser cobertos pelos impostos pagos, mas que, na prática, deixam a desejar, o contribuinte só passa a trabalhar para si próprio nos últimos meses do ano. “A ineficiência do governo de oferecer serviços de qualidade e infraestrutura faz com que o brasileiro tenha que continuar a trabalhar até o dia 30 de setembro para pagar pelo que é prestado de forma ineficiente”, diz.

Pelegrino: ‘Para governar, às vezes é preciso ter coragem de dizer não’

Nelson Pelegrino considera que professores estão sendo injustos com o governo Wagner

O pré-candidato petista à prefeitura de Salvador,  Nelson Pelegrino  em entrevista ao jornalista Biaggio Talento, jornal A Tarde, assegurou estar preparado para enfrentar o debate de como os governos passados tratavam os servidores públicos e nós tratamos. Citou como exemplos,  os praças da PM que tiveram  reajuste de 38% acima da inflação, antes do governo atender uma reivindicação de 14 anos, dizendo ter participado dessa negociação em 1997, que criou a lei que estabeleceu as gratificações que o governo vai pagar e custará R$ 400 milhões. A proposta que o governo fez para resolver o problema dos professores vai custar R$ 500 milhões. O Estado já está 44%, quase chegando em 46% em relação ao limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal. “Agora há essa mobilização dos médicos. É preciso lembrar que todos somos parceiros na administração estadual. O Sindicato dos Médicos é ligado ao PCdoB que tem um peso muito grande na Secretaria de Saúde. Ocupa postos estratégicos na Sesab. Portanto,  de toda política que é feita pelo governo do Estado eles são parceiros”, diante disso diz não concordar  que o governador não tem uma relação democrática com os servidores públicos e que não tenha implantado uma política de valorização.

Nelson Pelegrino considera que há uma injustiça (dos professores) em relação ao governador. “Nosso governo não trata o servidor público como os governos passados. Em todos os anos foram dados reajustes, carreiras são reestruturadas. Os professores tiveram um aumento de 30% acima da inflação. Quando Wagner assumiu, os professores ganhavam menos que o salário mínimo como salário-base. Tinha que ser com gratificação para complementar. Sou testemunha, pois participei desse debate. O governo fez um esforço grande para que esse movimento não terminasse numa greve. Inclusive admitindo pagar os 22%  – uma parte em novembro, outra em abril. Sei que há uma dinâmica interna no movimento sindical. Você tem lá PCdoB, mas tem PSB, PT, PSOL, PSTU, há disputas internas, eleição este ano. Então, essa dinâmica levou à paralisação”, explicou.

Goleada sofrida para a Jacuipense deixa Jequié em situação delicada na Segundona

Sábado 2 de junho em casa os jogadores do Jequié terão que buscar a luz que necessitam para vencer o líder Colo Colo e se manter vivos na 2ª Divisão do Baianão (Foto João Lourenço)

O time do Jequié foi goleado na tarde de domingo (20), na cidade de Riachão do Jacuípe, para a Jacuipense pelo placar de três a zero, no Estádio Eliel Martins.  O resultado deixou o time jequieense com remotíssimas chances de classificação, ocupando a quarta posição no Grupo 2, à frente apenas do Guanambí, que está excluído da competição. No próximo domingo (27), estará somando três pontos aos quatro até aqui conquistados, justamente na partida que deveria ser jogada com o Guanambí. Em termos concretos, o Jequié em campo conseguiu apenas  um ponto, no empate sem gols em casa,  diante do Astro. O Colo Colo de Ilhéus lidera o Grupo 2 com 10 pontos, seguido da Jacuipense com 9  e em terceiro o Astro, com cinco. Na noite de sábado (2/06) o Jequié enfrentará o Colo Colo às 19h30 no Estádio Waldomiro Borges, em sua última cartada nos jogos de volta da fase de classificação. Uma derrota ou mesmo um empate nesse jogo diante do time ilheense representará a pá de cal para selar a péssima campanha realizada pelo Jequié em 2012.

Em Salvador, 13 noites da festa de Santo Antonio geram polêmica

Trezena de Santo Antônio, que há mais de 240 anos acontece no bairro

Uma festa religiosa  com 240 anos de tradição  no bairro de Santo Antônio Além do Carmo, em Salvador, motiva polêmica entre os moradores do local e a comissão que organiza a comemoração. “Rezar 13 dias seguidos, duas horas por dia, vá lá. Mas, passar 13 noites sem dormir, ver a porta de sua  casa ser feita de mictório e chegar a ser impedido de estacionar o carro na própria garagem já é demais”, sintetizam queixosos em reportagem assinada pelo jornalista Alexandre Lyrio, do Correio. Enquanto dentro da igreja a trezena de cânticos e orações acontece do jeito que Deus e a comunidade gostam, do lado de fora o descaso das autoridades e a falta de educação do povo fazem o diabo com uma das mais tradicionais festas litúrgicas e populares de Salvador.  No ano passado, relatam os moradores, um homem foi assassinado após uma briga. Revoltados com a insegurança, o excesso de barracas, a sujeira, a falta de banheiros e a depredação do patrimônio, eles se organizaram para propor um novo modelo de Trezena.  A comissão formada acusa a Associação de Moradores do Bairro do Santo Antônio (Amabasa) de transformar a festa em um pandemônio. Segundo Tânia Pastore, uma das líderes da comissão, a Amabasa é antiga, sem qualquer representatividade hoje, e  explora a festa há dez anos. Desde então, a festa profana passou a ser realizada ao longo dos mesmos 13 dias da festa religiosa. Antes, os festejos duravam só cinco dias. Estabelecida a discussão, a comissão formada pelos moradores encaminhou abaixo-assinado ao Ministério Público, que marcou uma reunião com todos os envolvidos para quarta-feira (23), na qual devem estar  presentes a Secretaria de Serviços Públicos (Sesp), o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e diversas representações de moradores.

Secretários e deputados petistas colocam o “bloco na estrada” participando de solenidades em Itaquara e Itiruçu

Itaquara inaugurado Unidade de Saúde da Família

Para participar da inauguração de uma Unidade de Saúde da Família-USF, na manhã de sábado (19), no bairro Jardim das Algarobas, em Itaquara, obra orçada  em R$ 117.083,97, desembarcaram na cidade a convite do  prefeito Abimael Teixeira (PSD), o Secretário de Saúde Jorge Solla, o secretário Chefe da Casa Civil, Rui Costa e o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo. Nos pronunciamentos feitos durante a solenidade, o prefeito Abimael teve a sua administração elogiada, “por ser muito séria e honrada”. O secretário estadual de Saúde, Jorge Solla recebeu rasgados elogios por parte do deputado Marcelo Nilo que o apontou como “o melhor secretário de saúde da história da Bahia”, citação ratificada por Rui Costa ao classificar Solla como “o melhor secretário de saúde do Brasil”.

Itiruçu inaugurando nova ala no hsopital municipal Pedro Pimentel Ribeiro

No mesmo sábado (19) à noite a caravana petista esteve no município de Itiruçu, onde o prefeito Carlinhos Martinelli, promoveu solenidade para inaugurar a instalações da  segunda ala do Hospital Municipal Pedro Pimentel Ribeiro. Além do secretário de Saúde, Jorge Solla, participaram do evento em Itiruçu, o deputado federal Afonso Florence, o deputado estadual Yulo Oiticica. Solla ao se dirigir ao prefeito Carlinhos do PT, afirmou “parabéns Carlinhos, pela gestão que visa a inclusão das minorias no crescimento de Itiruçu. Conheço esse hospital desde sua fundação, mas nunca esteve tão bem estruturado como agora”. O secretário disse que para execução da ampliação foram investidos recursos superiores a R$  1 milhão. Dando toque político ao discurso, o  deputado Yulo Oiticica, dirigiu-se ao prefeito dizendo, “Quem fala mal do seu governo é porque não quer ver o bem de Itiruçu. A oposição vai tentar desqualificar o seu trabalho sempre, mas o povo aprova”.

Mesmo desprezado prédio da antiga Escola de Menores tem boas alternativas de aproveitamento

Prédio da Escola do Menor, no Mandacaru pertence à Fundac, do governo estadual

A área construída e o terreno onde funcionou durante muito tempo a Escola Profissional do Menor de Jequié, no bairro do Mandacaru  permanece em avançado processo de  deterioração e de utilização indevida reclamando a iniciativa dos poderes públicos, tanto estadual, quanto municial  [funcionou durante muitas administrações em sistema de comodato com a Prefeitura], para que possa ser restaurado e implantadas atividades que resultem em contribuição para a comunidade local.

Uma das últimas informações disponíveis está inserida num ofício resposta assinado pela secretária em exercício da Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate a Pobreza do Estado, Maria Moraes de Carvalho Mota, dando conta de que a Fundac (Fundação da Criança e do Adolescente), estaria estudando a possibilidade de reaproveitamento do local com a instalação de “uma unidade sócio educativa de internação e outra de semiliberdade com a proposta de regionalizar o cumprimento de medidas sócioeducativas atendendo demandas da região Centro Sul da Bahia”. Esse aproveitamento foi rechaçado em recente sessão da Câmara Municipal, diante do entendimento dos vereadores de que o propósito é transformar o local num equipamento de permanência de menores e adolescentes em cumprimento de penas pela prática de erros sociais oriundos de várias regiões do estado, “um presídio juvenil”, rotularam alguns vereadores.

O espaço que num passado recente funcionou como escola regular e no oferecimento de oficinas  profissionalizantes nas áreas de serigrafia, panificação, produção de peças de artesanato mineral e iniciação musical dentre outras, recebeu proposta de uma faculdade privada para se instalar com oferecimento de cursos nas áreas de Biomedicina e Enfermagem, funcionando com uma unidade de saúde para atendimento gratuito à população;  existe também um movimento da paróquia da Catedral de Santo Antonio para aproveitamento do espaço na  instalação de um projeto de recuperação e acompanhamento físico e psicológico de pessoas dependentes do uso de álcool ou drogas. Além destas duas propostas é sugerida também, a utilização do local pela Prefeitura com a instalação de unidades de programas sociais que demandam um grande custo mensal para o município em razão de funcionarem em imóveis alugados a particulares.

Bom público prestigiou a abertura da 33ª Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial de Jequié

Vice-prefeito Eduardo Lopes representou o prefeito Luiz Amaral na solenidade de abertura da Exposição de Jequié (Fotos João Lourenço)

A 33ª Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial de Jequié, foi aberta oficialmente na noite de sábado (19), em solenidade no Parque de Exposições Luiz Braga, presidida pelo Coronel Ivo Silva Santos, presidente do Sindicato Rural de Jequié-SRJ. A solenidade de abertura contou as presenças de autoridades locais. O secretário estadual de Agricultura Eduardo Sales, que estava sendo aguardado para representar o governo estadual não esteve presente à solenidade. O vice-prefeito Eduardo Lopes representou o Executivo Municipal e o Legislativo esteve representado pelo vereador Eliezer Pereira Fiim, que também representou o deputado estadual Euclides Fernandes. O engenheiro Waldomiro Borges Filho, representou o deputado federal Antonio Brito e o vice-presidente de Governo do Banco do Brasil, César Borges.

Homenagem ao agropecuarista Waldomiro Borges de Souza

Em nome da diretoria do Sindicato Rural de Jequié, o presidente da entidade Ivo Silva Santos  entregou ao agropecuarista Waldomiro Borges de Souza, uma placa de reconhecimento por ele ter sido o idealizador e construtor da etapa inicial do Parque de Exposições Luiz Braga e de reocnhecimento à sua contribuição ao setor da agropecuária regional.

Culto Ecumênico e solenidade de abertura prestigada por muitas pessoas

Da solenidade de abertura oficial da 33ª Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial de Jequié, constou no início de um culto ecumênico pelo Pastor Edher Ramos e o Padre Pedro, Capelão do Exército, lançamento do Selo Comemorativo do evento pelo superintendente regional dos Correios, Nilton Guedes, pronunciamentos das autoridades, hasteamento das bandeiras do Brasil, Bahia, Jequié e do Sindicato Rural e o cântico do hino nacional. Dando prosseguimento à programação do primeiro dia, foram realizados shows musicais com a dupla Fábio & Michel e  com o cantor Everaldo Seresteiro.

Viatura PM capotou em ladeira no bairro de Brotas, em Salvador

Viatura foi retirada do local após a perícia (Foto: Gilberto Júnior // Bocão News)

Três policiais da 26ª CIPM em Salvador ficaram feridos após viatura capotar na Rua Caiçara, em Brotas, na manhã de sábado (19). Os militares foram encaminhados ao Hospital da Bahia e tiveram ferimentos leves.  Segundo a policial militar, coordenadora da área de Brotas, Yara Reis, estavam no carro 2 políciais homens e 1 mulher. “Os três estão conscientes e sofreram ferimentos leves, apesar de reclamar de dores na cabeça e no peito”.  Ainda de  acordo com a coordenadora, a viatura estava subindo a Rua Maria Romana Calmon, quando o outro veículo no sentido contrario descia a ladeira, “ao dar espaço para o veículo passar, a viatura derrapou e caiu”.