No dia do Trabalhador homem assassinado em Jequié

O corpo de um homem com perfurações provocadas por tiros e facadas foi encontrado por 15h, no feriado de 1º de maio, foi encontrado por populares e comunicado à  Policia Militar, na Terceira Travessa Elísio Lapa, bairro Curral Novo  O morto foi identificado como Joabson Silva Barbosa, 26 anos  Após procedimento do levantamento cadavérico o  corpo foi  encaminhado para o Instituto Médico Legal-IML de Jequié.

Tentativa de homicídio: Na Avenida Senhor do Bonfim, no Pau Ferro, foi registrada uma  tentativa de homicídio por volta das 7h53, de segunda-feira (1º). A vítima de iniciais LCS, 24 anos foi alvejado com disparo de arma de fogo e socorrida para o Hospital Geral Prado Valadares, onde segue internada.

Pesquisa aponta que 34% das pessoas têm mais vergonha que orgulho de ser brasileiro

Em tempos de crise política, se perdeu também o nacionalismo. A pesquisa DataFolha, divulgada no domingo (30), mostrou que nunca houve tanta gente com mais vergonha que orgulho de ser brasileiro. Atualmente 34% dos entrevistados se sentem envergonhados – número que tem crescido desde o fim de 2014. Os orgulhosos ainda representam maioria, 63% das pessoas, mas essa é a menor taxa histórica desde março de 2000. Os dados acompanham os níveis de insatisfação do brasileiro, tanto com o governo impedido de Dilma Rousseff (PT) quanto com o atual mandato de Michel Temer (PMDB). Assim, morar no país é ruim ou péssimo para 20% da população, regular para 26% e bom ou ótimo para 54%. Esse número, no entanto, registra uma queda de sete pontos percentuais desde o final do ano passado. O levantamento da Folha de S. Paulo ouviu 2.781 pessoas em 172 municípios do país.

Comissão de Minas e Energia debate construção de gasoduto na região

Empreendimento da Bahiagás será o maior do Nordeste e segundo maior do Brasil

A Comissão de Minas e Energia (CME) da Câmara dos Deputados estará  na próxima sexta-feira (5) participando de reunião e visita técnica aos municípios de Ipiaú e Itagibá, cidades que terão, na sua divisa, o ponto de partida para a construção do Gás Sudoeste – Duto de Distribuição de Gás Natural do Sudoeste, obra da Companhia de Gás da Bahia – Bahiagás. A vinda da comitiva é iniciativa do deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB) tendo como objetivo também, um encontro  na Câmara Municipal de Ipiaú, às 9h, debatendo com lideranças locais, prefeitos e vereadores, os impactos da implantação do gasoduto na região. O empreendimento é o principal projeto da Bahiagás para os próximos anos e já está em fase de contratação da empresa ou consórcio especializado para a execução dos serviços de construção e montagem do 1º trecho, que parte de Ipiaú e Itagibá, passando pelos municípios de Aiquara e Itagi, chegando até Jequié. Com extensão total de 306 km e investimentos da ordem de R$ 505 milhões, o duto de distribuição passará por 13 municípios. A estimativa de tempo de execução total é de quatro anos, entre projeto e obra. O objetivo é fornecer gás natural aos setores industrial, comercial e automotivo, com destaque para o ramo de alimentos e bebidas e para as grandes mineradoras instaladas na região.

O deputado Davidson Magalhães, afirma que o gasoduto é uma das obras mais importantes para a região Sudoeste do estado. “Além de ampliar a oferta de gás para a indústria e comércio, vai beneficiar muito a população. É uma obra grande, só no primeiro trecho já são R$ 117 milhões de investimento. Isso significa geração de emprego e renda pro povo do Sudoeste”, defende. O diretor-presidente da Bahiagás, Luiz Gavazza, foi convidado a apresentar o projeto para os membros da CME e demais lideranças. A primeira etapa do projeto, com aproximadamente 73 km de extensão, em dutos com diâmetro de 10 polegadas, e montagem de três estações de Distribuição de Gás Natural, tem prazo estimado de conclusão de 18 meses e custo total orçado em 117,5 milhões. Depois de concluído, o gasoduto vai beneficiar outras cidades da região, impactando uma população de mais de 400 mil habitantes.A Comissão pretende realizar atividade semelhante em outras cidades afetadas pelas demais etapas do projeto.

Presidente da CUT diz que próxima greve geral será dois dias

Centrais sindicais realizaram comemora do 1º de maio em Salvador

O presidente da CUT, Cedro Silva, disse nesta segunda-feira (1º) em Salvador, durante evento organizado pelas centrais sindicais,  que a comemoração do Dia do Trabalhador se tornou uma extensão da greve geral.  “Hoje comemoramos o primeiro de maio do trabalhador que não deixa de ser uma continuidade da greve geral do dia 28. A gente consegue ver que a classe trabalhadora está mais consciente que essa cidade e esse país tem que mudar, através da baixa de juros, da geração de emprego e pelo respeito e valorização profissional. A partir da greve, nós estamos nas ruas e não vamos sair até o país parar para discutir o desenvolvimento que a gente vai querer daqui para frente. Uma das nossas principais lutas é a eleição direta presidencial ainda esse ano. Queremos reconhecer a legalidade do governo com a volta da democracia no país”, declarou. O presidente da CUT disse ainda que as centrais sindicais já estão organizando outros dias de mobilização, inclusive, com a previsão de uma nova greve geral, dessa vez com a duração de dois dias. “Vamos ter mobilização nos próximos 15 dias e se o governo não quiser escutar o nosso pedido de parar com as reformas da previdência e trabalhista vamos organizar uma nova greve geral, dessa vez de dois dias”, contou.

Correios: Trabalhadores vão avaliar nova proposta da empresa

A direção dos Correios e os trabalhadores se reuniram nesta segunda-feira (1º) para tentar chegar a um consenso para finalizar a paralisação dos empregados, iniciada na quarta-feira (26). A proposta de acordo apresentada pelos Correios será avaliada em assembleias na terça (2), quando os trabalhadores definirão se encerram ou não a greve. A empresa apresentou uma proposta que prevê a revogação, por 90 dias, da medida que suspendeu as férias dos empregados. Com isso, os trabalhadores que irão gozar as férias em maio, junho e julho terão o pagamento dos valores até o teto de R$ 3,5 mil por empregado. O restante será parcelado em cinco vezes. Os Correios haviam suspendido as férias dos empregados a partir deste mês, alegando não ter recursos para o pagamento dos benefícios. Outro ponto em negociação é o percentual pago pela empresa no plano de saúde dos empregados. Os Correios afirmam que os sindicatos poderão apresentar uma proposta e, caso haja acordo, o pedido de mediação junto ao Tribunal Superior do Trabalho (STS) sobre a questão será retirado. A empresa também se dispôs a suspender a implantação de novas medidas operacionais, como a distribuição alternada e a entrega matutina, que serão negociadas em uma comissão. Com relação aos dias parados, a empresa informou que irá realizar o desconto referente à última sexta-feira (28). Os demais dois dias serão compensados pelos trabalhadores.

Quem não votou nas últimas eleições regularizar situação até terça, 2

O eleitor que não votou e não justificou a ausência nas últimas três eleições ou não pagou as multas correspondentes tem até terça-feira (2) para regularizar sua situação perante a Justiça Eleitoral. Quem não o fizer, pode ter seu título cancelado, lembrando que a legislação considera cada turno um pleito diferente para efeito de cancelamento. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em todo o país, mais de 1,8 milhão de eleitores estão com seus títulos irregulares por ausência nas três últimas eleições. O cancelamento automático dos títulos de eleitores ocorrerá entre 17 a 19 de maio de 2017. Os eleitores com voto facultativo (analfabetos, eleitores de 16 a 18 anos incompletos e maiores de 70 anos) ou com deficiência previamente informada à Justiça Eleitoral não necessitam comparecer ao cartório para regularizar a situação. Para regularizar o título no cartório eleitoral, o eleitor deverá apresentar documento oficial com foto, comprovante de residência e, se possuir, título eleitoral e os comprovantes de votação, de justificativa ou de quitação de multa.

Morte de Belchior: MPB perde um de seus nomes mais expressivos

Com a morte do cantor Belchior, a MPB perde um de seus ícones, autor de mais de 20 discos. Natural de Sobral, no Norte do Ceará. O cantor com 70 anos de idade, de acordo com informações de sua companheira Edna Prometeu e confirmadas pela delegada plantonista da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), Raquel Schneider, teve morte natural, quando ouvia música clássica,  na sala de estar da casa em que vivia no município de Santa Cruz do Sul (RS), na manhã de domingo (30). Belchior é autor de sucessos como A Palo SecoMedo de AviãoApenas um Rapaz Latino-Americano Como Nossos Pais. Suas composições marcaram décadas nas vozes de grandes artistas brasileiros e deixam um legado artístico e cultural para o Brasil e para mundo. O corpo seguiu para a cidade natal do artista, para ser velado por cerca de duas horas, no Teatro São João e na terça-feira (2), deverá ocorrer nova cerimônia no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, na Praia de Iracema, em Fortaleza, cidade onde o artista será enterrado.

Segunda vitória em casa coloca ADJ na liderança da Série B

Sábado (06) a ADJ irá a Ilhéus enfrentar o Colo Colo

A Associação Desportiva Jequié-ADJ, venceu seu segundo compromisso disputado diante de sua torcida no Estádio Waldomirão, domingo (30) e com isso passou a ocupar a liderança do Campeonato Baiano da Série B 2017, com 7 pontos em 3 jogos, 2 vitórias e 1 empate. São 5 gols marcados e nenhum sofrido. Mais uma vez embalado pela sua torcida, a ADJ, fez três a zero no Portela (Teixeira de Freitas), gols marcados por Raylon, Tity e Marcelo Pano. Na próxima rodada, a ADJ vai visitar a cidade de Ilhéus e enfrentar o Colo-Colo, vice-líder do campeonato. O jogo acontecerá sábado (06) de maio, no estádio Mário Pessoa, às 18h. Também pela terceira rodada, o Atlético de Alagoinhas empatou em 1 a 1 com o PFC Cajazeiras. Já o Colo Colo somou três pontos decorrência da desistência do Ypiranga de disputar o campeonato.

Governo anuncia três mil bolsas para professores estaduais

Rui Costa anunciou a medida para valorizar e estimular os professores

O governador Rui Costa anunciou nesta segunda-feira (1º), Dia do Trabalhador, que os professores interessados na ‘Bolsa de Estímulo à Permanência em Atividade de Classe’ já podem procurar a unidade de ensino onde atuam para formalizar o pedido. A solicitação também pode ser feita no SAC Educação ou nas sedes dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE). São oferecidas três mil bolsas para professores efetivos da rede estadual que exercem atividades nos ensinos fundamental e médio e que já completaram as exigências para a aposentadoria voluntária. As bolsas são de R$ 800 e R$ 1,6 mil para os professores com carga horária de 20 e 40 horas, respectivamente. Além de ter completado as exigências para a aposentadoria, é necessário estar lotado em uma unidade escolar e ter optado por permanecer em efetiva regência de classe. O benefício será pago por dois anos, prorrogáveis por mais dois, e sobre ele não incidirá contribuição previdenciária. Também não será utilizado para cálculo de aposentadoria e pensão. Poderão ser contemplados servidores que obtiverem desempenho individual satisfatório e que não possuem em seus registros funcionais mais de seis faltas injustificadas no ano letivo imediatamente anterior ao do início da percepção da vantagem. O setor de Recursos Humanos da Secretaria da Educação apreciará os pedidos e fará a publicação da lista de contemplados no Diário Oficial do Estado (DOE).

Manifestantes protestam nas ruas de Jequié e pedem o “Fora Temer”

“Fora Temer” foi defendida pelos manifestantes durante todo percurso

Manifestantes representando várias categorias de servidores públicos e do setor privado uniram-se a estudantes e integrantes do Movimento Sem Terra-MST para  protestarem nesta sexta-feira (28), contra as reformas trabalhista e previdenciária do Governo Federal. Por volta das 7h um grupo de manifestantes se reuniu em frente da garagem da Expresso Rio de Contas impedindo a saída dos ônibus urbanos.

Durante a passagem dos manifestantes lojistas mantiveram as portas fechadas

No trajeto feito pelos manifestantes, que transcorreu de forma pacífica, teve como ponto de concentração a praça da Catedral de Santo Antonio seguindo até a Praça da Bandeira retornando para a concentração na Praça Ruy Barbosa, os estabelecimentos comerciais mantiveram as portas fechadas. Os bancos se limitaram ao funcionamento dos setores de autoatendimento. Entoando palavras de ordem e cobrando que o governo volte atrás em suas propostas de mudanças da legislação trabalhista e da Previdência Social, o movimento de protesto com a utilização de carros de som e instrumentos musicais permaneceu no centro da cidade até o meio dia. Gradativamente, o comércio retornou às suas atividades normais até o final da tarde.