Governo Temer tem pior resultado já registrado pelo Datafolha em 28 anos

Reprovação de Michel Temer só consegue ser superada pela de José Sarney, também do PMDB em 1989

O governo do presidente da República Michel Temer é considerado ótimo ou bom por 7% dos brasileiros. A marca é a menor já registrada pelo instituto de pesquisa Datafolha desde 1989. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, apenas o ex-presidente José Sarney ficou abaixo desse patamar, com 5% em setembro de 1989. Ainda de acordo com a pesquisa, a gestão de Temer é considerada ruim ou péssima por 69% do eleitorado e regular por 23%. O levantamento feito entre quarta-feira, 21,  e  sexta-feira, 23, com 2.771 entrevistados. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais e para menos Há dois meses, a sua taxa de ruim e péssimo estava em 61% e a de ótimo ou bom, em 9%. Aqueles que o consideraram regular somavam 28% no final de abril. Segundo a Folha, a situação de Temer é pior que a de Dilma Rousseff às vésperas do impeachment. Em abril de 2016, a petista tinha 13% de aprovação e 63% de reprovação.

TRE-BA firma parceria com Coelba e biometria será divulgada nas contas de energia

Termo de Parceria e Cooperação assinado entre o presidente do TRE, desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano e o presidente da Coelba Fernando Arronte

Até o momento, pouco mais de 19% dos eleitores da Bahia foram identificados biometricamente e a meta do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) é atingir cerca de 3 milhões de eleitores até 2018. A partir de agosto, as contas de energia serão impressas com informações importantes sobre recadastramento biométrico, procedimento obrigatório para os eleitores de Salvador e de mais 51 cidades baianas. O Termo de Parceria e Cooperação Técnica que garante esta divulgação nas faturas dos baianos foi assinado no dia 20 deste mês, O objetivo é colaborar para o esclarecimento da população. Durante quatro meses, de setembro até dezembro, os eleitores receberão a mensagem de convocação nas contas.  Quem não atender ao chamado terá o título cancelado e com isso, o eleitor terá restrições no CPF – o que pode acarretar em dificuldades para realizar cadastro em benefícios federais –, não poderá emitir passaporte, receber aposentadoria ou pensão paga pelo governo federal, fazer matrícula em instituição de ensino superior, tomar posse em cargo público, além de outros impedimentos. Para saber os nomes das cidades que constam na lista e os locais de recadastramento, o eleitor pode acessar o hotsite: biometria.tre-ba.jus.br

Senador Roberto Muniz propõe que agências bancárias funcionem aos sábados

Senador Roberto Muniz se inspirou na abertura da Caixa aos sábados para saques do FGTS inativo

Para o senador Roberto Muniz (PP-BA), o funcionamento das agências bancárias aos sábados traria vantagem para o consumidor e para o mercado. Essa é uma das justificativas do projeto de sua autoria que visa permitir que bancos e estabelecimentos de crédito funcionem nesse dia da semana. Atualmente, os bancos são proibidos de funcionar aos sábados por lei e por resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN), regras que remontam à década de 1960. Para fazer frente à proibição, o senador apresentou na última quinta-feira, 22, o projeto que revoga essas normativas. O sucesso da movimentação das agências da Caixa Econômica aos sábados, durante o período de saque do FGTS, teria levado o senador a propor essa mudança. A proposta já está disponível para consulta pública no site do Senado. Assim, quem quiser opinar sobre a abertura dos bancos aos sábados pode votar na enquete disponível no seguinte endereço de internet: http://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaomateria?id=129742. “A competitividade do setor aumentará e os benefícios da livre concorrência operarão”, afirma. Ele cita o exemplo de países que adotam a prática, como Estados Unidos, Inglaterra, França e Austrália, onde muitas agências funcionam aos sábados, geralmente até o meio-dia. O projeto vai tramitar pelas comissões de Assuntos Econômicos, de Assuntos Sociais e de Defesa do Consumidor, cabendo à última decisão terminativa. Caso aprovado, o projeto segue para a Câmara.

Quadrilha especializada em assalto a bancos é presa na Bahia

Cinco integrantes de uma quadrilha especializada em assalto a agências bancárias na Bahia foram presos em flagrante na quinta-feira, 22, em um condomínio de Barra do Jacuípe, no município de Camaçari, localizado na Região Metropolitana de Salvador (RMS), após denúncia de que um grupo comercializava drogas em uma residência no condomínio Bosque das Árvores.Ao chegar no local, policiais da 59ª Companhia Independente de Polícia Militar (Vila de Abrantes) foram recebidos a tiros, segundo nota da Corporação. Mesmo sendo atacados por tiros, os PMs conseguiram conter a ação dos cinco acusados, que foram presos e conduzidos ao Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). Com os detidos foram encontrados um fuzil calibre 556, um rifle calibre 556, dois carregadores de fuzil, dois notebooks, três aparelhos celulares, além de munições, dois veículos e certa quantia em dinheiro.

Polícia Civil elucida e qualifica como Ambição causa presumível do assassinato de Dona Nil

Os três executores e a mandante do bárbaro crime praticada contra a idosa de 71 anos

A Polícia Civil de Jequié sob coordenação da 9ª Coorpin divulgou boletim na manhã desta sexta-feira, 23, com a elucidação do crime ocorrido por volta das 14h30 de quarta-feira, 21, no Alto da Colina, bairro Pompílio Sampaio, tendo como vítima a idosa Ivonice Marques Maia, 71 anos.  A equipe da Polícia Civil prendeu em flagrante delito Cristiane Mota Alves, que após entrar em várias contradições acabou por confessar que tomou dinheiro emprestado em mãos da vítima e não tendo como restituir o empréstimo resolveu acabar com a vida da idosa, tendo pedido a sua sobrinha adolescente de iniciais GSM, que a mesma arranjasse alguém que tivesse coragem de matar uma velha. A partir daí foi mantido contato com Tales Souza Santos, que combinou receber um pagamento de R$ 250 tendo convidado dois outros dois parceiros para executar a tarefa. Ao ser ouvida na delegacia, a adolescente GSM confirmou que a prima Cristiane teria lhe feito o pedido e que coube a ela fazer a proposta ao ex-colega Tales, que aceitou. Durante diligências realizadas a partir dessas informações os policiais civis prenderam Tales Souza dos Santos, Mateus Santos Silva e o adolescente W.P.A., 17 anos, que confessaram participação no crime pelo qual receberiam o valor de R$ 500, cada um deles. Além do valor em dinheiro, Cristiane Mota iria dar para eles algumas jóias, tendo os mesmos subtraído de Dona Nil, após lhe desferirem os golpes de faca, dois anéis de ouro e um aparelho celular. Os policiais conseguiram recuperar até o momento os dois anéis. A Polícia Civil concluiu o inquérito apontando Ambição, como a causa presumível do crime, tendo sido lavrado o auto de prisão em flagrante delito de todos, por latrocínio, corrupção de menores, além o auto de apreensão do menor. Cristiane Mota Alves, mandante do crime e os executores maiores de idade, Tales Souza Santos e Mateus Santos Silva, foram encaminhados ao Conjunto Penal de Jequié, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Mulher confessa ter sido mandante do assassinato de Dona Nil

Cristiane Mota tem um comércio de venda de roupas em Jequié

A Polícia Civil de Jequié prendeu na quinta-feira, 22, a jovem Cristiane Motta Alves, principal suspeita de ter sido mandante do assassinato da idosa  Ivonice Marques Maia, Dona Nil, de 71 anos de idade, levada para uma emboscada no Parque da Colina, em Jequié, e morta a facadas por bandidos, na quarta, 21. Segundo informações policiais, Cristiane teria tomado dinheiro emprestado em mãos de dona Nil e como não conseguiu quitar a dívida teria arquitetado matá-la. Câmaras de monitoramento gravaram um veículo GM/Celta cor prata dirigido por Cristiane levando dona Ivonice , para o local onde os bandidos contratados aguardavam a chegada da mulher para consumar o crime.  Os elementos desferiram cerca de seis facadas na vítima, que permaneceu por mais de duas horas agonizando no local, até ser encontrada por populares que comunicaram ao Samu, providenciando a sua remoção para o Hospital Geral Prado Valadares, onde recebeu socorro médico, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e faleceu à noite. Com base nas informações e imagens de vídeo entregues à Polícia Civil, a suspeita confessou ser mandante do assassinato. Uma adolescente de 16 anos de idade, que participou da trama, confirmou a versão dada por Cristiane e depois foi liberada com a presença dos pais. Segundo o delegado Almir Fernandes que investiga o caso,  outros envolvidos na execução do crime deverão ser identificados e presos dentro das próximas horas. Cristiane Motta Alves, é natural de Milgares, casada, mãe de dois filhos menores e trabalha com o comércio de roupas. Cris já foi conduzida ao Conjunto Penal de Jequié

Câmara aprova fim de multa para quem esquecer carteira de habilitação

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) aprovou na quarta-feira, 21,  o fim das multas ao motorista que não estiver com a carteira de habilitação ou a licença do veículo no momento da abordagem. Aprovado em caráter conclusivo, o projeto segue direto para o Senado, caso não haja recurso para análise do plenário da Câmara. O projeto, de autoria da ex-deputada Sandra Rosado e da deputada Keiko Ota (PSB-SP), altera o Código de Trânsito Brasileiro e determina que, na ausência dos documentos, o agente de trânsito obtenha as informações por meio de consulta a banco de dados oficial.

Quando não for possível a consulta online das informações do veículo ou do condutor, o motorista terá até 30 dias para levar o documento ao órgão de trânsito responsável pela autuação. Com isso, o auto de infração será cancelado e o motorista não terá pontos computados em sua carteira. A medida não vale a pessoas que forem flagradas dirigindo sem ter tirado a carteira de habilitação.  Pelas regras atuais, quem é flagrado dirigindo sem portar o licenciamento e a carteira de motorista pode ser multado e ter seu veículo retido até a apresentação dos documentos. A infração é considerada leve e rende três pontos na carteira de habilitação, além de multa de R$ 88,38.

Avó clama por Justiça pelo assassinato do neto

Cê e o companheiro César da Silva, abalados com o assassinato do neto Pierry

Visivelmente abalada com o assassinato do seu neto Paulo Félix dos Santos (Pierry), a comerciante Jucênia Pereira dos Santos, “Cê”, esteve na manhã desta quinta-feira, 22, na rádio 93 FM, onde clamou por justiça para identificação e punição dos dois elementos que assassinaram o jovem com um tiro na cabeça, após tentarem furtar o seu aparelho celular. A mulher revelou que o neto  estudava no turno matutino no Colégio Estadual Fernando Barreto, tendo ela solicitado que no período da tarde ele ficasse tomando conta de um pequeno comércio da família instalado em um dos cômodos da casa, na Urbis III, no Jequiezinho. O menor já havia perdido a cerca de um mês um aparelho celular para assaltantes na Travessa Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, o que em sua opinião, teria levado Pierry à sua reação de tentar desta vez fugir dos assaltantes, sendo que um deles sacou da arma e disparou contra sua cabeça. Cê contou que o neto era um excelente menino, que havia deixado o grupo musical que fazia parte na cidade e, no momento estava se dedicando aos estudos, tendo passado a frequentar a Igreja Cristã do Brasil. Portador de uma deficiência visual, o menor participava do curso de Bombeiro Civil e tinha como sonho encontrar uma profissão que lhe permitisse ajudar no sustento da família. O corpo do menor foi sepultado à tarde no Cemitério São Lázaro, com numeroso acompanhamento e muitas cobranças de que a autoria do crime seja elucidada.

Sete entidades sociais de Jequié recebem doações de eletrodomésticos

Gerusa Ribeiro (blusa preta) na Ajece representou a comissão que idealizou a  publicação do livro

O grupo de jequieenses, maioria dos quais residentes em Salvador, que idealizou a elaboração e lançamento em 2015, do livro intitulado “Jequié, Sol, Histórias e Encantos, foi representado por Gerusa Ribeiro, nas entregas de eletrodomésticos a sete entidades sociais de Jequié. Os bens foram adquiridos com recursos obtidos com a venda dos exemplares e, na manhã desta quinta-feira, 22, foram entregues no SerLivre, Fundação Leur Brito (Abrigo dos Idosos), Orfanato Lar da Criança, Associação Jequieense de Cegos (Ajece), Fundação Frei Luiz, APAE e Fuan. O livro consta de uma coletânea de crônicas e relatos pessoais e familiares, inseridos por   54 coautores, “manifestando o seu amor e dedicação à sua terra natal”.

Lote de eletrodomésticos entregue em cada uma das sete entidades sociais

Foram entregues lotes formados por eletrodomésticos constantes de uma geladeira duplex, fogão industrial de 4 bocas, centrífuga, ventilador, lavadora 13kg. “Foi a maneira encontrada pela comissão encarregada da elaboração do livro de destinar os recursos arrecadados através da aquisição de bens de grande utilidade para as pessoas acolhidas nessas entidades”, explicou Gerusa Ribeiro.

Idosa assassinada em Jequié foi sepultada no distrito de Itajuru

Dona Nil foi vítima de uma trama diabólica

Após ter sido velado na tarde desta quinta-feira, 22, em clima de grande consternação no Velatório Pax Nacional, em Jequié, o corpo da idosa Ivonice Marques Maia, 71 anos, foi levado para o distrito de Itajuru, para sepultamento no cemitério municipal da localidade. Dona Nil como era tratada por familiares e amigos morreu na noite de quarta, 21, no Hospital Geral Prado Valadares, vitimada por cerca de seis perfurações provenientes de arma branca. Ela havia sido encontrada agonizando em um terreno no Parque da Colina. Existem suspeitas dela ter sido vítima de um crime planejado. Dinheiro, um aparelho celular e documentos pessoais foram levados. A polícia já tem em mãos informações de pelo menos dois suspeitos, moradores do bairro São Judas Tadeu, onde a vítima também residia, pessoas que possivelmente teriam  planejado e participado do assassinato. Três adolescentes são igualmente suspeitos de terem sido contratados para a materialização do bárbaro crime. Os familiares, amigos e a comunidade de Jequié esperam da Polícia a elucidação do crime e as prisões de todos os suspeitos.