Polícia Federal prende ex-governador Anthony Garotinho

Antony Garotinho tem programa diário na Rádio Tupi RJ

O ex-governador do Rio Anthony Garotinho (PR) foi preso pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quarta-feira, 13,  por volta das 10h30, na porta da Rádio Tupi, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio, onde apresenta seu programa diário de rádio. A Justiça condenou Garotinho por compra de votos e determinou que ele cumpra prisão domiciliar. A condenação total é de 9 anos, 11 meses e 10 dias em regime fechado. A decisão estabelece ainda o uso de tornozeleira eletrônica, proíbe a utilização de telefones celulares e restringe o contato pessoal a advogados e familiares próximos — mãe, netos, filhos e a mulher, a ex-governadora do Rio Rosinha Garotinho (PR). A medida será cumprida em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, na casa que o ex-governador mantém no bairro da Lapa. No entendimento da Justiça, o grupo comandado por Garotinho segue cometendo crimes, como ameaça a testemunhas e destruição de provas — há ainda uma denúncia, que está sendo apurada em outro processo, de tentativa de suborno ao juiz Glaucenir de Oliveira, quando ele esteve à frente da “Operação Chequinho”. Essas evidências, segundo a decisão, justificam a necessidade imediata de prisão. Com informações do jornal O Globo

 

Operação Opinião: PF também cumpre mandados na sede da Embasa

Sede da Embasa em Salvador sendo alvo da PF

A sede da Embasa, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), também é alvo da operação Opinião, que foi deflagrada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Eleitoral na manhã desta quarta-feira (13). Os agentes cumprem mandados no gabinete do deputado Marcelo Nilo, na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA); no setor de Materiais e Patrimônio, na sede da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz). A PF também foi ao apartamento do parlamentar no Horto Florestal, e na casa da irmã dele, na Avenida Cardeal da Silva, no bairro da Federação. A Embasa é atualmente reconhecida como território político de Nilo, tendo seu presidente, Rogério Cedraz, sido indicado por ele.

PF investiga deputado Marcelo Nilo por caixa 2 e manipulação de pesquisa

PF realizou buscas no apartamento onde o deputado reside

A Ministério Público Eleitoral  (MPE) e a Polícia Federal fazem operação na manhã desta quarta-feira, 13, em Salvador que tem como principal alvo o deputado estadual Marcelo Nilo (PSL).  A PF está fazendo buscas na Avenida Cardeal da Silva, Centro Administrativo da Bahia e Horto Florestal. Nilo  já foi presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).  De acordo com o MPE a Operação Opinião tem o objetivo de dar cumprimento a sete mandados de busca e apreensão em endereços em Salvador, dentre os quais na residência do deputado e no seu gabinete na Assembleia Legislativa.

Os mandados foram expedidos pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE/BA), com base em representação formulada pela Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE/BA), em procedimento que investiga o crime de falsidade eleitoral, previsto no artigo 350 do Código Eleitoral, envolvendo também a empresa Bahia Pesquisa e Estatística LTDA – Babesp. “Os fatos são objeto de investigações em andamento tanto no Ministério Público Eleitoral quanto na Polícia Federal, que buscam apurar se o Deputado Marcelo Nilo prestou informação falsa à Justiça Eleitoral, havendo indícios de que ele seria o controlador de fato da Babesp e que utilizaria a referida pessoa jurídica para contabilização fraudulenta de recursos utilizados de maneira ilegal em campanhas politicas, o que se costuma chamar de “caixa 2”. Além disso, há suspeita de possível manipulação do resultado das pesquisas eleitorais divulgadas por aquela empresa”, afirmaram a PF e o MPE, em nota.

Governo publica regras para saques das cotas de PIS-Pasep

O Conselho Diretor do Fundo PIS-Pasep, vinculado ao Tesouro Nacional, publicou no Diário Oficial da União (DOU) procedimentos para liberar o saque das cotas dos dois programas para homens com idade a partir de 65 anos e mulheres a partir de 62 anos, conforme determina a Medida Provisória 797/2017, editada em agosto pelo presidente da República, Michel Temer. De acordo com a resolução, os beneficiários que cumprirem os requisitos da MP receberão os recursos automaticamente em suas contas ou canais de atendimento da Caixa, no caso de PIS, e do Banco do Brasil, no caso de Pasep. Se os dados cadastrais do cotista não possibilitarem o crédito imediato, ele poderá solicitar o saque nas agências desses bancos e o pagamento será feito em até cinco dias úteis.

As retiradas começam em outubro e terminam até março de 2018. No próximo dia 5 de outubro, o BNDES terá de transferir o valor de R$ 5,796 bilhões à Caixa e o de R$ 1,404 bilhão ao Banco do Brasil, para cumprir os repasses. A determinação consta de outra resolução do conselho também publicada no DOU. O documento ainda diz que, “por sua vez, a Caixa Econômica Federal contribuirá com R$ 176 milhões e o Banco do Brasil com R$ 406 milhões, por meio de transferência, também em 05.10.2017, às respectivas contas de recursos retidos para pagamento de cotistas”. Com isso, o valor direcionado aos saques, pelo menos em um primeiro momento, ficará em torno de R$ 7,7 bilhões, abaixo dos R$ 16 bilhões estimados pelo governo federal ao anunciar a medida no mês passado. Segundo a resolução, as transferências mensais para 2017/2018 seguirão dentro desse montante “até que seja feita uma avaliação dos impactos da referida medida provisória nos saques de cotistas”. Na ocasião, o governo também estimou em 8 milhões o número de pessoas a serem beneficiadas com a iniciativa.

Gilmar Mendes pede vista, e STF suspende análise de denúncia contra políticos do PP

Ministro Gilmar Mendes pediu mais tempo para analisar a denúncia e julgamento foi interrompido

O Supremo Tribunal Federal suspendeu nesta terça-feira, 12, a análise da denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR) contra políticos do PP após o ministro Gilmar Mendes pedir vista, ou seja, mais tempo para analisar o caso. Ao todo, sete integrantes do PP foram acusados dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato. Não há data para a retomada do julgamento. O pedido de vista de Gilmar foi apresentado quando três dos cinco ministros da Segunda Turma do STF já haviam votado para tornar réus pelo menos quatro dos sete acusados.  Relator da Lava Jato na Corte, o ministro Edson Fachin votou para acolher a denúncia contra os deputados federais Luiz Fernando Faria (MG) e José Otávio Germano (RS) e os ex-deputados Mario Negromonte (BA) e João Pizzolatti (SC). Fachin votou, no entanto, para rejeitar, por ausência de indícios suficientes, as acusações contra os deputados federais Roberto Britto (BA), Mario Negromonte Júnior (BA) e Arthur Lira (AL). Também votaram na sessão os ministros Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski, que acompanharam parcialmente Fachin. Eles votaram para aceitar a denúncia contra Pizzolatti e Negromonte por corrupção passiva. Além de Gilmar Mendes, ainda falta votar o ministro Celso de Mello. Somente após o julgamento, com os cinco votos da Segunda Turma, será possível saber quem continuará a responder sobre o caso numa ação penal. (G1)

Mês de outubro vem marcado por muitos feriados em Jequié

O mês de outubro que se aproxima demonstra ser de baixa produtividade no município de Jequié, em face a existência no calendário 2017 de quatro datas marcadas por dois feriados nacionais e igual número de feriados municipais. Na quinta-feira, dia 12, comemora-se o feriado religioso nacional em comemoração a Nossa Senhora Aparecida, a Padroeira do Brasil; na quarta-feira, dia 25, o feriado municipal em comemoração ao 120º aniversário de emancipação política de Jequié; já o feriado em comemoração ao Dia do Funcionário Público, dia 29, este ano cai num domingo, enquanto no dia 31, uma quarta-feira, é feriado municipal comemorativo ao Dia do Evangélico em Jequié. Para completar a sequência de feriados, o dia 2 de novembro, uma quinta-feira, é comemorado nacionalmente o Dia de Finados.

Crescimento de ataques virtuais acende alerta sobre suicídio

Apesar de ser um grave problema de saúde pública, com tendência de crescimento nos próximos anos, pois acompanha a expansão de doenças como a depressão, o suicídio ainda é um tabu no Brasil. Dificuldade de obter dados, preconceito e medo de estimular a prática ao falar sobre ela são fatores que dificultam a discussão e o desenvolvimento de políticas públicas, segundo estudos e especialistas consultados pela Agência Brasil. Neste ano, o silêncio que ronda o tema foi quebrado com a divulgação do Baleia Azul, o jogo virtual que envolveria o estímulo às mutilações corporais de jovens e até ao suicídio. O game virou tema de novela e mesmo de operação da Polícia Federal, que prendeu acusados de aliciar crianças e adolescentes por meio da Baleia Azul. O fato trouxe à tona uma realidade comum: a ocorrência do assédio virtual, também chamado de cyberbullying. O debate sobre o delicado tema é estimulado este mês, no âmbito do Setembro Amarelo, para sensibilizar a sociedade para a prevenção ao suicídio. Além do jogo, casos como o do jovem americano Tyler Clementi, de 18 anos, que se suicidou após ter fotos íntimas divulgadas pelo colega de dormitório, e da britânica Hannah Smith, de 14 anos, que se matou após receber ofensas na rede, têm chamado a atenção de pesquisadores e instituições públicas. Segundo o integrante do Grupo de Estudo e Pesquisa em Suicídio e Prevenção (GEPeSP), Pablo Nunes, não há estudos confiáveis que comprovem a ligação direta entre crescimento do número de suicídios e ataques nas redes sociais. No entanto, indícios dessa relação pedem atenção ao ambiente online. O pesquisador destaca que o anonimato  faz das mídias sociais um ambiente favorável para ataques.

Apenas 45,11% dos eleitores realizaram o recadastramento biométrico em Jequié

TRE-BA reforça convocação para eleitores realizarem a biometria em Jequié

Um total de 73.687 dos 134.268 cadastrados nas 22ª e 23ª Zonas eleitorais que compreendem os municípios de Jequié, Manoel Vitorino, Lafaiete Coutinho e Apuarema, ainda não compareceu ao Fórum Eleitoral sediado em Jequié, para fazem a biometria. A capacidade de atendimento no Fórum Eleitoral é bem superior à procura dos eleitores, enfatiza o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). Levantamento feito revela que apenas 60.581 (45,11%) do total de eleitores inscritos nos quatro municípios já compareceram para o recadastramento biométrico, cujo prazo final para ficar quite com a Justiça Eleitoral é até 31 de janeiro de 2018, sob pena de cancelamento do documento. No Fórum Eleitoral de Jequié foram disponibilizados 13 kits, que são capazes de atender até 800 eleitores por dia, porém a procura está abaixo do necessário, quando menos de 500 pessoas estão procurando o local diariamente.

Por conta da estrutura disponibilizada aos eleitores no Fórum Eleitoral, o TRE-BA considera desnecessário a implantação de posto avançado de atendimento na cidade. Para ajudar no processo, a Prefeitura Municipal de Jequié cedeu para a Justiça Eleitoral o total de 18 estagiários, que atuam no recadastramento biométrico dos eleitores, além disso, houve disponibilização de sistema de som para a chamada das senhas, espaço na Praça Ruy Barbosa para a colocação de uma faixa divulgando a biometria, e dois agentes da Guarda Municipal, um deslocado para o Fórum Eleitoral, outro para o Cartório, onde fazem a segurança dos eleitores. O atendimento é feito de segunda a sexta, das 7h às 18h, horário ampliado para  aumentar a capacidade do atendimento. O eleitor pode realizar o atendimento por ordem de chegada, através de distribuição de senhas, ou por agendamento feito pelo site do TRE-BA. Dos 12.610 eleitores de Manoel Vitorino, apenas 7.196 (57,66%) realizaram a coleta das digitais. Em Apuarema, dos 5.756, menos de 35% (2.013) fizeram o recadastramento. Já em Lafaiete Coutinho só 1.220 (32,44%), dos 3.760 eleitores existentes na região, estão biometrizados.

 

Presidente do Sindicombustíveis-Bahia discorda da política de preços da Petrobrás

A política de preços colocada em prática pela Petrobras, desde o dia 30 de junho,  para o diesel e a gasolina comercializados em suas refinarias, parece não estar desagradando apenas aos consumidores, que se queixam das majorações constantes desses combustíveis nos postos de revenda.  O presidente do Sindicato do Comércio de Combustíveis, Energias Alternativas e Lojas de Conveniências do Estado da Bahia (Sindicombustíveis Bahia), José Augusto Melo Costa, comentou que, “O salário do brasileiro é fixo, a sua renda é fixa. Então você não tem como todo dia ver uma situação de aumento e diminuição de preços”.

O presidente do Sindicombustíveis disse que não compartilha da mesma opinião da Petrobras quanto aos recorrentes reajustes nos preços dos combustíveis no Brasil. Para ele, as alterações quase diárias – e que normalmente fazem subir o valor do diesel e da gasolina – vem prejudicando os consumidores. Os  reajustes a partir da adoção da nova política de revisão,  podem acontecer diariamente, com base em alterações no mercado doméstico e internacional. “O dono de posto nessa história toda fica em uma situação muito adversa e o consumidor sabe que a qualquer momento pode haver uma explosão no preço”, diz  José Augusto, citando como exemplo o ocorrido nesta terça-feira, 12, quando foi anunciada redução de 2,5% para a gasolina e de 2,4% no diesel, enquanto nos cinco primeiros dias de setembro, a gasolina chegou a ter um aumento acumulado de pouco mais de 10% “quando há um aumento no preço dos combustíveis, ele é repassado integralmente. No entanto, quando existe uma redução no valor, ele é repassado apenas parcialmente. Quando é a favor do consumidor, eles ficam com metade do dinheiro, alegando aumento de custo”, afirmou.

Congresso Técnico abre VIII Jornada Esportiva da AJECE nesta quarta, 14

Letícia atleta de goalball e a professora de Educação Física Tássia divulgando o evento na 93 FM

Um encontro técnico com os dirigentes e professores das entidades participantes, marcará a partir das 8h30 na sede da Associação Jequieense de Cegos-AJECE, a abertura da VIII Jornada Esportiva, que a entidade estará realizando até sábado, 16. Na reunião será definida a tabela de disputas nas sete modalidades. A abertura solene da competição será também nesta quarta, 14, às 19 horas, na sede do 8º Grupamento de Bombeiros Militar. Durante os três dias da VIII Jornada Esportiva, serão realizadas disputas nas modalidades de Atletismo (Estádio Waldomiro Borges), Dominó e Xadrez (Colégio Matisse), Futebol de 5 (CEEP Régis Pacheco), Goalball (Ginásio de Esportes Anibal Brito), Judô (AJECE) e Natação (Jequié Tênis Clube). Participarão da competição equipes de Jequié e de outras cidades e estados. O encerramento com a premiação dos vencedores será a partir das 19h de sábado, 16, na sede da AJECE.