Som do palco não funciona e Praça da Bandeira suspende programação na noite de sexta, 23

Programação da Praça da Bandeira não aconteceu e comerciantes reclamam de prejuízos

O cantor Luiz Caldas que seria a atração principal de sexta-feira, 23, no palco principal da Praça da Bandeira, não pode se apresentar em razão de um problema alegado pela empresa Béia Som, contratada pela Prefeitura de Jequié. O artista aceitou as ponderações dos contratantes e, aceitou fazer uma apresentação especial na tarde de domingo, 25. O sanfoneiro Waldonys que também estaria se apresentando na mesma noite foi levado para a Vila Junina, na Praça Ruy Barbosa, para cumprimento do contrato. Os artistas da terra Rosy Banda e Fábio & Michel, foram remanejados na programação. O prefeito Sérgio da Gameleira que em seus pronunciamentos se vangloriava do fato de estar trazendo de volta “o grande São João de Jequié”, após quatro anos, também terá que contabilizar no rol das gafes da gestão, o inusitado fato de não acontecer o que estava previsto e divulgado para a primeira noite da festa, na Praça da Bandeira. Comerciantes de bebidas, comidas e de outros produtos queixaram-se dos prejuízos decorrentes do imprevisível fiasco.

Nota da Prefeitura – A assessoria de imprensa divulgou nota de esclarecimento com o teor seguinte: “A Prefeitura de Jequié informa que, em função de um problema técnico no equipamento de som contratado para servir aos palcos da Praça da Bandeira, não foi possível a apresentação das atrações musicais na sexta-feira, 23. Entretanto, todos os procedimentos para apurar o que houve e os possíveis responsáveis estão sendo adotados e, posteriormente após a conclusão, o resultado será divulgado. A programação da Praça da Bandeira nos dias 24, 25 e, agora, 26, está confirmada”.

Doação de sangue e arrecadação de alimentos são destaques no São João do CPM de Jequié

Gincana contou com participação entusiasmada de professores e alunos

O Colégio da Polícia Militar de Jequié realizou durante a semana  Gincana Cultural, encerrada na quarta-feira, 21, com o show beneficente da dupla Fábio e Michel. Mais uma vez, o espírito de solidariedade sobressaiu à diversão e foi arrecadada quase uma tonelada de alimentos, que serão doados para diversas instituições de caridade, em parceria com o Centro de Cultura ACM. Para o Diretor Militar do CPM, Ten Cel José Silvério de Almeida Filho, a missão foi novamente cumprida, já que as provas além de trazer alegria e diversão aos alunos, também serviram de base de reflexão, já que em diversos pontos da cidade foi possível assistir a apresentações de Flash Mobs, abordando temas polêmicos, sociais, políticos e culturais diante do olhar surpreso da população. “Nossa maior alegria foi ouvir da coordenação do HEMOBA que os 140 doadores, que nossos alunos levaram, vai garantir a sobrevivência de mais de 400 pessoas, principalmente neste período de festas, onde se constata, geralmente, um considerável aumento da demanda”, destacou Silvério.  Apresentações teatrais, de dança, teatro, arrecadação de livros, dentre outras atividades fizeram a alegria dos alunos CPM e da vida das intercambistas Hanriette e Emma, da Dinamarca e Alemanha, que estão finalizando suas estadias no Brasil e retornando aos Países de origem.

Deputado Euclides diz que Prefeito Sérgio usou “argumento infantil” ao reagir a sua crítica

Euclides disse que Sérgio não encontrou argumentos para lhe responder

Na apresentação do programa A Semana em Revista (93 FM), deste sábado, 24, o jornalista e deputado estadual Euclides Fernandes, voltou a comentar argumento utilizado em entrevista, pelo prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, para contrapor declarações suas reproduzidas na coluna Tempo Presente, do jornal A Tarde, de responsabilidade do jornalista Levi Vasconcelos, onde o deputado avaliou que “Jequié tem dado azar com prefeitos. Vem de três mandatos muito ruins. E o atual, Sérgio Gameleira (PSB) e vai na mesma linha […] Ele ainda não acertou o passo. E tem dinheiro. Entre repatriação e repasses retidos, mais de R$160 milhões.”. Para Euclides Fernandes, faltou ao prefeito argumentos para responder essa avaliação e, “no calor da emoção”, no final da partida entre Atlético e ADJ, na cidade de Alagoinhas, ao ser indagado sobre o assunto, o prefeito preferiu apelar para a questão pessoal, “com o argumento infantil de que não nasci em Jequié”. Nesse particular, Euclides voltou repetir  a mesma afirmação dada a outros veículos de imprensa de que,“Em 50 anos de vida integrado a esta cidade como parlamentar,  empresário,  educador e pai de três jequieenses seria preciso que o senhor prefeito tivesse um mandato de 100 anos para tentar alcançar  parte dos benefícios que já proporcionei à cidade e ao seu povo.”, enfatizou relacionando suas intervenções públicas em oito mandatos de vereador, secretário municipal de Educação e três mandatos de deputado estadual. O programa O debate do programa A Semana em Revista deste sábado, 24, teve como convidados os presidentes municipais do PDT, Tadeu Cafezeiro, do PSOL, Antonio Marcelo e o dirigente sindical Celso Argolo e, o tema foram a avaliação dos seis primeiros meses da atual gestão municipal.

Governo Temer tem pior resultado já registrado pelo Datafolha em 28 anos

Reprovação de Michel Temer só consegue ser superada pela de José Sarney, também do PMDB em 1989

O governo do presidente da República Michel Temer é considerado ótimo ou bom por 7% dos brasileiros. A marca é a menor já registrada pelo instituto de pesquisa Datafolha desde 1989. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, apenas o ex-presidente José Sarney ficou abaixo desse patamar, com 5% em setembro de 1989. Ainda de acordo com a pesquisa, a gestão de Temer é considerada ruim ou péssima por 69% do eleitorado e regular por 23%. O levantamento feito entre quarta-feira, 21,  e  sexta-feira, 23, com 2.771 entrevistados. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais e para menos Há dois meses, a sua taxa de ruim e péssimo estava em 61% e a de ótimo ou bom, em 9%. Aqueles que o consideraram regular somavam 28% no final de abril. Segundo a Folha, a situação de Temer é pior que a de Dilma Rousseff às vésperas do impeachment. Em abril de 2016, a petista tinha 13% de aprovação e 63% de reprovação.

TRE-BA firma parceria com Coelba e biometria será divulgada nas contas de energia

Termo de Parceria e Cooperação assinado entre o presidente do TRE, desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano e o presidente da Coelba Fernando Arronte

Até o momento, pouco mais de 19% dos eleitores da Bahia foram identificados biometricamente e a meta do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) é atingir cerca de 3 milhões de eleitores até 2018. A partir de agosto, as contas de energia serão impressas com informações importantes sobre recadastramento biométrico, procedimento obrigatório para os eleitores de Salvador e de mais 51 cidades baianas. O Termo de Parceria e Cooperação Técnica que garante esta divulgação nas faturas dos baianos foi assinado no dia 20 deste mês, O objetivo é colaborar para o esclarecimento da população. Durante quatro meses, de setembro até dezembro, os eleitores receberão a mensagem de convocação nas contas.  Quem não atender ao chamado terá o título cancelado e com isso, o eleitor terá restrições no CPF – o que pode acarretar em dificuldades para realizar cadastro em benefícios federais –, não poderá emitir passaporte, receber aposentadoria ou pensão paga pelo governo federal, fazer matrícula em instituição de ensino superior, tomar posse em cargo público, além de outros impedimentos. Para saber os nomes das cidades que constam na lista e os locais de recadastramento, o eleitor pode acessar o hotsite: biometria.tre-ba.jus.br

Senador Roberto Muniz propõe que agências bancárias funcionem aos sábados

Senador Roberto Muniz se inspirou na abertura da Caixa aos sábados para saques do FGTS inativo

Para o senador Roberto Muniz (PP-BA), o funcionamento das agências bancárias aos sábados traria vantagem para o consumidor e para o mercado. Essa é uma das justificativas do projeto de sua autoria que visa permitir que bancos e estabelecimentos de crédito funcionem nesse dia da semana. Atualmente, os bancos são proibidos de funcionar aos sábados por lei e por resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN), regras que remontam à década de 1960. Para fazer frente à proibição, o senador apresentou na última quinta-feira, 22, o projeto que revoga essas normativas. O sucesso da movimentação das agências da Caixa Econômica aos sábados, durante o período de saque do FGTS, teria levado o senador a propor essa mudança. A proposta já está disponível para consulta pública no site do Senado. Assim, quem quiser opinar sobre a abertura dos bancos aos sábados pode votar na enquete disponível no seguinte endereço de internet: http://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaomateria?id=129742. “A competitividade do setor aumentará e os benefícios da livre concorrência operarão”, afirma. Ele cita o exemplo de países que adotam a prática, como Estados Unidos, Inglaterra, França e Austrália, onde muitas agências funcionam aos sábados, geralmente até o meio-dia. O projeto vai tramitar pelas comissões de Assuntos Econômicos, de Assuntos Sociais e de Defesa do Consumidor, cabendo à última decisão terminativa. Caso aprovado, o projeto segue para a Câmara.

Quadrilha especializada em assalto a bancos é presa na Bahia

Cinco integrantes de uma quadrilha especializada em assalto a agências bancárias na Bahia foram presos em flagrante na quinta-feira, 22, em um condomínio de Barra do Jacuípe, no município de Camaçari, localizado na Região Metropolitana de Salvador (RMS), após denúncia de que um grupo comercializava drogas em uma residência no condomínio Bosque das Árvores.Ao chegar no local, policiais da 59ª Companhia Independente de Polícia Militar (Vila de Abrantes) foram recebidos a tiros, segundo nota da Corporação. Mesmo sendo atacados por tiros, os PMs conseguiram conter a ação dos cinco acusados, que foram presos e conduzidos ao Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). Com os detidos foram encontrados um fuzil calibre 556, um rifle calibre 556, dois carregadores de fuzil, dois notebooks, três aparelhos celulares, além de munições, dois veículos e certa quantia em dinheiro.

Polícia Civil elucida e qualifica como Ambição causa presumível do assassinato de Dona Nil

Os três executores e a mandante do bárbaro crime praticada contra a idosa de 71 anos

A Polícia Civil de Jequié sob coordenação da 9ª Coorpin divulgou boletim na manhã desta sexta-feira, 23, com a elucidação do crime ocorrido por volta das 14h30 de quarta-feira, 21, no Alto da Colina, bairro Pompílio Sampaio, tendo como vítima a idosa Ivonice Marques Maia, 71 anos.  A equipe da Polícia Civil prendeu em flagrante delito Cristiane Mota Alves, que após entrar em várias contradições acabou por confessar que tomou dinheiro emprestado em mãos da vítima e não tendo como restituir o empréstimo resolveu acabar com a vida da idosa, tendo pedido a sua sobrinha adolescente de iniciais GSM, que a mesma arranjasse alguém que tivesse coragem de matar uma velha. A partir daí foi mantido contato com Tales Souza Santos, que combinou receber um pagamento de R$ 250 tendo convidado dois outros dois parceiros para executar a tarefa. Ao ser ouvida na delegacia, a adolescente GSM confirmou que a prima Cristiane teria lhe feito o pedido e que coube a ela fazer a proposta ao ex-colega Tales, que aceitou. Durante diligências realizadas a partir dessas informações os policiais civis prenderam Tales Souza dos Santos, Mateus Santos Silva e o adolescente W.P.A., 17 anos, que confessaram participação no crime pelo qual receberiam o valor de R$ 500, cada um deles. Além do valor em dinheiro, Cristiane Mota iria dar para eles algumas jóias, tendo os mesmos subtraído de Dona Nil, após lhe desferirem os golpes de faca, dois anéis de ouro e um aparelho celular. Os policiais conseguiram recuperar até o momento os dois anéis. A Polícia Civil concluiu o inquérito apontando Ambição, como a causa presumível do crime, tendo sido lavrado o auto de prisão em flagrante delito de todos, por latrocínio, corrupção de menores, além o auto de apreensão do menor. Cristiane Mota Alves, mandante do crime e os executores maiores de idade, Tales Souza Santos e Mateus Santos Silva, foram encaminhados ao Conjunto Penal de Jequié, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Mulher confessa ter sido mandante do assassinato de Dona Nil

Cristiane Mota tem um comércio de venda de roupas em Jequié

A Polícia Civil de Jequié prendeu na quinta-feira, 22, a jovem Cristiane Motta Alves, principal suspeita de ter sido mandante do assassinato da idosa  Ivonice Marques Maia, Dona Nil, de 71 anos de idade, levada para uma emboscada no Parque da Colina, em Jequié, e morta a facadas por bandidos, na quarta, 21. Segundo informações policiais, Cristiane teria tomado dinheiro emprestado em mãos de dona Nil e como não conseguiu quitar a dívida teria arquitetado matá-la. Câmaras de monitoramento gravaram um veículo GM/Celta cor prata dirigido por Cristiane levando dona Ivonice , para o local onde os bandidos contratados aguardavam a chegada da mulher para consumar o crime.  Os elementos desferiram cerca de seis facadas na vítima, que permaneceu por mais de duas horas agonizando no local, até ser encontrada por populares que comunicaram ao Samu, providenciando a sua remoção para o Hospital Geral Prado Valadares, onde recebeu socorro médico, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e faleceu à noite. Com base nas informações e imagens de vídeo entregues à Polícia Civil, a suspeita confessou ser mandante do assassinato. Uma adolescente de 16 anos de idade, que participou da trama, confirmou a versão dada por Cristiane e depois foi liberada com a presença dos pais. Segundo o delegado Almir Fernandes que investiga o caso,  outros envolvidos na execução do crime deverão ser identificados e presos dentro das próximas horas. Cristiane Motta Alves, é natural de Milgares, casada, mãe de dois filhos menores e trabalha com o comércio de roupas. Cris já foi conduzida ao Conjunto Penal de Jequié

Câmara aprova fim de multa para quem esquecer carteira de habilitação

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) aprovou na quarta-feira, 21,  o fim das multas ao motorista que não estiver com a carteira de habilitação ou a licença do veículo no momento da abordagem. Aprovado em caráter conclusivo, o projeto segue direto para o Senado, caso não haja recurso para análise do plenário da Câmara. O projeto, de autoria da ex-deputada Sandra Rosado e da deputada Keiko Ota (PSB-SP), altera o Código de Trânsito Brasileiro e determina que, na ausência dos documentos, o agente de trânsito obtenha as informações por meio de consulta a banco de dados oficial.

Quando não for possível a consulta online das informações do veículo ou do condutor, o motorista terá até 30 dias para levar o documento ao órgão de trânsito responsável pela autuação. Com isso, o auto de infração será cancelado e o motorista não terá pontos computados em sua carteira. A medida não vale a pessoas que forem flagradas dirigindo sem ter tirado a carteira de habilitação.  Pelas regras atuais, quem é flagrado dirigindo sem portar o licenciamento e a carteira de motorista pode ser multado e ter seu veículo retido até a apresentação dos documentos. A infração é considerada leve e rende três pontos na carteira de habilitação, além de multa de R$ 88,38.