SEINFRA encaminha técnicos a Jequié para vistoriarem aeroporto

Técnicos da SEINFRA e  o secretário de Infraestrtura  em vistoria no aeroporto

Técnicos da SEINFRA ao lado do  secretário de Infraestrtura em vistoria no aeroporto Vicente Griilo

Equipe técnica da Secretaria de Infraestrutura do Estado-SEINFRA esteve em Jequié para avaliar as condições do Aeroporto Vicente Grillo na quarta-feira (25/3). A visita atendeu a solicitação da prefeita Tânia Britto e segue determinação do Governo do Estado no sentido de melhorar a estrutura do aeroporto de Jequié para a plena operação. O coordenador de Aeroportos do Estado, Jorge Faria, fez um levantamento detalhado da situação do aeroporto. acompanhado de outros técnicos e do secretário de Infraestrutura, Ricardo Luiz Chaves. A medida faz parte do Programa de Investimento em Logística em Aeroportos Regionais – PIL. A população de Jequié espera que dessa visita venha alguma decisão acerca da reativação do aeroporto de Jequié.

Vereadores dão apoio ao movimento em prol do aeroporto de Jequié

Professor Jorge Barros e o bancário Marcel Cardim falaram sobre o aeroporto na Câmara de Vereadores

Professor Jorge Barros e o bancário Marcel Cardim falaram sobre o aeroporto na Câmara 

Uma vigília em frente ao aeroporto Vicente Grillo em Jequié, está programada para este sábado (28/3), a partir de meia noite reunindo representantes de várias entidades de classes, professores, artistas, políticos, estudantes, operários, profissionais de imprensa e demais pessoas interessadas. O propósito da manifestação é chamar a atenção dos poderes públicos para a necessidade de que seja restaurado o aeroporto da cidade, para que ele possa funcionar comercialmente com voos regionais regulares. A proposta foi levada à Câmara de Vereadores de Jequié, no espaço da tribuna livre, na sessão desta quarta-feira (25), pelo professor Jorge Barros (Comissão Pró-Unerc) e Marcel Cardim (Sindicato dos Bancários). Na oportunidade foi chamada a atenção para o aspecto de abandono a que foi relegado o equipamento público e os prejuízos que a sua desativação representam pelo município, principalmente para a sua economia. “Faremos um movimento politicamente correto, pacífico, com momentos de descontração e lazer mas, manteremos firme o nosso propósito de cobrar das nossas atividades uma solução para a questão do transporte aéreo em nossa cidade”, afirmou Jorge Barros. Os vereadores foram unânimes em considerar o movimento legítimo, além de afirmarem que se juntariam à comissão em torno da mesma reivindicação.

BANNER PARA SITE

Vereador denuncia uso incorreto de verba do PDDE no Rio Preto do Costa

Ivan do Leite diz que dinheiro acabou e escola permanece degradada

Ivan do Leite diz que dinheiro acabou e escola permanece degradada

O vereador Ivan do Leite (PSB), denunciou na sessão desta quarta-feira (25/3), o uso de forma incorreta de recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), destinado pelo Ministério da Educação, para restauração da escola municipal Cláudia Gordilho Lomanto, situada no povoado do Rio Preto do Costa. O PDDE consiste na assistência financeira às escolas públicas da educação básica das redes estaduais, municipais e do Distrito Federal e às escolas privadas de educação especial mantidas por entidades sem fins lucrativos.

Salas de aulas não foram sequer pintadas

Salas de aulas não foram sequer pintadas

Os recursos do programa são transferidos de acordo com o número de alunos, com base no censo escolar do ano anterior ao do repasse. De acordo com o vereador, foram destinados recursos da ordem de R$ 41 mil, para a associação de moradores do local responsável pela gestão da verba. Ainda de acordo com Ivan do Leite, a empresa responsável pela execução da obra utilizou telhas e madeiramento reaproveitados na própria região, instalou oito janelas de vidro comum e construiu um pequeno sanitário, deixando a obra inacabada. “Eles foram embora e deram a obra como concluída e sequer recuperaram e pintaram as paredes da escola”, disse o vereador considerando que se faz necessária uma auditoria para que seja levantado o que realmente foi realizado com a verba pública destinada à escola.

Docentes da Uesb aprovam estado de greve e paralisação no dia 8 de abril

Após três horas de debate, os professores da Uesb aprovaram, na terça-feira (24/3) o estado de greve.

Após três horas de debate, os professores da Uesb aprovaram, na terça (24/3) o estado de greve

Os professores da Uesb firmaram o entendimento de  que é necessário “dar uma resposta” ao governo, que tem imposto uma política de sucateamento das Universidades Estaduais da Bahia (UEBA) e se recusa a negociar com o movimento. Uma paralisação de atividades no dia 8 de abril para a construção de um ato público em Salvador também foi aprovada. Durante todo o ano de 2014 foram realizadas audiências públicas, paralisações, passagens nos gabinetes de deputados (reivindicando mais verbas), diversas reuniões com representantes governamentais, campanha de mídia de denúncia da crise orçamentária e até mesmo ocupação da Assembleia Legislativa. No entanto, o governo não respondeu a demanda do Movimento de destinação de 7% da receita líquida de impostos para o orçamento, nem cumpriu com os compromissos firmados no que se refere ao projeto de lei para desvinculação de vagas por classe e ampliação do quadro docente. Atualmente a UESB apresenta um déficit de mais de 300 professores. Os direitos trabalhistas como promoção, progressão, alteração de regime de trabalho e reposição inflacionária também não estão sendo cumpridos.  Além de não destinar as verbas necessárias para o funcionamento das instituições, o governo tem imposto reduções na rubrica de manutenção, investimento e custeio. Os cortes de 2014 e 2015 representam cerca de R$ 19 milhões para as UEBA. Tal situação interfere diretamente no andamento das atividades de ensino, pesquisa e extensão. Não há recursos para aulas de campo, pagamento das bolsas, dos fornecedores e dos funcionários terceirizados, dentre outros problemas.

Grande quantidade de peixe podre despejado em via pública

Mercadoria podre provocou a revolta dos moradores (foto Uberlan Costa)

Mercadoria podre provocou a revolta dos moradores (foto Uberlan Costa)

Sacos com grandes quantidades de peixes apodrecidos foram transportados por um caminhão [com identificação não anotada] e despejada em meio a rotária do Rua Siqueira Campos, bairro Joaquim Romão. Os moradores e comerciantes do local ficaram revoltados, principalmente com relação ao forte odor que exalou da mercadoria deixada na via pública.

Associação de surdos reivindica concurso público para intérpretes de Libras

Renata Ribeiro, intérprete de Libras assistiu aos alunos presentes à sessão

Renata Ribeiro, intérprete de Libras assistiu aos alunos presentes à sessão

A realização de concurso público na esfera municipal (executivo e legislativo), de acordo o estabelecido pela Lei Municipal da Inclusão Social,  para o cargo de intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais) foi levada à sessão desta quarta-feira (25/3), por educadores e alunos ligados à Ceeje (Associação de Surdos de Jequié). Os profissionais que trabalham como intérpretes de Libras na cidade estão sob regime de contratação temporária por parte dos governos estadual ou municipal. De acordo com a Lei federal 12.319/10  para exercer a atividade, o profissional precisa ter nível médio e certificado de curso profissionalizante, de extensão universitária ou de formação continuada promovido por instituição de ensino superior ou outra entidade credenciada.

Ministro da Comunicação Social pede demissão

O jornalista Traumann estava no comando da Comunicação Social da Presidência desde fevereiro de 2014

 Traumann  no comando da Comunicação Social da Presidência desde fevereiro de 2014

Thomas Traumann, ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, entregou pedido de demissão a Dilma Rousseff nesta quarta-feira (25/3), segundo o G1. A presidente aceitou e a Secretaria de Imprensa da Presidência da República soltou nota sem informar motivo da saída nem quem assumirá o lugar dele. Ele havia sido porta-voz da presidente Dilma em seu primeiro mandato, quando era responsável pela interlocução com a imprensa. Como ministro, conduziu a Pesquisa Brasileira de Mídia, criada para auxiliar o Palácio do Planalto a tomar decisões ligadas à publicidade oficial. Na semana passada, o Estado de S. Paulo, divulgou um documento interno do Planalto em que Traumann fazia críticas à comunicação do governo federal. Após o episódio, sua saída já era esperada. É o terceiro ministro que deixa o governo no segundo mandato de Dilma, que tem menos de três meses. Além de Traumann saíram Cid Gomes, da Educação, e Marcelo Néri, então titular da Secretaria de Assuntos Estratégicos.

Mulher morre e cinco ficam feridos após desabamento de farmácia em Santa Inês

As causas do acidente ainda são desconhecidas (Foto: Jane Gleiziely/ Blog Nossa Voz Bahia)

As causas do acidente ainda são desconhecidas (Foto: Jane Gleiziely/ Blog Nossa Voz Bahia)

Uma farmácia desabou na manhã desta quarta-feira (25/3), no município de Santa Inês, na região do Vale do Jiquiriçá. De acordo com a delegacia local, o acidente aconteceu por volta das 10h, quando o estabelecimento já estava em funcionamento. Uma mulher morreu e outras cinco ficaram feridas. Ainda de acordo com a delegacia, a vítima fatal chegou a ser encaminhada com vida a um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos. Os outros cinco feridos também foram hospitalizados, mas não há informações sobre o estado de saúde deles. Segundo testemunhas, o estabelecimento funcionava em uma casa antiga, que estava em obras. As causas do acidente são desconhecidas. (Correio da Bahia)

Diocese fará debate na Câmara de Jequié sobre “Igreja e Sociedade”

Bispo Diocesano Dom José Ruy

Bispo Diocesano Dom José Ruy

A Diocese de Jequié estará realizando nesta sexta-feira (27/3), a partir das 19h30 no plenário da Câmara de Vereadores de Jequié, uma sessão solene para debater a proposta da Campanha da Fraternidade 2015 – Igreja e Sociedade. A ideia difundida pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) para o tema da Campanha da Fraternidade deste ano é aprofundar, a partir do Evangelho, o diálogo e a colaboração entre a Igreja e a sociedade como serviço ao povo brasileiro. Ouvir o clamor da comunidade de Jequié, suas angústias e reivindicações se apresenta como uma das propostas da sessão, aberta a todos os segmentos da comunidade, independentemente da religião que segue. A CNBB propõe, ajudar a construir uma sociedade mais humana e mais divina.

Jequié recebe escuta social do PPA Participativo nesta quinta, 26

PPa

Nesta quinta-feira (26/3) das 8h às 19h, no salão de eventos do Itajubá Hotel acontece  em Jequié, a escuta social do Plano Plurianual Participativo – PPA 2016-2019, que reunirá representantes dos Colegiados de Desenvolvimento Territorial (CODETER´s) dos municípios que integram o Território Médio Rio de Contas. O evento faz parte do ciclo de reuniões que a Secretaria do Planejamento da Bahia (Seplan) realiza entre os meses de março e abril nos 27 Territórios de Identidade do estado para discutir as propostas que estarão no plano do governo estadual para os próximos quatro anos.  O PPA é o instrumento que estabelece, de forma regionalizada, as diretrizes, objetivos e metas da administração pública estadual, considerando as despesas de capital e outras delas decorrentes, e as relativas aos programas de duração continuada. O ponto de partida dos trabalhos para elaboração do PPA Participativo 2016-2019 é o Programa de Governo Participativo (PGP). O documento é o plano do governo Rui Costa, elaborado ao longo de seis meses, no ano passado, durante os quais foram realizadas consultas nos 27 Territórios de Identidade da Bahia, com a presença de aproximadamente 50 mil pessoas. Uma das metas é aproximar os órgãos executores da formulação das políticas, valorizando o reconhecimento destes e conjugando esforços para diretrizes gerais, visão de futuro e macrodesafios. A intenção é permitir que o plano tenha um caráter mais efetivo, permitindo que as suas metas e orientações tenham resultados práticos para a sociedade.

Implementado e Monitorado por: Neirival Neri  |  Agradecimento: AgenciaCARRILHO