Coordenador de Polícia diz que onda de crimes teve relação com a disputa pelo tráfico de drogas

Coordenador da 9ª Coorpin, Fabiano Aurich fez relato dos crimes ocorridos no final de semana

Coordenador da 9ª Coorpin, Fabiano Aurich fez relato dos crimes ocorridos no final de semana

A sucessão de crimes ocorridos em Jequié, desde quinta-feira (27/8), até o domingo (30), de acordo com o diretor da 9ª Coordenadoria Regional de Policia do Interior (Coorpin), delegado Fabiano Aurich, está relacionada com as disputas pelo tráfico de drogas na cidade. A suspeita levantada pela polícia é de que a prisão em São Paulo,  do traficante Sandro Queiróz Santos, o Real, em julho deste ano, tenha impulsionado os conflitos. Apontado como um dos líderes do tráfico em Jequié, Real foi mandado para o presidio de segurança máxima de Serrinha, de onde não tem como comandar o tráfico. “Por isso, já esperávamos que houvesse uma disputa pelas bocas”, contou o coordenador. Sete dos noves mortos estavam envolvidos com o tráfico de drogas, de acordo com as investigações. Duas outras vítimas estão sendo investigadas. Por conta da insegurança, o policiamento foi reforçado na cidade por equipes das Polícias Civil e Militar, com apoio da Polícia Federal. Não existe prazo para elas deixarem a cidade.

Policiamento foi reforçado com policiais da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT-Sul), Rondesp Sul, Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE), Sudoeste e Gerais, e do 19ª Batalhão da Polícia Militar (Jequié).

Policiamento foi reforçado com policiais da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT-Sul), Rondesp Sul, Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE), Sudoeste e Gerais, e do 19ª Batalhão da Polícia Militar (Jequié).

Relato dos crimes

O primeiro crime aconteceu na noite de quinta-feira (27), quando o idoso José Carlos Silva, 60 anos, foi assassinado. Segundo a polícia, ele não tem passagem policial, mas um dos filhos da vítima tem envolvimentos com o tráfico de drogas. A polícia investiga se o idoso foi morto por atuação no tráfico ou se em retaliação pela participação do filho.

Na sexta-feira (28), foram assassinados Samuel Pereira dos Santos, o Juquinha, 22, Alexandre Alves Moura, o Carlon Cigano, 25, e Alessandro Santana Velasques, 24. De acordo com o delegado, Juquinha e Carlon Cigano estariam envolvidos com o tráfico de drogas. A morte de Alessandro, no entanto, pode ter sido uma retaliação. “Ele tem passagem por posse de drogas e desacato, mas as nossas investigações apontam que Alessandro estava trabalhando e era um rapaz direito. O irmão dele, Alexandro Velasques, conhecido como Num, é quem tem envolvimento com o tráfico de drogas”, afirmou Aurich. A polícia está investigando se Alessandro foi confundido com o irmão ou se os assassinos sabiam que ele não era Alexandro, mas mesmo assim o mataram para poder se vingar do traficante.

No sábado (29), foi assassinado Eduardo Santos Souza, 24. Segundo a polícia, ele tinha passagens por tráfico de drogas em Jequié e Ipiaú, além de agressão a mulher em Feira de Santana. No mesmo dia foi morto Alessandro Vieira Santana, o Pé no Saco, 27. “A informação que temos é de que ele comprava drogas nas mãos dos traficantes e não pagava. Já estava fazendo isso há algum tempo e por isso estava com a cabeça a prêmio”, contou o delegado.

Ainda no sábado foi morto Mikael Oliveira Ferreira, 17 anos, o “Neguinho”.  Ele era apontado como um dos autores da morte de Carlon Cigano, no dia anterior.

No domingo (30), foram assassinados Ivanildo Oliveira Soledade, o Nego ou Sinho, 35 – Ele tem cinco passagens por tráfico de drogas em Jequié – e Beatriz Cavalcante dos Santos, 19 anos. De acordo com a polícia, ela estava envolvida com o tráfico de drogas e havia ameaçado traficantes rivais nos últimos dias. “Alguns bandidos estavam circulando na área que ela considerava dela. Ela ameaçou eles de morte”, afirmou o delegado.

PA_3960_BANNER_500X70_GIMACON_2

Farol baixo aceso durante o dia será obrigatório

Motorista terá que manter o farol baixo aceso ao trafegar pelas estradas

Motorista terá que manter o farol baixo aceso ao trafegar pelas estradas

O uso do farol baixo por veículos durante o dia, em rodovias, vai se tornar obrigatório. A norma, proposta pelo projeto de lei 5070/13, do deputado Rubens Bueno (PPS-PR), foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara. Pela proposta, o descumprimento da norma será considerado infração média, com perda de quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação e multa de cerca de R$ 85. Como a proposta já foi aprovada por todas as comissões da Câmara e tramitava de forma conclusiva, ela agora deve seguir para revisão no Senado. O uso do farol baixo durante o dia já é recomendado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). No entanto, segundo Bueno, praticamente nenhum motorista acata á recomendação. Usar o farol baixo durante o dia já é obrigatório em túneis.

sws_wilson

Celulares, tablets e bebidas podem ficar mais caros

Eletrônicos

Na tentativa de aumentar a arrecadação em 2016, o governo anunciou nesta segunda-feira (31/8), a revisão na tributação de bebidas, como vinhos e destilados, além de eletrônicos, como computadores e smartphones. A declaração foi dada pelo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, durante a entrega da peça do Orçamento Geral da União para 2016 ao presidente do Congresso Nacional e do Senado Federal, Renan Calheiros (PDMB-AL), e para o relator, deputado Ricardo Barros (PP-PR). Segundo Barbosa, haverá redefinição da política de benefício fiscal do Programa de inclusão digital — da desoneração do PIS/Cofins em produtos como computadores, tablets e smartphones. A revisão atingirá também a tributação de bebidas quentes, como vinhos e destilados, além do aumento do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF) sobre operações do BNDES e do Imposto de Renda (IR) sobre direito de imagem. Ainda de acordo com o ministro, o aumento dos tributos arrecadaria R$ 11,2 bilhões em 2016. As mudanças serão feitas por medida provisória (MP) enviada ao Congresso Nacional e decreto.

PA_3960_BANNER_500X70_GIMACON_2

Prefeitura divulga esclarecimento sobre Programa de Aquisição de Alimentos-PAA

Programa atende  30 entidades de assistência social avalizadas pelo Conselho Municipal de Assistência Social

Programa atende 30 entidades de assistência social avalizadas pelo Conselho de Assistência Social

A Prefeitura de Jequié, por meio da Secretaria de Agricultura, Irrigação e Meio Ambiente, divulgou nota de esclarecimento sobre o processo de liberação de recursos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) para a ano de 2015. O Programa de Aquisição de Alimentos – PAA compra alimentos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação. Esses alimentos são distribuídos gratuitamente a pessoas ou famílias que precisam de suplementação alimentar (porque estão em situação de insegurança alimentar e nutricional) e também a entidades de assistência social, restaurantes populares, cozinhas comunitárias, bancos de alimentos, entre outros. Os alimentos adquiridos pelo PAA também podem compor estoques públicos estratégicos de alimentos. O PAA é coordenado pela Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SESAN) do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Em Jequié o PAA está cadastrado na modalidade de Compra com Doação Simultânea e no ano de 2014 a Prefeitura de Jequié viabilizou um galpão específico pra o programa, e trabalhou com 254 produtores rurais, atendendo a 44 entidades de assistência social, utilizando verba do Governo Federal num montante de R$ 1.141.354,22. No ano de 2015, o orçamento da União foi aprovado no mês de Abril, e em Maio foi reiniciado o processo para a liberação do PAA 2015.

Segundo o secretário municipal de Agricultura, Irrigação e Meio Ambiente, Carlos André Santos, o município de Jequié está entre os municípios baianos que realizam o processo de forma correta e dialogando os produtores rurais e com o Conselho Municipal de Assistência Social para que o trabalho atenda os trâmites do programa e as reais necessidades da população.  De acordo com o coordenador do PAA em Jequié, o diretor de projetos Danilo Machado, a Secretaria de Agricultura, Irrigação e Meio Ambiente, desenvolve ações para agilizar o processo de cadastro e explica que este é dividido nas seguintes fases: – Cadastramento de produto; – Cadastramento de preço; – Quantidade de compra por produto; – Cadastramento das entidades de assistência social (entidades corretamente cadastradas no CMAS e dentro dos critérios estabelecidos pelo PAA); – Divisão dos produtos por entidade; e – Cadastro dos Agricultores (devidamente cadastrados com o DAP – Declaração de Aptidão ao PRONAF).  Para o ano de 2015 será destinado o recurso federal no montante de R$1.141.354,22; distribuídos aos 254 agricultores cadastrados (num valor por agricultor cadastrado de R$ 4.493.52).

sws_wilson

‘Lei da Zabumba’ reúne forrozeiros com prefeitos e os presidentes da UPB e da Assembleia

 Marcelo Nilo defendeu uma conversa com os prefeitos “pois eles são responsáveis pelas contratações dos artistas”


Marcelo Nilo defendeu conversar com os prefeitos “responsáveis pelas contratações dos artistas”

Com o intuito de municipalizar a ‘Lei da Zabumba’, o deputado Marcelo Nilo, presidente da Assembleia Legislativa da Bahia e a presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Maria Quitéria se reuniram na manhã desta segunda-feira (31/8) com os forrozeiros e mais de 80 prefeitos baianos. O encontro foi promovido por Maria Quitéria para divulgar a campanha: “Devolva meu São João”, que propõe a municipalização da “Lei da Zabumba” aprovada na Assembleia Legislativa da Bahia. Segundo Quitéria, a campanha terá início com vídeos gravados por forrozeiros enfatizando a valorização da cultura nordestina em festas populares, que serão enviados às câmaras municipais do estado. “Podemos unificar a fala dos artistas e divulgar nos meios de comunicação para conquistar o apoio da sociedade”, explicou. Aprovado por unanimidade pelos prefeitos presentes, a campanha foi elogiada pelo resgate da cultura musical local. Durante o encontro, Marcelo Nilo, chefe do legislativo, ressaltou a importância de levar o PL (Projeto de Lei) dos forrozeiros para o interior. “Precisamos estender o que foi aprovado na Alba aos 417 municípios do Estado e para isso precisamos da parceria da UPB”, enfatizou Nilo. Willian Coelho, empresário do cantor de forró Adelmário Coelho esteve presente na reunião e aderiu a campanha. Para o empresário, o que está em questão não são as “cotas”, mas a revitalização do São João baiano. “Não é apenas um show e sim a reafirmação da nossa cultura.”, afirmou. A Lei da Zabumba que prevê cota de 60% para os artistas baianos se apresentarem em eventos realizados com verba pública no Estado e valerá para o ano que vem.

PA_3960_BANNER_500X70_GIMACON_2

IBGE: Jequié se mantém com a 8ª maior população do interior da Bahia

Imagem parcial noturna de Jequié (Drone 4k Solução Filmes)

Imagem parcial noturna do centro de Jequié (Drone 4k Solução Filmes)

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ( IBGE), divulgou na última sexta-feira (28/8), estimativas das populações residentes nos 5.570 municípios brasileiros com data de referência em 1º de julho de 2015. A estimativa do IBGE é que o Brasil tenha 204,5 milhões de habitantes e uma taxa de crescimento de 0,83% de 2014 para 2015. No ranking dos estados, os três mais populosos localizam-se na região Sudeste, enquanto os três menos populosos localizam-se na região Norte. O estado de São Paulo, com 44,4 milhões de habitantes, concentra 21,7% da população total do país. As estimativas populacionais são consideradas fundamentais para o cálculo de indicadores econômicos e sociodemográficos nos períodos intercensitários e são, também, um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União na distribuição do Fundo de Participação de Estados e Municípios.

Os 10 maiores municípios por ordem de populações da Bahia:

Salvador, 2.902.927; Feira de Santana, 612.000; Vitória da Conquista, 340.199; Camaçari, 281.413; Itabuna, 218.925; Juazeiro, 216.588;  Ilhéus, 182.350; Lauro de Freitas, 188.013; Jequié, 161.150 e Alagoinhas, 153.560.

Populações de alguns municípios dos territórios do Médio Rio das Contas, Vale do Jiquiriçá, Baixo Sul, Chapada Diamantina e Sertão Produtivo 

Aiquara, 4.790; Apuarema, 7.780; Barra do Rocha, 6.518; Boa Nova, 14.861; Brejões, 15.265; Contendas do Sincorá, 4.340; Cravolândia, 5.552; Dário Meira, 12.190; Gandu, 33.097; Gongogí, 8.212; Ibirapitanga, 24.118; Ibirataia, 18.348; Ipiaú, 47.388; Irajuba, 7.443; Iramaia, 10.809; Itagi, 13.448; Itagibá, 15.871; Itaquara, 8.480; Itatim, 14.691; Itiruçu, 13.336; Jaguaquara, 55.127; Jiquiriçá, 14.993; Jitaúna, 13.636; Lafaiete Coutinho, 4.046;  Laje, 23.682; Lajedo do Tabocal, 8.810; Manoel Vitorino, 14.618; Maracás, 24.156; Milagres, 11.700; Mirante, 10.081; Mutuípe, 22.742; Nova Ibiá, 7.063; Nova Itarana, 8.192; Piraí do Norte, 9.777; Planaltino, 9.413; Poções, 48.655; Santa Inês, 11.186; Ubaíra, 20.770; Ubaitaba, 20.993 e Ubatã, 26.787.

sws_wilson

Orçamento de 2016: salário mínimo de R$ 865, déficit de R$ 30 bi e crescimento perto de zero

Senador Renan Calheiros recebe projeto do Orçamento 2016 das mãos de ministros (foto Jonas Pereira/Agência Senado)

Senador Renan Calheiros recebe projeto do Orçamento 2016 das mãos de ministros (foto Jonas Pereira/Agência Senado)

Cumprindo o que determina a Constituição brasileira, a Lei Orçamentária Anual (LOA), que trata do Orçamento, foi entregue pelos ministros do Planejamento, Nelson Barbosa, e da Fazenda, Joaquim Levy, ao presidente do Senado, Renan Calheiros, na tarde desta segunda-feira (31/8), para ser aprovada até dezembro.   Salário mínimo de R$ 865,50, crescimento econômico perto do zero e déficit orçamentário de R$ 30 bilhões, são alguns dos principais destaques do projeto do Orçamento de 2016.  O documento apresenta as expectativas de arrecadação e a fixação de quanto o governo vai gastar em cada área. Previsões sobre o produto interno bruto (PIB) e inflação também constam do texto. Na visão de Renan, o orçamento deficitário revela uma mudança de atitude do governo, que elaborou um orçamento “verdadeiro” e “realista”. Renan pediu entendimento em torno de uma agenda suprapartidária, que preserve o interesse nacional, para enfrentar a situação fiscal do país. “Precisamos continuar trabalhando para encontrar saídas para o Brasil. Fundamentalmente, o objetivo é mobilizar a todos para o bem do país”, disse Renan Calheiros. Na opinião do ministro Nelson Barbosa, do Planejamento, existem várias formas de enfrentar a situação deficitária. Uma delas seria a revisão dos gastos obrigatórios, que são aqueles determinados por lei. Para isso, apontou, é preciso um entendimento com a sociedade e com o Legislativo, já que a medida demandaria uma alteração legal. O ministro ainda informou que o governo também entregou ao Congresso a proposta do Plano Plurianual (PPA) para o período 2016-2019. Depois de apreciada pelo Congresso Nacional a matéria  seguirá para sanção da presidente Dilma Rousseff.

PA_3960_BANNER_500X70_GIMACON_2

3ª Conferência Municipal debateu políticas públicas para a Juventude

Conferência reuniu numerosa participação em Jequié

Conferência reuniu numerosa participação em Jequié

As políticas públicas para a juventude estiveram em discussão no auditório do CEEP Régis Pacheco, dias 28 e 29 de agosto, onde aconteceu a 3ª Conferência Municipal da Juventude, com as participações de mais 200 jovens, representando os diversos segmentos estudantis e a UMES, União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Jequié e região. O evento foi  aberto com um momento de louvor com o Ministério Apascentar, da Igreja Batista, seguido de apresentações do Coral Encanto, do Instituto Sublime Tarefa; do Hip Hop Clube, da Escola Municipal Simões Filho do Posto Manoel Antônio; e do grupo cultural do Programa Mais Educação, do Colégio Presidente Médici, do bairro Joaquim Romão. A palestra de abertura foi feita pelo secretário executivo do Conselho Estadual da Juventude, Fernando Maltez, que abordou o tema políticas públicas para a juventude.

Coral do Ministério Apascentar apresentou-se na abertura da Conferência

Coral do Ministério Apascentar apresentou-se na abertura da Conferência

A 3ª Conferência teve como tema central, “As várias formas de mudar Jequié, a Bahia e o Brasil”. Foram apresentadas como propostas da conferência, a criação do Fundo Municipal da Juventude, destinado a implementar programas de qualificação profissional e a instalação por parte da prefeita Tânia Britto, que esteve presente, do Conselho Municipal da Juventude, dando posse aos seus conselheiros. Foram escolhidos os delegados que irão participar da Conferencia Territorial, que acontece ainda este ano em Vitória da Conquista. Entre as propostas defendidas pela UMES constou a destinação de recursos orçamentários para a implementação e desenvolvimento das políticas públicas.

PA_3960_BANNER_500X70_GIMACON_2

Cinegrafista elabora vídeo sobre “velhas promessas” com a segurança pública em Jequié

O vídeo acima foi produzido pelo cinegrafista Dado Galvão, a partir de informações colhidas neste final de semana (entre os dias 27 a 31/08/2015)no Blog Jequié Repórter, acerca da onda de homicídios (total de nove) em Jequié, cuja origem e motivação está sendo investigada pela Polícia. O vídeo leva a uma reflexão sobre o setor de Segurança Pública na Bahia, com trechos de entrevista à imprensa local do secretário Maurício Barbosa, que ouviu àquela época reivindicações de setores da sociedade organizada local acerca da escalada e criminalidade que acontecia no município maior parte dela relacionada com o tráfico de drogas.

sws_wilson

Oito homicídios em três dias leva governo a enviar reforço policial a Jequié

Helicóptero e policiais militares da GRAER chegam em Jequié nas próximas horas

Helicóptero e policiais militares da GRAER chegam em Jequié nas próximas horas

Um helicóptero com policiais do GRAER (Grupamento Aéreo PM) estará chegando nas primeiras horas desta segunda-feira (31/8), em Jequié, para se juntar aos efetivos da CIPE Sudoeste que já se encontra com quatro viaturas na cidade e policiais do 19º Batalhão PM e 9ª Coorpin (Policia Civil), para intensificar as investigações acerca das causas que levaram à incidência de homicídios ocorridos em Jequié, desde a última  sexta-feira (28). bEATRIZ
Com o assassinato de Beatriz Cavalcanti dos Santos (foto) 19 anos, no final da tarde deste domingo (30), próximo à Avenida dos Operários, o número de crimes ocorridos nos três últimos dias atingiu um total de oito vítimas fatais. Pelo menos outras três pessoas foram baleadas e internadas no Hospital Geral Prado Valadares-HGPV. O reforço das equipes da GRAER e CIPE Sudoeste, foi determinada pelo governador Rui Costa, em contato com o secretário de Segurança Pública do Estado, Maurício Barbosa. Os policiais que fazem o trabalho no solo já encontram na cidade e realizam buscas de suspeitos em locais estratégicos  diligências  que deverão se estender por toda a madrugada.

Quatro viaturas com policiais militares da CPE Sudoeste já estão trabalhando em Jequié

Quatro viaturas com policiais militares da CIPE Sudoeste já estão atuando em Jequié

Confronto – Ao resistir à voz de prisão dos policiais revidando com disparos de revólver tombou morto por volta das 20h deste domingo (30), no bairro do Km 4 um indivíduo conhecido pelo apelido de “Linho”. De acordo com os policiais o elemento tem envolvimento com o tráfico de drogas na área.

PA_3960_BANNER_500X70_GIMACON_2