Morre Antonio Ermírio de Moraes, do Grupo Votorantim

Antônio Ermírio era engenheiro metalúrgico formado pela Colorado School of Mines (EUA)

Antônio Ermírio era engenheiro metalúrgico formado pela Colorado School of Mines (EUA)

Morreu na noite de domingo (24/08), em São Paulo, aos 86 anos, o empresário e presidente de honra do Grupo Votorantim, Antônio Ermírio de Moraes. Em nota oficial, o Grupo Votorantim comunicou que Ermírio de Moraes faleceu em casa, por insuficiência cardíaca. Segundo de quatro filhos do casal Helena Rodrigues Pereira e José Ermírio de Moraes, criador do Grupo Votorantim, e iniciou sua carreira no Grupo em 1949. Na década de 1950, já casado com Maria Regina Costa de Moraes, fundou a Companhia Brasileira de Alumínio e iniciou uma concorrência com os grandes produtores de alumínio, como Alcan, Alcoa e Vale. A empresa começou a operar em 1955, produzindo quatro mil toneladas. Cinquenta anos mais tarde, este número já havia subido para 400 mil toneladas. Além da sua atividade empresarial, Antônio Ermírio publicou também ganhou destaque na área literária, que lhe rendeu a cadeira 23 da Academia Paulista de Letras. Escreveu cinco livros e produziu as peças de teatro “Brasil S.A.”, “SOS Brasil” e “Acorda Brasil”, que circularam por várias cidades do país. Moraes deixa a esposa e nove filhos. O corpo do empresário está sendo nesta segunda-feira (25), no Salão Nobre do Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo, e o cortejo sairá às 16h rumo ao Cemitério do Morumbi, onde o corpo será enterrado. (A Tarde)

Um morto e quatro feridos em acidente na BR-330

Uno conduzido pelo cigano Magal capotou na pista (foto Ubatã Notícias)

Uno conduzido pelo cigano Magal capotou na pista (foto Ubatã Notícias)

Um acidente envolvendo um Fiat Uno e uma Montana terminou com uma morte e 4 pessoas feridas. O acidente aconteceu na BR-330, por volta das 18h30, de domingo (24/08), entre os municípios de Barra do Rocha e Ubatã. Segundo informações de testemunhas, o condutor do Uno, placa NTV-4386, licença de Alagoinhas, que vinha de Barra do Rocha em direção a Ubatã, perdeu o controle do veículo ao passar numa curva e acabou colidindo frontalmente numa Montana, placa OKI 0842, licença de Ubatã, que seguia no sentido contrário, segundo informou o blog Ubatã Notícias. Com o choque, o condutor do Uno, um cigano identificado apenas pelo prenome de Sidnei Magal Rebouças Santana, acabou não resistindo aos ferimentos e veio a óbito ainda no local. Com ele viajava mais duas pessoas, inclusive o seu pai, que sofreu escoriações leves. Na Montana viajavam quatro pessoas: o condutor, Pedro Fonseca, mais conhecido como “Peu do Acarajé”; o outro ocupante do veículo era o técnico de som Wellington Tonton, que sofreu uma forte pancada na cabeça. Além deles mais duas mulheres estavam no carro; Yasmim, que reclamava de dores nas costas e na cabeça, e uma adolescente de 14 anos que saiu ilesa do acidente. Wellington  foi socorrido por uma unidade do Samu e encaminhado para o HGI, em seguida transferido para o Hospital Prado Valadares, em Jequié. Todas as vítimas do acidente são de Ubatã. (Giro em Ipiaú) 

Dado como morto é encontrado vivo em necrotério de hospital

Valdelúcio estava "vivinho da silva" (foto reprodução Correio)

Valdelúcio Gonçalves estava “vivinho da silva” (foto reprodução Correio)

A família de Valdelúcio de Oliveira Gonçalves, 54 anos, dado como morto pelos médicos, teve uma surpresa na madrugada de domingo (24/08), no Hospital Geral Menandro de Faria, que fica em Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador. Ele foi encontrado pelo irmão respirando dentro do saco usado para colocar cadáveres no necrotério do hospital. Segundo Patricia Gonçalves, sobrinha de Valdelúcio, a família foi informada por volta das 23h de sábado (23) que havia falecido após uma insuficiência respiratória e falência múltipla dos órgãos. Cerca de duas horas depois, o irmão do ‘falecido’ teve acesso à sala para vestir o corpo de Valdelúcio e percebeu que o saco estava se movimentando.  “O saco estava fechado e se mexendo. Subindo e descendo como se ele estivesse respirando. Daí ele [irmão de Valdelúcio] chamou todo mundo pra ver o que estava acontecendo. Já estava com os pés amarrados e com algodão no nariz e ouvidos”, contou. Valdelúcio, que sofre com câncer, seria internado na próxima terça-feira (26) no Hospital Santo Antônio, das Obras Sociais Irmã Dulce, para seguir com o tratamento. Porém, na manhã de sábado (23) ele passou mal e resolveram leva-lo para a emergência do Hospital Menandro. “Ele acordou com falta de ar. A tia dele achou que era a melhor opção e realmente foi. Quando eles chegaram, foram bem atendidos e já mandaram entrar. Nem precisou parar pra preencher ficha antes”, lembra Patrícia. (Correio)

 

Bancos já cortaram 3.600 empregos este ano

Pesquisa

Nos primeiros sete meses de 2014, as instituições bancárias já cortaram 3.600 empregos. Enquanto os bancos privados e o Banco do Brasil eliminaram postos de trabalho, a Caixa Econômica Federal abriu 1.595 novas vagas no mesmo período. Os dados são da Pesquisa de Emprego Bancário (PEB), divulgada na sexta-feira (22/08) pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), que faz o estudo em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), com base nos números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho. De acordo com o levantamento, além do corte de vagas, a rotatividade continuou alta no período. Os bancos contrataram 20.075 funcionários e desligaram 23.675. No total, 17 estados apresentaram saldo negativo de emprego nos primeiros sete meses do ano. As maiores reduções ocorreram em São Paulo, no Rio Grande do Sul, em Minas Gerais e no Rio de Janeiro, com 1.524, 621, 480 e 463 cortes, respectivamente. O estado com maior saldo positivo foi o Pará, com a geração de 208 novas vagas. A pesquisa mostra também que o salário médio dos admitidos pelos bancos nos primeiros sete meses do ano era R$ 3.303,55, contra o salário médio de R$ 5.216,86 dos desligados. Assim, os trabalhadores que entraram nos bancos receberam valor médio equivalente a 63,3% da remuneração dos que saíram. A média dos salários dos homens na admissão foi R$ 3.756,96 nos primeiros sete meses do ano. A remuneração das mulheres ficou em R$ 2.829,77, valor que representa 75,3% da remuneração de contratação dos homens. A média dos salários dos homens no desligamento foi R$ 6.000,16 no período, enquanto a remuneração das mulheres era R$ 4.386,33. Isso significa que o salário médio das mulheres no desligamento equivale a 73,1% da remuneração dos homens. (Agência Brasil)

Salário mínimo do brasileiro cresceu 1.017% em 20 anos do Plano Real

Real

No dia 1º de julho passado, o Plano real completou 20 anos de existência e tirou o Brasil de uma das maiores hiperinflações da história do País. De lá para cá, o preço dos principais produtos consumidos pela população alterou bastante. No entanto, não significa que o brasileiro perdeu o poder de compra. Vale lembrar que o salário mínimo era de R$ 64,79 em julho de 1994 e atualmente é de R$ 724 – um aumento de 1.017%. Enquanto os preços ao consumidor subiram, em média, 296,87% no período, de acordo com o IPC (índice de Preços ao Consumidor), da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas).

Confira abaixo o preço de  produtos em julho de 1994:

1 - Arroz e feijão

O prato mais comum de comida dos brasileiros custava menos de R$ 2. O quilo de arroz custava R$ 0,64 em São Paulo, segundo o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) e o quilo do feijão saía por R$ 1,11. Hoje, os produtos custam R$ 2,57 e R$ 3,81, respectivamente.

2 - Pão francês

Dados do Dieese mostram que o pão francês saía, em média, por nove centavos cada unidade quando o Real começou a circular. Hoje o pãozinho é vendido por peso, e o quilo está cerca de R$ 9,66 em São Paulo – considerando que uma unidade pese 50 gramas, o pão francês está em torno de R$ 0,50.

3 - Carne (Filé Mignon)

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o preço do filé mignon subiu 438% desde julho de 1994. Atualmente, o quilo pode ser encontrado por até R$ 44,51, logo, é possível estimar que a peça custava em torno de R$ 6,80 hoje.

4 – Combustível

O litro da gasolina estava R$ 0,55, em média, nos postos de São Paulo, enquanto o álcool saía por R$ 0,44. Hoje, oscilando em algumas cidades, a gasolina está R$ 2,81, e o etanol, R$ 1,83, segundo a ANP (Agência nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

5- Carro (Gol 1.0)

Em 1994, o Volkswagen Gol 1.000 custava R$ 7.243. Já o modelo 2015 custa a partir de R$ 32.490.

Obs: Os valores acima são relativos à cidade de São Paulo

(Informações publicadas no Info Money)

Filha faz apelo para conseguir médico para acompanhar transferência de sua mãe em UTI Móvel

O blog Jequié Repórter recebeu e-mail na tarde deste sábado (23/08), endereçado pela fisioterapeuta Thiciana Biondi,  no qual ela relata drama pessoal convivido nas últimas 24h, na tentativa de transferir para o Hospital da Bahia, em Salvador, a sua mãe Almedina da Silva Biondi – professora Dina – portadora de enfermidade degenerativa, internada na UTI do Hospital Santa Helena, em Jequié, desde as 16hs de sexta-feira (22). “Não consegui fazer a transferência, após ter confirmação da vaga, por falta de um médico para acompanhar a paciente na UTI Móvel. Diante disso, a vaga foi perdida”, diz.  “A paciente é segurada do Planserv e a sua transferência deve ser providenciada pelo hospital onde está internada e a Transmed”, informa.  De acordo com Thiciana, a dificuldade de um médico para acompanhamento, estaria relacionado à carência de profissionais disponíveis na cidade, nos finais de semana e, também, ao valor pago pelo plano para o procedimento, que é de  R$ 900, “enquanto que o cobrado por um médico que se disponibilizou foi de R$ 1400”, acrescenta. Thiciana diz no comunicado ao blog, ainda não ter conseguido fazer a transferência de sua mãe, tendo que dar entrada em novo pedido de vaga. Indignada com a situação e com a saúde pública em Jequié, a jovem revela ter trazido o fato ao conhecimento público, na tentativa de conseguir alguém que possa ajudá-la no sentido de equacionar o problema.

Ipiau: Colisão de carro com moto deixa motociclista gravemente ferido

Palio bateu na moto próximo a entrada do Parque de Vaquejada (foto Giro em Ipiau)

Palio bateu na moto próximo a entrada do Parque de Vaquejada (foto Giro em Ipiau)

Um acidente na BR-330, no final da tarde desta sexta-feira(22/08), entre uma motocicleta e um carro deixou uma pessoa gravemente ferida. A vítima, Rafael Oliveira Fernandes, 27, conduzia uma motocicleta de 125CC que colidiu com um carro modelo Pálio, placa 0012, licença de São Paulo, conduzido por Joseilton Santos Nogueira, morador da Avenida São Salvador.  Rafael sofreu fraturas expostas nas duas pernas. Ele foi socorrido por uma equipe do Samu e encaminhado para o Hospital Prado Valadares, em Jequié. De acordo com uma testemunha, o jovem seguia sentido ao seu trabalho, no Matadouro Municipal, quando foi surpreendido pelo automóvel que invadiu a mão contrária na entrada do Parque de Vaquejada. O blog Giro em Ipiau publicou informação dando conta de que  polícia militar, constatou que  o carro estava com a documentação irregular. O motorista foi conduzido pelos militares até a delegacia para prestar esclarecimentos do acidente.

Motorista do carro foi conduzido para a delegacia de Polícia (foto Giro em Ipiau)

Motorista do carro foi conduzido para a delegacia de Polícia (foto Giro em Ipiau)

 

Helicóptero que trazia Rui Costa para Jequié fez pouso forçado em Tancredo Neves

Refeito do susto Rui Costa tirou fotos ao lado de moradores do local (foto Amarelinho 10)

Refeito do susto, Rui Costa ainda  tirou fotos ao lado de moradores do local (foto Amarelinho 10)

O helicóptero em que viajavam na manhã,  o candidato do PT ao governo baiano, Rui Costa, além do piloto,  na manhã de quinta-feira (21/08), precisou realizar um pouso forçado, em um  campo de futebol que fica numa fazenda a cinco quilômetros da cidade de Presidente Tancredo Neves, no Baixo Sul da Bahia. O petista viajava de Salvador com destino a Jequié, onde estava agendada gravação de programa para o horário eleitoral. Costa ainda esteve visitando as instalações da  Santa Casa Hospital São Judas Tadeu. O pouso forçado precisou ser feito por conta do mau tempo – apenas Rui Costa e o piloto estavam no helicóptero. Segundo a assessoria do candidato ao governo, os dois passageiros ficaram bem, e Rui aproveitou a parada inesperada para falar do programa de governo a alguns habitantes da cidade. O incidente envolvendo o candidato atrasou em pelo menos três horas a sua agenda que tinha previstas  caravanas no município de Almadina e depois comício na cidade de Ibicaraí. O candidato petista e o piloto precisaram ir para Ilhéus para reabastecer a aeronave. Somente depois seguiram para Jequié onde foram realizadas as gravações para o programa eleitoral. Com informações publicadas em A Tarde

Nova Secretaria de Justiça da Bahia é a ex-diretora geral da Fundac

Ariselma Pereira foi empossada no cargo nesta sexta-feira, 22, pelo governador Jaques Wagner (foto  Amanda Oliveira GOV/BA)

Ariselma Pereira foi empossada no cargo nesta sexta-feira, 22, pelo governador Jaques Wagner (foto Amanda Oliveira GOV/BA)

A ex-diretora-geral da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac), órgão da Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes), a assistente social Ariselma Pereira  Pereira  foi empossada  na tarde desta sexta-feira (22/08),   no cargo de secretária estadual da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, na tarde desta sexta-feira (22), na Governadoria, Centro Administrativo da Bahia (CAB).  “Estou extremamente feliz. Quero agradecer ao governador Jaques Wagner pela confiança. Creio que é fruto do trabalho desenvolvido e do compromisso com a defesa dos direitos humanos, da cidadania e da justiça. Trago meu olhar e minha contribuição enquanto gestora. Estou cheia de esperança. Estou à disposição com muita energia e esperança de fazermos um bom trabalho”, disse a nova  secretária. Graduada em serviço social pela Universidade Católica do Salvador (Ucsal), Ariselma também foi assessora especial e coordenadora estadual da Proteção Básica no Sistema Único de Assistência Social (Suas), na Sedes. Ela substitui José Reginaldo Souza Silva, que estava no cargo interinamente. Antônio Rodrigues dos Santos assume a diretoria-geral da Fundac.  Ariselma Pereira é esposa do deputado estadual  Yulo  Oiticica (PT), que concorre a uma vaga na Câmara Federal nas eleições deste ano. Por meio de nota, o parlamentar parabenizou a nova titular da pasta, porém não citou a relação de parentesco. Segundo ele, a nomeação reconhece o trabalho realizado por Ariselma à frente da Fundac.

Corregedor do TJ-BA determina que 13 internos retornem para o presídio de Jequié

No dia seguinte à rebelião advogado Valmiral Filho disse ter sidoimpedido de entrar no presídio

No dia seguinte à rebelião advogado Valmiral Filho disse ter sido impedido de entrar no presídio

Treze internos transferidos do Conjunto Penal de Jequié, no último dia 4 de agosto, para outras unidades prisionais baianas, após operação baculejo, deverão ser recambiados para o  presídio local num prazo de cinco dias, contados a partir de 21/08/2014, em cumprimento a determinação do Tribunal de Justiça da Bahia-TJ-Ba, despacho do Juiz Corregedor, Ícaro Almeida Matos. O entendimento relatado pelo magistrado é de ter ocorrido ilegalidade  nas transferências dos internos, que teriam sido considerados “lideranças negativas”, em face não ter sido feita, como determina a Lei de Execuções Penais-LEP, comunicação antecipada num prazo de 24h, ao Corregedor de Presídios, Ministério Público, ao Defensor e aos familiares dos presos. Os internos transferidos após a operação, que resultou numa rebelião no presídio, citados no processo são,  Milton Borges, Altemar Santos Barbosa, Josean Luiz Santos Santana, Anésio Alves da Costa Filho, Lucas Santos Santana, Naildson de Oliveira Castro e outros.

Parentes dos presos protestaram em frente ao presídio

Parentes dos presos protestaram em frente ao presídio

Cita ainda o Corregedor, dando fundamento à sua decisão que,  de acordo o veiculado na mídia, com base em informações da parte do defensor de parte dos internos,  advogado Valmiral Pacheco Marinho Filho,  de que os agentes prisionais e os policiais militares  teriam promovido espancamento e prática de tortura, “a atuação irregular do interventor [fora do prazo da Portaria], o desrespeito ao direito dos presos e a violação de prerrogativas dos advogados e dos membros da Defensoria Pública, que teriam sido impedidos de adentrar no Conjunto Penal. Comunica ainda, o Juiz que a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização-SEAP, deve garantir acesso aos  medicamentos ao interno Naildson de Oliveira Castro e o atendimento necessário até a sua remoção. Determina ainda que a determinação seja comunicada ao Ministério Público do Estado, “também, porque um tópico da defesa menciona suposta omissão dos Promotores da Comarca” e cópias dos protocolos administrativos a serem feitas e dirigidas as Secretaria de Administração Prisional e à Secretaria de Segurança Pública, para os fins que entenderem pertinentes no âmbito da apuração disciplinar dos seus servidores.

Implementado e Monitorado por: Neirival Neri  |  Agradecimento: AgenciaCARRILHO