‘Não solicitei, não recebi, não paguei e não tenho nenhum tríplex’, diz Lula

Encerrada às 19h durou 5horas o interrogatório do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz federal Sérgio Moro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou ao juiz federal Sérgio Moro, nesta quarta-feira (10), que chegou a visitar o tríplex no Guarujá (SP), mas que não solicitou nem recebeu o imóvel. O ex-presidente admitiu que visitou o apartamento 164-A, do Edifício Solaris, que seria propina do esquema alvo da Operação Lava Jato, paga pela OAS. “A verdade é a seguinte: não solicitei, não recebi, não paguei e não tenho nenhum tríplex”, afirmou Lula, em seu primeiro momento frente a frente com o juiz da Lava Jato, em Curitiba. Moro perguntou se Lula tinha desistido do tríplex depois que ele visitou o imóvel. “O senhor decidiu que não ia ficar com esse primeiro tríplex já na primeira visita que o senhor fez em fevereiro de 2014?.”  “Foi isso. Nunca solicitei e nunca recebi apartamento. Imagino que o Ministério Público vai na hora que for falar apresentar as provas. Eles devem ter pelo menos algum documento que prove o direito jurídico de propriedade para dizer que é meu o apartamento.”  A denúncia do Ministério Público Federal sustenta que Lula recebeu R$ 3,7 milhões em benefício próprio – de um valor de R$ 87 milhões de corrupção – da empreiteira OAS, entre 2006 e 2012. As acusações contra Lula são relativas ao recebimento de vantagens ilícitas da empreiteira por meio do triplex 164-A no Edifício Solaris, no Guarujá (SP), e ao armazenamento de bens do acervo presidencial, mantido pela Granero de 2011 a 2016. O petista é acusado de lavagem de dinheiro e corrupção. Moro aceitou a denúncia em 20 de setembro de 2016. (Estadão)

Dois policiais militares do 19º BPM homenageados na Câmara de Jequié

Vereadores Admilson Careca e Soldado Gilvan entregaram as Moções aos colegas PMs homenageados

O Capitão PM Augusto José Almeida Santos, comandante da 1ª Cia PM (Centro)  e o Cabo PM Erinaldo Gomes dos Santos, integrante da 5ª Cia PM (bairro Joaquim Romão),  pertencentes ao quadro do 19º Batalhão de Polícia Militar, foram homenageados na sessão desta quarta-feira (10), pela Câmara Municipal de Jequié, com o recebimento de Moções de Aplausos, de autoria do vereador Admilson Careca (PSC). O autor da proposta explicou que a homenagem aos dois militares, nas condições de  Policiais Padrão 2016, representava o reconhecimento ao trabalho da corporação que diuturnamente se dedica à oferecer segurança e proteção à população, muitas das vezes, colocando em risco às suas próprias integridades físicas, no enfrentamento com bravura aos que enveredam pelos caminhos da delinquência. “Esta homenagem é também em reconhecimento às determinações, destrezas e compromissos desses policiais militares na proteção da  sociedade, sempre presentes nas ruas compondo ou comandando operações militares”, enalteceu. Em apoio à proposta, o vereador Soldado Gilvan (PPS), usou a tribuna dizendo ter ficado muito feliz com a homenagem e o reconhecimento demonstrado aos dois colegas. Também se pronunciaram em apoio à Moção de Aplausos, a vereadora Laninha e o vereador Colorido, ambos do PRP, sendo as duas homenagens aprovadas por unanimidade.

Energia elétrica será ampliada no Morro Verde, anuncia vereador Ramon

Vereador Ramon disse que cerca de 80 famílias serão beneficiadas

A ampliação do programa de eletrificação rural do povoado do Morro Verde, será executada pelo governo do estado, com investimento da ordem de R$ 800 mil. A informação foi dada na sessão desta quarta-feira (10), da Câmara Municipal de Jequié, pelo vereador Ramon Fernandes (PTN), que disse a solicitação que estará sendo atendida, foi levada por ele, em companhia do deputado estadual Euclides Fernandes (PDT), ao secretário estadual de Infraestrutura Marcos Cavalcante e ao diretor de Energia Gilson Amado. O vereador especificou a obra informando que serão colocados 220 postes, com as obras previstas para serem iniciadas em junho. Ramon Fernandes disse ainda, que está agendando para ser realizada na segunda-feira, 22, às 15h, uma audiência pública na Câmara Municipal de Jequié, com a presença do diretor de Energia da Seinfra, para debater o programa Luz Para Todos, no âmbito da zona rural do município.

Acessibilidade: Carências e dificuldades de pessoas com deficiência relatadas em audiência pública

Componentes da mesa que dirigiu os trabalhos reconheceu deficiências da cidade na área da acessibilidade

O descumprimento da legislação que trata da Mobilidade Urbana e Acessibilidade, notadamente para as pessoas com deficiências foi apontada com reivindicações na audiência pública realizada na manhã desta quarta-feira (10), promovida conjuntamente pela Câmara Municipal de Jequié, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Comdef). Presidida pelo vereador Emanuel Campos Silva – Tinho, o encontro contou com as participações do prefeito Sérgio da Gameleira, do secretário de Saúde, Vice-Prefeito Hassan Iossef, da Procuradora da República em Jequié, Ludimila Vieira de Souza Mota, Promotora de Justiça, Juliana Sampaio, Defensora Pública da Bahia, Itana Pelegrini, do Inspetor-Chefe do CREA, Deusdete Brito e do presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marcelo Ferreira.

A engenheira civil Maria da Conceição Barbosa do CREA, foi a palestrante da audiência

O presidente do Comdef Marcelo Ferreira relatou o descumprimento da lei e as dificuldade enfrentadas pelas pessoas com deficiência, tanto nas repartições públicas quanto privadas, bancos, calçadas, passeios, no transporte público etc. A defensora pública Itanna Pelegrini, que atua na comarca de Jequié, vinculada à 4ª Regional da Defensoria Pública, afirmou que garantir condições igualitárias para as pessoas é um dever de todos. “A acessibilidade, assegurando a completa mobilidade dos usuários, é um desafio para todos nós enquanto cidadãos”, Além de vereadores, secretários e diretores municipais, várias entidades estiveram representadas no evento, a exemplos da Associação dos Deficientes Físicos de Jequié-ADEFIJ, Núcleo de Apoio e Inclusão de Pessoa com Deficiência-NAIPD da UESB, Associação Jequieense de Cegos-AJECE, Associação de Pais e Alunos Excepcionais-APAE, Associação dos Surdos de Jequié-ASCEEJE, Centro de Apoio Pedagógico-CAP,  Associação Paradesportista do Interior da Bahia-APIB, além de outros segmentos representativos da comunidade. No final da audiência os representantes das entidades presentes assinaram um Termo de Compromisso de manterem-se vigilantes e com um foro permanente de reivindicação, no sentido de que venham a ser cumpridas de maneira gradual e efetiva as orientações contidas na Lei Brasileira de Inclusão (Estatuto da Pessoa com Deficiência), nº 13.146/2015.

Lançado edital de concurso público para Bombeiros e Policiais Militares

O governo da Bahia está publicando no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (10), edital de abertura de inscrições para concurso público destinado ao provimento de 2.750 vagas na área de Segurança Pública. Elaborado conjuntamente pela Secretaria da Administração (Saeb) e pelos comandos gerais da Polícia Militar da Bahia e do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, o concurso fará inscrições a partir de 15 de maio a 19 de junho, exclusivamente pela internet, no site da IBFC, seguindo o horário de Brasília. A taxa custa R$ 70. De acordo com o edital, duas mil vagas são destinadas ao Curso de Formação de Soldado da Polícia Militar e 750 vagas são voltadas ao Curso de Formação de Soldado do Corpo de Bombeiros Militar. Podem concorrer jovens de nacionalidade brasileira ou portuguesa, entre 18 e 30 anos, que tenham concluído ensino médio ou formação técnica profissionalizante de nível médio, sendo também observadas outras exigências do edital. Das duas mil vagas disputadas para ingresso na Polícia Militar, 1.819 serão destinadas a candidatos homens e 181 para candidatas mulheres. Para ingresso no Corpo de Bombeiros Militar, das 750 vagas ofertadas, 672 serão destinadas para homens e 78 para mulheres. Os candidatos poderão escolher, no ato da inscrição, a região na qual tenham interesse em atuar. O concurso contará com duas etapas, com provas objetiva e discursiva, previstas para o mês de agosto. Será apenas um dia de seleção, com duração de quatro horas e trinta minutos.

 

Secretário minimiza “questão das mochilas” e diz que projeto maior é transformar a Educação de Jequié

Secretário Roberto Gondim vê politicagem na origem da divulgação sobre o tamanho das mochilas

A repercussão alcançada na imprensa nacional, nesta terça-feira (9), acerca do caso da desproporção no tamanho de 120 mochilas escolares distribuídas a alunos de creches municipais, a partir da divulgação, acompanhada de memes [charges humorísticas] postadas nas mídias sociais da cidade, mesmo não agradando ao secretário Roberto Gondim, da Educação,  demonstrou não ter tirado o foco do educador, na explanação que fez sobre as atividades de sua pasta, na audiência pública realizada na Câmara de Vereadores de Jequié. Gondim compareceu ao legislativo atendendo requerimento de autoria do vereador Lignaldo Vieira Lopes (PSOL) – Guina Produções (PSOL). O secretário explanou sobre a situação de dificuldade em que foi encontrado o sistema de gestão da administração municipal e, apontou como uma das vitórias dos primeiros quatros meses, o acréscimo obtido no número de estudantes matriculados, que saiu de cerca de 12 mil em 2016, para quase 20 mil em 2017. “Estamos aqui para expor a realidade que encontramos, o que conseguimos produzir em quatro meses e conclamamos os vereadores para participarem desse projeto de transformar a Educação pública municipal de Jequié”, enfatizou.

Ao final da explanação Roberto Gondim teve ser trabalho reconhecido por vereadores da maioria e minoria

Ainda se referindo à questão das mochilas escolares, Roberto Gondim disse que do ponto de vista pessoal, acompanhou a repercussão do assunto  “de forma serena”, pelo fato de não ter maculado a gestão do ponto de vista da malversação do dinheiro público. Explicou que ao assumir a Secretaria observou a necessidade de serem criados alguns instrumentos de incentivo visando ampliar o número de estudantes, “o aporte de alunos que conseguimos fazer para este ano, vai representar para o município no próximo ano um aporte de recursos do Fundef da ordem  de R$ 7 milhões”.  Para ele, as críticas são possíveis de serem assimiladas, porque porque poderia ter sido contratado um número menor de mochilas em tamanho pequeno, “do ponto de vista racional não assimilo exatamente aonde se quer chegar. Porque se você for a uma escola particular, o tamanho das mochilas [motivação das críticas] é o mesmo ou maior que as nossas”. Gondim disse entender que a disputa política muitas vezes viraliza nas redes de maneira diferente do que é a formulação de políticas públicas.

Vereadores parabenizaram o Secretário por atendido espontaneamente o convite da Câmara

Falando ao Blog Jequié Repórter, o secretário Roberto Gondim, assumiu que se houve erro da Secretaria de Educação, esse foi dele, na condição de responsável pelo setor. “O erro na produção não avalio, mas, de onde disseminou a informação, a partir de uma foto tirada de dentro de uma escola municipal, foi que resultou em toda essa repercussão”. Disse ainda que as explicações produzidas demonstram a importância do material, “não conheço outro município que tenha feito esse tipo de entrega de kit escolar aos alunos”, disse. Gondim afirmou também que está sendo estudada a possibilidade de mandar confeccionar algumas mochilas em tamanho menor, “Como a licitação nos permite um aditivo de 25%, fizemos um cálculo, é possível adquirir um lote de mochilas menores para aproximadamente mil estudantes de creches, porque até o momento foram distribuídas para as creches apenas 120 kits, de um total de 15.880 distribuídos e que atenderam plenamente aos alunado das demais séries”, justificou.

Novas carteiras de habilitação (CNHs) passam a vir com QR-Code

Nova carteira já está sendo emitida desde o dia 1º de maio com QR-Code

As Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) emitidas a partir deste mês de maio passam a ter mais um recurso contra fraude: o código bidimensional, o QR-Code. A inclusão do código já estava prevista pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e está valendo desde o dia 1º de maio. Em todo o país, já há mais de 300 mil CNH com o novo modelo. Não foi informado se novas taxas serão aplicadas em função da mudança, por parte do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) não haverá cobrança adicional, mas os departamentos de trânsito regionais de cada estado podem aplicar taxas, já que são eles que emitem o documento e têm autonomia. O novo documento foi divulgado nesta terça-feira (9), pelo Ministério das Cidades e pelo Denatran, em Brasília. Além da inclusão do QR-Code, as novas CNHs terão os itens de segurança, divulgados em maio de 2016,  que passaram a ser emitidas em janeiro de 2017. Entre as alterações já anunciadas: mudança no layout, cor e inclusão de novos itens de segurança como as marcas d’água, holografias e dois números de identificação – um estadual e outro nacional. Com o QR-Code, os dados dos motoristas brasileiros poderão ser acessados pela leitura do código, que dará acesso ao banco de dados do Denatran, onde estará uma versão digital da CNH, com dados biográficos e foto do titular do documento. O QR-Code é impresso na parte interna da carteira e pode ser lido por qualquer dispositivo que tenha uma câmera e o aplicativo Lince instalado, este último disponível para download em lojas de aplicativos para os smartphones. O aplicativo responsável por realizar a leitura do código é o “Lince”, já disponível para sistemas Android e iOS. Segundo a presidente do Serpro, que desenvolve o app, o QR Code da CNH é diferente dos comumente utilizados. (Agência Brasil)

Segundo semestre de 2017 FTC Jequié terá 100 vagas no curso de Direito

A Faculdade de Tecnologia e Ciências-FTC estará oferecendo a partir Vestibular 2017.2 campus de Jequié, 100 vagas para o curso de Direito, A professora Milena Bahiense, diretora do campus, entrevistada do Blog Jequié Repórter, fala sobre essa nova conquista da instituição de ensino privado, que atinge a marca de onze curso sendo oferecidos na cidade. A Portaria 392, de 4 de maio de 2017, do Ministério da Educação, publicada no diário oficial da última sexta-feira (5), autoriza a instalação do curso de bacharelado em Direito em Jequié, pelo Instituto Mantenedor de Ensino Superior da Bahia. O processo Vestibular será no dia 6 de junho de 2017.

Coordenador de segurança de presídio preso em flagrante recebendo propina

O coordenador de Segurança do Conjunto Penal de Eunápolis (CPE), na Costa do Descobrimento, foi preso em flagrante na manhã desta terça-feira (9). Segundo o Ministério Público da Bahia (MP-BA), Sydney de Aguiar Almeida foi detido ao receber propina de R$ 5 mil para transferir um preso de uma ala para outra no mesmo CPE. Conforme o MP, o objetivo da operação é coibir irregularidades no sistema penitenciário baiano. Um mandado de busca e apreensão também foi cumprido na casa do coordenador. A ação contou com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e da Coordenadoria de Segurança Institucional (CSI), em conjunto com a Secretaria de Administração Penitenciária e de Ressocialização (Seap), Polícia Civil e Polícia Militar, por meio do Grupamento Aéreo (Graer).  As diligências ainda tiveram a participação da Inteligência Penitenciária e do Grupo de Operações Penitenciárias (GEOP), que integram a Seap.

Frequentes problemas de manutenção em caixas irritam clientes de banco

Maioria dos caixas não funcionavam na tarde de segunda, 8

Os recorrentes problemas de manutenção apresentados pelos equipamentos de autoatendimento das agências bancárias em Jequié, provocam irritação e protestos das pessoas que buscam o serviço. Na segunda-feira (9), a  maioria das máquinas do autoatendimento da agência do Bradesco, apresentavam ao mesmo tempo esse tipo de problema, notadamente no horário vespertino, após o horário de expediente bancário. Os clientes cobram providência por parte da administração da instituição bancária e quem de direito.