Vara da Justiça Federal cadastra entidades com destinação social

Prédio sede da Vara Única da Justiça Federal em Jequié

Se encontra aberto na Vara Federal Única da Subseção Judiciária de Jequié, processo de cadastramento de entidades públicas ou privadas com destinação social, interessadas em receberem recursos provenientes de prestações pecuniárias na forma da Resolução nº 154, de 13 de julho de 2012 do CNJ e Resolução CJF nº 295 de 4 de junho de 2014. O recebimento se refere ao recebimento de prestações pecuniárias adimplidas no âmbito dos processos criminais em trâmite no âmbito da Vara Federal Única. As entidades deverão apresentar requerimento por escrito para credenciamento, acompanhado de cadastro do CNPJ junto a Receita Federal, Certidão Negativa de Débitos-CND no INSS, Certidão Negativa de Débito na Receita Federal e Cerificado de Regularidade Federal-CRF. A habilitação das entidades dependerá de prévia aprovação do Juízo, através de decisão fundamentada e, exigirá manifestação anterior do Ministério Público Federal. O período de cadastramento conforme o Edital nº 01/2017 é por tempo indeterminado a partir do dia 29 de maio de 2017, quando o formulário de cadastramento e os documentos solicitados poderão ser entregues pessoalmente na sede da Subseção Judiciária de Jequié das 9h às 18h ou através do e-mail 01vara.jee@trf1.jus.br.

Reativação de sete módulos policiais de Jequié solicitada ao Comandante Geral da PM

Módulo Policial do São Judas Tadeu desativado há vários meses

A recolocação em funcionamento de sete módulos policiais militares localizados em bairros de Jequié, foi solicitada pelo deputado estadual Euclides Fernandes (PDT), em documento entregue pelo parlamentar ao Coronel PM Anselmo Brandão, Comandante Geral da Polícia Militar da Bahia, no último dia 24. Na justificativa apresentada ao pedido, foi ressaltada a situação de violência registrada na cidade, notadamente nos bairros, com a população sendo vítima frequentes de roubos, furtos, assaltos e arrombamentos, sendo enfatizado que os módulos policiais são de grande importância para a convivência pacífica das localidades onde estão inseridos, no contexto da polícia comunitária integrando a comunidade aos setores de segurança pública. Os módulos policiais com o pedido de reativação estão situados em áreas levantadas como críticas na ocorrência de delitos. Foram relacionados no ofícios os módulos policiais da Cidade Nova, Duque de Caxias (Joaquim Romão), Urbis I, Rua da Banca (Jequiezinho), São Judas Tadeu e Cachoeirinha. O comandante da PM baiana se comprometeu a avaliar o pedido, com a possibilidade dele ser incluído no Programa Pacto Pela Vida, desenvolvido através da Secretaria de Segurança Pública da Bahia.

Aplicação de recursos do Precatório do Fundeb foi tema de audiência pública em Jquié

“A educação precisa ser um horizonte a ser alcançado por toda a sociedade”, disse o secretário Roberto Gondim

Debater a aplicação dos recursos creditados à Prefeitura de Jequié oriundos do antigo Fundeb (hoje Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério-Fundef), foi tema de audiência pública realizada pela Prefeitura, por iniciativa da Secretaria Municipal de Educação. A reunião pública realizada no auditório do CEEP Régis Pacheco, na quinta-feira, 25, contou com explanações do prefeito Sérgio da Gameleira, do secretário de Educação Roberto Gondim, vereadores, representantes do Ministério Público, lideranças sindicais, professores, membros dos conselhos municipais ligados ao setor de educação e de controle social. Entre as propostas apresentadas para utilização dos recursos, constaram construção de creches, escolas, unidades administrativas, além de aportes financeiros para regularização de pendências administrativas da educação e programas voltados aos alunos da rede municipal. Ao comentar os resultados da audiência, o prefeito de Jequié, afirmou que ela permitiu o exercício da cidadania, “possibilitando a troca de informações permitindo à gestão ouvir a voz da população a respeito de temas importantes para a comunidade”. As demandas apresentadas serão avaliadas para que possam ser colocadas em prática.

Vigilantes aderem a greve em Jequié e bancos não atendem ao público

Sem a presença dos vigilantes os bancos suspenderam o expediente ao público externo

Os vigilantes de Jequié aderiram na manhã desta segunda-feira, 29, à greve geral deflagrada na Bahia, pelos empregados de empresas de segurança e vigilância, iniciada no último dia 24, sob a liderança do Sindicato dos Vigilantes do Estado da Bahia (Sindvigilantes). A entidade ainda tem como filiados, trabalhadores que atuam em shoppings, hospitais, escolas, indústrias, condomínios e outras setores. A greve tem o objetivo de pressionar os patrões a analisarem a importância da classe e as necessidades pontuadas em oito rodadas de negociações. “Devido a vários calotes, inseguranças, excesso de horas de trabalho e tantos outros problemas, estamos lutando por: cesta básica, plano de saúde, cota para as mulheres, além do reajusto digno salarial”*, explica o presidente do sindicato José Boaventura. A classe patronal apresentou como contraproposta, reajuste salarial de 1%, considera “absurda” pela categoria, que aponta como outro ponto crítico no diálogo,  a flexibilização a jornada 12×36.  São aproximadamente 32 mil vigilantes que atuam no Estado da Bahia, com data-base em 1º de maio. Os vigilantes pedem reajuste de 15%, ticket refeição de R$ 20 de, cotas para as mulheres de 30% (por posto de trabalho), piso salarial de R$ 1.500 reais.

“Tenho certeza que Sérgio não será desleal comigo”, diz Antonio Brito

No estande da 93 FM na 38ª Exposição, o deputado Antonio Brito foi entrevistado pelo jornalista e deputado Euclides Fernandes

Na noite de domingo, 27, encerramento da 38ª Exposição Agropecuária, Comercial e Industrial de Jequié, o deputado federal Antonio Brito (PSD), visitou o estande da rádio 93 FM, no parque Luiz Braga,  onde foi entrevistado pelo jornalista e deputado estadual Euclides Fernandes (PDT), que o indagou sobre vários assuntos, a exemplo da crise política nacional e o panorama de Jequié com vista as eleições de 2018. Euclides Fernandes comentou o fato que vem sendo analisado pela população, onde estão postos três nomes de candidatos à reeleição para a Câmara Federal, com trânsito livre dentro do grupo liderado pelo prefeito Sérgio da Gameleira (PSB), sendo eles, o próprio Antonio Brito, Paulo Magalhães, também do PSD, Bebeto Galvão, do PSB, um quarto nome que é o deputado estadual Leur Lomanto Júnior (PMDB), que já tem posta a sua pré-candidatura a deputado federal.

Antonio Brito comentou que num momento difícil em 2016, em que tinha a opção de um  candidato a prefeito  liderado pela estrutura do governo do estado e  pela primeira dama Aline Peixoto Costa, ele tinha um compromisso de palavra com Sérgio e manteve esse compromisso, indo prá rua fazer campanha e indicando o vice Hassan. ”Fizemos uma campanha bonita pró-positiva vencemos a eleição, fizemos oposição sistemática à prefeita Tânia, que foi um desastre”, por esses motivos Antonio Brito diz que  seu entendimento é de que  Sérgio Gameleira, está fechado com ele, por terem um projeto comum e a  declaração de voto dele [Sérgio]. Com relação ao nome de  Leur Jr. o deputado pedessista lembra que Leur passou a apoiar o Sérgio agora,  colocando a sua base de vereadores, “mas ele fez parte da chapa do Fernando que perdeu a eleição”. Antonio Brito diz que ainda vai conversar sobre esse assunto com o prefeito. “Espero de Sérgio a mesma desenvoltura, compromisso e a mesma lealdade que eu tive a ele, inclusive enfrentando riscos naquele momento, não estando ao lado do projeto que eu defendo no estado, que é o do governador Rui Costa. Naquele momento eu cumpri minha palavra e é o que espero dele que cumpra a mesma palavra que eu dei a ele, em 2018, porque a população aceita tudo menos a deslealdade na política e eu tenho certeza que Sérgio não será desleal comigo”.

Ouça abaixo áudio da entrevista:

Lama de esgoto invade campo de futebol no São Judas Tadeu

Lama podre se espalhou pela área e o campo de futebol

Jovens e demais pessoas adeptas ao futebol estão há vários dias impedidos de praticarem o  esporte em um campo localizado em área do Loteamento São Tadeu. A impossibilidade de utilizar o campo decorre da lama de esgoto que se espalhou pelo campo proveniente de um canal que inundou a área durante a chuva ocorrida no final de março. Como se não bastasse o fato do campo estar coberto de esgotos, moradores das imediações entre a Rua Antônio Orrico e o Mutirão São Judas Tadeu, são obrigados a conviver com a proliferação de mosquitos e o odor que tem origem na extensa área de esgoto espalhada a céu aberto.

Nova mina de ametista atrai milhares de pessoas para Sento Sé

Na odisseia da ametista, há garimpeiros de todas as regiões do Brasil

Milhares de pessoas de várias partes do país, estão sendo atraída para o povoado de Quixaba, na zona rural de Sento Sé, no Sertão baiano.. A corrida teve início há quarenta dias após o acaso revelar a existência de uma mina de ametista encravada na Serra dos Brejinhos. Covas algumas já com 15 metros de profundidade, continuam a se multiplicar, assim como os milhares de garimpeiros profissionais, amadores e iniciantes atraídos pela expectativa de ganhar a vida no sertão baiano banhado pelas águas do São Francisco. Para chegar até o local, em busca da fortuna, demanda disposição física e força de vontade para atravessar as barreiras impostas na aridez da caatinga. A partir de Juazeiro, via BA-210, são 100 quilômetros de asfalto, outros 50 de terra e mais oito em estrada coberta de cascalho e de um material semelhante ao caulim, que mais parece talco e é encontrado em todos os acessos para a mina da Quixaba, situada na borda sul do Lago de Sobradinho.

Milhares de covas estão sendo abertas à procura da pedra roxa

A peregrinação diária de milhares de pessoas teve início em 18 de abril deste ano, quando um caçador da região se deparou acidentalmente com a jazida de ametistas no topo dos Brejinhos, parte do conjunto de serras que se entende por mais da metade do município de Sento Sé, terceiro maior da Bahia em extensão territorial.

 

ADJ não repete as boas atuações e empata em casa com o Colo Colo: 1×1

ADJ e Colo Colo fizeram um jogo de muitos erros individuais e sucessivas faltas

O torcedor da Associação Desportiva Jequié-ADJ deixou o estádio Waldomirão chateado na manhã deste domingo, 28, após o empate em 1×1 com o Colo Colo de Ilhéus, mas sem grandes motivos para decepção. Mesmo deixando escapar a chance de conquistar três pontos importantes dentro de casa, o Jequié se manteve na liderança da Série B do Campeonato Baiano de 2017, com 17 pontos, seguido do PFC Cajazeiras, que chegou aos 13 pontos.

Jogadores dois times só erraram menos que a arbitragem e o confuso placar eletrônico

A equipe comandada pelo técnico Paulo Salles, atuou bem abaixo do esperado. Peixoto abriu o placar aproveitando grande jogada individual de Marcelo Pano, pelo lado direito da defesa ilheense. Numa cobrança de falta, a defesa do Jequié vacilou com Bebere marcando o gol de empate. O time da casa atuou parte da segunda etapa com 10 jogadores, em razão da expulsão do zagueiro Railon. Pelo futebol apresentado em campo, o empate não foi o pior resultado para o time jequieense. O próximo compromisso da ADJ será no domingo, 04 de junho, no estádio municipal Antonio Rodrigues Santana, contra o Teixeira de Freitas.

Prefeito de Itabuna peita o MP e mantém esposa e sobrinho secretários

Prefeito Fernando Gomes e a esposa Sandra Neilma: “Ela tem competência para o cargo”, diz

A chamada Lei do Nepotismo em que pese recomendações do Ministério Público Estadual-MP segue sendo acatada em alguns municípios, em outros não. Caso recente de não cumprimento da recomendação do MP, vem da cidade de Itabuna, onde o prefeito Fernando Gomes (DEM), decidiu peitar o MP e mantém como secretários municipais a esposa, Sandra Neilma (Assistência Social), e um sobrinho, Dinailson Oliveira (Administração). Para o MP, eles não têm qualificação técnica para os cargos e a presença dos dois na gestão caracteriza nepotismo. A Procuradoria do Município defende a competência de ambos para exercer as funções: Sandra, por ter sido secretária em outra gestão; Dinailson, por ter dirigido uma fundação. O MP ameaçou entrar na Justiça caso os parentes do prefeito não sejam exonerados. No começo do ano, Gomes exonerou o filho Sérgio Gomes da Secretaria de Transporte após denúncias da OAB que ganharam repercussão nacional.

Educação estadual oferta 16.400 vagas para o pré-vestibular Universidade para Todos; 520 em Jequié

Inscrições no período de 1º a 8 de junho, exclusivamente, no Portal da Educação

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia divulgou, no último sábado, 27,  o edital para o curso Universidade Para Todos (UPT),  com a  oferta de  16.400 vagas e aulas preparatórias para o vestibular e o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM),  em Salvador e 228 localidades do interior, distribuídas em  27 Territórios de Identidade. A ação é desenvolvida em parceria com as universidades estaduais UNEB, UEFS, UESB e UESC. Em Jequié, com a UESB, são oferecidas 520 vagas nos seguintes colégios: Grupo Escolar Dr. Climério de Andrade/Extensão Matutino (40), Noturno (40); Colégio Mary Rabelo, Noturno (40); Escola Municipal Adnalva Miranda (Itajuru), Noturno (40); Colégio Municipal Presidente Médice, Noturno (40); Centro Educacional Landulfo Caribé (Florestal), Noturno (40); Colégio Municipal Stela Dubois, Noturno (40); Escola estadual Anita Barreto, Noturno (80); Colégio Estadual Luiz Viana Filho, Noturno (40); Colégio Estadual Dr. Milton Santos, Noturno (40) e Colégio Estadual Navarro de Brito, Noturno (80).

Poderá concorrer a uma vaga o candidato que for egresso do Ensino Médio das redes estadual ou municipal do Estado da Bahia. Também podem concorrer estudantes das redes públicas estadual ou municipal matriculados, em 2017, nas seguintes situações: 3º ano do Ensino Médio Regular ou suas modalidades correspondes, do 4º ano da Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio ou suas modalidades correspondentes. Todos estes estudantes precisam ter concluído o Ensino Fundamental II (5ª à 8ª séries, atual 6º ao 9º ano ou modalidades correspondentes), e a 1ª e 2ª séries do Ensino Médio Regular ou modalidades correspondentes nas redes estadual ou municipal no Estado da Bahia.  A seleção é feita através das médias de Português e de Matemática que são lançadas pelo candidato no ato da inscrição e conferidas no ato da matrícula. A matrícula será realizada entre os dias 3 a 7 de julho, no local e turno que o aluno optou para estudar. Para se matricular, é preciso apresentar cópia e original do CPF, RG, comprovante de residência, além do Histórico Escolar do Ensino Médio e do Ensino Fundamental II. As aulas começam no dia 3 de julho e vão até dezembro de 2017.