Jequié é campeão de Futsal Feminino‏ em Brumado

Jequié campeão teve  a melhor jogadora do evento, Larissa (Marrentinha), que marcou  7 gols

Jequié campeão teve a melhor jogadora do evento, Larissa (Marrentinha), que marcou 7 gols

Depois de vencer o zonal do Sudoeste do campeonato Baiano em Itapetinga e o Torneio do Sudoeste em Vitória da Conquista em 2014, a equipe do Jequié Esporte Clube-JEC, conquistou mais um título, o de campeão do VII Zonal VP de Futsal Feminino, disputado no sábado e domingo (2 e 3/5),  no Ginásio Poliesportivo Antônio Alves Ribeiro, na cidade de  Brumado. A competição contou com as participações de  de 12 equipes: Brumado, Barreiras, Espinosa (MG), Malhada de Pedras, Macaúbas, Condeúba, Suçuarana, Anagé, Maetinga, Cascavel, Vitória da Conquista e Jequié. As meninas do JEC venceram Barreiras (1 x 0), Maetinga (13 x 0), Condeúba (5 x 0), na semi final as donas da casa, Brumado, por 3×2 nas cobranças de pênaltis, após a partida terminar empatada no tempo normal 2×2 e na prorrogação.  Na  final Jequié enfrentou  Espinosa(MG), em jogo de fortes emoções, que terminou empatada no  tempo normal (3×3), na prorrogação a equipe Mineira começou arrasadora e ampliou a vantagem para (5×3), com Jequié chegando ao empate em 5×5,  faltando apenas 19 segundos para o término. Na disputa de pênaltis brilhou novamente a goleira Tais que pegou todos as cobranças, sendo eleita a melhor goleira da competição. O coordenador da equipe, vereador Tinho enalteceu o trabalho das jogadoras e equipe técnica e agradecer o apoio  recebido da Secretaria de Esporte de Brumado, Secretaria de Esporte e Lazer de Jequié e da Petyan.

sws_wilson

Procurador-Geral de Justiça participará de reunião pública em Jequié

MP

Audiência pública na Assembleia debate a cobertura de fatos violentos pela mídia

fotoA cobertura de fatos violentos e de questões que envolvam os direitos humanos estará na pauta de uma audiência pública conjunta das comissões de Direitos Humanos e de Combate ao Racismo, da Assembleia Legislativa da Bahia. Pesquisadores, estudantes, lideranças de organizações de jovens e de órgãos públicos confirmaram presença no debate propositadamente marcado para o Dia Nacional das Comunicações, 5 de maio, a partir das 10h, na Sala Herculano Menezes. O professor Giovandro Ferreira, da Facom-UFBa, estuda o tema há alguns anos e foi um dos articuladores da criação do Centro de Comunicação, Democracia e Cidadania (CCDC), órgão suplementar da Faculdade de Comunicação, em junho de 2009. Em 2013 a Editora da UFBa lançou o livro “A Construção da Violência na Televisão e em Jornais Impressos na Bahia”, produzido pelo Observatório de Mídia e Direitos Humanos da Bahia. Ferreira acrescentará dados importantes ao levantamento feito sobre cobertura dos jornais Massa! e Correio, e de dois programas televisivos, Na Mira (TV Aratu, afiliada do SBT) e Se Liga Bocão (TV Itapoan, afiliada da TV Record), no período de agosto de 2011 a janeiro de 2012. A repercussão da divulgação dos dados da pesquisa deu ainda mais consistência às manifestações de diversos movimentos sociais ligados à luta em defesa dos direitos humanos e de combate ao racismo. Demandado por essas organizações, o Ministério Público Estadual chegou a celebrar Termos de Ajustamento de Conduta-TAC com pelo menos três emissoras de televisão de Salvador.

Câmara aprova Moção de Aplausos por nomeação de coordenadora de enfermagem do HGPV

Vereador José Simões diz que governo fez a escolha certa

Vereador José Simões diz que governo fez a escolha certa

A recente nomeação da Enfermeira Ana Paula Camargo Lacerda, para o cargo de coordenadora do setor de enfermagem do Hospital Geral Prado Valadares-HGPV, foi alvo de Moção de Aplausos, que teve como autor o vereador José Simões de Carvalho (PP), endereçada ao governador Rui Costa e ao secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas.  A proposta aprovada por unanimidade, justifica o autor, “é um gesto de reconhecimento à atuação profissional da Enfermeira Ana Paula, em todos os cargos que exerceu ou exerce e a sua nomeação para a coordenação de Enfermagem do nosso hospital público, se constitui em uma escolha acertada por parte dos dirigentes do governo estadual”, enfatizou.

sws_wilson

Edital de concurso dos Correios deve ser divulgado em junho

Seleção será para carteiros e outros cargos de nível médio (reprodução)

Seleção será para carteiros e outros cargos de nível médio (reprodução)

Deve ser divulgado até o mês de junho o edital do concurso público para a contratação de trabalhadores temporários dos Correios. De acordo com o Folha Dirigida, a seleção será para carteiros e outros cargos de nível médio e deverá minimizar o grave déficit de pessoal vivido pela empresa. Em entrevista ao site, o presidente dos Correios, Wagner Pinheiro, afirmou que a seleção seria realizada “muito provavelmente” no segundo semestre deste ano. Para as funções de nível médio, a remuneração é de R$2.006,65 (para 27 dias de trabalho) ou R$1.893,50 (23 dias), incluindo benefícios. No caso de carteiro, o valor pode chegar a R$2.200, em função de outros adicionais.O secretário-geral da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), José Rodrigues, disse que uma das pautas do congresso nacional da categoria, que será realizado em junho, será a cobrança por concurso imediato para efetivos, onde seriam oferecidos vagas para nível superior, com iniciais de R$4.962,05 ou R$4.848,90.

80% das mulheres que são agredidas em casa não querem o agressor preso

Campanhas são feitas em todo o país para orientar mulheres vítimas de violência doméstica (reprodução)

Campanhas são feitas em todo o país para orientar mulheres vítimas de violência doméstica 

Pesquisa da Secretaria de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça revela que 80% das mulheres agredidas não querem que o autor da violência seja punido com prisão. A pesquisa “Violência contra a Mulher e as Práticas Institucionais” apurou também as condições de Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra Mulher, criados pela Lei Maria da Penha, e  Defensorias Púbicas em 11 cidades de seis Estados brasileiros. Entre as alternativas apontadas por essas vítimas, 40% disseram que os agressores – com quem ela mantém ou manteve uma relação doméstica, familiar ou íntima de afeto – devem fazer tratamento psicológicos e/ou com assistentes sociais, 30% acham que eles deveriam frequentar grupos de agressores para se conscientizarem, 10% acham que a prestação de serviços a comunidade é a melhor alternativa penal. Os pesquisadores também apuraram que 9% das mulheres acreditam que tenham feito alguma coisa para ‘merecer’ a agressão. “9% me parece que é um número significativo e que merece atenção do poder público”, diz Cristiane Brandão, professora Direito Penal da Universidade Federal do Rio de Janeiro e coordenadora da pesquisa. Ela explica que o número é um sintoma da sociedade brasileira, “machista e patriarcal”.

sws_wilson

Futebol 2015: Torcidas comemoram títulos estaduais pelo Brasil

Comemorações das torcidas do Bahia, Vasco,Santos, Fortaleza, Internacional, Atlético-MG  e Santa Cruz dentre outras

Comemorações das torcidas do Bahia, Vasco,Santos, Fortaleza, Internacional, Atlético-MG e Santa Cruz dentre outras em festa pelo Brasil

A maioria dos Campeonatos Estaduais 2015, com os jogos de volta foram decididos neste domingo (3/5). Na Bahia, a equipe do Bahia reverteu o placar adverso do jogo de ida (3×0) para o Vitória da Conquista e, na Arena Fonte Nova, devolveu com juros e correção monetária pelo placar de 6×0, conquistando o bi-estadual; no Maracanã, após 12 anos, o Vasco voltou a levantar o título estadual ao vencer o Botafogo por 2×1. Na primeira partida no Engenhão, a equipe cruzmaltina já havia derrotado o adversário por um a zero; na Vila Belmiro, o Santos sagrou-se campeão na decisão por pênaltis (4×2), diante do Palmeiras, após vencer no tempo normal por dois a um. No jogo anterior no seu estádio, o Palmeiras havia vencido por um a zero; em jogo com briga generalizada entre torcidas no final, o Fortaleza empatou em dois a dois com o Ceará, na Arena Castelão e ficou com o título por ter vencido o primeiro jogo; o Internacional conquistou o pentacampeonato ao vencer o Grêmio por 2×1, no Beira Rio; na cidade de Varginha, o Atlético mineiro beneficiado por um gol em condição de impedimento do atacante Jô, venceu a Caldense por 2×1 e conquistou o título mineiro; no Estádio do Arruda, o Santa Cruz venceu o Salgueiro por um a zero e conquistou o 28º título estadual; em Goiás o título ficou com o Goiás; no Pará o Remo sagrou-se bi-campeão; em Santa Catarina o Joinvile conquistou o título em novo empate sem gols com o Figueirense; no Estádio Couto Pereira, o Operário de Ponta Grossa, surpreendeu o Coritiba ao golear por 3 a 0 o time da capital ficando com o inédito título de campeão paranaense.

Jequié 1×1 Atlético: Empate com sabor de derrota para o torcedor jequieense

De cabeça Rena desviou a bola do goleiro Pedro Henrique abrindo o placar

De cabeça Rena desviou a bola do goleiro Pedro Henrique abrindo o placar

Fotos João Lourenço

O torcedor jequieense deixou as dependências do Estádio Waldomiro Borges, na manhã deste domingo (3/5), com o sentimento de derrota do seu time, no empate em um a um diante do Atlético de Alagoinhas. Com o resultado em casa e a vitória do Grapiúna diante do Itabuna (2×1), no Luiz Viana Filho, o time do Jequié passou a ocupar,  nessa terceira rodada, a última colocação da fase de classificação do Campeonato Baiano da 2ª Divisão 2015, com apenas dois pontos positivos.

Atacantes do Jequié falharam muito no fundamento finalização

Atacantes do Jequié falharam muito no fundamento finalização

A expectativa do torcedor era de que o time comandado pelo técnico Sérgio Odilon, fizesse prevalecer o seu mando de campo. A ducha fria veio aos 10 min da etapa inicial quando um atacante do time visitante foi derrubado pelo zagueiro Índio. O árbitro Moisés não teve dúvida em marcar a cobrança da penalidade máxima. O atacante João Neto bateu no canto direito do goleiro Jeferson que se esticou e fez a defesa.

Três minutos depois do pênalti perdido pelo Atlético,  a situação se inverteu em favor do time da casa. O atacante Diego Renato recebeu livre a bola invadiu a área passou pelo goleiro mas escorregou na primeira tentativa. Mesmo desequilibrado conseguiu bater para dentro do gol que foi evitado com o uso da mão pelo zagueiro Alex Santos. Mais uma vez o árbitro não teve dúvida em marcar a penalidade máxima, expulsando o zagueiro atleticano de campo.  O estreante Rena encarregado da cobrança bateu fraco no canto para uma boa defesa do goleiro Pedro Henrique.

Mesmo atuando cerca de 80 minutos com mais um jogador em campo Jequié não soube aproveitar da vantagem

Mesmo atuando cerca de 80 minutos com um jogador a mais que o adversário,  Jequié não soube tirar proveito da vantagem numérica

A vantagem numérica não conseguiu ser bem aproveitada pelo time jequieense. Somente aos 13 min do segundo tempo, Rena redimindo-se do pênalti perdido, escorou bem de cabeça um cruzamento da direita, sem chance de defesa para o goleiro adversário. Quando o torcedor começava a acreditar na primeira vitória do Jequié, veio o castigo na mesma dosagem. O atacante João Neto que havia perdido o pênalti em favor do Atlético, aproveitou a bobeira do miolo da zaga e chutou forte à meia altura empatando a partida. A renda fornecida foi de R$ 8.240, para um público pagante de 844 torcedores. Domingo (10), o Jequié vai a Salvador enfrentar o Ypiranga, penúltimo colocado com o mesmo número de pontos do time jequieense.

Refletores foram acesos para teste. Placar não funciona

Refletores foram acesos para teste. Placar não consegue funcionar

Os quatro grupos de refletores do Estádio Waldomiro Borges, foram acesos para teste no segundo tempo do jogo Jequié 1×1 Atlético. Apenas três lâmpadas não acenderam situação que o secretário de Esportes, Jairo Rodrigues, revelou à nossa reportagem que será solucionada no início da semana. Em relação ao placar eletrônico que permanece sem funcionar, Jairo Rodrigues explicou que já foram feitas tentativas com várias empresas para restaurar o equipamento mas, sem não obteve sucesso. O secretário vê como solução, a aquisição de um novo placar por parte da Prefeitura.

sws_wilson

Festa para comemorar o Centenário de vida de Dona Zu

Comemoração no clube do Babacana reuniu a família

Comemoração no clube do Babacana reuniu a família

Final de semana marcado pela justa comemoração dos 100 anos de vida da senhora Zumerinda Santos Rocha, “Dona Zu”, como é conhecida. Filhos, netos, bisnetos e demais familiares residentes em Jequié e em outras cidades estiveram juntos na comemoração, realizada nas dependências do clube “Babacana”, no bairro Cidade Nova.

Dona Zu recebendo o carinho da filha Lalá, do genro Zeca de Amâncio, do neto, vereador Beto de Lalá, neta e bisneta

Dona Zu recebendo o carinho da filha Lalá, do genro Zequinha de Amâncio, do neto, vereador Beto de Lalá, neta e bisneta

sws_wilson

Batida entre duas motos mata três jovens de Jequié na BR-330

Três pessoas morreram no local do acidente (foto Giro em Ipiau)

Três pessoas morreram no local do acidente (foto Giro em Ipiau)

Três jovens todos moradores de Jequié, morreram em decorrência da colisão de duas motocicletas por volta das 18h15 deste sábado (2/5), na BR-330, em frente a via que dá acesso ao povoado de Vila Temão, município de Jitaúna. De acordo informações divulgadas pelo blog Giro em Ipiau, uma ultrapassagem inadequada de um caminhão, por parte de um dos motociclistas teria sido a causa do violente choque entre os dois veículos. No local do acidente morreram os primos Luciano Braga e Vanessa Braga, que seguiam com destino a Ilhéus, onde passariam o final de semana. O piloto da outra moto, Paulo Henrique Costa Nascimento, que seguia no sentido Ipiau-Jequié, também morreu no local. Um passageiro desse segundo veículo, cuja identificação não foi obtida, sofreu fraturas expostas e foi conduzido em uma ambulância do Samu, para o Hospital Geral Prado Valadares. Seu estado de saúde inspira cuidados. Os três corpos foram removidos e encaminhados ao IML de Jequié.

Implementado e Monitorado por: Neirival Neri  |  Agradecimento: AgenciaCARRILHO