Três pessoas de Jequié envolvidos em acidente com carro na BR-116. Motorista do Gol morreu no local

Acidente ocorreu na chamada "reta do Posto Turbo". Chovia muito e a pista estava escorregadia (foto celular)

Acidente ocorreu na chamada reta do Posto São Jorge. Chovia muito e a pista estava escorregadia (foto celular)

 

Três pessoas trabalhadores e residentes em Jequié, quando retornavam na tarde desta terça-feira (29/7) da cidade de Vitória da Conquista, envolveram-se em um grave acidente na BR-116, sentido Norte, próximo a cidade de Planalto. O motorista do Gol de cor branca, placa com algarismos 7023, conhecido pelo apelido de Léo, proprietário de uma borracharia no bairro Cidade Nova, teria forçado a ultrapassagem a outro veículo, em uma reta, indo de encontro a uma carreta. Léo morreu no local do acidente. Os outros dois ocupantes do carro, Gênio, que trabalha como mecânico, também na Cidade Nova, sofreu uma forte pancada na cabeça e está internado em estado grave na UTI do Hospital de Base de Conquista. O outro passageiro que estava no banco traseiro do carro, identificado pelo apelido de Tuca, teve as duas pernas fraturadas e está internado no mesmo hospital. O acidente ocorreu por volta das 17h30 e os três amigos retornavam para Jequié após terem ido a Vitória da Conquista comprar uma peça automotiva. Chovia bastante no momento do acidente. Agentes do Departamento de Polícia Técnica foram até o local fazerem a perícia para identificar as causas do acidente. O tráfego no local ficou interrompido por quase uma hora, com a presença de equipes da Polícia Rodoviária Federal e ViaBahia  no controle do trânsito. O corpo do motorista do Gol seguiu para Instituto Médico Legal-IML de Conquista, para necropsia.

Jequié adere a Programa Federal para reduzir a desnutrição e incentivar a agricultura familiar

Em Jequié, 43 entidades são beneficiadas diretamente pelo PAA (divulgação)

Em Jequié, 43 entidades são beneficiadas diretamente pelo PAA (divulgação)

Garantir a comercialização dos produtos rurais de forma direta, sem atravessadores, e assegurar alimentação a quem mais precisa. Essa é a essência do PAA, o Programa de Aquisição de Alimentos do Governo Federal, instituído pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Pobreza. Em Jequié, a Prefeitura Municipal aderiu ao PAA em março deste ano. O investimento inicial do Governo Federal em Jequié foi de R$ 1.141.354,22. Foram cadastrados 254 agricultores do município. O Secretario de Agricultura, Irrigação e Meio Ambiente de Jequié, Carlos André, esclarece os motivos da adesão do município ao Programa de Aquisição de Alimentos: “O Programa funciona de forma prática. O Governo Federal disponibiliza um valor para fazer a compra diretamente do agricultor.

O agricultor precisa estar cadastrado no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF.

O agricultor precisa estar cadastrado no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF.

A contra partida da Prefeitura é administrar estes recursos e arcar com os custos de locação do espaço para a entrega da produção rural, contratação de pessoas, montagem de um galpão, carro para entrega e combustível”. Os alimentos são adquiridos sem licitação, por preços de referência que não podem ser superiores nem inferiores aos praticados nos mercados regionais, até o limite individual por agricultor de R$ 4,5 mil ao ano e a partir de agosto de 2014 o limite passa para R$ 5,5 mil. Na modalidade de Incentivo à Produção e ao Consumo do Leite, no entanto, este limite é semestral. Uma vez adquiridos, os alimentos são destinados às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional e que sejam atendidas por programas sociais locais. O coordenador do PAA, Danilo Machado, destaca ainda que o dinheiro investido no programa também ajuda a desenvolver o município: “Esse dinheiro disponibilizado para a compra desses produtos agrícolas retorna em forma de compra no próprio comércio de Jequié”.

Ambulância do Samu de Itacaré cai em lago com paciente

A ambulância ficou parcialmente submersa no lago (foto Blog do Gusmão)

A ambulância ficou parcialmente submersa no lago (foto Blog do Gusmão)

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) sofreu um acidente enquanto transportava uma paciente na BA-001, entre as cidades de Itacaré e Ilhéus. O veículo capotou na rodovia e caiu em um lago durante a madrugada de terça-feira (29/7).  O acidente aconteceu por volta de 1h, já na cidade de Ilhéus. “Dois bois estavam cruzando a pista e a ambulância desviou deles. Ela capotou e caiu no lago, às margens da rodovia”, explica a Secretária de Saúde de Itacaré, Estela Cruz. “O condutor conseguiu sair e socorreu os outros que estavam no veículo”, relata. Com os celulares molhados, os ocupantes da ambulância ficaram sem comunicação e foram salvos por outras pessoas que passaram pela rodovia. Estavam no veículo o condutor, a paciente, sua filha e uma técnica de enfermagem, que sofreu uma fratura na costela e foi a única ferida no acidente. Segundo a secretária, a paciente que estava na ambulância havia sido esfaqueada em Itacaré. Uma outra ambulância do Samu de Ilhéus a socorreu para o Hospital Luis Viana, também em Ilhéus. Ela deu entrada na unidade médica ainda durante a madrugada e já recebeu alta. A Polícia Civil de Itacaré e o Departamento de Polícia Técnica (DPT) investigam o ocorrido. (Correio)

Equipe da APAE/Jequié lidera manifestação em defesa de aluno que necessita de cirurgia

Manifestação reuniu educadores da APAE  e familiares de alunos da instituição

Manifestação reuniu educadores da APAE e familiares de alunos da instituição

A equipe da APAE de Jequié, com as participações de representantes de outras entidades sociais da cidade e familiares de estudantes da instituição, realizaram na manhã desta segunda-feira (29/7), uma manifestação em frente ao portão de acesso ao Hospital Geral Prado Valadares, cobrando das instituições públicas da cidade, o encaminhamento de um aluno de pré nome Waldemir (14), portador da Síndrome de Down, que está necessitando de uma cirurgia cardíaca, em hospital especializado em Salvador.  A presidente da APAE, Moana Meira, disse que foi dada entrada numa ação no Ministério Público pedindo que fosse determinado a agilização do processo, mas, ainda não foi conseguida a vaga, já sendo passados 40 dias.  A criança permanece internada em Jequié e, de acordo com a presidente da APAE, o último relatório médico informou que 5% de um dos pés da criança já está com necrose. O apelo  da entidade é na tentativa de fazer valer o Estatuto da Criança e do Adolescente, para que essa criança seja transferida imediatamente. “Não podemos mais esperar. Nos últimos meses perdemos outros três alunos em decorrência dessa espera”, desabafou.

Siena pega fogo após colidir com ônibus. Duas pessoas ficam feridas

Siena com placa de Jaguaquara pegou fogo após a colisão (foto Repórter Dhan Silva)

Siena com placa de Jaguaquara pegou fogo após a colisão com ônibus da Itapemirim (foto Repórter Dhan Silva)

Um Fiat Siena com placa OZI 3449 licença da  cidade de Jaguaquara colidiu na manhã desta terça-feira (29/7), com um ônibus da Viação Itapemirim, que fazia o trajeto Rio de Janeiro/Salvador. O acidente ocorreu na BR 116, próximo ao Apoio Rodoviário R. Silva, na região conhecida como Suiça, em Jequié. Após o choque, o Siena pegou fogo. A senhora Elaine Costa, funcionária da prefeitura de Jaguaquara que estava no  interior do automóvel foi socorrida e levada para o Hospital Geral Prado Valadares, com ferimentos graves e queimaduras no corpo e permanece internada. O motorista do carro, Moacir Rodrigues, também funcionário público municipal em Jaguaquara sofreu várias escoriações. Populares iniciaram procedimento para evitar a propagação do fogo até a chegada de uma viatura do Corpo de Bombeiros. Os nomes dos dois ocupantes do Siena, não foram informados no local do acidente.  (por Dhan Silva)

Professores desenvolvem a implantação do Plano Municipal de Educação em Jequié‏

Professores participando de reunião do Plano Municipal de Educação (divulgação)

Professores participando de reunião do Plano Municipal de Educação em Jequié (divulgação)

Professores da Rede Estadual, Municipal e Particular de Ensino de Jequié, debatem a implantação do Plano Municipal de Educação – PME.  A reunião na segunda-feira (28/7), aconteceu no auditório da Secretaria Municipal de Educação, e contou com a presença do secretário de Educação, João Magno, da professora Rosemaire Barbosa Barreto, coordenadora de grupos de trabalho de elaboração do Plano Municipal de Educação.  A coordenadora da APLB Sindicato, professora Caroline Moraes,  disse que o PME oferece oportunidade aos segmentos sociais da cidade falar sobre o que quer e o que acha da educação. “É um momento de democratização e organização do sistema de ensino público e privado em Jequié”, pontuou. A partir deste encontro as comissões têm noventa dias para apresentarem os trabalhos construídos e durante esse período a Secretaria de Educação e o Conselho Municipal de Educação irão orientar as comissões que fazem parte da elaboração do PME. Também participaram da reunião, a presidente do Conselho Municipal de Educação, professora Vitória Brandão, o  representante da Universidade do Sudoeste da Bahia-UESB, professor Paulo Marcelo, e o presidente da Associação Quilombola do Barro Preto, professor Micael Paixão de Jesus.

Crescimento do setor de panificação no Brasil esbarra no déficit de mão de obra qualificada

José Marcos Andrade, presidente da Associação de Panificadores de Jequié (foto reprodução)

José Marcos Andrade, presidente da Associação de Panificadores de Jequié (foto reprodução)

O setor de panificação brasileiro tem um grande problema para tentar solucionar nos próximos anos relacionado à escassez de mão de obra. O déficit no Brasil está em torno de 30 mil postos de trabalho, estima a Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria – ABIP. O presidente da Associação dos Panificadores de Jequié, José Marcos Andrade, revela que apesar do setor ser um grande empregador, do chamado primeiro emprego, a falta de qualificação profissional tem sido flagrante. “Os padeiros qualificados estão envelhecendo, aposentando e, não tem existido sucessão familiar nesse segmento”, destaca o presidente da APJ. Na tentativa de tentar enfrentar o problema, a Associação dos Panificadores de Jequié estará inaugurando no próximo dia 15 de agosto, a sua sede própria na Praça Duque de Caxias, bairro Jequiezinho, onde será instalada uma escola de panificação, equipada com  maquinário de primeira geração para ser utilizado nas aulas práticas, para o setor de panificação e confeitaria. “A idéia de nossa diretoria é buscar parceria com o Senai, para a estruturação de cursos permanentes. Se conseguirmos formar anualmente uma mão de obra qualificada, em torno de 20 alunos, estaremos suprindo em pouco tempo esse déficit do mercado local e regional”, explicou. No dia 16 de agosto, a Associação dos Panificadores de Jequié, abre o XIII Encontro Regional de Panificação em Jequié, paralelo com a III Feira de Máquinas e Equipamentos de Panificação. Durante o evento empresas parceiras realizam várias oficinas  de capacitação de mão de obra.

7ª Ciretran/Jequié tem nova direção a partir de terça-feira, 29

Major PM Silvério

Major PM Silvério

A  7ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Jequié, estará mudando de comando nesta terça-feira (29/7). O Major PM José Silvério de Almeida Neto, assumirá o cargo em substituição  a Hermínio Rangel. Em Jequié, o Major Silvério havia exercido anteriormente o sub-comando do 19º Batalhão da Polícia Militar.

 

 

Justiça suspende bingo e população incendeia e rouba prêmios na Bahia

População enfurecida exigia que o dinheiro da compra das cartelas fosse devolvido (foto: Blog Portal Ponto Novo)

População enfurecida exigia que o dinheiro da compra das cartelas fosse devolvido (foto: Blog Portal Ponto Novo)

Um bingo que estava sendo realizado na tarde de domingo (27/7), na cidade de Ponto Novo, terminou em confusão e vandalismo neste domingo (27). Segundo a polícia, a confusão começou por volta das 16h, depois que o sorteio já tinha iniciado. Segundo a polícia, o delegado recebeu uma determinação via fax, emitido por uma promotora do município, para suspender o bingo que estava sendo realizado na praça principal da cidade. As dezenas já estavam sendo sorteadas quando os organizadores do evento anunciaram no palanque que a Justiça havia embargado o evento. A população exigiu que o dinheiro dos bilhetes – cada um custou R$10 – fosse devolvido naquele momento. Ainda segundo a polícia, os organizadores do evento alegaram que não tinham como fazer a devolução naquele momento, o que causou revolta nas pessoas que estavam no local.

Carros que seriam sorteados foram incendiados por manifestantes (foto: Blog Portal

Carros que seriam sorteados foram incendiados por manifestantes (foto: Blog Portal Ponto Novo)

Os dois carros que seriam premiados no bingo foram incendiados pela população. As duas motos que também faziam parte dos prêmios foram roubadas, mas uma delas já foi recuperada pela polícia. Buscas estão sendo realizadas para localizar a outra motocicleta.  Um dos organizadores do bingo foi preso e levado para a 19ª Coordenadoria da Polícia no Interior em Senhor do Bonfim, onde está sendo ouvido pelo delegado titular da região. Nenhum dos moradores acusados de provocar o quebra-quebra foi identificado e preso pela polícia. (Correio)

Domésticas devem ter a carteira assinada até o dia 8 de agosto

A não assinatura da CTPS da doméstica resulta em multa de R$ 805 (foto reprodução)

A não assinatura da CTPS da doméstica resulta em multa de R$ 805 (foto reprodução)

A partir de 8 de agosto empregadores que deixarem de assinar a carteira de trabalho de empregadas domésticas estarão sujeitos a uma multa de R$ 805. O valor pode aumentar em caso de omissão do empregador, idade do empregado e tempo de serviço. Esta é mais uma das medidas que passam a valer após a aprovação da PEC das Domésticas no ano passado, assim como a jornada de trabalho de oito horas e o pagamento de horas extras. Alguns direitos previstos pela lei ainda dependem de regulamentação. regulamentação. A nova lei não faz parte da PEC das Domésticas, mas vem na esteira da conquista de direitos, o Ministério do Trabalho tem o poder de cobrar a multa e fazer uma autuação. Apesar da lei, ainda há uma indefinição pelo Ministério do Trabalho de como será feita a fiscalização, já que um auditor não poderá entrar na casa das pessoas.

Implementado e Monitorado por: Neirival Neri  |  Agradecimento: AgenciaCARRILHO