Ministério da Agricultura descarta irregularidade em carnes na Bahia

Operação Carne Fraca deflagrada pela Polícia Federal na sexta-feira, 17

Na Bahia não há indícios de que os produtos processados pelas duas unidades das JBS (de marcas como Friboi, Swift e Seara) no estado – em Itapetinga e São Gonçalo dos Campos – estejam fora do padrão para consumo. O chefe da Divisão de Defesa Agropecuária da Superintendência Federal da Agricultura na Bahia, Altair Santana de Oliveira, em entrevista ao jornal A Tarde, revelou que as duas empresas baianas da JBS são de padrão de excelência e nível tecnológico muito avançado. Ele assegurou que as inspeções feitas pelo órgão nestas unidades mostram que não há irregularidades como as reveladas na operação da Polícia Federal, que teria passado dois anos investigando as fraudes nos frigoríficos em vários estados. “Imagino que os da Bahia também tenham sido alvo de investigação, mas não foram citados”, disse Oliveira, acrescentando não ter recebido, até o momento, nenhuma orientação do Ministério sobre recolhimento de produtos em São Gonçalo dos Campos onde a JBS produz salsicha, mortadela, frango inteiro e cortes da marca Seara; em Itapetinga o frigorífico da JBS processa carne bovina desossada e embalada a vácuo. O Ministério da Agricultura começou neste domingo (19), a recolher a carne estragada dos três frigoríficos do sul onde a fraude foi confirmada. A operação prendeu executivos dos grupos JBS (de marcas como Friboi, Swift e Seara) e BRF (Sadia e Perdigão) no Distrito Federal e em seis estados, entre os quais Paraná, Santa Catarina e Goiás.

Domingos Ailton discute criação de unidade de conservação em Jequié

Plenário da 124ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA)

O presidente do Grupo Ecológico Rio de Contas (Gerc) e conselheiro do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama), Domingos Ailton, foi encaminhado pelo secretário de Relações Institucionais do Ministério do Meio Ambiente, Edson Duarte, para conversar com técnicos da Coordenação de Criação de Unidades de Conservação do  Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICBIO, a respeito da criação de uma unidade de conservação na região de Jequié. Domingos Ailton destacou que mesmo tendo uma grande diversidade biológica, formada por Caatinga, Mata Atlântica e Mata de Cipó, o município não conta com uma única unidade de conservação. O ambientalista observou junto com  técnicos  do órgão ambiental, por meio de imagens de satélite, que a vegetação da região de Jequié está muito fragmentada, mas ainda existem manchas representativas de mata.

Domingos Ailton apresentou sua proposta na reunião do Conama

Durante  seu pronunciamento, Domingos Ailton pediu apoio do Ministério do Meio Ambiente para criação de uma unidade de conservação, lembrando que na região existem várias nascentes de água que estão  sendo destruídas por queimada e desmatamento. O Gerc pretende lançar dia 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, uma ampla campanha  pela criação de uma área de conservação ambiental em Jequié e  municípios da região como Jitaúna, Itagi, Aiquara, Apuarema, Dário Meira, Jaguaquara, Lafaiete Coutinho, Manuel Vitorino  e Maracás. A entidade quer aproveitar a Campanha da Fraternidade deste ano  sobre os biomas brasileiros, organizada pela Igreja Católica, para fortalecer a ideia de criação da unidade  de proteção ambiental  na região de Jequié. Domingos Ailton recebeu orientação dos técnicos sobre as diversas categorias de unidade de conservação e os passos para sua  criação e encontrou receptividade tanto no Ministério do Meio Ambiente quanto no ICMBIO em relação a proposta do Gerc.

Sambista Arlindo Cruz está em estado grave após sofrer AVC

O sambista Arlindo Cruz, de 58 anos, permanece internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI), da Casa de Saúde São José, no Rio de Janeiro. Segundo a assessoria de imprensa do cantor, após a realização de exame de tomografia computadorizada cerebral, a equipe médica diagnosticou o AVC hemorrágico e o procedimento foi realizado com sucesso sendo que o quadro dele é grave, porém estável. Arlindo Cruz passou mal em sua casa e foi levado por uma ambulância do Corpo de Bombeiro para a Coordenação de Emergência Regional (CER) da Barra da Tijuca. Compositor e cantor de samba, o carioca Arlindo Cruz começou a trabalhar profissionalmente como músico ainda adolescente, tocando cavaquinho e violão. Integrou por 12 anos o grupo Fundo de Quintal, do qual se desligou em 1993 para iniciar uma carreira solo. Autor de sambas-enredo de sua escola de coração, o Império Serrano, e de outras agremiações, Arlindo Cruz tem, além de seus próprios discos, composições gravadas por intérpretes como Zeca Pagodinho e Beth Carvalho.

Lenda do rock, Chuck Berry morre aos 90 anos nos EUA

Chuck Berry, um dos grandes padrinhos e fundadores do rock graças à música “Maybellene”, lançada em 1955, morreu neste sábado (18) aos 90 anos, segundo informou a polícia do condado de St. Charles, no Missouri (EUA). O guitarrista lendário foi encontrado em sua casa já sem sinais vitais. A causa da morte ainda não foi revelada.

Deputado Antonio Brito destina R$ 1,50 milhão em emendas para Jequié

Antonio Brito destina emendas em três Ministérios para Jequié

O deputado federal Antonio Brito (PSD), fez indicações para a Prefeitura de Jequié ser contemplada com recursos de emenda individual de sua autoria no valor total de R$ 1.050 milhão com a seguinte especificação.   No Ministério do Turismo Apoio a Projetos de Infraestrutura Turística, R$ 250 mil; no Ministério da Saúde, para Apoio à Manutenção de Unidades de Saúde R$ 550 mil e no Ministério da Agricultura Apoio ao Desenvolvimento Sustentável de Territórios Rurais – Reforma e Ampliação do Centro de Abastecimento Vicente Grillo em Jequié, R$  250 mil.  As propostas deverão ser até o dia 29 de março em curso, sendo que, o não cumprimento acarretará na perda do recurso.

Após protestos ambulantes retornam aos pontos e Prefeitura emite esclarecimento

Ambulantes mantiveram trânsito interditado na sexta-feira, 17

Após a manifestação dos comerciantes informais do centro de Jequié, que perdurou por mais de 6 horas na manhã de sexta-feira (17), inclusive com a interdição das vias de trânsito com barreiras,  logo após tomarem conhecimento através de prepostos da  Prefeitura  de que a Secretaria de Infraestrutura, havia determinado que eles não instalasses barracas, tabuleiros, veículos, galiotas e outros instrumentos de comércio ambulante na área, a gestão municipal voltou atrás e deu permissão para que eles retornassem aos seus locais de comércio às 13h30 de sexta (17), permanecendo até este sábado (18). Na segunda-feira (20) não será permitida a instalação do comércio ambulante e uma nova reunião com equipe da Prefeitura e comissão de representantes dos camelôs será realizada.

Ambulantes tiveram permissão para voltar aos locais de trabalho neste sábado, 18

A título de esclarecimento do assunto,  através da assessoria de Comunicação Social da Prefeitura, foi emitida nota oficial, fundamentada em artigos do Plano Diretor Municipal, com o texto abaixo:

“…após reuniões entre os ambulantes e a Secretaria de Infraestrutura, ficou decidido que um novo local seria proposto para ser utilizado pelos ambulantes e que a lei seria cumprida, mantendo a ordem e o direito dos cidadãos de transitarem livremente nas calçadas e vias públicas de Jequié.

Alguns locais foram propostos para realocação dos vendedores ambulantes para que eles desocupem as vias públicas: os vendedores de hortifruti seriam relocados para a área interna da feira livre no mercado municipal. Foi identificada a existência de barracas abandonadas no mercado. Esses espaços seriam utilizados para estes ambulantes. Os outros de eletroeletrônicos, roupas e afins, ficariam no espaço lateral do supermercado G Barbosa, área já utilizada por eles, só que desta vez com um alvará público, concedido pela Secretaria de Infraestrutura. E os demais ambulantes seriam realocados em terreno ao lado do prédio da agência do Banco Itaú, localizado no entorno da Feira Livre.

A Prefeitura de Jequié reconhece a problemática social que envolve muitas daquelas pessoas, que sobrevivem do seu trabalho. Mas a lei e a ordem devem ser mantidas, ao mesmo tempo em que deve ser levada em conta que muitas delas já possuíram quiosques, barracas e box e venderam. E isto foi detectado durante o cadastramento realizado. Ao mesmo tempo que essa ocupação das vias públicas, prejudica o trânsito, afunilando a passagem de pedestres nas calçadas e prejudica o comércio, com a quantidade demasiada de barracas nas portas das lojas.

Na manhã desta sexta-feira, 17/03, com todos os ambulantes já devidamente notificados, tendo findado o prazo para que as vias fossem desobstruídas, o município entrou em ação, contando com o apoio da Guarda Municipal e da Policia Militar, procurando ordenar especificadamente o espaço urbano do centro da cidade”.

80% dos deputados da comissão defendem mudar algo na Reforma da Previdência

Henrique Meirelles (Fazenda” diz que governo não tem Plano B

Um levantamento efetuado pelo portal G1 aponta que 29 dos 36 integrantes (80,5%) da comissão especial da Câmara que analisa a proposta de reforma da Previdência Social defendem algum tipo de mudança no texto original da proposta enviada pelo governo. Os pontos mais polêmicos da reforma são: A  idade mínima de 65 anos para homens e mulheres poderem se aposentar; regra de transição para homens com 50 anos ou mais e para mulheres com 45 anos ou mais e 49 anos de contribuição para receber aposentadoria integral. A posição majoritária dos deputados da comissão contrasta com o discurso da equipe econômica do governo, para a qual é essencial a aprovação sem mudanças do texto do projeto, a fim de que a reforma produza os efeitos desejados. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, tem afirmado que não há “plano B” e que, sem a reforma tal como o governo propôs, pode haver aumento de impostos e programas sociais podem sofrer cortes.

Vereador Tinho aponta necessidade de asfalto nos acessos ao Mandacaru I e II

Tinho afirmou que seu pedido atende ao anseios de centenas de pessoas

Em requerimento apresentado na sessão de quarta-feira (15), o  Vereador Tinho (PV)  presidente da Câmara Municipal reivindicou ao prefeito Sérgio da Gameleira e as  secretarias municipais de Infraestrutura e Serviços Públicos, providencias visando o asfaltamento da Rua Dr. Ivan José da Silva, principal via de acesso aos Conjuntos Habitacionais Mandacaru I e II. O vereador Tinho justificou em seu pedido que o benefiamento da via citada possibilitará uma melhoria considerável para a circulação dos moradores desses locais, bem como das pessoas e veículos que ali transitam. “A comunidade tem reivindicado a realização dessa obra há muito tempo, pois, o local encontra-se mal conservado e a falta de drenagem tem prejudicado a manutenção deste serviço. Uma vez realizada, a obra beneficiará toda a comunidade”.

PF diz que propina da Carne Fraca abastecia PMDB e PP

O esquema seria liderado por fiscais agropecuários federais e empresários do agronegócio

O delegado federal Maurício Moscardi Grillo afirmou na sexta-feira (17) que parte do dinheiro arrecadado pelo esquema de corrupção envolvendo fiscais e maiores frigoríficos do Pais, descoberto pela Operação Carne Fraca, abastecia o PMDB e o PP.  De acordo com a PF, os fiscais se utilizavam dos cargos para, mediante propinas, facilitar a produção de alimentos adulterados por meio de emissão de certificados sanitários sem que a verificação da qualidade do produto fosse feita. “Dentro da investigação ficava bem claro que uma parte do dinheiro da propina era, sim, revertido para partido político. Caracteristicamente, já foi falado ao longo da investigação dois partidos que ficavam claros: o PP e o PMDB”, afirmou. Executivos do frigorífico JBS e da empresa BRF Brasil foram presos. Segundo a PF, a operação detectou em quase dois anos de investigação que as Superintendências Regionais do Ministério da Pesca e Agricultura do Estado do Paraná, Minas Gerais e Goiás “atuavam diretamente para proteger grupos empresariais em detrimento do interesse público”.

Retirada de camelôs gera protestos e vias são interditadas

Camelôs sentaram na pista e em seguida atearam fogo em pneus

A determinação da Secretaria de Infraestrutura e Regulação do Solo da Prefeitura de Jequié, com a utilização das equipes de fiscalização, Guarda Municipal e Agentes de Trânsito, no sentido de que não fosse permitida na manhã desta sexta-feira (17), a instalação do comércio informal na Rua Corredor Costa Brito, na área em torno do Centro de Abastecimento Vicente Grillo-CEAVIG, provocou de imediato a reação contrária dos ambulantes, que em meio a protestos formaram barreiras humanas impedindo o tráfego de veículo nas vias que interligam o setor comercial.

Uma das barreiras humanas formadas entre a Praça da Bandeira e Rua Félix Gaspar

Afirmando terem sido “traídos” pela gestão municipal os ambulantes alegavam dificuldades financeiras que estarão impostas a eles caso não possam comercializar suas mercadorias. Numa primeira informação, transmitida em programa de rádio pelo radialista Júnior Mascote (95 FM), a Seinfra revelava que não iria voltar atrás  na decisão. A justificativa é a busca de ordenamento do comércio informal, dentro do plano que regularização das áreas de estacionamento e o trânsito da cidade. A Polícia Militar foi chamada no local mas, se manteve acompanhando o protesto, com o propósito de evitar excessos e danos a terceiros. Vários ambulantes afirmavam que não iriam ceder à pressão, sem que seja destinada um local para suas relocalizações.

Suspeito de tráfico tomba em revide a policiais da CIPE e 19º BPM

Droga e arma encontrada em poder so suspeito

Na primeira hora desta sexta-feira (17)  duas guarnições da CIPE CENTRAL, com o apoio do 19º BPM, após  receberem  denúncia de tráfico de drogas no residencial Campo Belo, no bairro Joaquim Romão, se deslocaram até o local, onde foi avistado  um indivíduo  jogando uma embalagem plástica pela janela, em seguida correndo para um imóvel, não obedecendo a ordem de parada da guarnição que saiu em seu encalço. De acordo  com a ocorrência, os policiais foram  surpreendidos já no interior do imóvel onde foram desferidos disparos pelo suspeito, que foram rechaçados de imediato pela equipe, visando estancar a ação delituosa e  salvaguardar as próprias vidas.

Ao cessar o tiroteio, foi realizada uma varredura perimetral foi localizado baleado o indivíduo de identidade ignorada portando  um revólver calibre 38, marca Taurus de numeração suprimida. O homem foi levado ao  Hospital Geral Prado Valadares, onde foi constatado o óbito. Dentro da sacola plástica além da arma, foram encontradas 25 trouxas de maconha, 20 petecas de cocaína, uma balança de precisão e R$ 25 em dinheiro. Todo o procedimento e entrega de material apreendido foi apresentado ao delegado José da Costa Fonseca Filho.