Homem curte “momento de conforto” em cama box dispensada no lixo

Indiferente ao sol e a sujeira do local homem conseguiu curtir uma boa “soneca”

Um colchão dispensado pelo ex-proprietário, em um terreno baldio, transformado em depósito de lixo, às margens do Rio Jequiezinho [fundo do Condomínio Colinas de São Paulo], no São Judas Tadeu se transformou no ambiente aconchegante para um cidadão, que na tarde deste domingo, 13, resolveu curtir no loca, o “sono dos justos”. A temperatura, a sujeira aliada ao mau cheiro e o olhar curioso de quem passava pelo local foram indiferentes, para interromper que o homem desfrutasse de algumas boas horas de absoluta tranquilidade.

Jequié não consta de relatório da Firjan por não ter enviado informações em 2016

Índices de desenvolvimento de Jequié não são divulgados pela Firjan por falta de informações

O Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), indica os municípios baianos de Sítio do Mato, São Félix do Caribe, Lapão e Casa Nova, com os melhores índices de investimentos em 2016. Os dados foram divulgados esta semana pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, após análise da situação de 4.544 municípios que repassaram informações para a Secretaria do Tesouro Nacional (STN). O levantamento traz dados sobre Investimentos, Receita Própria, Gastos com Pessoal, Liquidez e Custo da Dívida. Jequié, ao lado de Gandu, Ibicuí, Uruçuca, Itapitanga, Ipiaú, Camamu, Floresta Azul, Itabela, Itapetinga, Itabela, Buerarema, Jussari, Itacaré, Itajuípe, Iguaí,  Barro Preto, Coaraci, Itagimirim e Santa Cruz da Vitória, não constam na relação dos municípios por não terem informados os dados para a Secretaria do Tesouro Nacional. Entre os municípios que enviaram as informações Almadina, Ibiquera, Inhambupe obtiveram baixo índice de  0,3 décimos, enquanto o pior desempenho foi de Itapebi, no extremo sul, que ficou com menos de 0,1 décimo.

 

Distritão: Se estivesse valendo em 2016 maioria das Câmaras Municipais teriam composições diferentes no país

Senadores e deputados divergem sobre modelo da Reforma Política para 2018

Se estivesse valendo nas eleições municipais de 2016, o modelo do Distritão, em análise na Câmara dos Deputados, para valer a partir de 2018, em que reconhece eleitos os deputados federais, estaduais e vereadores, que forem os mais votados pelos eleitores, a absoluta maioria das Câmaras Municipais brasileiras não teriam as composições eleitas naquele ano, cujos mandatos estão assegurados até 2020. O sistema vigente em 2016 e, que ainda está valendo, é o da proporcionalidade, em que um parlamentar para ser eleito, tem como cálculo o número de votos que ele recebeu e o coeficiente eleitoral atingido por seu partido ou coligação.

Citando apenas para ilustrar, a atual composição da Câmara Municipal de Jequié, caso em 2016 já estivesse em vigor o modelo do Distritão, a configuração seria diferente, tanto em relação aos integrantes quanto aos partidos: O PTN que tem três cadeiras na Câmara, teria mais um representante; o PSOL que tem dois membros, passaria a ter três; o PSC com um, teria dois vereadores, o PSD que não elegeu ninguém teria dois vereadores, enquanto o PRP que elegeu dois e o PV que elegeu um, não teriam representantes na Câmara. A composição da Câmara de Jequié seria a seguinte: Ramon Fernandes PTN 2778, votos; Zé Simões PHS 2077; Soldado Gilvan  PPS 1975; Ivan do Leite PSB 1884; Fiim PSL 1696; Gutinha PMDB 1640; Joaquim Caires PMDB 1589; Dorival Júnior PRB 1577; Pastoleiro PTN 1527; Marcinho de Marino do Taxi PP 1480; Chico de Alfredo PSD 1414; Admilson Careca PSC 1342; Roque Silva PTN 1305; Guina Produções PSOL 1218;  Ednael Almeida PSD 1192; Sidney Magal PSC 1168; Dr. Cláudio PTN 1166; Adriano Guião PSOL 1164; e Ziel Cavalcante PSOL 1162.

Feliz Dia dos Pais!

“Chance Zero de disputar o governo em 2018”, diz Jaques Wagner

Jaques Wagner rechaçou de imediato a ideia do Movimento “Volta Wagner”

No início da semana tentou ganhar corpo em Salvador, o Movimento “volta Wagner”, no qual, simpatizantes do ex-governador, acenavam para a possibilidade dele vir a ser candidato na cabeça da chapa majoritária governista, enquanto o atual governador Rui Costa, assumiria candidatura a uma das duas vagas da Bahia, no Senado Federal. Em resumo, a proposta seria de inverter o cenário que vem traçado pelas lideranças petistas baianas. Jaques Wagner, atualmente Secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, buscou de imediato conter o ímpeto dos que faziam a defesa desse projeto, revelando para a imprensa da capital, através de sua assessoria, “Chance zero”, sobre essa possibilidade de ele ser candidato a governador em 2018. A defesa da candidatura de Wagner ao governo, feita pelo presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputado Ângelo Coronel (PSD), e de seu antecessor, deputado Marcelo Nilo (PSL), apimentou a discussão, que foi contida de imediato, para evitar maior propagação. O presidente do PT na Bahia, Everaldo Anunciação, além de negar qualquer possibilidade de o governador Rui Costa (PT) não ser candidato à reeleição, diz ter “certeza” de que a suposta movimentação foi “plantada” por alguém da base do prefeito ACM Neto (DEM), provável adversário de Rui na disputa pelo Palácio de Ondina em 2018.

Fundo de Campanha foi item mais contestado em debate sobre Reforma Política

Deputado Euclides Fernandes, debate reforma política com o jornalista Wilson Midlej e o advogado Henrique Malta

A criação do Fundo Especial de Financiamento da Democracia, para substituir as doações empresariais, no financiamento de campanhas eleitorais, foi o ponto mais criticado, no debate realizado na manhã deste sábado, 12, no programa A Semana em Revista (93 FM), apresentado pelo deputado estadual e jornalista Euclides Fernandes, tendo como convidados o jornalista e escritor Wilson Midlej e o advogado Henrique Malta. As críticas direcionadas à criação desse fundo de campanha, — que será composto por recursos da União e corresponderá a 0,5% da receita corrente líquida dos últimos 12 meses, em valores atuais, no montante de R$ 3,2 bilhões de reais—são de que não tem justificativa retirar valores que poderiam ser investidos em outras áreas, como saúde e educação, para pagamento de campanhas eleitorais, “cerca de R$ 800 milhões anuais aos cofres públicos. Chega a ser indecente”, esbravejou o apresentador do programa. O texto da reforma foi aprovado na sessão da última quinta-feira, 10 da Câmara dos Deputados, mas a votação será retomada na próxima terça, 15. As medidas que foram aprovadas do texto-base, para vigorarem nas eleições de 2018, terão de passar até outubro, por votações em dois turnos nos plenários da Câmara e do Senado. No programa A Semana em Revista, também foram debatidos as demais alterações previstas nas regras eleitorais do país, a exemplo do chamado “Distritão”, no qual serão eleitos os deputados federais e estaduais mais votados, o mesmo que ocorrerá em relação aos vereadores.

Acesso à Santa Casa São Judas Tadeu será asfaltada

Asfalto dará melhores condições de acesso ao Hospital Maternidade

O empresário Gilson Brito da Silva, diretor da empresa Gimacon, vencedora de licitações públicas da Prefeitura de Jequié, para serviços de “tapa buracos” e pavimentações asfálticas de algumas ruas da cidade, informou na última sexta-feira, 11, à reportagem do Jequié Repórter, que a via de acesso à Santa Casa Hospital São Judas Tadeu, será uma das primeiras intervenções que estará realizando a partir da próxima semana. Gilson Brito explicou que a restauração da Avenida César Borges, foi interrompida durante a semana devido a um problema técnico no equipamento de controle da usina, mas, após o conserto e o retorno de uma peça enviada à fábrica no Rio Grande do Sul, na manhã deste sábado, 12, estariam sendo retomados os serviços de restauração da pavimentação da cidade.

José Simões diz que precisa ser convidado e convencido para assumir a liderança do prefeito

José Simões diz que é chegada a hora dos vereadores mais novos assumirem a missão de líder do executivo

Entre os doze vereadores que integram a base aliada do prefeito Sérgio da Gameleira (PSB), é voz corrente de que deve recair na pessoa do vereador José Simões de Carvalho Júnior (PHS), a função de líder do executivo na Câmara, que se encontra vaga em razão do pedido de afastamento do vereador Dorival Júnior (PRB). Para Simões a função não demonstra lhe envaidecer. Ele prefere afirmar que a missão deve ser dada a um dos vereadores mais novos. Não descarta porém, a possibilidade de vir a aceitar, a depender do convite e do convencimento que lhe seja feito para assumir a liderança. Ouça abaixo a entrevista do vereador José Simões, ao blog Jequié Repórter

Câmara de Jequié aprova Moção de Congratulações pelo Dia dos Pais

A Câmara Municipal de Jequié, aprovou por unanimidade, na sessão de quarta-feira, 9, Moção de Congratulações a todos os Pais, de autoria do vereador Reges Silva (PT), pela data comemorativa do Dia dos Pais, que será celebrada no próximo domingo, 13. A homenagem foi registrada como fruto do reconhecimento da Casa Legislativa a todos os pais, “uma vez que temos muito carinho por essa pessoa que representa uma figura de força e construção familiar”. Na moção o vereador faz referências aos dados históricos que deram origem à comemoração do Dia dos Pais, na antiga Babilônia, há mais de 4 mil anos, até chegar ao Brasil, por iniciativa do jornal O Globo,  do Rio de Janeiro, que se propôs a incentivar a celebração em família, baseado nos sentimentos e costumes cristãos. A princípio, foi instituído o dia 14 de agosto, dia de São Joaquim, patriarca da família. Porém, como o domingo era mais propício para as reuniões de família, a data foi transferida para o segundo domingo de agosto, data que até hoje permanece no nosso calendário. Por meio da Moção de Congratulações, a Câmara Municipal de Jequié, rende suas homenagens a todos os pais, “Parabéns a todos os Pais pela passagem do seu dia”.

Fiscal da ADAB foi assassinado em posto de barreira sanitária na Bahia

Marinho foi morto quando estava em uma barreira sanitária

A Polícia de Paulo Afonso, cidade do norte do estado, está investigando o assassinado do comerciante Mário César Gomes, de 41 anos, conhecido como Marinho Veículos, proprietário de uma revenda de carros. A vítima foi morto a tiros na manhã de quinta-feira, 10, na BR- 110 quando trabalhava como fiscal em uma barreira sanitária da ADAB. Dois elementos em uma moto de cor amarela, foram ao encontro de Mário César, por volta de 11h30 e fizeram vários disparos contra ele. Pelo menos sete tiros foram efetuados contra o homem que foi atingido na cabeça. Ele não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. Após o crime, os suspeitos fugiram em alta velocidade. A Polícia Civil fez perícia no local do crime, onde foram encontrados projéteis de calibre .40 Conforme a polícia, ainda não há informações sobre a motivação e nem autoria do crime.