Desembargador diz que o Brasil não tem partidos políticos “tem apenas facções”

Marcos Antonio Faver foi percursor no que viria a se tornar a Lei da Ficha Limpa

“O Brasil não tem partidos políticos. Tem apenas facções que se reúnem nas épocas de eleição para disputar o poder”. Com essa afirmação, o desembargador Marcus Faver, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) centra suas críticas às instituições do Estado brasileiro. Em sua avaliação, elas são responsáveis por provocar “descrença e desconfiança” na população, criando o que, citando Bertolt Bretch, classificou como “analfabetos políticos”, pessoas que se abstém de participar ativamente da política.   De acordo com a explanação de Faver, “não pode haver democracia sem legitimidade dos governos e organização política justa”. Ele explicou porque, na sua visão, o país carece de legendas que representem realmente partidos políticos: “O partido político é uma organização que tem como base interesses comuns. Ele tem como objetivo chegar ao poder para aplicar seu programa partidário e são o canal através do qual o povo é representado. Hoje, pessoas que tinham oposição total antes se unem como se nada tivesse acontecido”, argumenta, lembrando que esse sistema “não tem representatividade nenhuma”.  Quando presidido por Faver, o TRE-RJ foi o primeiro a impedir o registro de candidatos com a ficha suja, inspirando o  projeto  de lei que levou este nome. A medida adotada na época acabou derrubada nos tribunais superiores. Hoje, ele também critica o Judiciário por não cumprir a função que lhe é devida. O desembargador também acredita que vivemos uma “crise da Justiça”, que se origina dos “desvios de poder”. Cita a burocracia, a arbitrariedade, a corrupção no exercício da função pública como fatores centrais que impedem, de fato, um Estado democrático de direito. Publicado no Jornal do Brasil

Homem arremessou mastro contra Wagner no cortejo do 2 de Julho

Governador participando do desfile do Dia da Independência da Bahia, em Salvador (Foto Mateus Pereira/Secom)

O secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Barbosa, disse que não houve registro de nenhum ato violento contra o governador Jaques Wagner, durante o cortejo do 2 de Julho, fora o arremesso de uma haste, que atingiu a cabeça do dirigente estadual.  “Graças a Deus, as manifestações foram feitas de forma pacífica”, avaliou o secretário, que esteve todo o tempo à frente da comitiva do governador durante o trajeto. De acordo com o titular, o planejamento do ano anterior foi utilizado de forma reforçada. “Cuidamos, por exemplo, para que não houvesse o encurtamento das vias de acesso”, detalhou. A segurança do governador foi feita por pelo menos três cordões de isolamento, mais homens da Polícia Militar e pessoas infiltradas.

Agressor sendo preso por PMs (Foto Bahia Notícia)

Agressão – Um homem, cuja identidade não foi revelada, conseguiu burlar o forte esquema de segurança montado em torno do governador Jaques Wagner, na sua participação no desfile comemorativo ao Dois de Julho, em Salvador, e, arremessou  o mastro de uma faixa atingindo a cabeça do chefe do Executivo baiano, sem gravidade. O incidente aconteceu logo após o cortejo ter saído do Largo da Lapinha, na manhã de segunda-feira (2).  O governador participou de todo o desfile protegido por três cordões de isolamento  formados por seguranças e policiais militares. Mesmo assim,  o agressor conseguiu se aproximar. Ele foi preso pela PM. Vaias e protestos também ocorreram durante a passagem do governador,   até o encerramento do desfile da Independência na Praça Municipal. Informações publicadas no Bahia Notícias

 

Polícia prende três suspeitos de assalto e continua no encalço de outros três

Três  indivíduos que teriam tido participação no assalto a um casal de empresários, em uma residência no bairro São Luiz, em  Jequié, na noite de sexta-feira (30),  já estão presas e a polícia continua no encalço de outros três  elementos que teriam participado do ato criminoso e depois viajado para uma cidade do Sul do estado. A caminhonete Hilux de cor branca, de propriedade das vítimas, levada pelos bandidos, foi a pista principal encontrada pelos policiais. O carro estava abandonado em uma área rural na região do povoado de Catingal, em  Manoel Vitorino.  A polícia ficou em “capana” na  espreita do veículo e quando um dos  elementos se aproximou do mesmo, recebeu voz de prisão. Ele disse que estava na fazenda de um tio, onde foram encontrados mais quatro suspeitos. A Polícia ainda mantém sigilo acerca das identidades dos suspeitos, mas, as informações obtidas dão conta de que o dono da fazenda é morador de Jequié, onde era proprietário de uma empresa.  Nesta terça-feira (3), o tenente coronel PM, Serpa, será o entrevistado especial do programa Jequié Urgente (93 FM) – das 6h30 às 8h – que terá o retorno do jornalista Wilson Novaes, após período de férias.

Jovem morreu em acidente quando se dirigia a forró em Itiruçu

Thadeu Henrique, 19 anos, morreu em acidente de carro próximo a Baixão

Thadeu Henrique da Silva Aguiar Júnior, 19 anos, morreu em acidente automobilístico ocorrido na tarde de domingo (1º), à altura do Km 654 da BR-116, próximo ao distrito de Baixão, no município de Jequié, quando o veículo  GM/Celta em que viajava colidiu lateralmente com uma carreta. A vítima, natural de Itabuna,  era  filho do empresário e fazendeiro Thadeu Henrique, que por duas vezes disputou eleições como candidato a prefeito no município de Itagí. Thadeu Henrique, acompanhado dos amigos Nadson Nascimento, Mário Augusto Costa de Carvalho e Tailan Sérgio Alves, seguiam para a cidade de Itiruçu, para participarem do evento denominado  Forró Cofee. Os outros três ocupantes do carro, com ferimentos leves,  foram conduzidos para emergência do Hospital Geral Prado Valadares, onde tomaram conhecimento da morte do companheiro. De acordo informação da PRF, que esteve no local, o motorista da carreta  disse que ainda tentou desviar  do Celta, mas não conseguiu evitar o acidente. O pai do  jovem foi informado do ocorrido na cidade de Itagí, onde teria participado de uma convenção partidária. A morte de Thadeu Henrique causou uma grande comoção na cidade.

 

Governo promete montar 12 Bases Comunitárias em seis meses. Sete serão no interior

Secretário Maurício Barbosa e o delegado-chefe da Polícia Civil visitaram Jequié em maio de 2011 (Foto arquivo)

De janeiro a junho deste ano, a Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP) não conseguiu inaugurar nenhuma das 12 Bases Comunitárias de Segurança (BCS) prometidas pelo governador Jaques Wagner para 2012. Em algumas, falta garantir até o terreno.  Ainda assim, o governo do estado garante que vai instalar todas até 31 de dezembro, o que significa inaugurar em média duas bases por mês. Além de Salvador as UPPs baianas serão instaladas nos municípios de Porto Seguro (Baianão), Feira de Santana, Camaçari, Barreiras, Itabuna, Vitória da Conquista e Lauro de Freitas (Itinga). Segundo o coordenador estadual das Bases, coronel Zeliomar Almeida existem 240 PMs formados e a SSP está em fase de seleção para mais 240 PMs em Salvador e mais 240 no interior. No total, dá 720 policiais. Os dois principais critérios usados pela SSP para instalar as bases são os índices de homicídios na área e de opressão psicossocial. “É a situação de medo ou domínio que a gente identifica na comunidade. São fatores subjetivos, mas que a gente identifica”, explica.

O secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, esteve em Jequié no dia 18 de maio de 2011, acompanhado pelo delegado-geral da Polícia Civil, Hélio Jorge Paixão e dirigentes da Polícia Militar baiana, com o propósito de  debater o programa Pacto Pela Vida e conhecer as principais carências do município e região em busca de melhorias. Afirmou naquela oportunidade o  Secretário,  em pronunciamento na Câmara Municipal, “Assim como estamos fazendo em duas áreas críticas de Salvador, Calabar e Nordeste de Amaralina, precisamos do sincronismo com os órgãos municipais na área da segurança pública, para diminuir a criminalidade no interior do estado ”, disse ainda, ao comentar o crescimento do tráfico de drogas, “a educação pode instituir uma revolução silenciosa. Precisamos de ações que façam com que o cidadão não pratique o crime. Estamos fazendo essa primeira visita, para conhecer as carências na área da segurança pública e apresentar as soluções”. Estas soluções prometidas, até o momento não ocorreram.

Queda de braço entre o governo e os professores do estado parece não ter fim

Contratação de empresa para 384 aulões para alunos do ensino médio da rede pública de Salvador recebe duras críticas

A dificuldade de entendimento entre o governo da Bahia e os professores da rede estadual de ensino  recrudesceu  após as demissões de  57 professores contratados através do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda).  A rescisão foi publicada no Diário Oficial do Estado, na quinta-feira (28) e no dia seguinte e já  estava publicada a convocação de outros 58 professores efetivos a comparecerem na Corregedoria da SEC, em substituição aos que tiveram os contratos rescindidos. O Sindicato dos Professores do Estado da Bahia (APLB), acionou de imediato o setor jurídico para adotar  medidas cabíveis de apoio aos demitidos.

Professor Jorge Portugal, diretor da empresa contratada

Contratação – A Secretaria da Educação e Cultura firmou com a empresa Abais Conteúdos Educativos e Produção Cultural contrato na ordem de R$ 1,6 milhão, com o objetivo de  organizar  384 aulões em Salvador, preparatórios para alunos do 3º ano da rede pública que irão fazer  o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e outros vestibulares. A contratação considerada emergencial pela SEC resulta em críticas por parte de deputados de oposição e sindicalistas ligados ao movimento dos professores. O professor Jorge Portugal, diretor da empresa contratada se defende alegando que os questionamentos são infundados , “Estou sendo bombardeado por um sensacionalismo moralista. Este projeto é sonho dourado de qualquer aluno da rede pública ou particular, pois reúne professores dos melhores colégios e cursinhos”.  Em nota de esclarecimento, a SEC explica que “ A contratação se deu em caráter emergencial (dispensa de licitação,conforme previsão legal), tendo em vista a necessidade de minimizar os prejuízos causados pela greve dos professores aos estudantes concluintesdo ensino médio da rede estadual que vão prestar provas do Enem e vestibulares” e que “Os requisitos para a escolha da empresa Abais, que tem à frente o professor Jorge Portugal, foram a capacidade técnica, pedagógica e de infraestrutura e, e sua equipe pedagógica tem experiência reconhecida na realização de grandes eventos voltados para aprimorar o conhecimento dos estudantes para as provas do Enem e vestibulares”

Mução não comparece a entrevista para “preservar seu personagem radiofônico”

O empresário João Pires ao lado dos advogados Waldir Xavier e Bruno Coelho responderam aos jornalistas (Foto: Diário de Pernambuco)

O radialista  Rodrigo Vieira Emereciano, 35 anos,  Mução, não esteve presente à entrevista coletiva na tarde de sábado (30) em um hotel em Recife. Os advogados Waldir Xavier e Bruno Coelho e João Marcelo Pires,  empresário do radialista concederam  de coletiva de  imprensa  na qual ratificaram a inocência dele da suspeita de participar de uma quadrilha de pedofilia on-line. Mução que foi uma das 32 pessoas presas em nove estados durante uma operação da Polícia Federal, teve a prisão temporária revogada e foi solto na última sexta-feira depois que o irmão, identificado como Bruno Vieira, admitiu ter cometido os crimes na internet utilizando computadores e dados do radialista.

Mução deverá gravar programas com seus personagens na segunda, 2

A explicação dada para a ausência do radialista e humorista foi a de “preservar seu personagem radiofônico”. Em  comunicado ele  agradece aos fãs pelo apoio e repudia qualquer tipo de conduta voltada “à inaceitável prática de pornografia e pedofilia”, afirma. O advogado  Waldir Xavier, disse que  o seu cliente está muito abalado e que se emocionou ao saber da suposta participação do irmão na quadrilha. Eles disseram  que o radialista volta ao trabalho normalmente a partir desta  próxima segunda-feira (2), quando vai gravar uma mensagem aos ouvintes sobre o episódio.  “Rodrigo não teve nenhuma participação nisso. Esse grave equívoco foi superado. Tudo já veio à tona e foi esclarecido”. Os advogados não detalharam o suposto envolvimento do irmão, uma vez que a defesa dele será feita por outros profissionais.

 

 

Droga vendida no país é ‘batizada’ até com vermífugo, divulga a PF

O vermífugo Levamisol dentre outros produtos utilizados para diminuir o percentual de droga pura em cada quantidade vendida ao consumidor final aumentando o lucro dos traficantes

Após sete anos entre microscópios e reagentes químicos, peritos da Polícia Federal identificaram a origem da cocaína e do crack, o grau de pureza das drogas e o que os traficantes misturam a elas. O projeto, que teve início em 2005, identificou como as drogas são “batizadas”. A fenacetina, um antitérmico e analgésico de venda proibida no País, aparece em 35% das amostras de cocaína.  Ainda segundo o jornal, os peritos também localizaram em 11% dos casos o levamisol, um vermífugo que costuma ser utilizado em criações de gado, suínos e ovinos. Depois aparece cafeína, com 8%. A PF analisou as misturas tanto na pasta-base, quanto na cocaína refinada e no crack. Em alguns casos, a mesma amostra de cocaína contém mais de um adulterante. Nas últimas semanas, os peritos iniciaram a análise das amostras de maconha, ecstasy e outras drogas. “A cocaína apresenta, por exemplo, riscos cardíacos, o que pode ser aumentado quando se mistura outros estimulantes, como a cafeína”, revela o  psiquiatra Dartiu Xavier, do Programa de Orientação e Atendimento a Dependentes da Unifesp. Na análise, foi concluído também que 54,3% da cocaína que entra no Brasil é de origem boliviana. O Peru é o segundo fornecedor, com 38%, seguido da Colômbia, com 7,5%. Reportagem publicada na Folha de SP

Botafogo, Ypiranga, Jacuipense e Colo Colo iniciaram a disputa por duas vagas na 1ª Divisão em 2013

Quatro equipes que iniciaram a disputa da fase semifinal da 2ª Divisão de onde sairão dois para a 1ª Divisão de 2013

O Botafogo de Salvador foi a única das quatro equipes semifinalistas do Campeonato Baiano de 2ª Divisão que iniciou a disputa com vitória na rodada de abertura realizada na tarde de domingo (1º).  O time da capital conseguiu vencer em casa o Colo Colo de Ilhéus, por dois a um. Na outra partida em Riachão de Jacuípe, a Jacuipense empatou em dois a dois com o Ypiranga. No próximo domingo (8) haverá a inversão do mando de campo no confronto entre as mesmas equipes para que sejam definidos os dois finalistas, com participações antecipadamente assegura do Campeonato da 1ª Divisão, promovido pela FBF em 2013.

Jequié: Família foi mantida refém e dinheiro roubado de empresa

A Polícia ainda não dispõe de pistas que possam identificar os integrantes de uma quadrilha formada por seis bandidos,  que roubou  dinheiro, um carro e objetos pessoais dos proprietários de empresa local, do setor de autopeças, após manter o casal e um filho menor como reféns dentro de casa, no bairro São Luiz.  Uma das vítimas foi interceptada por um dos bandidos  por volta das 18h15 de sexta-feira (29) após encerrar o expediente da empresa, localizada na Avenida Lomanto Júnior  sendo conduzida até  sua residência onde se encontravam o marido e o filho. No imóvel, os bandidos que estavam armados com revólveres e pistolas e usavam dois veículos, obrigaram que fosse entregue o dinheiro que estava guardado em um cofre. Sem praticar nenhum tipo de violência física contra as vítimas, um dos elementos teria dito que toda a movimentação da família,  do trabalho até a residência,  estava sendo acompanhada havia alguns dias. Ao deixarem a casa eles ainda teriam levado um cordão de ouro, um blusão e a caminhonete branca modelo Hilux. O fato foi comunicado à Polícia Militar que realizou  diligências colocando barreiras para investigação nas principais vias de entrada e saída da cidade sem que fossem obtidas pistas dos membros do grupo. Informações extraoficiais dão conta de que no sábado (30) foi encontrado abandonado no Km 4 um automóvel Gol de cor preta, que possivelmente teria sido usado pelos ladrões. Esse carro teria sido alugado em Jequié.

Implementado e Monitorado por: Neirival Neri  |  Agradecimento: AgenciaCARRILHO