Campeonato reuniu integrantes da corporação de outros dezesseis municípios

Final entre 2ª CIA PM X 3ª CIA PM.

Na última quinta-feira (25) o 19º BPM em comemoração aos 115 anos de emancipação política de Jequié, o 19º BPM promoveu a final do campeonato interno de futebol society entre a 2ª CIA PM, sediada no bairro do Jequiezinho e a 3ª CIA PM, sediada na cidade de Itiruçu. A 3ª CIA PM sagrou-se campeã e conquistou o seu tri-campeonato. Os destaques do torneio foram os soldados Robson da 1ª CIA PM, artilheiro, o Sd PM Tadeu e o Sd Tony, ambos da 3ª CIA PM eleitos respectivamente, o melhor jogador e o melhor goleiro.

No total foram dezenove jogos disputados por oito equipes, representadas pelas Companhias do 19º BPM. O tradicional campeonato de futebol society é uma atividade que vem sendo desenvolvida pelos comandantes do batalhão, desde a sua chegada ao 19º BPM ,e tem a finalidade de integrar os policiais militares lotados em todos os dezesseis municípios que compõem a estrutura orgânica do batalhão.

Para o Ten. Cel. Valci Góis Serpa de Oliveira “O esporte é um importante meio de socialização e integração nas grandes organizações. É uma tradição do 19º BPM que fazemos questão de cultivar”, ressaltou .

3ª CIA PM conquistou o seu tri-campeonato

Fonte: ASCOM 19ºBPM

Sindicato promoverá ato de protesto na quarta-feira, 31

Sinserv propõe debate público sobre momento da Prefeitura de Jequié

Um ato público de protesto está sendo articulado pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Jequié e Região-Sinserv, para 9h de quarta-feira (31/10), na Rua da Itália (praça ao lado da agência dos Correios), quando será denunciada a descontinuidade dos serviços oferecidos à população, em especial nas áreas de educação e saúde. Além dos servidores municipais outras categorias profissionais também estão sendo convidadas. A presidente Maria Neide Cruz Sampaio ressalta que a realização do ato é motivada por atrasos de pagamento por parte da Prefeitura de Jequié, de servidors contratados via terceirização com a empresa Terceira Visão, Instituto Euvaldo Lode (IEL), estagiários e prestadores de serviços, a exemplos da alimentação e transportes escolares, coleta de lixo, médicos, a desestrutura das equipes do Programa de Saúde da Família-PSF e a hipótese iminente de uma nova epidemia de dengue no município.

Pelegrino e Wagner comentam resultado das eleições municipais em Salvador

Citações dos dois petistas: Pelegrino, "triste pela cidade". Wagner, "não era o caminho que desejava, mas respeito"

Ao reconhecer o resultado das eleições de Salvador, na noite de domingo (28/10), o candidato Nelson Pelegrino (PT), ao chegar em seu comitê visivelmente emocionado e bastante aplaudido pela militância petista, disse à imprensa “A minha tristeza é para com a cidade, que depositou uma esperança muita grande de mudança com um prefeito que cuidasse dela”. Em seguida  afirmou que, enquanto candidato, “lutou com todas as forças” para ter êxito no pleito e, enquanto deputado, prometeu monitorar o trabalho do próximo prefeito. “Estarei cobrando os compromissos que ele (Neto) apresentou na campanha”,  antecipando ainda que irá trabalhar para melhorar a prestação do serviço de saúde, de educação, para aumentar a quantidade de empregos e o número de creches na cidade. Essa foi a quarta vez  que Pelegrino perde a disputa pelo Palácio Thomé de Souza. Agradeceu o carinho recebido do povo durante a campanha e  não parabenizou o adversário pela conquista da eleição na capital baiana.

Já o  governador Jaques Wagner (PT) em entrevista no Palácio de Ondina,  parabenizou, o candidato do Democratas, ACM Neto, pela vitória no segundo turno da eleição municipal, “Não era o caminho que desejava, mas respeito e vou continuar trabalhando”, destacou . Em seguida declarou, “Espero que o prefeito se interesse pelas questões administrativas, e sempre contará comigo para aquilo que for bom para Salvador”.  Wagner disse ainda que, embora o candidato que venceu a disputa não tenha sido o do seu partido, o governo não dará tratamento diferenciado à capital do Estado. “A relação do governo será como é com todos os prefeitos, respeitando a decisão da cidade”. Com informações publicadas em A Tarde


Clube da Saudade inicia venda de lote promocional de mesas para festa de 15 de dezembro

Primeiro lote de mesas da festa vendido a preço promocional

Os promotores da 7ª Edição baile  do programa  Clube da Saudade, que será realizada na noite de 15 de dezembro no Clube dos Maçons de Jequié, já deu inicío a comercialização do primeiro lote  de mesas com o preço promocional de R$ 150,00. A aquisição antecipada é feita na Êba Camisetas (fone (73) 3527-6951. Estão contratadas para tocar na festa as bandas “Soda Pop” e “Grupo Românticos Boemia”, tendo como uma das  inovações deste ano, o bar temático “revivendo os anos dourados”.

FJS contabiliza total de 4.239 atendimentos nas feiras de Saúde de Jequié

A programação de feiras de saúde em outubro foi encerrada na Praça da Bandeira

A Fundação José Silveira-FJS, encerrou na tarde de sexta-feira (27) na Praça da Bandeira (centro) a programação das Feiras de Saúde Jequié,  no mês de outubro, com o  registro de um total de 4.238 atendimentos em especialidades médicas e procedimentos de saúde diversas. De acordo com relatório da coordenação do evento, foram 724 atendimentos nas regiões da Avenida Senhor do Bonfim (Pau Ferro); 893 no Alto do Cemitério; 787 no Km 3 e Km 4; 790 nas Urbis III e IV (agarradinho) e 1.035 na Praça da Bandeira. O deputado federal Antonio Brito (PTB), que esteve presente ao encerramento da programação, considerou que a procura das pessoas por exames nas feiras, “reflete a carência por parte da atenção básica em saúde no município”. O parlamentar revelou que a Santa Casa de Misericórdia Hospital São Judas Tadeu, pretende dar continuidade a esses atendimentos [agora oferecendo transporte gratuito para pacientes e acompanhantes todos os dias da semana, com saída e retorno na Praça da Bandeira] e, que nos meses de novembro e dezembro deverão ser programadas novas feiras de saúde em Jequié,  nas áreas que não foram atendidas em outubro.

Dois presos abrem buraco na cela e fogem da Delegacia de Jequié

Carceragem fica localizada no fundo do prédio da 9ª Coorpin

Dois presos que se encontravam custodiados na cargeragem da 9ª Coorpin (Coordenadoria Regional de Polícia do Interior), em Jequié, abriram um buraco na parede da cela e conseguiram fugir por volta das 12h20 de domingo (28). Estava de plantão na unidade, o delegado José Fonsêca, que informou sobre a fuga à Central de Operações do 19º Batalhão de Polícia Militar. José Itavan Peixoto, 29 anos e Jossemias Santos Ribeiro, 24 anos, ambos acusados da prática de furtos (Artigo 155 do CPB), permanecem foragidos. Policiais civis e militares realizaram rondas no entorno do Complexo Policial de Jequié, mas, não localizaram a dupla.

Guilherme Menezes (PT) vence Herzem Gusmão (PMDB) e se reelege em Vitória da Conquista

Guilherme Menezes se manteve na frente durante toda totalização dos votos

Em Vitória da Conquista, onde pela primeira vez foi definida uma eleição de prefeito em dois turnos, o atual gestor do município, Guilherme Menezes (PT), conseguiu a reeleição para exercer o seu quarto mandato com  91.072 votos (56,28%)  vencendo o candidato do PMDB, radialista Herzem Gusmão, que obteve 70.760 votos (43,72%) Os resultados das apurações nas 616 seções de votações foram concluídos às 20h50, com a apuração de 169.190 votos, sendo 161.832 (95,65%) válidos, 2.122 (1,25%)  brancos, 5.236 (3,09%) nulos e 46.109 (21,42%) abstenções.

ACM Neto (DEM) vence Pelegrino (PT) e é eleito prefeito de Salvador

Resultado confirmou pesquisa Ibope que trazia Neto com 55% dos votos válidos frente a 45% de Pelegrino, com margem de erro de 3 pontos

O candidato ACM Neto (DEM), foi eleito prefeito de Salvador, vencendo Nelson Pelegrino (PT). Às 19h, com 93% dos votos apurados, o Tribunal Regional Eleitoral/TRE-BA, já confirmava a vitória do candidato democrata. A totalização dos votos foi concluída às 20h22, com as 4.507 urnas apuradas. ACM Neto (DEM), foi eleito com  717.865 (53,51%) enquanto Nelson Pelegrino (PT), obteve 623.734 (46,49%).  A eleição na capital baiana teve um total de 1.476.531 votos apurados, sendo  1.341.599 (90,86%) válidos, 36.579 (2,48%) brancos,  98.353 (6,66%) nulos e  405.013 (21,53%) abstenções.


Ex-ministro Fernando Haddad é eleito novo prefeito de São Paulo

Fernando Hadad teve a garantia da vitória após 92% dos votos apurados (AFP)

Fernando Haddad (PT),  49 anos,  foi eleito no domingo (28/10) prefeito de São Paulo para os próximos quatro anos. Às 19h16, com 92% dos votos apurados segundo a Justiça Eleitoral, o petista tinha 3.158.994 milhões de votos, o que corresponde a 56,03% dos votos válidos, contra 2.479.094 milhões de José Serra (PSDB) – 43,97%.  A vitória marca o retorno do PT à Prefeitura da capital paulista oito anos após Marta Suplicy deixar o comando da cidade. A partir daí, se seguiram as gestões de José Serra e Gilberto Kassab (PSD). No primeiro turno, Serra ficou em primeiro lugar com 30,75% dos votos. Haddad teve 28,98% dos votos válidos e Celso Russomanno (PRB), nome que liderava as pesquisas de intenção de voto, acabou sendo derrotado, ficando com 21,60% dos votos.  Ministro da Educação até o início deste ano, Fernando Haddad nasceu em São Paulo (SP),  é professor-doutor em ciência política da Universidade de São Paulo (USP), onde estudou direito, fez mestrado em economia e doutorado em filosofia,  começou sua trajetória política no movimento estudantil da Universidade de São Paulo (USP).

Ex-Ministro José Dirceu e o Ministro do STF Ricardo Levwandowski convivem com constrangimentos nos locais de votação

José Dirceu, em São Paulo: "Só vou falar depois do julgamento"

Dois personagens do julgamento do Mensalão, conviveram em meio a tumulto, xingamentos e aplausos, no momento em que compareceram para votar, no domingo (28/10), em seções eleitorais da capital paulista.  O ex-ministro José Dirceu,  da Casa Civil do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e condenado no processo votou em meio a um tumulto no período da  tarde na região do Cursino, em São Paulo. Uma multidão de militantes o esperava na porta da escola Princesa Isabel e, quando o político chegou ao local, alguns gritavam “guerreiro do povo brasileiro” e outros “ladrão”. Cercado pela imprensa, o ex-presidente petista conseguiu dizer que só daria declarações após a conclusão do julgamento, enquanto era empurrado por seguranças que procuravam forçar sua entrada no colégio furando um bloqueio de cinegrafistas, fotógrafos e repórteres. Dirceu esperou alguns minutos após registrar o voto para que os ânimos dos presentes esfriassem.

Ministro Lewandowski, do STF estranhou: "Sou cumprimentado nos lugares onde vou"

Já o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e revisor do processo do Mensalão, Ricardo Lewandowski,  que também votou em São Paulo, foi insultado no início da tarde enquanto saía do Colégio Mário de Andrade, na zona sul, após votar.Enquanto o ministro dava entrevista aos repórteres, uma eleitora exclamou ao se aproximar dizendo “Que nojo!”. Lewandowski afirmou que a manifestação da eleitora, na verdade, era referida a alguma coisa na calçada do colégio. Lewandowski estranhou a reação dos eleitores.  Ao deixar o colégio, um mesário também se manifestou: “Mande lembranças ao Zé Dirceu”, afirmou, referindo-se ao ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, absolvido por Lewandowski no julgamento do Mensalão.

 

Implementado e Monitorado por: Neirival Neri  |  Agradecimento: AgenciaCARRILHO