Suspeito de ter assassinado Seledônio está preso; indivíduo nega autoria do crime

Paiakan nega autoria do crime apesar de reconhecido por testemunhas

Paiakan nega autoria do crime apesar de reconhecido por testemunhas 

Por volta das 22h de sábado (28/3), durante ação conjunta das polícias Militar e Civil, foi preso o indivíduo  Adriano Santos Viana, 24 anos, apelidado de “Paiakan”, suspeito da  autoria  do crime ocorrido no mesmo dia, por volta das 11h, tendo como vítima o comerciante do setor de revenda de combustíveis,  Seledônio dos Santos Pinheiro, 69 anos,  proprietário do Posto Avenida. O comerciante foi morto durante assalto ao estabelecimento comercial de sua propriedade, localizado na confluência das avenidas Lomanto Júnior e Rio Branco, no bairro Joaquim Romão. De posse das imagens colhidas das câmeras de segurança do posto, que mostram o perfil do assassino e o momento em que a vítima é alvejada pelo disparo de arma de fogo, a Polícia Militar e a Polícia Civil, apoiados por toda a sociedade jequieense, que colaborava enviando pistas e informações, iniciou ações táticas de varreduras e abordagens, em toda a cidade, no sentido de localizar e capturar o responsável pelo homicídio Segundo relatório policial, Adriano Santos Viana, que já esteve preso outras vezes,  mora na Rua Maiame Cohim, no bairro Sol Nascente, foi encontrado em uma casa na Rua Idelfonso Reis, no mesmo bairro, também conhecido como Loteamento Cohim. Apesar de não ter confessado o crime, o autor do homicídio foi reconhecido pelo funcionário do posto e pela irmã da vítima. A motocicleta e o capacete usados pelo elemento durante o assalto são de propriedade de uma irmã do suspeito que foi ouvida pela polícia e confirmou que ele não estava em casa no momento do crime. O Major Ricardo Santana, comandante do 19º BPM, estará nesta segunda-feira (30), no programa Jequié Urgente (Rádio 93 FM). Ao ser convidado pela produção do programa, o Major Santana confirmou a presença tendo lamentado o ocorrido e enaltecido o trabalho  conjunto realizado por policiais militares e civis, “sobretudo pela resposta rápida, imprescindível nesse tipo de situação”, pontuou. Milhares de amigos de Seledônio comparecem ao velório em sua residência na Avenida Rio Branco (frente a Igreja Betânia) de onde sai o féretro para sepultamento, às 15h, no Cemitério São João Batista.

Primeira e ex-primeira dama da Bahia estão em pé de guerra, diz colunista

Fátima Mendonça, em janeiro transmitindo cargo nas Voluntárias Sociais para Aline Peixoto (Bocão news)

Fátima Mendonça,  transmitindo cargo nas Voluntárias Sociais para Aline Peixoto (Bocão News)

O site Bocão News postou informação publicada pela jornalista Denise Rothenburg, colunista do jornal Correio Braziliense, que aponta a existência de um desentendimento entre a primeira-dama da Bahia, Aline Peixoto, e a ex, Fátima Mendonça. A publicação diz que ambas estão em pé de guerra e que até o jardineiro do Palácio de Ondina foi motivo para embate. “Fatinha, a mulher do atual ministro da Defesa, Jaques Wagner e ex-governador da Bahia, tinha pedido para manter o senhor que cuidava dos jardins do palácio. Aline, [esposa do governador Rui Costa], não quis saber. Dispensou o jardineiro”, diz um trecho da publicação da jornalista em sua coluna publicada no sábado (28/3), em sua página chamada Blog da Denise.

Complementando a informação: Em Jequié, terra natal de Aline, amigos mais próximos comentaram que uma de suas primeiras medidas adotadas ao chegar em Ondina, foi mandar realizar uma limpeza geral no imóvel. Dizem esses amigos, que ela teria comentado ter encontrado local em péssimo estado de conservação.

Na tarde deste domingo (29), ao ser perguntada por repórter do site Bocão News, sobre o que foi publicado pelo Blog da Denise, a primeira dama Aline Peixoto negou que tenha se desentendido com a ex-primeira-dama Fátima Mendonça, esposa do ex-governador Jaques Wagner. “Não tive nenhuma briga com ela. Eu nem estava sabendo que tinha saído isso na imprensa. Inclusive nós jantamos na última semana e garanto que está tudo bem”, afirmou.

AL-BA: Verba de gabinete dos deputados estaduais será reajustada em 18%

Na área das finanças Super Nilo segue a linha de "tirar com uma mão e dar com a outra" (reprodução)

Deputado  Super Nilo segue a linha de “tirar com uma mão e dar com a outra” (reprodução)

A Assembleia Legislativa votará na próxima terça-feira (31/3), o aumento da verba de gabinete, de R$ 78 mil para R$ 92 mil, anunciou na sexta-feira  (27), o presidente da Casa, deputado Marcelo Nilo (PDT). Em um ano de dificuldades financeiras, o reajuste de 18% trará um gasto adicional de aproximadamente R$ 11 milhões ao ano, segundo o pedetista. A medida já entrará em vigor em abril. Há um mês, Nilo havia dito que só promoveria o aumento da verba de gabinete, seguindo a Câmara Federal, se o governador Rui Costa (PT) suplementasse o orçamento deste ano da Assembleia, estimado em R$ 440 milhões. Nilo afirmou que não conseguiu a suplementação, após conversa com o governador. “Ele (Rui) disse que não tinha condições”, declarou.  O discurso do pedetista, porém, agora é outro. “Vou igualar a Brasília. Desde o descobrimento do Brasil, é assim. Todos os estados deram. Os deputados conversaram comigo e eu achei justo dar. Tem quatro anos sem aumento da verba de gabinete”, disse o presidente da AL-BA. Questionado sobre a origem dos recursos para bancar o reajuste da verba, Nilo foi pouco específico. Falou em “apertar o cinto”, mas não detalhou onde realizaria os cortes para conseguir sustentar o reajuste com o mesmo Orçamento. “Vou cortar em publicidade e tem o dinheiro das bolsas de estudo, que acabaram. Vou precisar cortar mais de R$ 5 milhões”, afirmou o deputado. (A Tarde)

Possíveis candidatos a prefeito continuam articulando composições

Dr. Fernando (PV) em encontro com Marcel Rodeiro (PSC). Ambos prefeituráveis

Encontro de prefeituráveis em 2016:  Dr. Fernando (PV) em encontro com Marcel Rodeiro (PSC)

Após manter em duas eleições consecutivas a marca dos 10 mil votos, nas candidaturas a prefeito (2012) e deputado estadual (2014), o médico Fernando Vieira Costa (PV), continua levando avante o seu projeto político em Jequié e se mantém com cotação positiva entre os políticos igualmente pretendentes de participar diretamente da disputa sucessória em 2016. Recentemente o Dr. Fernando teve encontro com o prefeiturável Marcel Rodeiro (PSC), que está buscando a estruturação de um grupo jovem de oposição ao executivo municipal, totalmente distante das tradicionais lideranças políticas que polarizam as disputas político-eleitoral há muitas décadas. Dr. Fernando já esteve conversando sobre política local com o deputado federal Antonio Britto (PTB) e fez aparições públicas ao lado do deputado estadual Leur Lomanto Júnior (PMDB).

Catadora de recicláveis que encontrou documentos permanece presa; família faz apelo

Elizângela Sertão levou a pior após o achado e permanece presa

Elizângela Sertão levou a pior após o achado e permanece presa

A catadora de recicláveis Elizângela Sertão, que encontrou grande quantidade de fichas com cadastros de usuários do SAC, jogados em um terreno baldio ao lado de sua casa no Loteamento Santa Luz (Cansanção), bairro Joaquim Romão, está presa no Conjunto Penal de Jequié, desde segunda-feira (23/3). Após encontrar o material e mantê-lo sob seu poder em casa, ela fazia exigência de uma recompensa financeira para fazer a devolução, cujo dinheiro iria destinar a compra de remédios.  O material já foi recuperado e devolvido ao estado. A mulher foi enquadrada no artigo 305 do Código Penal Brasileiro, que prevê a pena de reclusão de dois a seis  anos além de multa, para quem destruir, suprimir ou ocultar documento público, em benefício próprio ou de outrem ou em prejuízo alheio. A família está apelando para conseguir um advogado gratuitamente para acompanhar o processo e colocá-la em liberdade. Confira mais detalhes no vídeo-reportagem a abaixo:

Jequié sedia primeira reunião para implantação de Consórcio de Saúde

Prefeito Railton Ramos, de Itagi enfatizou a importância dos consórcios de saúde

Prefeito Railton Ramos, de Itagi enfatizou a importância dos consórcios de saúde

O governador Rui Costa juntamente com Secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas Boas, estarão recebendo no próximo dia 9 de abril, em Salvador, prefeitos dos Territórios de Identidade do Médio Rio de Contas e do Vale do Jiquiriçá, quando estará em discussão o projeto de criação do Consócio de Saúde, uma das propostas do governo do estado, para ampliar e melhorar a qualidade dos serviços de saúde disponíveis pelas populações interioranas. Na sexta-feira (27/3), no auditório da secretaria municipal de Educação de Jequié, prefeitos, secretários da saúde e outros membros do setor, representando a maioria absoluta dos municípios dos dois territórios de identidade, estiveram discutindo o projeto que tem como regionalizar o oferecimento de serviços na região com a ampliação e descentralização de serviços e o reequilíbrio financeiro dos municípios. A meta do governo é construir 28 policlínicas nas cidades-sede de cada macrorregião, com 32 especialidades, e equipamentos, como tomógrafos, ressonância magnética, rastreamento de câncer de mama e vários outros exames. O estado participará do consórcio com o aporte de R$ 12 milhões, destinados a construção e equipamento das policlínicas e os municípios terão sob suas responsabilidades o rateio de 60% dos custos de manutenção em forma de rateio, proporcional ao número de habitantes de cada localidade.

Cerca de 25 municípios esteve representados na reunião em Jequié

Cerca de 25 municípios esteve representados na reunião em Jequié

Na primeira etapa do programa serão construídas ainda este ano, 10 policlínicas  com 32 especialidades, e equipamentos, como tomógrafos, ressonância magnética, rastreamento de câncer de mama e vários outros exames. A criação do Consórcio de Saúde oferece vantagens como a redução de custos operacionais com transporte de pacientes, captação de recursos públicos, ganho de escala na aquisição de medicamentos, que otimizam o trabalho dos profissionais ao possibilitar o compartilhamento de médicos e especialistas, flexibilizando os regimes de contratação. O presidente da Câmara de Vereadores de Jequié, Eliezer Pereira Fiim, assegurou que tão logo o projeto de lei chegue ao legislativo irá tramitar em regime de urgência. A criação do Consórcio de Saúde oferece vantagens como a redução de custos operacionais com transporte de pacientes, captação de recursos públicos, ganho de escala na aquisição de medicamentos, que otimizam o trabalho dos profissionais ao possibilitar o compartilhamento de médicos e especialistas, flexibilizando os regimes de contratação.

Seledônio Pinheiro assassinado dentro do escritório do Posto Avenida

Não existe confirmação de que Seledônio Pinheiro tenha reagido ao assalto

Policia mantém investigações na tentativa de elucidar o crime. Um suspeito já estaria detido

O comerciante do ramo de revenda de combustíveis, Seledônio Pinheiro, 69 anos, foi assassinado por volta do meio dia deste sábado (28/3), dentro do escritório do Posto Avenida, de sua propriedade, localizado entre as avenidas Rio Branco e Governador Lomanto Júnior, bairro do Joaquim Romão, a cerca de 20 metros do Colégio da Polícia Militar. De acordo com as informações, o autor dos disparos chegou no local em uma Honda/Biz, deixou o veículo ligado, rendeu o frentista e exigiu que o mesmo fosse até o local onde estava o dinheiro. Um vídeo gravado por câmara de monitoramento registrou o momento em que o elemento, armado com um revólver rendeu o funcionário para que o mesmo entregasse o dinheiro. O movimento foi acompanhado por Seledônio que permaneceu do lado de fora do escritório, até o momento em que tentou imobilizar o assaltante atracando-se com o mesmo, que fez os dois disparos que o atingiu mortalmente. O elemento fugiu com a moto levando o dinheiro. Populares informaram que ele seguiu no sentido ao campo de futebol Anibal Pires (Cururu). À tarde a polícia identificou um suspeito escondido em uma casa no Loteamento Sol Nascente. A moto provavelmente utilizada pelo bandido para praticar o assalto, também foi encontrada e pertence a uma irmã dele. A arma ainda não foi encontrada. A Polícia interroga o suspeito mas ainda não confirmou ter sido ele o autor do crime.

Com muitos anos de atividades no setor de revenda de combustíveis, inclusive exercendo o cargo de delegado regional do Sindicombustíveis, Seledônio Pinheiro, era pessoa bastante conceituada em Jequié, tendo participação no campo político-eleitoral do município, candidatando-se  a prefeito em 2008 e nas eleições de 2012, representando o PSOL, na condição de candidato a vice-prefeito, compôs a  chapa majoritária da coligação encabeçada pelo PV, que teve como candidato a prefeito o médico Fernando Costa Vieira. O crime chocou a população local e as pessoas exigem uma resposta imediata das autoridades policiais.

Filantrópicos discutem com setor público crise que se agrava

Maurício Dias preside a  Federação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas

Maurício Dias preside a Federação das Santas Casas de Misericórdia e Entidades Filantrópicas

A Federação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas do Estado da Bahia (FESFBA) promove o seminário “A Relação do Poder Público com as  Entidades Filantrópicas de Saúde na Bahia” na próxima segunda-feira (30/3), das 8 às 17h30, no Bahia Othon Palace Hotel, debatendo a situação do segmento com seus principais parceiros do poder público. O quadro de recessão econômica, o atraso de pagamentos no início deste ano e a escassez de recursos no final do ano passado são fatores que contribuem para o agravamento da crise por que passa o setor. Uma crise que arrasta há muitos anos, principalmente por causa do subfinanciamento do SUS e dos atrasos, desaguando no endividamento das entidades e, em muitos casos, no fechamento de unidades. Segundo o presidente da FESFBA, Maurício Dias, as dificuldades do segmento e a construção  de uma nova política para regular as  relações entre  o setor  público  e  os filantrópicos  também serão  discutidas com a participação de representantes das secretarias da Saúde de Salvador e do Estado da  Bahia. Também participam do seminário representantes da Caixa Econômica Federal e do Desenbahia na mesa que discutirá “Linhas de Financiamento”.

BANNER PARA SITE

Pai de Santo vai ao Planalto para alertar Dilma sobre Eduardo Cunha

Pai Uzêda disse que é fã de Dilma, que ela está desprotegida e que ela precisa ser mais humilde

Pai Uzêda é fã de Dilma, disse que ela está desprotegida e que  precisa ser mais humilde

Um pai de santo conseguiu entrar no Palácio do Planalto na última quinta-feira (26/3) com o objetivo de entregar uma carta à presidente Dilma Rousseff. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, Roberval Uzêda, “Pai Uzêda” orientou Dilma a se defender de alguns políticos, principalmente o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).  Pai Uzêda conseguiu entrar no prédio com autorização de uma funcionária da Secretaria de Relações Institucionais. Segundo relata a coluna Radar Online, da revista Veja, o pai de santo ficou no quarto andar por meia hora. Ao jornal Folha de São Paulo, Pai Uzêda falou sobre o conteúdo da carta. “O Eduardo Cunha é a besta. O trabalho dele é destituir a Dilma. Ele é um pai de santo de mão cheia, ele entende do canjerê. Basta olhar para a sua aura (…). Se deixar, ele vai ser o presidente do Brasil. Ele é protegido pelo povo de rua, ele tem o poder sobre o mal”, disse ao jornal.Ele disse que procurou Dilma por “questão de ética e amor à presidente”. Na carta, ele contou que foram feitos três trabalhos contra a saúde de Dilma, 7 contra ministros e duas macumbas com caveira de burro em frente ao Palácio da Alvorada. “Ela está desprotegida, mas ainda está em tempo de se recuperar. Sou fã dela, mas ela precisa ser mais humilde. A mosca azul mordeu ela. Ela mexeu nos direitos dos trabalhadores. Ela não pode desfazer o que Lula, seu mentor, fez antes”, disse ao jornal.

Tema da Campanha da Fraternidade 2015 debatido na Câmara de Vereadores

Dom José Ruy, Bispo Diocesano destacou a importância da sociedade no combate à corrupção

Dom José Ruy, Bispo Diocesano destacou a importância da sociedade no combate à corrupção

O tema “Igreja e Sociedade”, discutido na Campanha da Fraternidade de 2015, lançada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), foi discutido na noite de sexta-feira (27/3), em sessão pública solicitada pela Diocese de Jequié, à Câmara Municipal. A sessão aberta pelo presidente do legislativo municipal, Eliezer Pereira Filho “Fiim”, foi coordenada e palestrante do evento, Dom José Ruy Gonçalves Lopes, bispo diocesano. Citações bíblicas e a sua relação com a sociedade contemporânea, foram enfatizadas pelo religioso católico que cobrou da sociedade fiscalizar ações que demandem em corrupção do dinheiro público, em prejuízo da própria população em seus direitos elementares.

Grande número de pessoas lotou as dependências da Câmara

Paroquianos presentes também se manifestaram com cânticos,  aplausos e vaias

Os escândalos relacionados aos esquemas de desvios de dinheiro público, a exemplo do que vem sendo divulgado nas investigações da Operação Lava Jato, foram criticados por Dom José Ruy que também abordou em nível de destaque a importância e o papel da família, “cujos valores tem se procurado desqualificar”, citação feita numa alusão direta aos conceitos familiares difundidos nas telenovelas.

O clero e a sociedade local estiveram representados na sessão

O clero e a sociedade local estiveram representados na sessão

Também fizeram pronunciamentos na tribuna Câmara, em torno do tema debatido na sessão, o médico Edson Carlos Silva, que representou os leigos católicos; o vice-presidente do Conselho Comunitário de Jequié, Antonio Fernando Suzarte Almeida; os vereadores Joaquim Caires, Pé Roxo e Chico de Alfredo e a prefeita do município Dra. Tânia Britto, em alguns momentos teve sua fala interrompida por intervenções da platéia e ao concluir suas palavras conclamou a todos para rezarem o “Pai Nosso”. No final, o  presidente da Câmara, vereador Eliezer Pereira, parabenizou a iniciativa da Diocese de Jequié, em trazer para a Câmara de Vereadores, um debate de tão relevante importância para o exercício da cidadania pelo povo jequieense. Também estiveram presentes na sessão, os vereadores Soldado Gilvan Santana, Beto de Lalá e Colorido, na mesa que dirigiu os trabalhos, o vigário geral da Diocese, Monsenhor Aroldo Coelho, o padre Vítor Menezes, coordenador diocesano das paróquias, o presidente da sub-seção da OAB, Dr. Agenor Júnior, além de representantes de órgãos públicos e da sociedade civil e militar. (fotos João Lourenço)