-->

Mais de 140 mil eleitores baianos estão irregulares e podem perder o título

É possível verificar se seu documento está entre os que serão cancelados no Portal do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA).

É possível verificar se seu documento está entre os que serão cancelados no Portal do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Mais de 140 mil eleitores baianos estão em situação irregular com a Justiça Eleitoral e podem perder o título de eleitor. Isso se aplica a quem não votou e não justificou nas três últimas eleições deve comparecer a um dos postos da Justiça eleitoral do Estado com documento oficial com foto, título de eleitor e comprovante de residência até o dia 4 de maio. No interior os atendimentos são realizados nos cartórios. Quem não regularizar a situação e tiver o registro cancelado pode ser impedido de retirar passaporte e enfrentar dificuldades em outras situações, como ser nomeado em concurso público, renovar matrícula em locais de ensino público e demais ocasiões em que uma certidão de quitação eleitoral for exigida, além de, claro, não poder votar.

Deputados baianos serão investigados pelo MP por irregularidades em bolsas de estudo

Proomtora Rita Tourinho, coordena o Gepam (foto reprodução)

Promotora Rita Tourinho, coordenadora do Gepam (foto reprodução)

Deputados estaduais baianos serão investigados pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) por irregularidades na concessão de bolsas de estudo pela Assembleia Legislativa a estudantes carentes. De acordo com a coordenadora do Grupo de Atuação Especial de Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa (Gepam), promotora Rita Tourinho, as doações feitas pelo parlamentar eram para pessoas que não necessitavam do dinheiro. Na relação dos investigados constam o presidente da Assembleia Legislativa Estadual, Marcelo Nilo e o deputado Euclides Fernandes, ambos do PDT. De acordo a coordenadora do Gepam, o processo foi encaminhado esta semana para o procurador-geral de Justiça do Estado, Márcio Fahel. A movimentação do processo se deu por conta da suspeita de improbidade administrativa. Os dois parlamentares negam que tenham sido praticadas irregularidades e preparam suas defesas.(Bahia Notícias)

Câmara: Sem formação de comissões indicação para o IPREJ permanece fora da pauta

Indicação para o IPREJ ainda não foi incluída na pauta pelo presidente da Câmara Eliezer Pereira Fiim

Indicação para o IPREJ ainda não foi incluída na pauta pelo presidente da Câmara, vereador Eliezer Pereira Fiim (foto João Lourenço)

Os vereadores ainda não deliberaram sobre a formação das Comissões da Câmara de Vereadores de Jequié e, por esse motivo, a indicação encaminhada  na semana passada pela prefeita Tânia Britto, do nome do advogado Emanoel Silva Almeida, para o cargo de diretor geral do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Jequié-IPREJ, permanece fora de pauta. Apesar de se observar o consenso por parte dos vereadores da base aliada da prefeita, favorável à aprovação da indicação, se faz necessária a votação de parecer a ser relatado pela Comissão de Justiça da Casa. Entre vereadores da minoria é defendida a exigência de que fique formalizada com o futuro diretor do Instituto Municipal de Previdência, o encaminhamento mensal de demonstrativo de receitas e despesas do IPREJ, para acompanhamento das finanças da entidade por parte da  Câmara Municipal.

 

AJECE comemora 21 anos de fundação

AJECE reúne convidados para comemorar aniversário de fundação

AJECE reúne convidados para comemorar aniversário de fundação

Os 21 anos de fundação da Associação Jequieense de Cegos de Jequié-AJECE, foram comemorados na manhã desta terça-feira (10/3), com as presenças de dirigentes da entidade, coordenadores, professores, alunos e convidados. O presidente Antonio Carlos Andrade de Queiroz,  esteve ao lado da vice-presidente Luzinete Maria dos Santos Queiroz, relembrando fatos que marcaram a trajetória da entidade, que assiste a pessoas com deficiência visual desde crianças até idosos. A prefeita do município foi representada pela secretária de Desenvolvimento Social, Magaly Chaves, estando também presentes a conselheira estadual do Conselho dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Vânia Duarte, a representante do Núcleo Regional de Educação-NRE 22, Patrícia, o monsenhor Hélio Sandes, presbítero Max, dentre outros convidados. A importância da vida da entidade na superação da deficiência visual foi destacada por pais e alunos.

Trabalhadores terceirizados da Educação estadual fazem manifestação de protesto

Trabalhadores afirmaram que só retornam às atividades com salários quitados

Trabalhadores afirmaram que só retornam às atividades com salários quitados

Trabalhadores terceirizados que prestam serviços para a Secretaria de Educação do Estado da Bahia, em Jequié e região, contratados através das empresas C&C e Sandes, paralisaram as suas atividades na manhã de segunda-feira (9/3) e na manhã desta terça-feira (10) realizaram uma manifestação de protesto em frente a sede do Núcleo Regional de Educação-NRE 22 (antiga 13ª Dires), bairro Jequiezinho,  reclamando atraso dos salários, que atinge dois meses. As empresas, contratadas pelo governo do Estado são responsáveis por funcionários que prestam serviços em colégios estaduais. Os funcionários também reclamam o não recebimento da primeira parcela do 13º salário, vale alimentação e transporte. Representantes do Sindilimp-BA, regional Sul, acompanharam a manifestação apoiando os trabalhadores e afirmaram que o compromisso assumido é de que eles somente retornarão ao trabalho quando as pendências salariais forem quitadas. Na área da NRE 22, são aproximadamente 600 funcionários que estão convivendo com esses atrasos. Os funcionários que participaram do protestos conclamaram através dos veículos de imprensa, para que os colegas que ainda permanecem trabalhando, temendo represálias, suspendam suas atividades aderindo à paralisação.

Ex-gerente da Petrobras diz que receber propina é um ‘caminho sem volta’

Barusco confirmou que negociava com tesoureiro do PT e reiterou que começou a receber comissão nos anos 90. (foto  Pedro Ladeira/Folhapress)

Barusco confirmou que negociava com tesoureiro do PT e reiterou que começou a receber comissão nos anos 90. (foto Pedro Ladeira/Folhapress)

Em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, iniciado às 11h desta terça-feira (10/3),  o ex-gerente da estatal Pedro Barusco reafirmou que começou a receber propina em 1997, ainda sob o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), e que estima que o PT recebeu de US$ 150 a 200 milhões entre 2003 e 2013. “Comecei a receber propina em 1997, 1998. Foi uma iniciativa minha, pessoal. De forma mais ampla, com outras pessoas da Petrobras, a partir de 2003, 2004”, disse Barusco após ser questionado pelo relator da CPI, Luiz Sérgio (PT-SP). Barusco, porém, ressaltou que não daria detalhes do esquema. “Com relação a esse período eu não vou tecer maiores detalhes, existe uma investigação em curso que me dá o direito de não comentar esses detalhes”, disse.   que o recebimento de propina se tornou um “caminho sem volta” e que não vê problemas na governança da Petrobras, mas nas “pessoas”.  “É um caminho que não tem volta. Você começa a receber no exterior um recurso ilegal, é uma espada na sua cabeça, não tem saída, não tem saída”, afirmou aos deputados. “Se no começo eu tive a fraqueza de começar, teve uma fase que fiquei um pouco feliz, mas depois veio um temor e quase um apavoramento [de ter todo esse dinheiro]”.

Show beneficente para Jorge Nunes: Ingressos a venda

Jorge-Nunes

Os ingressos para o show que artistas de Jequié estarão realizando na quinta-feira (12/3), a partir das 20h, no Jequié Tênis Clube, com o propósito de ajudar o radialista Jorge Nunes, no tratamento de enfermidade, já se encontram a venda, ao preço de R$ 10, nos seguintes locais: Banca de Humberto (Praça Ruy Barbosa), Banca de Antônio (Rua Alves Pereira), Loja de Mazinho, Magazine Silvany e na portaria das rádios Cidade Sol FM e 93 FM.

Moradores de rua do Pompílio Sampaio reclamam de abandono

Ruas quase em sua totalidade desprovidas de infraestrutura básica. Esse é panorama da Rua Florivaldo Almeida, no  bairro Pompílio Sampaio, onde os moradores reclamam de abandono por parte dos poderes público.  Esgotos a céu aberto, proliferação de insetos e as valetas resultantes de enxurradas nos períodos de chuvas, deixa o local com sérias dificuldade de tráfego e locomoção por parte dos moradores. O repórter Uberlan Costa (rádio 93 FM) atendeu ao chamado de moradores do local e registrou com imagens para o blog Jequié Repórter/JR TV Web a situação em que convive a população do bairro.

Nestor Duarte apresenta na Assembleia diagnóstico do sistema prisional da Bahia‏

Deputado Marcelino Galo ao lado do secretário Nestor Duarte, de Administração Penitenciária

Deputado Marcelino Galo ao lado do secretário Nestor Duarte, de Administração Penitenciária

O sistema prisional da Bahia foi tema de uma audiência pública, nesta terça-feira (103), na Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa. A Comissão estará em Jequié, no próximo dia 20, às 10 horas, realizando audiência pública na Câmara de Vereadores. O encontro na ALBA, coordenado pelo presidente do colegiado, deputado estadual Marcelino Galo (PT), contou com a presença do secretário da Administração Penitenciária e Ressocialização, Nestor Duarte, que apresentou um diagnóstico com os avanços, limites e perspectivas do sistema aos deputados. Entre os dados apresentados, estão os que apontam para o perfil dos 12 mil presos na Bahia. Nos 23 presídios do estado, 51,10% dos presos têm ensino fundamental incompleto, 18,40% são alfabetizados, 11,10% possuem o ensino fundamental completo, enquanto 7,30% têm o ensino médio incompleto e 7,20% são analfabetos. Outros 3,90% concluíram o ensino médio. Os números revelam ainda que 77,60% dos presos baianos têm idade entre 18 e 29 anos. “Precisamos, por exemplo, avaliar o sistema de penas, visto que a reincidência no regime fechado corresponde a 75% das prisões, enquanto nas penas alternativas ela representa apenas 1,2%”, analisou Marcelino.

Sessão que tratou do sistema prisional baiano teve numerosa assistência

Sessão que tratou do sistema prisional baiano teve numerosa assistência

De acordo os dados apresentados pelo secretário Nestor Duarte, no sistema de pena alternativa estão inseridos 4.717 presos de baixo potencial ofensivo, cujas penas são reduzidas mediante prestação de serviços sociais e comunitários. Isso representa, segundo a apresentação, uma redução de despesas para o estado estimada em R$ 113.208 milhões por ano. Os dados apresentados na audiência também apontaram o roubo (39,10%) como principal responsável pelas prisões, à frente das drogas (24,40%), furto (12,60) e homicídio (9,20%). Na audiência, Duarte disse aos deputados que estão previstas a construção de sete mil e duzentas vagas carcerárias, a requalificação das 23 unidades prisionais, a implantação de 3.200 monitoramentos eletrônicos, a aquisição de equipamentos tecnológicos de segurança para 12 unidades prisionais e a implantação da escola Penitenciária para a formação e qualificação em Gestão Penal.

Ação mobiliza Cidade Nova no combate a Dengue e a Chikungunya‏

Caminhada realizada no bairro Cidade Nova (foto divulgação)

Caminhada realizada no bairro Cidade Nova (foto divulgação)

Com o objetivo de informar e conscientizar a comunidade do bairro da Cidade Nova dos perigos e cuidados com mosquito Aedes Aegypti, a Prefeitura de Jequié, por meio da Secretaria de Saúde, Departamento de Vigilância Epidemiológica, realizou no último sábado (7/3) caminhada pelas principais ruas do bairro na parte da manhã. A noite a ação continuou na praça Nossa Senhora Aparecida com música, teatro, dança e a apresentação de vídeo educativo. A Prefeitura de Jequié tem intensificado as ações de combate ao mosquito nos bairros como explica Priscila Silva Barros, diretora da Vigilância Epidemiológica, explica que a prefeitura vem intensificando as ações de combate ao mosquito nos bairros da cidade,  “O governo municipal está fazendo a sua parte com essas iniciativas, pois, o combate é dever de todos e para isso estamos organizando ações como esta que nos permitem estar frente a frente com a comunidade e passar as informações e trabalhando na conscientização da população” disse a diretora.

Visita domiciliar com orientações aos moradores do bairro

Visita domiciliar com orientações aos moradores do bairro

A Dengue e a Chikungunya podem ser evitadas através do combate aos criadouros do mosquito. Evitando-se o acúmulo de água parada em tanques descobertos, lixo a céu aberto, vasos de plantas, bebedouros de animais. A recomendação é manter areia nos pratinhos das plantas, lavar os bebedouros dos animais periodicamente e manter o lixo em vasilhames fechados, além dos tanques sempre cobertos. A dona de casa Cleonice Pereira Santos, 56 anos, ressaltou a importância da conscientização dos moradores. “É muito importante essa iniciativa da Prefeitura de Jequié. Eu cuido do meu quintal, tenho medo desse mosquito, mas o meu vizinho pode não ter o mesmo cuidado. Os agentes passando em nossa porta falando dos perigos da Dengue todos são mobilizados em combater o mosquito, pois ninguém quer ficar doente”. afirmou a moradora.