Bahia Pesca divulga em Jequié sistema de criação de peixes em tanque rede

O Sistema de Condomínio para criação de peixes em tanque-rede foi apresentado a de pequenos agricultores familiares do município de Jequié e região, pelo diretor presidente da Bahia Pesca Dernival Oliveira Júnior, em reunião realizada na Câmara de Vereadores de Jequié, na tarde desta terça-feira, 10. “É intenção do Governo do Estado aproveitar o grande potencial hídrico da região de Jequié para a implantação do sistema de peixes em cativeiro, especialmente no lago da Barragem da Pedra, que é banhada por vários municípios”, destacou Dernival Júnior. Para que ocorra o fortalecimento da cadeia produtiva da aquicultura, abrindo caminho para geração de emprego e renda para a agricultura familiar, foi colocado o papel de cada agente envolvido no projeto, cabendo a Prefeitura, por exemplo, a atribuição de disponibilizar um galpão na Barragem da Pedra para o armazenamento de insumos e outros materiais, enquanto o Banco do Nordeste fica com a parte de financiamento dos empreendimentos e ao governo estadual compete assistência técnica e outras providências importantes. Estiveram presentes na reunião, deputado estadual Euclides Fernandes, o presidente da Câmara, vereador  Emanuel Campos Silva (Tinho), e os vereadores Ramon Fernandes e Eliezer Pereira Filho.

Gás de cozinha tem preço reajustado 12,9% a partir desta quarta, 12

A Petrobras aumentou em 12,9% o gás de cozinha (GLP) vendido em botijões de até 13 Kg. O aumento entra em vigor a partir da zero hora de quarta-feira, 11 de outubro.”O porcentual de reajuste foi calculado de acordo com a política de preços divulgada em 07/06/2017 e reflete, principalmente, a variação das cotações do produto no mercado internacional”, informou a estatal, em comunicado. A empresa informa ainda que o aumento ao consumidor dependerá do repasse das distribuidoras e revendedores, mas, se for integralmente, a estimativa é de que o preço do botijão de GLP P-13 possa ser reajustado, em média, em 5,1% ou cerca de R$ 3,09 cada.”Isso se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos”, explicou a companhia.

 

Leur Júnior minimiza “efeito Geddel” no PMDB e defende o partido na majoritária de ACM Neto

Leur Júnior vislumbra possibilidades de ser candidato a deputado federal, senador ou vice-governador

Em entrevista que concedeu ao site Bahia Notícias, em Salvador, o deputado estadual Leur Lomanto Júnior (PMDB), adotou um comentário ameno com relação as acusações que pairam sobre a ex-maior liderança peemedebista no estado, Geddel Vieira Lima [preso pela Polícia Federal no dia 8 de setembro, após ter sido encontradas em um apartamento alugado a ele, malas e sacolas com R$ 51 milhões]. “Eu sempre disse que o PMDB é maior do que qualquer nome ou qualquer pessoa. Se Geddel cometeu algo, ele vai ter que responder pelo que cometeu”. Na avaliação de Leur Júnior, o PMDB continua tendo força para pleitear um espaço na majoritária tendo citado como grande lideranças da sigla na Bahia, os cinco deputados estaduais,  o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, o vice-prefeito de Feira, Colbert Martins, o vice-prefeito de Itabuna, Fernando Vita e o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis, ”então temos uma musculatura grande para participar de qualquer chapa majoritária”, disse. Leur revelou ainda não acreditar que o PMDB tenha potencial para bancar uma candidatura própria ao governo do Estado caso a sigla fique de fora da chapa majoritária encabeçada pelo DEM. O líder oposicionista admitiu que está pavimentando voos maiores para 2018: quer subir mais um degrau na carreira política e ser deputado federal. Entretanto, não descartou a hipótese de integrar a chapa de Neto como candidato a senador ou até vice-governador. Tudo, no entanto, vai depender da demanda do partido. “O meu nome vai estar sempre à disposição para representar o partido em qualquer posição que ele almeja”, afirmou.

Representação de Jequié na ALBA caminha para acirrada disputa nas eleições de 2018

Euclides, Roberto, Gondim, Gilvan e Zé Cocá são postulantes a uma das cadeiras na ALBA

Com as presenças asseguradas na disputa, por parte dos deputados Euclides Fernandes (PDT) que busca a reeleição para um quarto mandato e, o deputado federal Roberto Britto (PP), que já anunciou concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa estadual em 2018, o pleito do próximo ano promete ser dos mais acirrados dos últimos anos, em termos de luta por vagas no legislativo baiano, em se tratando do município de Jequié e região do seu entorno. Enquanto o deputado estadual Leur Lomanto Júnior (PMDB), já deixa clara a decisão de não mais concorrer à Assembleia Estadual, com pretensões na Câmara, Senado ou vice-governadoria, surge com ligação direta na gestão do prefeito Sérgio da Gameleira (PSB), dois nomes para a disputa: o do professor e Secretário de Educação Roberto Gondim e o do vereador Soldado Gilvan Santana (PPS), que exerce a liderança da bancada da base do executivo na Câmara Municipal de Jequié. Nesse contexto de pré-candidaturas para o deputado estadual com base eleitoral em Jequié e região, também se coloca como nome de influência, o do jequieense Zenildo Brandão, “Zé Cocá” (PP), ex-prefeito de Lafaiete Coutinho, tem a seu favor a boa relação com o governo estadual e o trabalho no Consórcio Interfederativo, que o aproximou de vários municípios. O PSOL também poderá apresentar como candidato o professor Marcos Ferreira, caso a postulação não volte a ser pela Câmara Federal,  enquanto o PV que nas últimas eleições estaduais teve candidato próprio, ainda não se posicionou em relação a disputa de uma das cadeiras da ALBA em 2018. Uma pulverização da votação loco-regional que poderá trazer consequências não muito satisfatórias para alguns desses projetos.

SAC Móvel presta serviços esta semana em Itiruçu e Lajedo do Tabocal; confira

A carreta do “SAC Móvel” chegará nesta quarta-feira, 11, à cidade de Itiruçu, onde a ação do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), permanece até quinta-feira, 12. No local serão prestados os serviços de emissões de Carteira de Identidade, CPF, Recadastramento de Pensionistas do Estado, emissão de Antecedentes Criminais e atendimento da Ouvidoria Geral do Estado.  O horário de atendimento será das 8h às 18h. Ainda na região, o “SAC Móvel” estará no sábado, 14, chegando na cidade de Lajedo do Tabocal, onde permanece até o domingo, 15. Para o cidadão ou cidadã obter mais informações sobre as rotas do SAC Móvel e horários de atendimento,  deve acessar o site www.sac.ba.gov.br,  ou ligar 0800 071 5353 (telefone fixo) e 4020 5353 (telefone móvel) e ainda o aplicativo SAC Mobile.

Audiência Pública na ALBA debate situação dos bancos públicos

O Sindicato dos Bancários de Jequié e Região, esteve presente na audiência pública realizada na manhã desta segunda-feira, 9, na Assembleia Legislativa da Bahia-ALBA, para discutir os impactos da reestruturação dos bancos públicos na economia baiana. A audiência foi organizada pela Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe (FEEB) e o Sindicato dos Bancários da Bahia (SEEB-BA), com o apoio do deputado estadual Jean Fabrício (PCdoB).Em sua exposição, Jair Ferreira, representante da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), destacou a importância dos bancos públicos para a sociedade brasileira por terem o papel de indutores do desenvolvimento econômico nacional; de investimento em períodos de crise econômica; de regulação do mercado financeiro; de geração de empregos diretos e indiretos; de operadores de políticas públicas de forma mais eficiente e barata; e de administradores dos fundos constitucionais. Sobre a situação dos bancos na Bahia, afirmou que dos 417 municípios do estado, 268 têm bancos públicos; e das 1039 agências bancárias existentes, 576 são de instituições públicas (55%). Além disso, 80,66% das operações de crédito na Bahia são destas instituições.

O presidente do Sindicato dos Bancários de Jequié e Região, Marcel Cardim, disse que é significativo podermos alertar as pessoas sobre a importância de não privatizar os bancos públicos. O Banco do Brasil, a Caixa Econômica, Banco do Nordeste e o BNDES são exemplos, até hoje, de como ajudar um país a sair da crise. Se não houver banco público, haverá dificuldades. Não podemos permitir esse retrocesso”, pontuou. Celso Argolo, coordenador Regional da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), fez denúncias em relação aos processos de reestruturação dos bancos. “Os trabalhadores e trabalhadoras estão adoecendo por conta dessas reestruturações em razão das demissões e desligamentos incentivados, a sobrecarga de trabalho sobre os funcionários que permaneceram nos postos de trabalho. Além do mais, ao apresentar atestado médico, os trabalhadores e trabalhadoras estão sendo questionados. O banco está descredenciando os médicos que estão afastando os trabalhadores e trabalhadoras doentes”, denunciou. Ao final do encontro, Emanoel Souza, presidente da Federação, defendeu a necessidade de unir forças de todas as tendências, sem preconceito, para defender os bancos públicos: “A defesa dos bancos públicos é a defesa do Estado brasileiro contra o ataque do liberalismo mais feroz. Não podemos ter preconceito”, alertou.

Menina ganha festa de aniversário com tema “Polícia Militar”

Não é a primeira vez que as crianças têm optado por heróis da vida real para serem tema de suas festinhas de aniversário. Desta vez, diferente de muitas meninas que curtem Barbie, Frozen, Lady Bug ou quaisquer princesas da Disney, a paixão da pequena Amanda Cibelly é a Polícia Militar.

Amanda escolheu comemorar o seu aniversário com uma homenagem à PM e, para isso, ganhou bolo, painel e decoração com o tema da corporação, com direito a vestir a farda e receber a visita de seus “colegas” policiais na festa.

Foi um momento de muita emoção para a garota receber a visita da guarnição. Ela, que sempre gostou da polícia, conta que sonha ser policial militar quando crescer e que apoia as ações da PM.

O comandante do 19º Batalhão, Ten Cel PM Gondim, apoia a ideia e defende que participar de ações que aproximam polícia e comunidade é reconhecer a importância da sociedade como aliada no processo de prevenção e combate ao crime e promoção da paz.

FONTE: ASCOM/19º BPM

Fundação José Silveira recebe Prêmio Benchmarking FESBA 2017

Dirigentes da Fundação José Silveira-FJS na cerimônia de recebimento da premiação

A Fundação José Silveira-FJS foi vencedora da segunda edição do Prêmio Benchmarking FESBA 2017, na categoria Pesquisa Assistencial, com o case “A Pesquisa como Estratégia de Inovações e Modernizações da Assistência do Diagnóstico e Tratamento da Tuberculose”. A premiação foi realizada nesta segunda-feira, 9, em Salvador, com a presença dos principais dirigentes da instituição. A FJS destacou-se entre outras instituições filantrópicas da Bahia filiadas à Federação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas do Estado da Bahia- FESFBA. O evento reuniu as melhores práticas e assistência à saúde e tem objetivo de dar visibilidade e reconhecer as boas realizações voltadas à melhoria de processos e serviços, favorecendo a troca de experiências entre as entidades associadas.

Bahia vai receber R$ 7,2 milhões para UPAS 24 horas

Governo estadual prevê conclusão da UPA 24h de Jequié ainda em Outubro

A população da Bahia será beneficiada com a ampliação de serviços de urgência e emergência. Cinco Unidades de Pronto Atendimento do estado vão receber, no total, mais de sete milhões de reais por ano. Segundo o ministro da Saúde, Ricardo Barros, os municípios podem contar com o apoio do governo federal. O objetivo das UPAs é prestar atendimento aos pacientes que estão em situação de urgência e emergência e oferecer os primeiros socorros nos casos de natureza cirúrgica e de trauma. Hoje, 97% dos atendimentos realizados nessas unidades têm resolução na própria UPA.

PF deflagra operação contra fabricação clandestina de suplementos alimentares na Bahia

Uma fábrica clandestina de suplementos alimentares distribuídos em vários municípios do Nordeste, foi autuada na manhã desta segunda-feira, 9, na cidade de Feira de Santana, pela Polícia Federal, com o apoio da Vigilância Sanitária e Ambiental do Estado (Divisa). Foi deflagrada a Operação Hedonikos, que visa coibir crimes praticados por um empresário que, entre outros ilícitos, atuava na fabricação clandestina de suplementos alimentares. Durante as investigações descobriu-se também que diversas empresas constituídas pelo investigado com a utilização de “laranjas” atuavam na fabricação e comercialização clandestina de suplementos alimentares, que eram produzidos sem qualquer autorização dos órgãos de vigilância sanitária competentes e distribuídos através de sua rede de lojas em Feira de Santana e Salvador, além das demais lojas do ramo em todo o Nordeste brasileiro.

Informou a PF, que  a investigação começou há cerca de três meses com o objetivo inicial de apurar fraudes cometidas pelo empresário contra a Caixa Econômica Federal, mediante a abertura de contas bancárias e obtenção de empréstimos fraudulentos com a utilização de documentos falsos. Ainda de acordo com a polícia, constatou-se que o empresário obteve a alteração de seu nome em virtude de decisão judicial de reconhecimento de paternidade, e passou a utilizar o seu nome antigo para o cometimento de uma gama variada de fraudes, desde abertura de contas bancárias em instituições financeiras à constituição de empresas, tudo com o nome, CPF e RG já inativos, tendo como consequência a inadimplência perante os bancos e não pagamento de tributos das empresas.A polícia detalha que o débito só com a Caixa Econômica Federal ultrapassa a cifra de seis milhões e meio de reais. A partir desses negócios ilícitos, o empresário conseguiu constituir um patrimônio significativo, com a aquisição de imóveis, veículos de alto padrão e até mesmo uma lancha, os quais não eram declarados às autoridades fazendárias por estarem registrados em seu antigo nome ou em nome de terceiros.