Estadão antecipa lista de inquéritos contra ministros e outros políticos

Ministro Luiz Edson Fachin relator da Lava Jato no STF

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (SFT), determinou abertura de inquéritos contra nove ministros do governo Temer, além de 29 senadores e deputados federais, segundo antecipou reportagem do Estado de S. Paulo. Fachin é o relator da Operação Lava Jato no STF. Os inquéritos foram abertos a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, baseados nas delações de 78 executivos e ex-executivos ligados à Odebrecht. Estão incluídos nos inquéritos um ministro do Tribunal de Contas da União, três governadores e outros 24 políticos. A decisão ainda não torna os envolvidos réus – essa decisão tem que ser tomada pelo STF e ainda não tem data marcada para acontecer. De acordo com a reportagem, o presidente Temer é citado em pedidos de abertura de inquéritos, mas não está entre os investigados, pois a Constituição proíbe investigação de presidentes no cargo por crimes anteriores ao mandato. Já os ex-presidente Lula e Dilma Rousseff não têm mais direito ao foro privilegiado.

De acordo com o Estadão, constam da lista de investigados os ministros Aloysio Nunes Ferreira (PSDB), Relações Exteriores, Blairo Maggi (PP), Agricultura, Pecuária e Abastecimento Bruno Araújo (PSDB), Cidades Eliseu Padilha (PMDB), Casa Civil Gilberto Kassab (PSD), Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações Helder Barbalho (PMDB), Integração Nacional Marcos Pereira (PRB), Indústria, Comércio Exterior e Serviços Moreira Franco (PMDB), Secretaria-Geral da Presidência da República Roberto Freire (PPS), Cultura; da bancada da Bahia a senadora Lídice da Matta (PSB) e os deputados  José Carlos Aleluia (DEM), Daniel Almeida (PCdoB), Lúcio Vieira Lima (PMDB), Mário Negromonte Jr. (PP), Cacá Leão (PP-BA), Arthur Oliveira Maia (PPS), João Carlos Bacelar (PR), Antônio Brito (PSD), Jutahy Júnior (PSDB), e  Nelson Pellegrino (PT).

Sorteadas do Residencial Segredo cobram liberação das moradias

Márcia e Indaiara querem mobilizar os futuros moradores

Famílias contempladas em sorteio para residirem no Residencial Segredo (Minha Casa Minha Vida), construído no bairro Curral Novo, através financiamento de Banco do Brasil, continuam apreensivas diante do atraso na liberação de suas casas. Em dezembro de 2016, foi feito o sorteio com os moradores recebendo os protocolos com a as especificações e endereços das casas onde irão morar. De lá até os dias atuais, nenhuma confirmação da data de ocupação dos imóveis. “No dia do sorteio eles nos disseram que em 30 dias agente seria chamada pelo banco para assinar o contrato e até agora nada”, reclama Márcia Jesus Santos. Um grupo formado em sua maioria por mulheres já fizeram manifestações de protestos na Coelba, no Departamento de Habitação da Prefeitura e na agência do Banco do Brasil. A informação recebida é de que ainda precisa ser concluída parte da infraestrutura da área. “Nesse período apesar de serem mantidos vigilantes no local, somente na Quadra FF foram furtados vasos sanitários em 21 casas e um aparelho de energia solar foi arrancado mas não conseguiu ser levado pelo ladrão”, disse a mutuaria Indaiara Barbosa.  Foi criado um grupo do Residencial Segredo no wathsapp que já conta com 100 membros de um total de 851 casas a serem ocupadas. Elas revelam que em marco a Coelba pediu um prazo de 120 para concluir a extensão da rede elétrica. Na quarta-feira (12), o grupo está mobilizando os futuros moradores para uma reunião a partir das 18h30 na Praça Ruy  Barbosa (parte alta do Belvedere), quando serão atualizadas informações sobre a situação do residencial e definidos os caminhos a serem seguidos para pressionar os poderes públicos para conclusão das  obras e a liberação dos imóveis para serem ocupados.

Vídeo da enxurrada em frente ao Residencial Segredo dia 29/03/2017

Carreteiro infarta e morre quando conduzia carreta na BR 116 em Jequié

Carreteiro morreu quando passava  pela Avenida John Kennedy, Cidade Nova

O carreteiro Jairo Ribeiro de Carvalho, 49 anos, sofreu um infarto e morreu quando conduzia uma carreta Volvo placa AXX  5077 do Paraná, com um carregamento de vasos sanitários. O motorista que trafegava na noite de segunda-feira (10)  sentido Norte-Sul do país, sofreu um mal súbito  após ter passado por um redutor de velocidade à altura do Km 672, da BR-116, trecho urbano do bairro da Cidade Nova, em Jequié. O veículo ficou parado próximo do acostamento chamando a atenção de populares que informaram o fato na Delegacia 10/3 da Polícia Rodoviária Federal-PRF. Ao se deslocarem até o veículo os policiais num primeiro momento imaginaram que o motorista estivesse dormindo e como ele não reagiu foi quebrado um vidro lateral da cabine do carro de propriedade da empresa Saratoga Transportes percebendo que o homem não apresentava os sinais vitais. A informação foi repassada à equipe do Departamento de Polícia Técnica-DPT, que juntamente com a Polícia Civil realizaram o levantamento cadavérico removendo o corpo para o Instituto Médico Legal-IML de Jequié, para ser submetido à autópsia.

Racionamento preventivo de água em 21 cidades baianas

Racionamento de água em Vitória da Conquista terceira maior cidade da Bahia

A direção da Embasa em Salvador informou nesta segunda-feira (10),  que 21 cidades do estado já “estão em regime preventivo de racionamento”. De acordo com a empresa, a medida foi tomada devido à diminuição do nível dos mananciais utilizados para o abastecimento dessas cidades, entre barragens, açudes, rios e poços. O período de estiagem, enfrentado por mais da metade dos municípios baianos, levanta a possibilidade de um racionamento, inclusive, na capital da Bahia, Salvador. Em nota, a Embasa explicou que esses 21 municípios já estão recebendo menos água que o normal e, consequentemente, muitas casas já estão sem água na torneira em alguns dias da semana. Por isso, a população destas cidades está racionando a água distribuída, instalando caixas d’água com capacidade menor e evitando o desperdício – como no uso para irrigação de jardins, lavagem de carros, calçadas e áreas externas. Estão inseridas no regime preventivo de racionamento as cidades de Vitória da Conquista, Belo Campo, Queimadas, Santaluz, Senhor do Bonfim, Jacobina, Jaguarari, Caldeirão Grande, Andorinha, Itiúba, Ponto Novo, Filadélfia, Seabra, Brotas de Macaúbas, Ibitiara, Novo Horizonte, Bonito, Palmeiras, Tapiramutá, Entre Rios e Morro do Chapéu, além das localidades de Angico (distrito de Mairi), Umbuzeiro (distrito de Mundo Novo) e Altamira (distrito de Conde).

Em Jequié, o escritório da Embasa, divulgou que nesta terça-feira (11) estará realizando serviço de manutenção corretiva na rede geral suspendendo o abastecimento de água das 5h às 16h, no Loteamento   Água Branca; Bom Sossego; Brasil Novo; Vila Vitória; Vila Rodoviária; Loteamento Eldorado; Brinco de Ouro; Residencial Parque Mirante; Residencial Ouro Verde e Condomínio Caminho das Árvores.  Caso os serviços sejam concluídos antes do prazo, o abastecimento será retomado imediatamente, no entanto, a normalização do abastecimento, deverá ocorrer de 24 a 48 horas.

Torre divulga nota sobre a prisão de dirigente

Empresário José Antônio Torres Neto, diretor da Torre Empreendimento

A Torre Empreendimentos divulgou nota pública na manhã desta segunda-feira (10), na cidade de Aracaju, esclarecendo fatos relacionados à prisão do diretor da empresa,  empresário José Antônio Torres Neto, ocorrida no domingo (09). Na nota, a empresa apoia as instituições que cumprem o seu papel realizando investigações colocando-se à disposição das autoridades para colaborar no que for necessário. “A Torre Empreendimentos é uma empresa idônea, que possui uma longa história de bons serviços prestados e respeito ao poder público, portanto, temos o maior interesse em que tudo seja investigado e esclarecido”. Revela a nota que a Torre acredita que ao final das investigações todas as querelas envolvendo a empresa serão devidamente esclarecidas. “A Torre Empreendimentos deixa claro que sempre trabalhou cumprindo com eficiência, transparência e de acordo sim as cláusulas contratuais, todos os contratos com a Prefeitura de Aracaju. A execução correta dos serviços de limpeza, coleta, varrição e outros, foi sempre realizada de forma exemplar, sendo que nosso trabalho ajudou Aracaju a ser escolhida como a capital da qualidade de vida;  Durante o período em que prestamos o nosso serviço, a limpeza da cidade de Aracaju era considerada referência no Brasil, sendo amplamente reconhecida pelos moradores da cidade e pelos turistas. Neste momento permeado por questionamentos, não se pode esquecer que construímos um nome na capital sergipana, realizando um excelente e impecável trabalho; Sendo assim, nos colocamos mais uma vez à disposição da Polícia deste Estado e da Justiça para esclarecer o que for necessário. E assim que tudo for esclarecido, estamos preparados para retomar os trabalhos que havíamos iniciado em Aracaju, após assinarmos com a EMSURB um contrato emergencial com prazo de 180 dias de acordo com os ser. 24 e 26 da Lei de Licitações, estando em vigor a partir de 06/03/2017, trazendo de volta a auto-estima do aracajuano em voltar a residir numa cidade limpa, bem cuidada e com qualidade de vida”.

Barros frustra “anunciado bombardeio” e faz articulação política ao lado do prefeito

Barros na recepção ao deputado Paulo Magalhães ao lado do prefeito e vereadores

O ex-superintendente de Trânsito, Reginaldo Barros, anunciou aos quatro cantos na semana passada, que iria participar do programa A Semana em Revista (93 FM) no sábado (08) e que iria disparar intenso bombardeio direcionado ao secretário municipal de Infraestrutura, Fabrício Borges, que naquele momento apontava como principal pivô da solicitação feita pelo prefeito Sérgio da Gameleira (PSB), para que ele [Reginaldo]  pedisse exoneração do cargo. Uma reunião de “acomodação” da cúpula do governo, mediada pelo secretário de Administração, Alexandro Souza Santos, foi suficiente para que Reginaldo mudasse o “rumo da prosa”, frustrando as expectativas dos que aguardavam o que ele supostamente teria para revelar. No dia e horário do programa, Reginaldo Barros, se colocou na condição de coordenador da campanha à reeleição do deputado federal Paulo Magalhães (PSD), em Jequié, presente na recepção e reuniões de  articulação política do parlamentar na cidade, ao lado do prefeito Sérgio da Gameleira, vereador licenciado e secretário de Relações Institucionais, José Simões e do vereador Soldado Gilvan, dentre outras pessoas, onde esbanjou largos sorrisos de felicidade.

IBGE lança concurso com 1.038 vagas e salário de até R$ 4 mil

Aprovados terão contrato temporário com IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lançou edital de concurso com 1.038 vagas para trabalhar no Censo Agropecuário. Candidatos baianos contam com 105 oportunidades. As vagas são para quem tem nível médio (salário de R$ 1.500 a R$ 2.500) e superior (R$ 4 mil). Os aprovados também vão ganhar auxílio-alimentação de R$ 458. Interessados devem se inscrever até 9 de maio no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV). As provas devem ser aplicadas no dia 2 de julho e o resultado tem previsão de divulgação em 10 de agosto. O IBGE tem outro edital previsto para esse mês. De acordo com o jornal Folha Dirigida, o certame deve iniciar as inscrições no dia 24 de abril com 24.439 vagas, sendo mais de 3 mil para a Bahia. A oportunidade será para trabalhar como agente censitário municipal (R$ 2.358), de agente censitário supervisor (R$ 2.058) e de recenseador (R$ 3 mil).

Morre em Salvador Dona Zizete Iossef mãe do vice-prefeito Hassan

Dona Zizete ao lado de Zainab, uma de suas quatro filhas

Faleceu na manhã desta segunda-feira (10), em Salvador, a Senhora Zizete Andrade Iossef, mãe do vice prefeito de Jequié e Secretário de Saúde, Hassan Andrade Iossef, de Alexandre Andrade Iossef, diretor do Hospital São Judas Tadeu, de Leila Andrade Iossef Brito, superintendente da Fundação José Silveira, de Zainab, Samira e Caukep Andrade Iossef. Dona Zete convivia nos últimos anos com grave enfermidade.  O seu corpo será velado na Primeira Igreja Batista de Jequié, de onde sairá o féretro para sepultamento no Cemitério São João Batista.

 

Inep publica edital do Enem; taxa de inscrição será de R$ 82

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) fica mais caro este ano. Para se inscrever, o candidato terá que pagar R$ 82. A nova taxa está no edital do exame, publicado nesta segunda-feira (10) no Diário Oficial da União. No ano passado, a taxa era de R$ 68. As inscrições começam às 10h do dia 8 de maio e terminam às 23h59 do dia 19 de maio, pela internet, no site do Enem . O pagamento deve ser feito até o dia 24 de maio. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a correção não só levou em conta a variação de preços pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), como incorporou variações de anos anteriores que deixaram de ser aplicadas e parte da diferença entre o custo do exame e a taxa de inscrição. Atualmente, o Inep cobre cerca de 70% do custo do exame. No ano passado, por exemplo, o custo, de R$ 91,49 por participante, foi R$ 23,49 acima do valor pago. A autarquia diz que mesmo com a alta, o Enem está abaixo da média dos vestibulares do país, que é R$ 140. Pelas regras do edital estão isentos da taxa os estudantes de escolas públicas que concluirão o ensino médio em 2017, os participantes de baixa renda que integram o CadÚnico e os que se enquadram na lei 12.799/2013 que, entre outros critérios, isenta de pagamento aqueles com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50.

Operação Babel: Polícia Civil prende dono da Torre em Salvador

O proprietário da Torre Empreendimentos, José Antônio Torres Neto, foi preso no domingo (09) em Salvador. A ação faz parte da segunda fase da Operação Babel desencadeada pela Polícia Civil sergipana que investiga possíveis irregularidades nos contratos referentes à coleta de lixo em Aracaju, Sergipe. O empresário é cunhado do deputado federal Roberto Britto (PP), proprietário da TV Baiana. Torres estava no hotel Matiz no Stiep do qual é proprietário, na capital baiana, e foi imediatamente encaminhado para Aracaju. Ele passará por exame de corpo de delito. O advogado de defesa, Evânio Moura, não se pronunciou sobre o caso. Além de atuar na capital sergipana, a Torre Empreendimentos também é responsável por uma parcela da coleta de lixo da região do Subúrbio Ferroviário, em Salvador. Outros mandados estão sendo cumpridos, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP). Na gestão da ex-prefeita Tânia Britto (PP) 2012-2016, a empresa Torre foi responsável pelo contrato de limpeza pública em Jequié.  Com informações do Bahia Notícias